História Fanfic- Kuroko no Basquete - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Kuroko no Basuke
Personagens Akashi Seijuro, Aomine Daiki, Kagami Taiga, Kise Ryouta, Kuroko Tetsuya, Midorima Shintarou, Momoi Satsuki, Murasakibara Atsushi
Tags Kuroko No Basquete, Vida Do Cotidiano
Visualizações 14
Palavras 1.057
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Esporte

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 4 - Capitulo 4- As façanhas do passado de Emi!


RA: Agora eu fiquei curiosa! Conta!

Emi: Ok!

Com Emi:

//quebra do tempo 3 anos atrás//

Eu e Kuroko amamos basquete desde sempre, esse esporte se tornou algo que nos manteve unidos em casa com as brigas dos nossos pais, quando chegamos em Teikō Kuroko pode entrar no clube, mas eu só poderia entrar como assistente, mas recusei essa ideia! Toda a noite Tetsuya treinava em uma quadra vazia, e eu ia junto para treinar, ate que uma noite Daiki apareceu na quadra e se assusta com agente pensando que éramos um fantasma.

AD: Emi, porque não fica como assistente? Pelo menos poderá ver os jogos!

Emi: Não! Eu quero jogar como vocês e não trazer toalhas e água!

KT: Ela não mudara de ideia!

Emi: Sou cabeça dura! Então que tal uma partida, Aomine?

AD: Desafio dado desafio comprido!

Jogamos e Aomine percebeu que eu tinha habilidade básica então ele começou a me ensinar mais outros dribles. Depois de alguns messes Akashi descobre dos treinos secretos. Ele já estava no começo da dupla personalidade, sem pelo menos me ver jogando para depois julgar, ele não deixou mais eu acompanhar os treinos de Tetsuya e se eu não fizesse o que ele mandasse Tetsuya nunca mais poderia jogar! Se passou um mês depois daquilo e Tetsuya ia jogar um basquete de rua com o pessoas da Geração Milagre contra um time da rua.

Emi: Como assim, “você tem que ir no meu lugar”?

KT: Eu estou doente e a mãe disse para eu não sair de casa, mas eu não posso deixar o time na mão, o Aomine e a Momoi sabem eles vão te cobrir!

Eu não podia disser: não! Pois já não bastava o nosso choque de nossos pais se separarem eu tinha que pelo menos tentar e também queria provar para o Akashi que eu tinha direito de pelo menos acompanhar os treinos! Coloquei um boné para esconder o cabelo, vencemos o jogo, mas logo depois eu revelei para mostrar que eu podia jogar na escola com eles.

AS: Como ousou me contrariar?

Emi: Eu amo basquete, é a única coisa que tenho para passar um tempo com meu irmão! E você acabou de ver minhas habilidades no jogo!

KR: Kuroko#2, tem talento, mas o clube de basquete é masculino e não tem feminino entenda!

AD: Qual é? Ela merece aprender com os melhores digo além do irmão dela, nós poderíamos ensina-la um pouco mais!

AS: Não!

Emi: Agora chega! *Puxo a gola de sua blusa!*

Perdi a paciência, tiro o meu boné para ele falar com a Emi e não com alguém que ele pensa que é o Tetsuya!

 Emi: Eu vou ser bem franca, não tenho medo de pessoas que se acham os donos da razão! Eu não fiz todos aqueles passes e uma cesta para levar um não! Olha nos meus olhos e veja se eu estou brincando! O senhor perfeito, pode se achar o dono da razão depois, agora tente entender a vida pessoal minha e do meu irmão é totalmente diferente de sua! O Tetsuya fala de você como um amigo compreensível, mas se você nem compreende que posso jogar mesmo sendo uma garota Aff... O que eu quero dizer é que: Eu posso aceitar ser considerada mais nova que o Tetsuya, mas não aceito que alguém não me deixe jogar o esporte que amo só por eu ser uma garota! Entendeu senhor perfeição?{Depois dessa ele vai me temer ou vai me respeitar!}

AS: {Tetsuya não tem esse lado!} Certo você venceu a discussão! Você poderá treinar e aprender a jogar conosco, mas os torneios oficiais ou amistosos entre escolas não porque...

Emi: Porque é entre os times e eles dão masculinos! Eu sei!

Quando Akashi cedeu o resto também aceitou bom, menos...

MA: Vai ser muito trabalhoso!

Emi: Murasakibara, certo?

Ele faz o sinal de sim com a cabeça.

Emi: Eu sei que nunca chegarei ao seu nível de Lateral /Pivô, mas ao menos quero saber o básico para esse esporte ser meu passa tempo!

MA: Não!

Emi: Não queria chegar a esse ponto! *se aproxima dele* Eu faço a comida que quiser por uma semana!

MA: {Por um minuto pensei que... Esquece!} Um mês!

Emi: Fechado!

KR: Kurokocchi#2! Eu vou te mostrar alguns truques!

Emi: Por que esta me chamando assim?

KR: É que eu coloca “cchi” no fim do sobrenome de todos que respeito e se você é a mais nova então é 2.0!

Emi: Pode parar! E pode me chamar pelo primeiro nome!

KR: OK, Emicchi! Quer ver uma copia perfeita dos passes do Kurokocchi? Bom só dos passes você é uma copia melhor na aparência!

Momoi: Que piada ruim

Continuamos jogando por mais meia hora! Aquele dia foi o melhor de toda a minha vida!

//quebra do tempo de volta ao presente//

AS: Tinha mesmo que falar da piada do Ryota?

KR: Eu sou um gênio quando o assunto é piadas!

Emi: Claro como o Chat Noir de Miraculous!

KR: Quem?

Emi: É um personagem de uma serie de animação que uma garota que eu ficava de baba assistia!

Taiga: Ainda não entendi uma coisa!

Emi: O que?

Taiga: Por qual motivo você foi pro Brasil?

Emi: Bolça de estudo e conhecer um  novo pais! Para que mais?

Himuro: Perdoa o meu irmão! Ele é assim indelicado!

Emi: OK! Tenho que admitir que foi impressionante o jogo!

Com Taiga:

Taiga: Olha o Kuroko não comentava nada de você, então poderia dizer qual foi a bolça?

Emi: Ginastica Olímpica! É o que eu gosto de fazer sozinha é um momento só meu ai sem eu perceber eu participei de concursos e ganhei a bolça!

Aomine e Kise começa a rir feito um idiota!

Taiga: O que ouve?

AD: É que a Emi fazia uns saltos doidos com os aparelhos de ginastica e por isso ela teve a oportunidade de conhecer outro pais, que diria?

Emi: Eu e sem querer me gabar, mas eu fazia isso com enterradas para passar o tempo enquanto esperava vocês aparecerem!

Taiga: Essa agora quero ver!

Emi se levanta

Emi: Ok! Tetsuya, que nem a ultima vez que fiz em Teikō!

Ela pegou um dos aparelhos de ginastica e colocou em uma determinada distancia da cesta.

Kuroko se levanta e pega a bola de basquete e prepara para um “Ciclone Pass”.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...