1. Spirit Fanfics >
  2. Familia Stark: A história continua >
  3. Guerra de 15 Minutos

História Familia Stark: A história continua - Capítulo 10


Escrita por:


Notas do Autor


Até semana que vem ❤❤❤

Capítulo 10 - Guerra de 15 Minutos


Fanfic / Fanfiction Familia Stark: A história continua - Capítulo 10 - Guerra de 15 Minutos

Começamos a lutar, elfos negros contra Asgardianos, eles são fortes, mas nós somos mais.
Começamos a luta, eu com meus poderes matavam mil deles de uma vez, Peter estava atacando com a a aranha de ferro e com as teias, Loki, com seu poder de se multiplicar estava em todo o lugar, Valkyrie estava no seu cavalo a lado matando por cima. Até que o líder deles convoca uma magia fortíssima que nos faz ficar fracos, bom, pelo menos os outros, eu e Loki estamos inteiros, com força total.

- Tio? - chamo ele em sua mente

- Tô ouvindo. - ele diz

- Estamos com força total, mas eles não sabem, ninguém sabe.

- O que você quer fazer?

- Fingir....

- Quem tá ganhando agora Stark? - o líder se aproxima. - todos esse anos que passou, Thanos dizimou metade do mundo, mas aí venho, aqueles heróis, os Vingadores, e atrapalharam tudo, trouxe todos de volta. Aí teve o sacrifício do seu pai, e se não fosse por você... ele estaria onde tinha que estar, no inferno. Aí você teve a brilhanteideia de salvar ele virar a Deusa da Morte e construir Asgard.

- É Sério que você fez uma retrospetiva da minha vida nos últimos 8 anos? - pergunto fingindo que estava faltando o ar

- Eu estou ganhando, e Asgard vai ser minha de novo. - ele fala

- Meu Deus, como você é otário. - dou risada

- O que? Como assim? - ele me olha

- Eu, aqui, ouvindo essa palhaçada e enquanto meu tio, tá atrás de você, seu boçal. AGORA. - grito.

Eu e Loki jogamos nossos poderes contra ele, eu joguei os quatro elementos e Loki, alguma magia.
Logo em seguida tudo que está ao nosso redor fica repleto por átomos de elfo Negro, meio nojento, eu sei, mas era isso, ou perder a guerra.
Eu juro que essa guerra foi a mais fácil da minha vida inteira.

- O que vem agora? - Peter pergunta depois de voltar ao normal

- Eu não sei. - Loki diz

- Eu sei. - Me levanto e vou até o exército do Avatar de meio metro - ouçam bem, seu líder está morto, e se vocês não quiserem ter o mesmo fim, eu acho bom recuarem, pelo bem de vocês, não queremos matar mais ninguém.

- E se ousarem voltar a Asgard vão morrer, porque eu mesma irei matar todos vocês. - Valkyrie fala - ou fiquem e morram ou vão e vivam. A escolha é de vocês.

E com a última palavra da rainha todos vão indo embora.

- Conseguimos? - Peter pergunta - rápido assim?

- É, rápido assim. - falo

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

- Edith? - Ativo a inteligência artificial

- Sim?

- Eu quero que ligue pro meu pai Tony por favor. - falo

- Ligando para, "papai gênio, playboy, bilionário e filantropo"

- Meu Deus Morgan. - Peter da risada

- Não enche. - digo

- Filha?

- Oi pai.

- Como você ? Aconteceu alguma coisa?

- Sim, vencemos, vencemos a guerra.

- Sério? Que alívio, mas tão rápido?

- Pois é, a guerra durou literalmente uns 15 minutos, o exército dele não era tão forte assim, mas me diga, acharam a Nat?

- Sim, mas Shawn sofrendo as consequências.

- Co...como assim?

- As garotas fizeram alguma coisa com a Nat, e Shawn tendo as mesma reações que ela.

- Ai meu Deus, não, não, isso não pode estar acontecendo.

- Morgan, calma, vamos amanhã de manhã ao local que Nat está, e vamos traze-la de volta, eu prometo.

- , eu vou ver se consigo chegar a tempo, eu ... Eunão quero perder minha filha e meu filho de uma vez, eu não vou aguentar se isso acontecer.

- Não vai acontecer.

- Eu tenho que ir pai, te amo.

Logo após desligar o celular, eu me desmonto em Peter, eu chorava em seu colo, ela sabia o que estava acontecendo.

- Vai dar tudo certo meu amor. - ele me olha

- E se, eles morrerem Peter? - choro

- Ninguém vai morrer, meu ouviu? - ele beija minha testa

- Não sei se estou com cabeça pra ir a uma festa Petey. - digo

- Nem eu, mas se não formos, vai ficar chato, Valkyrie vai ficar magoada. - ele fala me abraçando

- Maldita hora que eu fui aceitar esse convite. - falo

Logo depois de mais alguns minutos de abraços e carinhos com Peter, decidimos nos arrumar pra essa festa, mas antes alguém bate na porta.

- Entra. - falo e meu tio entra - Oi tio.

- Atrapalho? - ele pergunta

- De forma alguma. - sorrio

- Eu queria conversar com minha sobrinha preferida. - ele diz e eu sou risada

- Eu sou sua única sobrinha. - falo sorrindo

- Eu vou dar uma licença pra vocês conversarem a sós. - Peter diz

- Ah, não, por favor não vá, eu nunca tive muito contato com você, mas sei que você é um cara maneiro. - Loki fala a Peter

- Olha, eu já te julguei muito, mas hoje eu vejo que tudo que você fez, foi pensando na Morgan. - Peter fala

- Foi... isso você tem razão "Babyboy" - Loki fala e todos rimos mas Peter fica vermelho

- Acho que não gosto mais de você. - Peter da risada.

- Bom, Morgan, você foi incrível hoje. - Loki fala pra mim.

- Que isso, essa foi a guerra mais fácil da minha vida. - falo

- Não importa se a guerra foi fácil, nenhuma guerra é fácil, de fosse realmente, não teríamos saído com cortes ou arranhões. - Loki fala

- Te razão. - falo

- Você é mesmo filha do Tony. - Loki fala

- Ufa, achei que você ia falar "você é mesmo filha da Hela" - faço aspas

- Credo, nem lembro quem é essa. - ele ri

- Nem eu. - dou risada.

- Vou indo, te vejo na festa. - Loki saí

- Seu tio até que é legal. - Peter fala

- É, ele é, agora ele é um pai de família, tem dois filhos, sabia que o Steve, filho dele, é em homenagem ao meu pai? - pergunto

- Sério? Porque? - Peter pergunta

- Porque meu pai Steve foi o primeiro a confiar nele, Steve me deixou ter contato com ele, nos cinco anos lá. - digo

- Eu não gosto nem de lembrar desses cinco anos. - Peter se arrepia

- Nem eu. Mas agora você tá aqui. Bem e lindo. - beijo ele

- Lindo é? - ele sorri

- Eu disse lindo? Eu quis dizer maravilhoso. - abraço ele

- Também acho. - ele sorri

- Idiota, vamos nos arrumar, porque a festa tá aí, e temos que colocar roupas a caráter. Olha ali. - aponto para as roupas. (Estão na foto)

- Qual é!? A sua é linda, mas a minha... É ridícula Morgan. - Peter fala sério

- Vai ficar um príncipe. - dou risada.

Nos arrumamos e fomos pra tal festa, logo após a guerra, trouxemos todos de volta a Asgard, o salão estava cheio de convidados, gente que eu nunca nem vi. Mas enfim, tirando isso a festa foi boa, mas eu nem conseguia me concentrar muito, só pensava na minha filha....


Notas Finais


Eu sei que vocês esperavam uma guerra mais complicada, mas... tudo tem uma explicação. Essa guerra foi fácil, porque a da terra vai ser difícil, e vai acontecer uma coisa muito desagradável com alguém... Bom, até semana que vem ❤❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...