1. Spirit Fanfics >
  2. Família Uchiha >
  3. Uchihas - Único

História Família Uchiha - Capítulo 1


Escrita por: SorvetinSalgado

Notas do Autor


Hahahaha foi mal, foi uma enorme viage isso daqui, não precisa ler s e não quiser.

Capítulo 1 - Uchihas - Único


–————–————————————

Porquê? Talvez o mundo realmente o odiava, é, tinha certeza disso. No continente shinobi, coisas estranhas são tão comuns que nem estranhas mais são, simplesmente um novo acontecimento inusitado. Talvez não devesse ter dito isso muito cedo ou acreditado nisso, por que quando o mundo percebe que tudo está tranquilo demais e que precisa de uma apimentada, ele faz isso.

Quando nasceu, sua mãe lhe pediu para ter bons amigos e escolher uma boa esposa, aquela que iria o aceitar não importa o que, bom... Ela disse isso muito cedo.

Ele jurava ter encontrado quem sempre quis, Hyuuga Hinata, uma das garotas mais perfeitas que já existiu ao seu ver. Mas tudo virou de cabeça para baixo quando seu coração o traiu. Bom... Talvez não só o coração.

O amor para ele era algo novo, como nunca teve amor de seus pais, ele acabava confundindo amor fraterno com amor romântico. Aconteceu com Sakura, Kurenai e Yugao. Pelo menos ele se sentia feliz em nunca ter falado nada, talvez se tivesse as coisas teriam sido piores.

Ele planejava pedi-la em casamento, sim, isso seria perfeito. Eles estava bem juntos, possuíam um grande amor um pelo outro, muito melhor agora que Sasuke estava em outro lugar do mundo sem ser caçado. E isso foi realmente o problema. Droga, era sempre o Uchiha, por que ão tinha nenhum descanço? Não, Sasuke não traiu a vila, nem fez nada de errado, bom, na verdade talvez Sasuke tenha cometido uma enorme atrocidade, sim ele era gigantesca. Ele NUNCA deveria ter feito isso, isso que acabou com sua vida por um longo tempo.

Ele só fisgou seu coração pouco a pouco.

Ridículo não? Uzumaki Naruto, o herói da guerra ninja, a criança da profecia, o ninja cabeça-oca número um. Talvez realmente tivesse uma cabeça oca. Os dois são homens, algo mau visto pela sociedade, - Não que Kakashi se importasse, já que pegava Iruka a qualquer momento e hora que quisesse -, e pecaminoso. E o melhor de tudo? Sasuke queria reconstruir seu clã, e Naruto não o daria isso.

As vezes, o loiro se odiava completamente, como? Porquê? Isso era injusto.

Sempre sonhava em ter sua linda família de três com Sakura-chan, mas quando viu seu amor por Hinata desejou ter com ela. Estava tudo tão perfeito. Naruto tentou, o máximo que podia ignorar isso, tentou passar mais tempo com a perolada para se apaixonar pela aquelas lindas orbes novamente, mas só esfriava.

Hinata, óbviamente notou isso, mas não questionou. Mas talvez ela tivesse irritada com excesso de compania do Uzumaki. Isso só deu mais problemas. Hinata sempre o amou, determinado, barulhento, agitado, do jeito que ele era, enquanto ela era tímida, medrosa e fraca. Ela achava que era por que ela era a lua, lua do sol dele. Lua deveria ser tranquila, e erradiar sua pequena luz, fraca porém brilhosa e delicada, enquanto sol emanaria uma luz cheia de alegria e animação. Ela achava que eles seriam perfeitos.

Mas com a compania exagerada do Uzumaki, as coisas começaram a mudar. Ela percebeu ser incapaz de aguentar tamanha luz brilhante. Era muito cegante para si, apenas uma pessoa calma poderia lidar com isso. Isso a fazia lembrar na guerra que quase despedaçou seu coração, onde com os poderes do Sábio dos Seis Caminhos, a marca do sol apareceu na mão do loiro, comprovando sua teoria, que ela eram perfeitos um para o outro, mas a lua estava na mão de Sasuke.

Suas esperanças tinham se levantado novamente na Batalha lunar, tamanha foi a batalha que acabou dividindo a lua ao meio e entrou para a história. Ao descobrir que havia chakra e era descendente de Hamura, sentiu-se feliz. Hamura era a lua, ela também seria. Mas não parecia mais fazer sentido, parecia que aquele seu amor platônico não fazia mais sentido.

Ela o amava... certo?

Foi o que pensou por duas semanas, antes de acabar com todas as suas dúvidas.

Enquanto Naruto queria dar a Sasuke o que ele queria e nunca poderia, ela queria encerrar suas dúvidas.

Foi ai que Kiba apareceu.

Foi rápido, eles se esbarraram na rua e várias memórias de seu tempo com Kiba vieram a sua mente. Parecia que tudo fazia sentido, o quebra-cabeça agora se encaixava. Se sentiu perdidamente apaixonada.

E parecia que kami-sama havia ouvido as presces dos dois. Hinata não sabia de onde teria vindo essa súbita coragem, mas ela fez, ela terminou o namoro.

Naruto não levou tão mal quanto todos pensaram, na verdade, em 1 dia ele já estava perfeitamente bem e Hinata ficou tranquila. O loiro queria Sasuke, queria ver aqueles fios de carvão e olhos mais brilhosos e ao mesmo tempo misteriosos que um raro diamante negro. Queria Sasuke lhe beijando, lhe tratando com carinho, queria seus suspiros, queria ele dentro de si, era excitante pensar em Sasuke dessa forma, vergonhoso, mas prazeroso. Se alguém lhe tivesse dito que iria se apaixonar e ter sonhos eróticos com Sasuke, ele teria rido e mandado a pessoa para um psicólogo.

Seu relacionamento com seus amigos se tornava mais frio, todos estavam ocupados em suas novas profissões e cuidar de seus(as) companheiros(as).

Mas ele lembrava de um dia acordar, se olhar no espelho, gritar e

quebrá-lo com um soco.

Sasuke diferente dos outros de sua geração, se sentia solitário. Mas ele não queria amigos, era diferente.

O Uchiha saiu em sua viajem por dois principais motivos, para se redimir de seus pecados, ver o mundo com novos olhos, e principalmente, fugir dele.

Sua grande paixão, Uzumaki Naruto.

Era errado, dois homens, dois homens que tinham um clã pra reviver. Além de que o loiro sempre foi afim de mulheres, qual era a chance?

Doía, saber que o loiro nunca o amaria, doía, ver como o loiro sorria para Sakura.

E doeu, mais que tudo, saber que ele estava envolvido com Hinata.

Fora um idiota, deu esperanças falsas a Sakura na sua despedida, mas poderia afirmar que ela foi idiota. Ele não a queria, deixou CLARO que não queria nada com a rosada, mas ela não escuta, era sempre "Sasuke-kun" isso "Sasuke-kun" aquilo.

Ele odiava o "kun" carinhoso que ela o chamava. Ele queria palavras que expressam carinho, por exemplo, ele chamava Naruto de "usuratonkachi" com carinho. Ele queria algo verdadeiro, não essa obsessão da Haruno. Talvez um "Teme" com aquele sorriso brilhante, ou um "S-Sasuke" em meio aos gemidos. Oh, Sasuke tinha uma mente fértil.

Mas jamais esqueceria da carta que recebeu, dizendo a última coisa que pensaria em acontecer.

E isso era perfeito.

A notícia abalou todos do mundo ninja, todos sem excessão. Uzumaki Naruto virou uma mulher.

O loiro se desesperou de primeira, pensando que sua vida estava acabada, que seu prestígio teria um fim. Mas isso se tornou o contrário. Sua fama explodiu. Alcançou níveis que jamais imaginou que chegaria.

Mas o foco principal, poderia dar a Sasuke o que ele queria agora, filhos.

E Sasuke, pensou na mesma linha. Estava ali, Kami-sama deveria ter ouvido seus pedidos de socorro, e como recompensa por seus bons atos, ele disse seu obrigado. E Naruto nunca foi mais grato por isso.

Anos seguintes quando Sasuke voltou a vila, ele não perdera mais tempo e fez o que há muito tempo queria. Ele beijou o loiro, agora loira, sem se importar com a plateia.

Oh céus e foi mágico, cada momento que passou com sua loira foi incrível, cada abraço - já que aceitou a prótese -, cada beijo, do mais quente ao leve selinho. O interior quente e apertado de sua amada, seus gemidos e olhos transbordando luxúria e prazer.

Nunca tiraria a imagem de Naruto, nua, rosto vermelho, olhos lacrimejando de prazer, e seu rosto sujo com sua semente.

Sakura no começo ficou maluca, um ódio mortal tinho sido direcionado a loira, como ousava ela roubar seu prestigiado Sasule-kun? Aquele que ela amou desde sempre e nunca desistiu, mas com o tempo ela foi aceitando, e tamanha foi a surpresa quando a mulher apresentou Rock Lee como seu namorado.

A vida do jovem casal não poderia ter sido mais perfeita, primeiro veio Menma, depois os gêmeos Boruto e Sarada, então Naruko - que era a maior cópia de Naruto -, Himawari, de cabelos negros quase roxos e olhos azuis, Kushina, de cabelos vermelhos e olhos Heterocromaticos e por fim Minato, uma grande cópia de Sasuke.

Nesse exato momento, Naruto e Sasuke estavam numa praça, ambos adultos de folga. 7 filhos -além do adotado Kawaki - não eram brincadeira, davam muita dor de cabeça, e sendo sincera, Naruto as vezes queria jogar todos pela janela e ser feliz.

Mas ela agora estava realizada junto ao seu marido Uchiha, felizes mais que nunca.

Agradeceria eternamente kami, por tamanha oportunidade, se sentia feliz, chegava a transbordar, finalmente quando chegasse em casa teria alguém, seus filhos e marido, para responde-la e tratá-la com carinho.

Se virou para o lado e beijou seu marido sorrindo, seu coração se sentia quente, aquilo era finalmente a felicidade verdadeira, uma família, um lar.

"Arigato, kami-sama" pensou, olhando seu filhos brincarem. Alheia ao seu amigo.

No interior na garota, um ser laranja e de olhos vermelhos riu, um grande sorriso.

— Denada. 


Notas Finais


Acho que foi muito curta, o que vocês acham? Foi mal, isso foi estúpido e eu nem dei muitas revisadas a procura de erros :/


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...