História Fanfic Amor doce Castiel: Meu Melhor Amigo - Capítulo 20


Escrita por:

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Castiel
Visualizações 99
Palavras 1.565
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


_-_Avisos_-_

Spoiler do Amor doce University Life

Capítulo 20 - Cap 2 - 3 Temporada: Cada Dia Mais Feliz


Fanfic / Fanfiction Fanfic Amor doce Castiel: Meu Melhor Amigo - Capítulo 20 - Cap 2 - 3 Temporada: Cada Dia Mais Feliz


Dois Meses Depois (Sexta-Feira 11h52min)

De Acordo com os meses que foram passando, fui ficando mais feliz com a minha gravidez inesperada. Cada dia que passa eu vou a amando mais ou o amando mais, apesar de ainda nem ter nascido. Castiel parece que virou meu guarda-costas, pois ele quase não deixa eu ficar andando muito... Aliás, ele quase não fica comigo por causa dos shows e de seu trabalho. Hoje ele vai viajar em no trabalho para fazer um show em Brasília, que é um pouco longe daqui, mas ele voltará em 1 mês, é muita coisa, mas ele vai para outras cidades também... Ele sempre escreve cartas para mim todos os dias quando não está comigo ou não dor.e por aqui... Era para eu ter voltado para a Coréia nesses últimos dois meses, mas a verdade é que eu vou morar aqui no Brasil, apesar de várias vezes após a gravidez eu terei que ficar na Coréia por pelo menos dois meses e depois voltar por causa da carreira, os diretores deixaram eu ficar aqui no Brasil, eu até comprei uma casa bem grande para nós. Eu tô feliz por tudo o que vem acontecendo esses últimos dias por aqui... Bom e Nath estão mais felizes também a cada dia. Dara e Minzy namoram mas não estão grávidas. Rosa não está grávida, pelo menos não que eu saiba, pois ela não me disse nada... 

Hoje o meu "pai" vem para o Brasil me visitar e visitar as minhas irmãs... Pra mim ele nunca foi um bom pai. Ele me rejeitava por eu nao ser filha dele e sim de outro cara... Eu sofri muito com isso... 

No Quarto (Casa Da Docete)

Um detalhe que eu esqueci de contar, é que eu e o Cassy estávamos noivos e iríamos nos casar em dois meses. A casa que eu disse que comprei na verdade era "nossa" casa.

Castiel: Amor, eu já estou indo. Volto em um mês.

Do7: Ah, tá bem.

Castiel: Vai ficar bem?

Do7: Sim, eu sei me cuidar amor.

Castiel: Estou falando sobre o seu pai... Eu queria estar aqui pra te ajudar com ele. Faz tempo que você não vê ele... Se você quiser eu cancelei a viagem e vou outro dia.

Do7: Que isso Cassy, não precisa. Ele não vai fazer com que eu me intimide. Vai ficar tudo bem, não se preocupe.

Castiel: Tá bom. Tchau.

Ele me da um beijo e sai. Quando ele passa pela porta, eu me sento no sofá e tento respirar fundo para não entrar em pânico.

Não é só o meu pai de consideração que está vindo me visitar, mas o meu pai de sangue também está vindo para me conhecer. Eu não disse isso para o Castiel, por que ele iria cancelar a viagem pra me dar apoio. É a primeira vez que lido com essas coisas sem o Castiel ao meu lado... Ele marcou um encontro comigo amanhã na praça de Vic as 09 horas da manhã. Estou ansiosa e nervosa... Espero que ele seja um pai melhor que o Jungwoon, que é o meu pai de consideração.

Rosa: Mulher de Deus! MENINA, EU DESCOBRI QUE EU TÔ GRÁVIDA!

Do7: É o que?!

Rosa: Vou ser direta.... Eu tô grávida, mas o Leigh Não é o pai e sim o Lys...

Do7: OI?! Rosa, eu não acredito nisso! O que você fez?

Rosa: Foi num momento de fraqueza Do7... Eu e o Legh brigamos e o Lys me ajudou a superar e acabei superando de outra forma entende?...

Lá vem mais um problema...

Do7: Respira Rosa... O Leight já sabe? 

Rosa: Não... Me ajuda Do7...

Do7: Claro que eu vou ajudar Rosa... Quando você descobriu?

Rosa: Faz tempo, já faz dois meses.

Do7: Por que não me contou Rosa?

Rosa: Eu não sabia o que fazer, mas aí o Lyssandre veio falar comigo ontem e Perguntou por que eu estava me sentindo mal esses dias...

Do7: Então o Lyssandre também não sabe que vai ser pai né?

Bom: OI?? Lyssandre vai ser pai? 

Rosa: Longa história. Não conta pra ele tá? Eu vou falar com ele na hora certa...

Bom: Ah, ok. 

Do7: O que você está fazendo aqui?

Bom: Vim avisar que o papai chegou.

Meu coração dispara... 

Do7: A-Ah... Já estou indo...

Bom e Rosa saem da casa comigo indo em direção a universidade. No caminho fui pensando em tudo que eu iria dizer a ele...

Na Universidade 

Bom: Eles estão na sala de espera.

Quando entramos na sala de espera, primeiro vi minha mãe conversando com meus irmãos pequenos que logo me abraçam... Lá estava meu pai, me olhando fingindo que se importa. Como odeio ele... Lembro que eu disse para o Cassy que ficaria tudo bem e vai ficar...

As meninas (Minzy, Dara e Bom) abraçaram ele e eu fiquei parada olhando eles.

Jungwoon: Filha, não vai vir abraçar seu pai?

Do7: Você não é meu pai e não, não vou te abraçar.

Jungwoon: Eu já pedi desculpas...

Do7: Desculpas? Desculpas pelo que mesmo? Ah, Desculpas por me rejeita quando eu tinha apenas 5 anos, Desculpas por ter tirado tudo de mim? Acho que não.

Jungwoon: Sei que está com raiva de mim, mas as coisas não precisam ser assim. Podemos conversar como pessoas que se importam uma com a outra agora? 

Eu me sento em uma cadeira e ele também.

Meus irmãos pequenos saíram com a Minzy e a Dara, só quem ficou na sala foi a Bom, minha mãe, Eu, meu pai e o Nath que me acompanhou com as meninas as até aqui.

Jungwoon: Soube que você está namorando um cantor famoso, um cantor de rock. Eu não acho que ele seja uma boa pessoa pra você.

Do7: Então você está dize do que eu não posso namorar o cara que eu gosto só porque você não quer? Logo você que nem participa da minha vida?

Jungwoon: Só estou dizendo que ele canta músicas que tem letras um pouco pesadas e ele também não é o tipo de pessoa que deve gostar de garotinhas mimadas como você. Não vai namorar ele e ponto, é para o seu bem. E também não é bom que as pessoas vejam minha filha com um cara  drogado como ele.

Do7: Não só namoro ele como sou noiva dele. Ele não é drogado e eu não sou mimada. Ele me ama, bem diferente de você, que ama o que eu posso te oferecer, como dinheiro ou a minha mãe. Aproveitador.

Ele levanta com raiva e bate a mão na mesa bem forte. Meu coração gela e eu fico pálida de medo dele, afinal quando eu era.pequena ele batia na minha mãe e me batia também.

Jungwoon: NÃO SOU APROVEITADOR! SE SUA MÃE ME AMA MAIS DO QUE AMA VOCÊ, EU NÃO TENHO CULPA! ATÉ AGORA TINHA ME ESQUECIDO DO MOTIVO DE EU NÃO TER GOSTADO DE VOCÊ, POIS VOCÊ É CHATA, MIMADA, IDIOTA E UMA IMBECIL!

O Nath se aproxima

Nath: Acho que o senhor deve se acalmar um pouco...

Eu estava quase chorando... Vai ficar tudo bem do7, é o que o Cassy me diria agora... Sinto a falta dele...

De repente a porta abre e o Castiel entra... 

Jungwoon: Mais que falta de educação senhor, quem é você?

Castiel: Me desculpe, sou o Castiel.

Eu tentei não olhar pra ele para ele não perceber que eu estava quase chorando... Eu queria me jogar nos braços dele agora...

Jungwoon: Então é você o tal Castiel, o noivo de minha filha. Estávamos aqui dizendo sobre o noivado de vocês e eu não aprovo. Não aprovo que minha filha namore alguém como você.

Bom: Você não é o pai dela papai, você não tem que aprovar nada.

Jungwoon: E quem é você para opinar algo aqui, criança?

Kanauy: Calma, amor. Acho que acabamos essa conversa por aqui.

Jungwoon: Sim, acabamos.

Minha mãe pega a mão do meu pai e eles saem da sala.

Castiel olha pra mim e eu olho ele com lágrimas escorrendo...

Castiel: Vem cá...

Eu vou correndo e o abraço forte...

Bom: Vou deixar vocês a sós.

Bom e Nathaniel saem da sala também.

Castiel: Eu sabia que não ia ficar nada bem se eu fosse e te deixasse aqui com aquele babaca.

Do7: Por que você não foi - Falo olhando para o mesmo.

Castiel: Eles cancelaram o voo e o show. Parece que aconteceu um tiroteio por Lá, algo do tipo. Os shows foram marcados para ano que vem, em janeiro. 

Do7: Que bom...

Castiel: Vem, vamos tomar um ar.

Saímos para a praça de Vic.

Castiel: Por que não me contou que ele não era o seu pai de verdade?

Do7: Como ficou sabendo?

Castiel: Dara de falou.

Do7: Eu não queria que você perdesse a viagem por minha culpa.

Castiel: Você precisa parar de ficar me colocando na frente de tudo Do7. Eu não me importo com essas coisas, eu só quero ficar com você.

Do7: Tá bom. Me desculpe...

Castiel: E quando você vai ver ele?

Do7: Amanhã.

Castiel: posso te acompanhar.

Do7: Não precisa.

Castiel: Não Foi uma pergunta.

Do7: Aí, nossa Castiel.

Castiel: Você sempre fala que não preciasa, aposto que fica pensando "Caramba, ele podia está aqui, como eu o amo e blá blá bla"

Do7: Uhum, claro... Aí tô cansada, vamos sentar.

Castiel: Vem, vamos tomar um sorvete. Ah, quase esquecendo, tenho uma coisa pra te dar quando chegarmos em casa.

Do7: O que É? 

Castiel: É um buquê de flores muito bonito. [Imagem]

Ele pede um sorvete e começamos a comer. Ele ficava me olhando de um jeito estranho e eu começava a rir do nada.

Castiel: Oush, tá rindo do que?

Do7: Nada não... Aí Cassy, para de me comer com os olhos.

Castiel: Deixa eu te comer com outra coisa então. - Fala rindo

Do7: Ah, que engraçado. Palhaço.

To Be Continued...


Notas Finais


_-_Boa Leitura_-_

Espero que tenham gostado.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...