1. Spirit Fanfics >
  2. False Alarm >
  3. It's too cold for you here...

História False Alarm - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Se esse capítulo tiver um feedback bacana eu continuo, se não vou ser meio que obrigada a parar de escrever...
Mas enfim, aproveite!

Capítulo 2 - It's too cold for you here...


Ele se aproximou e deu um fim naquela distância, selando nossos lábios com desejo. Mas separei logo em seguida.

Ele me olhou confuso, eu apenas sorri, segurei em sua mão e o levei para um lugar mais reservado.

Era o local mais escuro e com pouquíssimo movimento. Ninguém irá nos ver aqui.

Ao chegar ele me prensou contra a parede e por fim tomou meus lábios em um beijo afoito. Segurou minha cintura, a apertando um pouco. Eu puxava levemente seu cabelo enquanto mordiscava seu lábio inferior.

Era tão bom beija-lo. Sua boca era macia e deslizava facilmente. Levei minha mão por baixo de sua camisa arranhando seu abdômen, sorri por fim ao vê-lo arfar.

Nos separamos e ficamos nos encarando ofegantes. Ele sorriu e me chamou pra beber um pouco. Cara, foi louco.

Chegamos no bar de origem e vi Jungkook desesperado segurando Hillary, que passava de bêbada.

- Era só o que me faltava! - fui até eles e ajudei Jungkook a segurar Hill, ela estava muito agitada. - Vou levar ela pra minha casa, me ajuda a carregar ela só até meu carro?

Ele apenas concordou e me ajudou. Na saída paguei as comandas e seguimos até o estacionamento.

- Estacionou muito longe... - Jungkook fala arrumando a garota em seus ombros.

- Foi a única vaga que encontrei, não me julgue. - falei quando já estávamos próximos do carro. Hill não parava de falar palavras sem contexto algum.

Abro o carro e a coloco no banco de trás. Mas assim que eu coloquei o cinto, ela vomitou no meu carro.

- Fala sério Hillary! - digo zangada e Jungkook começa a rir. - Não ri! Aah... meu carro.

Fecho a porta e logo ouço me chamarem. Olho para onde vem o som e avisto Hope junto com Chris com a bolsa da minha amiga na mão. Chris me entrega a mesma e eu agradeço. Me despeço deles e entro no carro. Mas antes de dar a partida no mesmo, Hope dá algumas batidas no vidro esperando que eu abra. E abri.

- Foi muito bom dançar contigo hoje, espero que tudo se repita. - piscou pra mim e eu mordo meu lábio de nervoso discretamente ao lembrar do nosso beijo. - Sinto que vamos ser bons amigos. Posso pegar seu número com o Christian?

- Pode sim, e você também dança muito bem. Me senti confortável com você. - falo sorrindo. - Ah, e agradece ao Jungkook por mim, nem lembrei dele depois da frustração.

- Que frustração? - arqueia uma sobrancelha.

- Olha lá pra trás... - falei enojada.

Ele fez o que eu disse, mas logo desviou o olhar. Eu apenas ri de sua reação.

- Mas enfim, preciso ir agora. - falo um pouco baixo, mas foi suficiente para ele ouvir.

- Tchau gata. - sela nossos lábios uma última vez. Corei por não estar esperando, e vi que ele também ficou envergonhada.

- HYUNG! Vamos logo! - Jungkook reclama de longe.

Hope revirou os olhos e por fim saiu. Olhei pelo retrovisor e vi Jungkook todo emburrado.

"Eu queria ficar com ela...nós combinamos assim!" - o ouvi falar em coreano, não sou fluente na língua mas entendi o bastante. Aliás, ele poderia estar falando de qualquer outra garota, então não me preocupei tanto.

Liguei o carro e por fim dei partida indo para casa. São apenas 01:46 a.m, e Hill resolve dar trabalho. Já tinha falado pra ela ir com calma com as bebidas, mas minha amiga é teimosa demais pra me ouvir.

Chegamos na minha casa e já eram 02:10 a.m. Infelizmente perdi o show de luzes. Mas enfim, depois de estacionar o carro, saio do mesmo e dou a volta pra pegar Hill. Tomo cuidado para não encostar em seu vômito e com dificuldade a levo para dentro de casa.

Resolvi que ela iria ficar no quarto de hóspedes, pois o meu é no segundo andar e eu não quero nem pensar no desastre que vai ser pra subir as escadas. A sorte é que no quarto tem banheiro.

Entrei no quarto já levando a garota para o banheiro. Ela até me ajudou a tirar a sua roupa e dar um banho nela. É uma bêbada obediente.

Visto uma roupa minha na garota e a deito na cama. Pego alguns remédios no banheiro e deixo em cima do criado mudo ao lado da cama junto com um copo d'água. Quando ela acordar vai reclamar da dor de cabeça e vir me encher o saco, então deixei tudo pronto.

Segui as escadas para ir até meu quarto. Entro no banheiro com um coque frouxo e faço minhas higienes. Tomo um banho rápido e visto meu pijama. Me jogo na cama com meu celular em mãos, dando uma olhada na foto mais recente do feed.

Quando pensei em desliga-lo para dormir, me surpreendi com uma da notificações...

"j-hope começou a seguir você"...

Logo lembrei do nosso beijo. Não quero nada mais com ele do que apenas amizade, ele tem uma vibe boa que me atraiu. Só isso.

Mas confesso que Jungkook me deixou um pouco intimidada. Ele é quieto, misterioso... só me deixou curiosa e com uma vontade de conhece-lo melhor. Vou aproveitar a faculdade para fazer isso, já que estamos no mesmo semestre.

Gostei dos dois e me vi ansiosa para conhecer os outros quatro que eles haviam falado. E foi com esses pensamentos que adormeci, ainda com o celular em mãos. Como não bebi muito álcool, não me preocupei com remédios, apenas me deixei levar pelo cansaço.

Mas acordo com o celular tocando. O toque era Sweater Weather - The Neighbourhood, e quem ligava era Chris.

Aproveitei um pouco a música antes de ouvir o meu amigo.

"Cause it's too cold for you here..."

"And now, so let me hold both your hands in the holes of my sweater..."

- O que foi agora? - falei com a voz rouca após atendê-lo.

- Queria saber como está a Hillary. - perguntou com a pronúncia errada e sem música no fundo, ele já se encontrava em casa. Provavelmente estava no mesmo estado que a garota a minutos atrás.

- Está dormindo, já fiz todos os procedimentos. Agora tchau. - digo com a voz manhosa por estar morrendo de sono.

- Espera, o que você achou dos meninos? - perguntou sussurrando. Não entendi o motivo.

- Achei eles super legais e muito lindos. Lindos pra caralho, puta merda. - falo lembrando das nossas conversas no bar.

- Isso é que você não conhece os outros amiga. - disse e começou a rir. Ele encerrou a chamada do nada. Agradeci aos deuses.

Desliguei meu celular e o joguei em qualquer lugar da cama, me cobrindo e enfim, adormeci.

Ansiava para a faculdade na próxima semana...


Notas Finais


+Podem me seguir no Instagram se quiserem. O user é @_deardudaxx.

+Obrigada por ler até aqui, chêro.^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...