História Família Oposta - Imagine Kim Taehyung - Capítulo 63


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), G-Dragon, Jay Park, Monsta X
Personagens G-Dragon, Jay Park, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Show Nu, Won Ho
Tags Bts, Novela, Romance
Visualizações 120
Palavras 1.037
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Famí­lia, Ficção Adolescente, Hentai, Policial
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 63 - Vida Perfeita


Fanfic / Fanfiction Família Oposta - Imagine Kim Taehyung - Capítulo 63 - Vida Perfeita

Já estava escurecendo, fui para casa, Wendy e S/N estavam brincando na piscina

- Pelas caras, estão a tarde toda nessa piscina - Falei pagando Wendy toda molhada no colo

Wendy: É, eu queria sair da piscina mas a mamãe deu birra e falou que não queria sair...

- A mamão deu birra? - Ri

Wendy: É... - Riu sapeca

S/N: Tem certeza Wendy?

Wendy: Absoluta mamãe - Rimos

Leila fez o jantar, jantamos e fomos tomar banho, depois do banho fomos para a sala e ficamos vendo um desenho que a Wendy gostava

S/N: Amor, como foi no trabalho

- Ah, foi bom, cansativo mas produtivo - Ela sorri

S/N: Passei na casa do Jimim hoje e a empregada disse que eles viajaram

- Pra onde?

S/N: Espanha

- Uau - ri alto - Imagino o Jimim falando espanhol

S/N: Você é mal - Ri também - A Wendy dormiu

Olho a pequena deitada em meu colo dormindo. A pego e coloco em seu berço, eu e S/N sem sono ficamos vendo alguns filmes na TV até amanhecer

* Dia Seguinte *

Kim Taehyung OFF

S/N ON

Jimim leva Wendy para escola, espero que tudo se resolva logo, me arrumo e vou para o Supremo Tribunal

Tenente GD: Olá Promotora

- Tenente, quanto tempo - Sorri, depois do caso do delegado quase nunca o vi, aquele foi o único caso em que trabalhamos juntos - O que faz por essa ala do Supremo?

Tenente GD: Bom... Acho que ainda não está informanda - Sorri me entregando uns papéis, era um caso novo, roubo e assassinato, nós dois fomos intimados para resolver o caso - Acho que temos outro caso para resolvermos

- Meu Deus, que bom... Isso aqui tava um tédio

Tenente GD: Vou pegar mais algumas informações sobre o caso e depois vou até sua sala te explicar o caso

- Tudo bem

Entro em minha sala organizo minhas coisas, faço algumas anotações e fico esperando o tenente, ultimamente não há tendo casos de assassinatos por Seul, havia poucos índices de roubo também, o que é bom, logo GD entra na sala com uma pasta e retira alguns papéis

Tenente GD: Bom... Desde o começo do ano está havendo alguns roubos pelos bairros da cidade, a polícia teve mais de meses para resolver, e não deu em nada, então resolveram passar o caso para mim e a promotoria o caso se trata de uma gangue, eles em 2 dias roubam 7 casas por bairro, e cada semana um bairro novo, porém de acordo com a quantidade de pessoas na casa assaltada eles matam outra quantidade

- Como assim?

Tenente GD: Por exemplo, em uma casa de 2 pessoas eles matam 1, em um casa de 3 eles matam 2, em uma casa de 4 eles matam 2 e em uma casa de 5 eles matam 3, todas as casas estão sendo assim os registos de mortes, os assaltantes só levam dinheiro, nada mais, nem jóias nem objetos valiosos

- Estranho...

Tenente GD: Sim... Pelos registros dos moradores sobreviventes são 7 homens que entram nas casas e um homem fica dentro da caminhonete como motorista, são duas caminhonetes

- gangue de 9 pessoas...

Tenente GD: Eles roubam todas as Segundas e Quintas, já chegam arrombando tudo

- Meu Deus, 9 pessoas, tem quantidade de pessoa por casa pra matar, dia pra matar e bairro pra matar... O que vai ser do futuro?

Tenente GD: Realmente não sei...

***

Bom... Depois de um logo e cansativo dia, me deito em minha cama depois de um incrível banho quente, as vezes eu penso no quão minha vida é perfeita, eu tenho um marido que eu amo, uma filha que amo e um serviço que eu amo, minha vida realmente é perfeita. Lógico, tem seus problemas, mas sem eles seria tudo tão sem graça

...Falando em problema, lembrei do dia em que fui levar o tal envelope para Taehyung na empresa...

Flashback On

Chego na empresa, e falo para a secretária que irei até a sala do Tae

Secretária: Senhor Kim - Me corrige por que chamei o mesmo de Tae

- Querida, ele é meu marido, posso chamá-lo de Kim, Kim Taehyung, Taehyung, Tae, V e até outros nomes apropriados somente para certas ocasiões se é que me entende - Sorri maliciosa e ela faz cara de nojo

Secretária: Não sei o que ele vê em você - Me olha de cima a baixo

- Você não sabe, e nem eu.... Bom, porque não perguntamos? Venha - A puxo pelo braço até a sala de Taehyung - Oi amor

Secretária: Me solta - Puxa seu braço e eu fecho a porta atrás da mesma

Tae: Trouxe o envelope? - Taehyung vem até mim me dá um selinho e pega o tal envelope

- Sim, mas eu e sua lindíssima secretária temos uma perguntinha para você

Secretária: Eu não... - A corto

- Você sim! Bom... Nós duas queremos saber, o que você vê em mim? - ele franze o cenho

Tae: Como?

- Isso aí, o que você vê em mim?

Tae: Bom... Eu vejo esperança em você, quando eu estou com você eu posso ser eu mesmo, não preciso ser o Senhor Kim totalmente correto, você é a mulher que eu escolhi passar o resto da minha vida ao lado, a mulher que eu amo, você é uma pessoa sonhadora, vai atrás de seus sonhos e batalhadora, tem um coração enorme e tem uma beleza absurda

Como eu estava? De boca aberta e com lágrimas nos olhos, a secretária sai da sala furiosa e nos deixa sozinhos

Taehyung ri e vem até mim, ficando a minha frente, passando os braços em meus ombros

Tae: Que foi? Não esperava ouvir aquilo?

- N-aa... É que... - Me embaralho e quando ia continuar a falar ele me corta

Tae: É que a secretária perguntou o que eu vejo em você e você pra provocar a trouxe aqui e me perguntou, não esperava que eu fosse dizer aquilo?

- Na verdade, ela perguntou o que você via em mim, eu disse que também não sabia e aí a arrastei pra cá, é... Eu não esperava... Nem que você respondesse - Ri

Tae: Te amo - me beijou

Flashback Off

Acabo dormindo com meus pensamentos e com os gritos de Wendy querendo pizza e seu pai lasanha 


Notas Finais


Me desculpem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...