História Fenestra


Escrita por:


Sinopse:
''A brisa que vinha da janela havia levado o calor para longe do lugar, me fazendo desejar que ela nunca fosse fechada. Talvez tenha sido a melhor decisão que eu havia tomado naquele dia, já que nunca poderia imaginar o que encontraria através dela.''


(Baekhyun/Kyungsoo)
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Visualizações 1.645
Favoritos 285
Comentários 9
Listas de Leitura 48
Palavras 8.335
Terminada Sim
Categorias EXO
Personagens Byun Baek-hyun (Baekhyun)
Tags Baekhyun, Baeksoo, Exo, Kyungsoo

Fanfic / Fanfiction Fenestra
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fluffy, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1.
Capítulo I
9
1.645
8.335

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

Postado por fishioppa
Capítulo 1 - Capítulo I
Usuário: fishioppa
Usuário
Nossa, vamo lá. Vou só avisar que ainda não me recuperei totalmente e o que eu mais queria agora era gritar, espernear e te encher de cheiros, sua coisa gostosa. Mas ok, eu tomei uns calmantes e criei vergonha na cara.

Primeiramente eu queria dizer que isso foi maravilhoso, senpai. Sinceramente, o pacote saiu melhor do que a encomenda. Na verdade, cara, tá exatamente como eu imaginei que seria. A coisa tá tão monstra que eu demorei quase uma hora pra ler isso aqui, de tão incrível. O jeito que você descreveu tudo é tão sutil, tão fodendo maravilhoso que eu nunca dispensaria cerimonias em elogiar essa história. Eu achei simplesmente um máximo como você colocou o Kyungsoo perante das situação, eu de várias risadas até porque me identifiquei muito com ele e com o Baekhyun também! Sei lá, eu acho que o mais me impressionou foi essa mistura que eu senti ao ler seus personagens por trás da tela.

Você sempre conseguiu fazer isso, né, senpai? Pegar a essência e passar tão facilmente pro papel, cara, ai eu quero gritar o quanto eu amei isso aqui. Foi divertido, foi tenso, doloroso (sim baeksoo dói muito) e adorável. Maluco, eu babei só de imaginar a cena do meu querido Byun batendo uma punheta com aquelas mãos de puta francesa, meu senhor save my soul, cara sério mesmo Bruna. Você passou dos limites.

Na hora que o Baekhyun começou a putaria pra cima do Kyungsoo eu senti meu coração apertar, meu corpo inteiro formigar e juro por deus que se eu tivesse um pau, estaria toda ereta. Olha, puta merda, só de imaginar aqueles dedos fazendo o trabalho sujo me deixa entorpecida. Ai como eu queria ser homem (na verdade queria ser o kyungsoo but) e foder os dedos do Baekhyun que nem escrava isaura. A descrição foi INCRÍVEL, nossa foi maravilhosa! Eu consegui senti toda aquele nervosismo e ansiedade que o Kyungsoo sentiu naquela situação. E como eu disse lá em cima, mano, foi tão genial e divertido o jeito que você descreveu os pensamentos do Kyungsoo, sabe? Como alguém realmente curioso e cheio de tensão sexual reprimido naquele corpinho de deus. Até lembrei do "OMG OMG OMG OMG OMG I KNEW IT" ai ó, i'm done.

AGORA. A CAMISA. XADREZ. NOSSA. eu pensei que você tinha até esquecido desses pequenos detalhes que eu joguei na sua cara aquele dia na tua casa, mas olha, eu fiquei tão feliz quando li aquela porra daquela merda de "camisa xadrez" eu já dei um pulo e fiquei extremamente afobada, porque Baekhyun fica maravilhosamente delicioso com camisa xadrez. Nossa, eu quero foder Byun Baekhyun com camisa xadrez E CALÇAS BRANCAS, GOD EVERYTHIG IN BAEKHYUN SCREAMS MERCY.

Ai, ó, nem sei mais o que dizer porque eu não encontro palavras. Não encontro meios de te agradecer por essa fic tão maravilhosa que você fez. A senpai nunca decepciona, né? E sabe, não teve tantos diálogos e isso foi o "q" da fic. Porque é legal você ter só a percepção de um lado, contando toda a situação, dando uma visão do ambiente, dos amigos e das sensaçãoes que ele sente, entende? É gostoso você ler algo simples, digo, com uma leitura que flui muito bem, e sentir tantas coisas diferentes e explosivas quanto ler algo mais "erudito". Porque, cá entre nós, as vezes as pessoas querem escrever bonito e ficam uma: bosta enlatada. (claro, tirando massapê porque aquela porra é uma obra prima a a).

Ai meu caralho tá quase voando porque eu quero muito que essa fic se torne um filme. Já imaginou? Esse tipo de plot tem muito lance de american pie, só que um pouco mais leve e menos sujo. Ai ó, outra coisa que eu ia dizer. O Baekhyun, ah, o Baekhyun. Aquele Baekhyun sacana, sarcástico e sujo que eu AMO COM TODAS AS MINHAS FORÇAS e você conseguiu transmitir essa alma filha da puta que ele tem de um jeito sutil demais, é algo que você capta e percebe nas entre linhas, né? E mais um vez dei uns pulos de felicidade porque havia pedido pra você fazer isso, não é? Ai senpai, eu to tão feliz com essa one short, to mesmo.

E vou agradecer agora, porque nossa, eu nunca, NUNCA, li uma baeksoo em português e fico honrada que a primeira tenha sido uma sua e mais honrada ainda que foi um plot meu que passou pelo seus dedinhos nervosos no teclado. Senpai, o aniversário foi teu né, mas quem ganhou o presente foi a shiner linda e cheirosa aqui, ó só que luxo.

Senpai, Han do meu Lay (agora também do xiu, mas não conta pra ninguém), moranguinho da minha torta (lembrei agora de que você ousou comparar os lábios do byun fodendo baekhyun com morangos eu quero é te matar sua puta) eu te amo, tá bom? Te amo mesmo e estou muito muito feliz com essa baeksoo! Obrigada.