1. Spirit Fanfics >
  2. Família Williams >
  3. Cap 2

História Família Williams - Capítulo 3


Escrita por: e SrChaves


Notas do Autor


Oi oi cherryzinhos e cherryzinhas! Aqui quem fala é a Cherry_Sama!

Fiz esse cap com a ajuda da @SrChaves

Capítulo 3 - Cap 2


Narrador On:


Dia 2 de Fevereiro e já aconteceu uma grande tragédia com a Família William.


O querido mordomo Mark, tivera morrido logo no começo do mês.


A única vantagem deles era que os policiais não suspeitavam mais deles, porque Mark era muito próximo a família, se eles tivessem o matado, seriam loucos .


...



Ou assim por dizer eles já são..



Mas os policiais também não tinham muitas provas sobre eles.


Agora nossa querida Família estava no enterro e em luto com a morte de seu mordomo. Sim, eles tinham seu próprio cemitério.


O dia estava nublado e todos estavam de preto, o típico preto. Todos estavam a chorar, ou talvez fingindo...


Avia policiais ao redor, pois ainda era um crime, e era a família Williams, ninguém mexe com pessoas ricas, e tão importantes como essa família, sem sair em pune.


RJ era a mais abalada da família,pois a mesma era muito próxima ao senhor Mark, era como um avó para a mesma.


Jake estava ao lado da irmã a consolando, pois a mesma era muito apegado ao senhor já de idade. Assim como RJ, Hanna quando não estava ocupada, passava a maior parte do tempo com Mark.


já os pais, estava de cabeça baixa, choramingando, não podiam abaixar a guarda. pois a mansão em si, para os policiais era muito suspeita, afinal, a família ficou famosa e rica de repente, o que não é normal.


- Мы адпомсцім(Iremos nós vingar)_ disse RJ com a expressão fria.


Alguns policiais olharam para a mesma com um misto de curiosidade e confusão em seus rosto, afinal o que a garota tivera falado? Pois são ingleses não entendem outra língua a não ser a sua, mas não deram muita atenção e voltaram ao seu trabalho.


❄No dia seguinte❄


saiu do carro vendo alguns flexes iluminarem seu rosto, a muitos jornalista em frente a sua escola, o que de fato lhe encomoda, não gosta de expôr seus irmãos, pois as mãos nas costas de cada um e passou a comandar em direção a entrada da escola.


- Porque tivemos que vir hoje?_ Hanna perguntou sonolenta, afinal não conseguiu dormir muito, pois Mark que a colocava para dormir.


- ainda estudamos, Hanna, não podemos faltar._ Jake falou tentando manter a expressão neutra, afinal os flexes das câmeras encomodavam muito.


- Jake está certo Hanna._ RJ entrou na escola atraindo olhares para si e seus irmãos.


Passaram a caminhar pelo corredor ouvindo sussurros e mais sussurros.


O que lhe deixava como mais raiva e impaciência, era as frases maldosas, sobre seu "avó".


"Eles estão péssimos"


"Como podem vir para a escola assim,depois do que houve?"


"Será que não eram não próximos do velho?"


"Eu ouvi boatos de que eles mesmo o mataram"


"Terríveis"


"Quem poderia ter feito uma coisa dessas, com pessoas tão ricas e com uma vida perfeita?"


O que as pessoas estavam a falar eram repugnantes, RJ achava isso totalmente arrogante, ela os odiava, se pudesse matava a todos um por um, mas não seria o certo neste momento, a mesma leva seus irmãos até suas salas, mas antes de cada um entra e sentar em seus devidos lugares, disse;


-Por favor ignorem esses bastardos! - RJ estava irritada, seus irmãos conseguiam ver em seus olhos.


Depois disso a mesma segue em frente indo a sua sala de aula. Totalmente desgostosa.


-Ei! Ei! - Alguém grita, mas a mesma pensa que é com outra pessoa, só percebe que é com ela quando esse pessoal a toca - RJ seu nome, não é mesmo?


A mesma vira sua cabeça lentamente, olhando para está pessoa seriamente e perguntas;


-Quem é você? - RJ pergunta 


-Ah! Sou eu Spencer, a garota que você ajudou ontem, se lembra? Também sou da sua sala- Spencer fala com um sorriso bobo em seu rosto - Só queria agradecê-la por ter me ajudado, não sei o que aquele cara faria comigo se não fosse por você - A mesma sorri triste.


-Hm! - RJ acena devagar com sua cabeça, como quisesse sair dali rápido, então assim faz, segue em frente.


-Espera! - RJ se fira para Spencer que já estava perto de si - Meus pêsames, espero que supere e melhore - A garota sorri pequeno - Ah! Que ser minha amiga?! - RJ se surpreende e olha para o rosto da garota atentamente, percebendo seu sorriso e sua leveza.


-Hmm! - RJ acena devagar com a cabeça e vai embora deixando a garota sozinha. 


RJ suspira ao tentar se acalmar, antes de entrar em sua sala, a mesma abre aporta e senta em seu lugar de sempre.


-Porra mulher! Eu ouvi os boatos, cara você tá bem? - Ketleen se aproxima perto do ouvido de RJ.

- O que você acha? é óbvio que não!_ RJ respondeu ríspido, então sua amiga fez um leve cafuné em seu cabelo, sabe que a azulada está mal, então optou por não falar mais nada, apenas um..

- Eu sinto muito pelo Mark, ele era gente boa_ A mesma suspirou.


❃3 Horas depois❃


Saiu de sua sala, soltou o ar pesadamente, tivera que ouvir coisas horríveis durante a aula de hoje, está tão abismada, que se um tapa fosse dado em seu rosto faria menos efeito, só quer ir para casa ficar com seus irmãos, eles estão péssimos igual a si, por isso que cuidar deles.


São pessoas mais que importantes para si, os ama mais que a si própria!.


❃3 Horas antes❃


Jake entrou na sala sentindo olhares sobre si, odiava isso! Suspirou e fora até sua cadeira, sentou na mesma e pegou seu celular, tenta apenas ignorar, vão esquecer um dia!.


Desbloqueou seu aparelho e entrou no aplicativo de mensagens, tem que falar com a Hanna, a mesma também deveria estar desconfortável. 


° ◇ Feioso dingo bel◇°: Hanna, você tá bem?


Esperou alguns segundos até ela ficar online e visualizar sua mensagem, até vê-la e começar a digitar.


° ◇ Baixinha dingo bel◇°: Mais ou menos, os olhares estão me incomodando demais, mas e você? Como tá? 


°◇ Feioso dingo bel◇°: Eu tô do mesmo jeito, é um saco!


Duspirou, realmente é um saco ter gente olhando demais para si, se sente fodidamente desconfortável. É um horror e tudo piora com os sussurros sobre sua família. 


Sabem que são assassinos, mas ninguém além de sua família sabe, nem eram para esta desconfiando, pois os policiais vieram a tona e falaram pra imprensa sobre a maldita carta, e ainda tem uma caralhada de pessoas falando que foram eles mesmo que escreveram a carta.


°◇Baixinha dingo bel◇°:Concordo, da vontade de matar todos!


°◇Feioso dingo bel◇°: Não é uma má idéia...


Quardou o celular assim que viu seus amigos virem em sua direção, tem que ao menos fazer esforço para falar com eles, seus amigos sempre lhe apoiaram, eles são os melhores.


-Eae cara! Fiquei sabendo do tio Mark, sinto muito.. _ Fez uma aceno de cabeça para Edward, o mesmo tem cabelos da cor vermelho, olhos verdes e um tom de pele pardo e é mais alto que si, ele é um ótimo amigo!.


-Meus pêsames, Jake_ sentiu uma mão em seu ombro, esse é o Josh e ao seu lado estava seu irmão gêmeo,esse que se chama James, eles tem cabelos da cor preta, olhos azuis e são morenos.


-Vamos sentir muita falta dele_ Olhou para a cadeira a sua frente avistando o Kevin, o mesmo tem cabelos da cor grisalha, olhos castanhos caramelo e um tom pálido de pele, confessa que sente uma certa atração por ele, mas claro que não irá falar nada.


-Valeu gente_ deu um sorriso de canto para eles, os mesmos sempre estão com si, por isso não os trocaria por nada. 


Regra número 2: saiba que os Williams sabem quem são os de confiança, não ouse trair a confiança dos mesmos...


Notas Finais


OI! aqui é o @SrChaves e corrigir qualquer erro ortográfico, se ainda tiver, desculpe-me

Espero que tenham gostado.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...