História Fanfic is it love? Ryan- "Um motivo para amar novamente." - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags It Is Love? Ryan
Visualizações 196
Palavras 2.635
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência, Visual Novel
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Boa leitura mores!😘

Capítulo 16 - "Amanhã?"


 Lynn: N-não é ninguém importante!

Ryan: Mesmo?

Ryan: Então por quê aqui ele fala que é o “amor da sua vida”?

Lynn: Ryan...é complicado!

Ryan: É complicado?

Lynn: Olha Ryan...e-ele é meu ex! Só isso.

Ryan: Seu “ex” te mandando mensagens?

Lynn: Eu não sei como ele descobriu meu número

Lynn: Eu só me mudei pra cá por causa dele! (As lágrimas ameaçam chegar e Ryan nota isso)

Ryan: Bebê...desculpe eu...ah, o que este babaca te fez?

Lynn: Eu não gosto de falar disso

Ryan: Amor...por favor eu só quero te ajudar, sou seu marido pode confiar em mim!

Lynn: Ele me fez muito mal Ryan, muito mal mesmo! Eu não gosto nem de lembrar

Ryan: Ok, tudo bem! Se não quiser contar...

Lynn: Não, não é isso é que...ah...*suspiro*

Lynn: (Eu acabo contando tudo a ele, bastante triste e envergonhada mas contei!)

Ryan: Que filho da Puta!

Lynn: Ryan...eu tenho medo...tanto por nós quanto por nosso filho!

Ryan: Amor acredite...eu não deixarei que nada aconteça com vocês dois! Ok? Eu amo vocês dois!

Lynn: Obrigada Ryan!

Lynn: (ele não diz nada apenas me dá um beijo rápido)

Lynn: Ryan...eu queria te falar algo!

Ryan: Pode falar bebê, estou te ouvindo!

Lynn: É que...eu não quero mais ficar aqui, Dylan é perigoso, tenho medo por nosso filho!

Ryan: E...o que você proponhe?

Lynn: Que eu trabalhe na empresa!

Ryan: Na empresa? Mas oque você...

Lynn: Não importa! Eu só não quero ficar aqui, sozinha! Tenho que trabalhar! Me bote até de faxineira se quiser!

Ryan: Até parece!

Lynn: É sério Amor!

Lynn: Por favor! (Falo fazendo beicinho pra ele)

Ryan: Ok bebê, vou ver oque consigo pra você!

Lynn: Como assim?

Ryan: O que? Não me diga que quer esse trabalho ainda hoje

Lynn: (Eu sorriu para ele concordando)

Ryan: Amor, eu não posso conseguir isto ainda hoje!

Lynn: Pode sim!

Ryan: Lynn...amor eu...

Lynn: (eu olho feio pra ele)

Ryan: Ok, sei que você tem qualificação para todo tipo de trabalho, então você será minha assistente por enquanto!

Lynn: Sério? (Olho empolgada para ele)

Ryan: Sim, e você começa hoje, portanto...Se arrume, estou te esperando no carro, depois resolvemos este caso do Sr.Dylan

Lynn: Ok! (Falo isso subindo as escadas rapidamente para me trocar)

Lynn: (Vou até o banheiro tomar um banho super rápido e vou em direção ao closet)

Lynn: (Pego uma roupa qualquer,.me visto e desço me despedindo de Ivy)

Lynn: (uma vez fora, vou até o carro de Ryan e entro nele, surpreendendo Ryan)

Ryan: Já?

Lynn: Sim, agora vamos!

Ryan: Ok, como quiser senhora!

Lynn: Não me chame de senhora, me sinto velha!

Ryan: Ok, senhorita

Lynn: Assim está melhor!

Lynn: (Depois de um tempo chegamos na empresa)

Lynn: (Ryan abre a porta para mim e nos seguimos em direção a enorme porta principal)

Lynn: (Faz tanto tempo que não venho aqui)

Lynn: (Quando entramos todos nos olham)

Lynn: (Alguns cochicham algumas coisas que não consigo entender)

Lynn: Ryan, pode ir na frente, tenho que falar com a Lisa

Ryan: Ok bebê!

Lynn: (Ele fala isso e se vai)

Lynn: (ignoro todos os olhares de reprovação e sigo em direção a Lisa, que parece ocupada atendendo alguém)

Lynn: (Eu espero ela terminar e corro para abraça-la, ela se assusta na hora)

Lisa: Amiga quer me matar de susto?

Lynn: Aff bom dia pra você também

Lisa: Bom dia, oque faz aqui?

Lynn: Eu trabalho aqui agora

Lisa: SÉRIO?

Lynn: Lisa fale baixo! (Todos nos olham)

Lisa: Sério?

Lynn: Humhum

Lisa: Como isso foi acontecer?

Lynn: Lá em casa tava um tédio, então obri......Pedi para o Ryan me dar um novo emprego aqui na Carter

Lisa: Sério mesmo?

Lynn: Sim, mas agora eu preciso ir trabalhar tchau miga! Beijinhos!

Lisa: Tá bom vai lá amor!

Lynn: (Ela fala isso e eu entro no elevador distraída)

Lynn: (Mas quando olha pra frente, vejo a última pessoa que iria ver no mundo)

Lynn: Cassidy meu amor, como está? Nossa...faz tanto tempo que não nos vemos!

Cassidy: Poiser né, desde que fisgou o Sr.Carter para você! Mas é uma puta mesmo!

Lynn: Puta? Eu? Haha olha só quem fala

Cassidy: Posso até ser puta, mas sendo puta é que consigo oque quero!

Lynn: Mas é claro que consegue oque quer, com a metade da Carter ao seu favor, eu não duvido nadinha

Cassidy: Ora sua...

Lynn: (Ele já ia avançando pra cima de mim, quando aponto o meu dedo na cara dela fazendo um sinal de não, fazendo assim ela parar imediatamente)

Lynn: Não vai querer bater na dona da empresa, que aliás está Grávida, ou vai?

Cassidy: O quê? Grávida? Você?

Lynn: Sim, estou grávida! (Falo levantando uma sobrancelha em sua direção)

Lynn: (Antes que ela fale algo o elevador abre e eu saio a deixando plantada ali)

Lynn: (Chego até minha sala muito animada, é como se fosse novamente o meu primeiro dia aqui)

Lynn: (Ligo meu computador, e logo tenho mensagem do Ryan me pedindo para fazer algo)

Lynn: (Está sim é a minha vida, e não dando diversas ordem para diversos empregados)

Lynn: (A Lynn de antes está de volta, mas é claro, Grávida!)

*7 MESES DEPOIS*

Lynn: (27 semanas de gravidez e estou cada vez mais ansiosa, quero logo ver o rostinho do anjo que cresce na minha barriga)

Lynn: (Dylan tentou se aproximar de mim, ele acabou sabendo que eu estava grávida, de primeira ele ficou furioso e me ameaçou, mas Ryan contratou diversos seguranças para me proteger)

Lynn: (E já percebi que eles não brincam em serviço, não deixam ninguém se aproximar se eu não permitir)

Lynn: (tentei puxar um assunto ou outro com alguns mas, sem resposta! São uns brutamontes)

Lynn: (Depois de um tempo ele não apareceu mais e dizem por ai que elr voltou ao Brasil, pois daqui a pouco o meu filho já vai nascer então, ele não queria ter o desgosto de saber da notícia, oque será um pouco difícil)

Lynn: (As empresas Carter já estão sabendo sobre a minha gravidez e eu não tenho vergonha alguma de mostrar minha barriguinha, na verdade barrigão, porque meu Deus do céu acho que meu filho vai nascer gigante)

Lynn: (E Ryan...bem...Ryan tem sido um fofo comigo, sempre me apoiando em todas as decisões que tomo igualmente a mim)

Lynn: (E por incrível que pareça, eu quero logo que essa criança saía)

Lynn: (o quanto antes melhor...)

*2 MESES DEPOIS*

Lynn: (Já estou com 36 semanas de gravidez ou seja, 8 meses quase completando 9 e minha barriga já está bem grande)

Lynn: (Enquanto ao sexo do bebê eu preferi que descobrissem na hora do parto)

Lynn: (Carter não gostou tanto da idéia mas acabou cedendo)

Lynn: (Durante essas longas 36 semanas eu senti muita dor, e tenho feito fisioterapia para ter um parto traquilo)

Lynn: (Ryan tem me dado muita atenção e está cada vez mais ansioso para a chegada do nosso bebê)

Lynn: (Enquanto o meu medo aumenta cada dia mais, pois sou mãe de primeira viagem então...o medo já é bem normal)

Lynn: (Minha barriga pesa muito e me incomoda bastante mas, eu sei que no fim isso tudo vai valer a pena)

Lynn: (Matt, Lisa, Colin e Jenny são os padrinhos do bebê)

Lynn: (E por mais que não seja de sangue Jenny é tia dele, Ryan também não gostou muito da idéia mas...foi o único jeito)

Lynn: (De vez em quando eu até sinto Jenny um pouco diferente comigo, bem...de Vez em quando)

Lynn: (E agora neste momento estou no quartinho do meu bebê)

Lynn: (Ele é simplesmente perfeito, Ryan fez questão de administrar toda a decoração dele, e ficou lindo)

Lynn: (Estava andando no quarto quando sinto alguém me abraçar por trás)

Ryan: O que está fazendo bebê?

Lynn: (Ele fala isso e eu me viro) Nada, apenas...observando o quartinho do bebê, está lindo! Você está de parabéns!

Ryan: Obrigado! Já que era para o nosso filho, eu dei o meu melhor!

Ryan: Mas...bebê eu estava pensando em te falar algo faz um tempo!

Lynn: O quê? Pode falar! (Falo curiosa)

Ryan: É que...você era a minha assistente antes de se casar comigo e até depois, e eu não queria e nem quero que trabalhe mais, então...eu estava pensando em contratar uma nova assistente!

Lynn: Por quê uma nova assistente? Você tem o Mark! (Falo estressada com a sua confissão)

Ryan: Bebê, Mark já tem trabalho demais, ele precisa de um descanso!

Lynn: (Ryan tem razão mas, nem sonhando que eu vou admitir isso)

Lynn: E quando você pretende contratar uma nova assistente?

Ryan: Depois do nascimento do bebê!Que pelo visto será logo, Já tenho uns currículos e vou analisa-los assim que possível!

Lynn: *Hup* não tô gostando disso!

Lynn: Por quê logo uma assistente mulher? Por quê não contrata um homem?

Ryan: A força que o homem tem, a mulher não tem! E a sabedoria que a mulher tem, o homem não tem!

Ryan: Não vejo o porque dos seus ciumes! Eu amo vocês dois, e jamais seria capaz de trair você bebê!

Ryan: Além do mais, ter um assistente homem não pegaria bem pra mim!

Lynn: Hum... (faço uma cara de emburrada, não estou gostando disso)

Lynn: Aff...estou falando Vai dar merda!

Ryan: Bebê...por favor né!?

Lynn: Já avisei que isso vai dar merda, mas...eu deixo!

Ryan: Ah*suspiro* Que bom que concordou!

Lynn: (Ele fala isso me dando um beijo)

Ryan: Bem...agora vou ir tomar um banho!

Lynn: (Ele fala isso e sobe as escadas)

Lynn: (“Uma assistente mulher” Não tô gostando disso)

*4 SEMANAS DEPOIS*

Lynn: (Quando eu acordo Ryan já não está mais na cama como de costume)

Lynn: (Bufo e desço da cama)

Lynn: Ah...que estranho! (Sinto uma dor horrivel no ventre)

Lynn: (Estranhamente Horrivel)

Lynn: (Desço as escadas e vejo Ivy servindo o meu café da manhã como de costume)

Lynn: Bom dia Ivy (falo meio monótona)

Ivy: Bom dia querida, se sente bem?

Lynn: (ela me olha preucupada) Na verdade não Ivy, estou sentindo uma dor estranha!

Ivy: Ai meu Deus...melhor irmos no médico então! Quer que eu ligue para o senhor Carter?

Lynn: Não Ivy, não vamos em médico algum, eu aguento!

Ivy: Tem certeza?

Lynn: Tenho Ivy (na verdade tô sentindo muita dor, mas não deve ser nada grave)

Lynn: (Tomo/belisco meu café da manhã que pra mim parece não ter gosto algum)

Lynn: (Tem algo muito estranho aqui)

Lynn: (Eu passo um tempo apenas aguentando aquela dor)

Lynn: (Meu Deus parece que eu vou até morrer)

Lynn: (a dor passa um pouco depois de um tempo, e eu começo a ficar cansada, muito cansada)

Lynn: Ivy...eu vou descansar ok?

Ivy: Ah querida...ainda sente dor?

Lynn: Nem tanta, mas agora que já passou um pouco mais eu vou descansar!

Ivy: Ok querida!

Lynn: (subo as escadas e vou até o quarto)

Lynn: (Me deito passando a mão em minha barriga)

Lynn: (Não demorou muito tempo e eu caio em um sono pesado)

*NARRADO POR IVY YOKLEY*

Ivy: (Assim que Lynn sobe eu pego o telefone fixo e digito um número)

*LIGAÇÃO*

Secretária: Bom dia senhorita, com quem deseja falar?

Ivy: Eu desejo falar com Ryan Carter

Secretária: Hum...Senhor Carter está em uma reunião agora, deseja deixar um recado?

Ivy: Apenas diga a ele que Ivy Yokley ligou, e que precisa falar com ele urgentimente!

Secretária: Ok senhorita, deixarei o recado tenha um bom dia!

Ivy: Igualmente!

*LIGAÇÃO OFF*

Ivy: (ela fala isso e eu desligo, será que isto são contrações?)

Ivy: (Eu sento no grande sofá da sala, estou tão aflita)

Ivy: (Tomara que tudo corra bem)

*NARRADO POR LYNN CARTER*

Lynn: (Eu acordo atordoada de dor)

Lynn: Meu Deus não dá mais! (Me levanto rapidamente e desço as escadas)

Lynn: Ivy?

Ivy: Sim?

Lynn: Ivy pelo amor de Deus, eu não tô aguentando mais de dor!

Lynn: Vamos a um médico!

Ivy: Ok, só vou pegar minha bolsa!

Lynn: (Ivy fala isso e vai rapidamente ao seu quarto, logo depois ela volta)

Ivy: Vamos querida!

Lynn: (Ela fala isso e nos duas saimos da mansão, Jake fica na empresa com o Ryan, e eu tenho um motorista ai, ele é bem simpático mas não se compara ao Jake...Aff mas isso não importa agora, eu apenas entro no carro e Ivy fala um endereço de um hospital que eu nunca nem ouvi falar, deve ser particular ou então secreto)

Lynn: (Depois de um tempo sentindo dor nós chegamos ao elegante hospital)

Lynn: (O motorista abre a porta para Ivy e ela sai, depois ela me ajuda sair)

Lynn: (Nós vamos em direção a recepção, Ivy fala umas coisas para a recepcionista e nós finalmente entramos)

Lynn: (Ivy me direciona até uma sala onde pede que eu sente e eu logo faço)

Lynn: (Depois de um longo tempo um médico entra e diz que queria ver minha dilatação)

Lynn: (Ele me leva até uma sala um pouco reservada e juntamente com a enfermeira ele me examina)

Lynn: (Depois dos diversos exames constrangedores e dolorosos eu sou levada para a mesma sala onde Ivy estava e ele pede para que eu sente na maca, eu apenas obedeço)

Lynn: (Depois disto ele se vai para pegar o resultado do exame)

Lynn: (eu espero impacientemente por ele)

Lynn: (até que ele volta com um papel na mão)

???: Senhora Carter...a senhora está com 1cm de dilatação, suas contrações estão de 10 em 10!

Lynn: E o que isso quer dizer?

???: Que a senhora terá o seu bebê mais ou menos amanhã!

Lynn: (eu olho para Ivy pasma)

Lynn: (Sim, eu sabia que esse dia chegaria mas...porra...amanhã)

Lynn: (ele sai nos deixando a sós)

Lynn: Ivy...

Ivy: Só mantenha a calma querida! Vai correr tudo bem! Pode ter certeza!

Lynn: Ivy...pelo amor de Deus...eu nunca tive um filho antes!

Ivy: Calma querida, vai correr tudo bem! Calma...

Lynn: Eu espero...

Lynn: (O tempo passa e passa, e a dor vai ficando mais profunda)

Lynn: (eu apenas aguento)

Lynn: (Mas...depois de um tempo eu não consigo mais!)

Lynn: Ivy...eu quero que ele veja como esta agora!

Ivy: Ok, vou chama-lo!

Lynn: (ela fala isso se retirando do quarto apressada)

Lynn: (Logo depois ela volta com o Doutor)

???: Bem...a senhora Yokley me contou...está pronta?

Lynn: Sim!

???: Bem...então me acompanhe por favor!

Lynn: (Ele fala isso e eu o acompanho)

Lynn: (Quando chegamos eu me deito na maca e ele começa...)

Lynn: (Depois de outros exames dolorosos ele finalmente acaba e diz para mim esperar um pouquinho até que tudo esteja pronto)

Lynn: (Depois de um tempo ele se vira e fala)

???: sua dilatação está com 2cm agora, então tá tudo bem ok?

Lynn: ok!

???: Agora...e quero que permaneça aqui, logo logo voltarei e as infermeiras ficarão aqui com você, ok?

Lynn: ok! (Falo isso e ele se retira)

Lynn: (Logo depois Ivy entra acompanhada de...)

Lynn: Ryan?

Ryan: Lynn...bebê...está tudo bem com você? E o bebê? Ele está bem?

Lynn: Sim, está tudo bem eu acho, só estou sentindo uma dor infernal!

Ivy: O Médico disse que o parto provavelmente será amanhã

Ryan: Amanhã?

Lynn: (eu apenas concordo com a cabeça e as enfermeiras chegam)

???: Olá mamãe...

Lynn: (uma delas me cumprimenta e eu dou um sorriso a ela) olá...

???: Sei que esta preucupada mas, não se preucupe ok? Está tudo bem!

Lynn: Sim, sim eu sei, está...tudo bem!

???: Você é o pai, não?

Ryan: Sim, eu sou o pai!

???: Ah...claro...você é o empresário famoso...Ryan Carter não?

Ryan: Sim, sou eu!

???: Ah...não se aflita...seu filho está bem! Ok?

Ryan: Ok!

???: Agora ela precisa descansar, você ficará com ela?

Ryan: Sim, sim ficarei

Lynn: (ele se vir para Ivy e fala algo que não entendo, depois ela se retira)

Lynn: (Eu real não aguento, e acabo adormecendo)


Notas Finais


Beijosss!😙😙😙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...