História Fanfic Vkook-Você iluminou meu lado negro-18 - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Vkook
Visualizações 94
Palavras 1.610
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - "O garoto novo"



Acordei com um ótimo humor,minhas olheiras não estavam profundas como de costume,meu corpo já não exalava cheiro de álcool e nenhum mal estar eu sentia.Foi bom acordar assim isso me fez ter animo,para arrumar-me e ir ao colégio ,que já descartaria se estivesse em condições péssimas.

A única e qualquer aflição que me deixava para baixo,era que meus pais foram viajar,sem se despedir pessoalmente e na noite anterior nem se quer perguntaram onde eu me encontrava,bem típico deles e se não bastasse aaa...não gosto de falar sobre isso quem sabe conte outro dia.

Vadias drogadas-grupo wpp

Chimchim: Ei putas vocês vão para o colégio hoje!Nem que eu tenha que arrasta-las até lá.Vai ser demais se todos forem!![6:00]

Suga:Como você tem tanto animo para ir ao colégio?[6:03]

Nam: Pse chega a ser irritante![6:04]

Jimin: Vocês que já não tem animo para nada seus drogados.[6:04]

Yoongi: Falou o certinho!Te parece minha mãe![6:05]

Eu: Queria que minha mãe fosse assim!Pelo menos mostraria que se importa :( [6:07]

Yoongi: CRENDEUSPAI nunca mas repita uma desgraça dessas!Se você conhecesse minha mãe retiraria oque falou na hora![6:08]

Chimchim: Ta isso não importa!Oque importa é que todos vão ao colégio hoje e eu to esperado vocês !bjus tchau! <3[6:10]

Suga:Ta bom caraleo nois vai!Se isso te fizer calar a boca.[6:11]

Chimchim: Não to falando nada,apenas escrevendo.[6:12]

Yoongi: VAI SE FU...[6:12]

Eu: Conte comigo Jimin!;)[6:14]

Nam: Comigo também![6:15]

Chimchim: Então vao se arrumar suas drogadas!Bjus amo vocês!<3[6:16]

Chimchim offline

Nam offline 

Suga offline 

Me divirto tanto conversando com essas peças,eles são ótimos amigos,apesar de cada um deles terem seus defeitos e obscuridade são os melhores.

Yoongi o esverdeado foi apelidado de suga porém o mesmo não tem nada de doce.Ele é deveras bem fechado,não gosta de expor seus sentimentos e pior ainda não gosta de desapontar as pessoas (umas das coisas que me assemelho a ele ).Eu sei que ele guarda lá no fundo um garoto cheio de amor ,que pode ter se perdido com o tempo ,mas que irá ser encontrado novamente.

Namjoon é o tipo de cara que se preocupa com os outros do seu jeito,talvez não parece que se importa mas bem pelo contrário.O garoto castanho,já sofreu muito e ainda sofre com as marcas deixadas.Quando menor seu pai batia em sua mãe e no pequeno garoto na época,ele se alcoolizava em uma noite qualquer perdia total noção e partia para cima da família agressivamente.Ate aí nada ruim aconteceu,mas já era de se esperar o pior,em um destes dias de bebedeira o pai de Nam chegou mais bêbado do que nunca com uma arma na mão.O mesmo atirou na mulher que morreu na hora,e depois de perceber a merda que fez se suicidou.E em meio a tudo isso o pequeno Nam assistia toda a cena traumatizado.Ele passou a se culpar e odiar o pai,isso trouxe depressão e drogas,bebidas e relações.Quando nos encontramos demos uma ajuda ao mesmo e ele se estabilizou um pouco,mas com a companhia de pessoas que sofrem como o garoto,não é como se tudo tivesse se resolvido.

Jimin ou Chimchim (o garoto loiro me abrigou a colocar aquele nome um tanto meloso salvo no seu contato)ele é atirado,não desiste fácil,muito mais muito elétrico,animadão, e tem um amor incondicional ,uma figura.Ele é vamos dizer oque tem sofrido menos desde o tempo que nos conhecemos.A sua vida foi depressiva como a de todos,ele sofria bullying por ter um peso não tão adequado para o padrão de beleza da Coréia onde mora.Esse passou a perder peso,e ficou neurótico com sua estética,ficou anêmico por não comer direito e ainda sofre com a doença e pior nunca acha que está apresentável na sua beleza e peso.

E eu Kim drogadão Taehyung. Bom sou depressivo pois nunca recebi o amor que necessito.Meus pais nunca se importaram comigo,como se eu fosse um mero farrapo dentro de casa.Nunca fui uma criança normal ao seus olhos ,talvez se não tivesse nascido com isso dentro de mim eles não seriam tão fechados com o filho passando a ser orgulhosos ao extremo e deixando-me de lado sem o amor que tanto zelo ter. Eu não me sinto importante e acho que ninguém nunca será capaz de me me amar ou substituir aqueles que foram predestinados a fazer isso,pois se nem eles são capazes de me dar amor pelo que eu sou quem mas será.

*******

-TAEEE-um grito ecoou no corredor do colégio onde me encontrava.

-Jimin menos!Sem escândalo-o menor já se aproximava me abraçando.

-Que bom que você veio!-disse me soltando de seus braços.

-Eu disse que viria.

-É eu sei!Agora vamos,os meninos estão nos esperando na sala.-Ele me puxou até lá e não largou meu pulso por um segundo,até chegar no local.

Não disse que o loiro é elétrico e resplandece um amor para comigo e os outros ,apesar de sofrer com a vida.Seria horrível de minha parte dizer que não tenho amor presente,lógico que tenho mas esse amor que me mantém vivo é um amor de irmão.Aquele que realmente preciso são das pessoas que sempre estariam ou estarão comigo,que se importariam(ao)como está meu dia,como foi a escola,saber oque me afronta,aquilo que me deixa para baixo,estar presente em tudo e se puder me aconchegar em seus braços fazendo tal ato para que eu possa se sentir amado.Talvez um amor verdadeiro resolvesse o problema da falta de zelo que tanto fui negado da parte de meus pais.

-Eai galera!-falei em bom som para que Nam e suga prestassem atenção.

-Olá droguinha!Vejo que hoje não ta tão acabado!- suga falou me fitando de cima a baixo.

-Como se vocês estivessem ótimos!-dei um leve soco no ombro do esverdeado.-Olá Nam!-fiz um comprimento e o mesmo retribuiu.

-Como vai as coisas?-perguntei levando os olhos para todos.

-Eu to de boa-o garoto que nunca expõem os sentimentos falou.

-Você não parece tão bem!?-rebati.

-Ah mas eu estou!

-Eu dei umas recaídas nas semanas,quase usei uma dose maior de droga,tirando isso to bem!...Quem eu to querendo enganar eu to péssimo mas da pra viver.-o garoto castanho se pronunciou.

-Tomem cuidado sua vadias!Tem que ser igual a mim só uso em caso de estrema urgência.-Falou o loiro.

-Já parou de tentar ser certinho!?-o esverdeado olhou irritado para o ultimo.

-E você Tae?-o loiro me fitou esperando a resposta.

-To na mesma Jimin!-nem dei o trabalho de contar sobre o ocorrido na noite passada, e outra não seria aquilo que acabaria de vez com meus problemas.

-Vamos todos sentar em seus lugares,chega de papo que agora nós vamos estudar sobre Astronomia EEE!-a professora entrou na sala gritando e batendo palmas para chamar atenção dos alunos presentes.

-Aí que saco odeio essa matéria!Na verdade odeio colégio!-o esverdeado reclamou indo até sua carteira.

-Então gente!Antes de começar,vocês já devem estar cientes que um aluno novo chegaria hoje!Bom pelo menos alguns!-eu só escutei até essa parte devido aos fones que coloquei discretamente nos meus ouvidos ,jogando o capus do agasalho em minha cabeça.Não importo se tem gente nova no pedaço,provavelmente são os mesmos garotos arrogantes de sempre,pois bem nem me dei o trabalho de prestar atenção na fala da professora.Enquanto escutava a melodia da música fazia rabiscos na carteira.

Ate que as aulas foram tranquilas,os professores das 3 primeiras que se passavam apenas escreveram,deram tarefas e atividades de sala.Copiei algumas palavras para fingir prestar atenção.

Depois de um certo tempo o sinal toca ,indicando o intervalo. Eu e os meninos se levantamos e caminhamos até o refeitório.Pegamos comida,que geralmente deixo para comer no colégio ,pois não sinto fome quando acordo.E logo nós direcionados as mesas.

-Viram o garoto novo?!-jimin disse com a boca cheia de kimchi.

-Eu vi sim!Um pitelsinho!-o esverdeado olhou para o certo garoto que se sentava sozinho em uma mesa.

Espera!Eu conheço essa silhueta de algum lugar!?Não pode ser quem estou pensando?!To ficando loko!

-Ei tae oque achou dele?-o loiro me tirou dos devaneios.

-A-ah sei lá!Não parei para observá-lo.

-Na saída vou falar com ele- jimin atirado se revelando.

Os meninos jogavam conversa fora,e eu me via prestando atenção no novo garoto acastanhado.Vez ou outra ele virava o rosto bem sutilmente ,não podendo ver sua face por completo.

Eu sentia que o conhecia,mas não sei ao certo pode ser apenas uma coincidência.Isso me deixa aflito ,estava pronto para ir até ele ,mesmo que fosse um engano.

Porém neste exato momento 3 garotos e 2 meninas sentaram na mesa com o garoto,pareciam querer se aproximar do castanho.Ele parecia sem jeito mas acabou se soltando.Vou esperar o pessoal junto ao mesmo sair ,para que eu possa me aproximar.

-Kim Taehyung terra chamando!-o loiro estalava os dedos formando um pequeno som perto do meu rosto,afim de me tirar dos pensamentos.

-Que foi?-fiz total descaso ao menor.

-Nos vamos para traz do colégio abafar o ambiente!...se é que você nos entende.-o esverdeado já meio impaciente da em resposta pronunciando tudo rapidamente.-Você vai?

-Acho que não...talvez vou depois-me pronunciei voltando os olhos para a mesa que fitava antes.

Fiquei ali observando tudo com maior cara de bobo,enquanto meus hyungs caminhavam para longe.Vês ou outra disfarçava,para que ninguém percebesse,voltando minha visão para qualquer outro local do refeitório.

Finalmente a conversa foi encerrada ,e as pessoas presente na mesa se despediram do garoto com um balançar de mão,que o mesmo retribuiu.Essa era a chance!Aproveitei e fui até a cantina para deixar meus utensílios usados na refeição.

Caminhei até lá,depositei os objetos na pia para serem lavados.Logo em seguida me pus a andar em passos lentos para de encontro ao castanho.

Ele parecia deveras bem nervoso com algo.Estralava seus dedos,e não parava com as pernas quietas.

Conforme fui me aproximando notei que ele não terminará de comer.Percebi também seus cabelos bem penteados,e sua pele branca,mesmo não podendo ver sua face.

Cheguei mais e mais perto.Pronto agora é só chamar sua atenção.

-Ei eu te conheço?-coloquei a mão no ombro do garoto,e como um vulto o mesmo virou para mim,nem um pouco surpreso,mas garanto que eu estava.

-Incrível como demorou para você me reconhecer!-ele se virou a mim e me convidou a sentar junto a ele que voltou a comer sua refeição.-Eu sou tão imperceptível assim.


Notas Finais


Talvez não postarei mais essa Fic...Sorry ;-;


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...