1. Spirit Fanfics >
  2. Família Watson: O Começo!!! >
  3. Casa Nova!!!

História Família Watson: O Começo!!! - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Personagens:

Principais:

Tom Watson(Pai)
Emma Watson(Mãe)
Jhon Watson(Filho mais velho:17 anos)
Emily Watson(Gêmea de Jhon:17 anos)
Drake Watson(Filho do meio:14 anos)
Jennette(Filha mais nova:13 anos)

Figurantes:

Carly(Dona da ksa)
Julios(Vizinho)
La Preta(Demonio da ksa)
La Margarita(Antiga moradora)

Capítulo 1 - Casa Nova!!!


Estamos saíndo de nossa cidade natal e indo para uma casa que compramos em Beacon Hills.

Emily: Sai pra lá!

Jhon: Não me empurra

Drake: Sai Emily! 

Emma: Para!!! Ja chega!!! Chega de brigas!!!

Bem... Prazer... Eu sou a Emily. Vou contar a história de terror em que eu e minha família viveu em nossa nova casa. 

Faltando 2 horas para chegar... Eu ja estava imaginando o meu quarto. Meu guarda-roupa aqui, minha cama alí, quadros e pôsteres lá... Tinha tudo em mente. 

O que aconteceu foi que... A casa não era como pensavamos. 

Chegando na casa... Por fora ja era meio estranha, assombrada. Quando entramos... A casa era de madeira, com quadros estranhos, tinha teia de aranha em todo lugar, as madeiras rangiam, as luzes piscavam. 

Eu fiquei meio assustada. Pior ainda quando cheguei ao meu quarto.

Minha porta fazia muito barulho... Tinha um guarda-roupa branco, de madeira, com teia de aranha. Muito estranho. Quando eu abri... Era um closet. Não entendi nada. Uma casa tão antiga com um closet. Ok né.

Fomos ao carro buscar poucas coisas que trouxemos. O caminhão com o resto das coisas chegaria no dia seguinte a tarde. 

Tinha um mercadinho perto da casa. Fui com meu irmão gêmeo e minha mãe comprar umas coisas para comer. O dono do mercado era estranho. Minha mãe fez amizade com ele. Fiquei de cara.

Voltamos para casa.

Meu pai estava na sala, meu irmão mais novo explorando a casa e minha irmã mais nova reclamando como sempre.

Minha mãe foi para a cozinha fazer comida para jantarmos. Enquanto ela fazia a comida eu fui da uma explorada na casa também. 

A casa tinha dois andares, um porão e um sótão. Eu subi as escadas para o segundo andar. Entrei em um corredor que levava a uma sacada de frente ao quintal que havia ali em frente a casa.

Nesse quintal tinha um parquinho. Tinha 1 balanço, um escorregador, um gira-gira e um trepa-trepa. Sei... Nome meio errado. Mas é um brinquedo muito legal. Eu desci e fui ao quintal. Tinha uma fonte de agua muito linda.

Começei a balançar no balanço do parquinho e escutei uma voz vindo da fonte. Eu sai do balanço e fui ver. Chegando perto da fonte, escutei mais uma vez a voz. Olhei na agua e ela começou a fazer ondas... Como se alguem tivesse se mexendo nela. Começou a espirrar.

Eu desesperada sem saber o que fazer, fiquei apavorada. 

A agua acalmou e fui olhar novamente. 

Olhei bem na agua e vi um rosto de uma menina com véu branco. Eu saí de perto e começei a correr. Fui em direção ao parquinho. 

Parei de correr e esperei um pouco. Olhei em volta e estava tudo normal, até que derrepente...

O balanço começa a fazer barulho. Eu olho e ele estava balançando sozinho. Tinha uma floresta em frente... Olhei para as arvores após escutar uma voz e vi a menina novamente. Mas agora vi o corpo dela. Ela estava com uma roupa de noiva meio manchada de sujeira.

Eu fui me aproximando dela. Ela ficou me encarando. Cheguei mais perto e as luzes do quimtal se apagaram. Ficou tudo escuro quando derrepente...

Olho para trás e me assusto. Era minha mãe me chamando para ir jantar.

No jantar...

Estavamos todos. Sentados na mesa... Comendo. Eu não conseguia esquecer aquilo da floresta. Não contei para ninguem. Com certeza eles iriam falar que era coisa da minha cabeça. Eu sabia que não era. Foi tão real. Mas ainda sim fiquei na duvida. 

Fomos todos, cada um para seu quarto. 

Cheguei em meu quarto, fechei a porta, coloquei meu pijama, deitei sm minha cama e fui dormir. Apaguei as luzes e fechei os olhos.

*luzes acendendo*

Não entendi nada. Asuses se acenderam sozinhas.

*barumho debaixo da cama*

Me assustei. Não tinha coragem de olhar debaixo da cama. Me cobri e não sabia o que fazer. Derrepente a luz apaga novamente. Ficou tudo escuro. Olho ao redor e vejo uma coisa branca. Sumiu. Apareceu denovo e mais proximo. Somiu novamente e apareceu. Dessa vez... Deu para eu ver direito. Era a mesma menina do parquinho. Eu gritei e ela sumiu. Minha mãe abriu a oorta e acendeu a luz.

Veio toda preocupada me perguntando o que tinha acontecido. Disse a ela que era só um pesadelo. Ela foi embora e eu não conseguia dormir. Levantei e fui a janela. Olho através da janela para o parquinho e vejo algo estranho. Reparo bem e... É... La ta ela novamente... Balançando no balanço. 

Eu fiquei olhando... Olhei bem para ela. Derrepente ela vira a cabeça em direção a minha casa. Continuei olhando e e olhou para cima, olhou diretamenre para mim. Ficou me encarando. Derrepente na minha janela apareceu um reflexo de um mulher gritando e vindo em direção a mim. Olho para trás e não vejo ninguem. Olho denovo para a janela e a menina sumiu. Olho para o quarto e ta ela na minha frente. Eu desmaiei.

To be continue...




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...