História Fangle - Você e Eu - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Five Nights at Freddy's
Personagens Foxy the Pirate, Freddy Fazbear, Lolbit, Mangle, Nightmare Bonnie, Nightmare Chica, Nightmare Foxy, Nightmare Freddy, Springtrap, Toy Chica
Tags Fangle, Fnaf, Foxy, Mangle, Shipps
Visualizações 18
Palavras 550
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Festa, Hentai, Luta, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Obrigado pela visualizações... É realmente importante para mim essa produção de conteúdo...
Espero que gostem desse capítulo :3

AVISO: O Cap. 2 foi atualizado, releia o final do capítulo e veja a seguir esse...

Capítulo 3 - As altas consequências


Fanfic / Fanfiction Fangle - Você e Eu - Capítulo 3 - As altas consequências

Eu corri pra frente da porta de casa e apertei a campainha... Meu pai foi atender, e ele estava surpreso e ao mesmo tempo em choque... Ele chamou minha mãe gritando e ambos os dois estavam parados na minha frente, com os olhos caindo em lágrimas.

Mr. Foxy: O QUE VAMOS FAZER, ELE TÁ SANGRANDO!!!

Mrs. Foxy: CHAMA LOGO UMA AMBULÂNCIA!!!

E foi logo assim que eu fui direto pra ambulância com meus pais dentro dela... Eu tava aguentando a dor com aqueles analgésicos, como anestesias, álcool, entre outros medicamentos que fazem arder onde estava a dor agoniante... Estava com tanta dor, que eu acabei desmaiando, e a última coisa que eu vi, foi meus pais preocupados enquanto eu desmaiava de dor...

No dia seguinte: 09:30hs

Quando eu consigo acordar, os raios de luz atrapalhavam minha visão, e apenas consegui ver duas sombras chorando... A primeira vista eram meus pais, mas foi só fecharem a cortina que mostra as pessoas: Meu tio e minha tia?! Mas porque eles estão aqui? Cadê meus pais? As perguntas são muitas e todas elas devem ter resposta...

Eu: Tio Fritz?! Tia Fritz?! O-Onde estão meus pais?

Tio Fritz: Eles.... *faz uma pausa dramática* Eles se foram...

Tia Fritz: E na hora que acharam o corpos, encontraram um bilhente. Dê uma olhada!

--------------------------------------------------------------------------------

  I      Eu avisei... Altas consequências pessoais...             I   

---------------------------------------------------------------------------------

A minha vontade naquele momento é arrancar a cabeça do bosta do Springtrap e tacar fogo até que toda sua existência não passe de uma fraude... E a outra e mais óbvia era chorar... Chorar pelos momentos que passamos juntos, chorar pelos meus beijos e abraços em família, chorar por tudo que eu passei com eles... É horrível perder os pais, é uma sensação de desgosto... Meus olhos choravam cachoeiras de pura tristeza, e meus tios chegaram perto de mim e tentaram me consolar após essa "tragédia"... Após isso, os médicos pediram que se retirassem do quarto, que iriam realizar um transplante... Quando eu fui perceber, minha mão foi amputada pelos médicos, e iriam inserir uma nova mão... Mas o mais engraçado é que não era uma mão, era um gancho que pode ser retirado e implementado quando quiser... A cirurgia foi até que rápidas, mas mesmo assim, aquilo tem que ser pago... Pagamos e fomos embora do hospital, e fomos em direção na minha casa fazer minhas malas. Quando eu desci do carro, me lembro de ontem daquela loucura que meus pais viram... Entro em casa e passo pelos corredores até achar meu quarto. Eu pego tudo que vejo pela frente e até mesmo o retrato da minha família... Sinto saudades deles ainda... Saio de casa com as malas feitas, e vou na casa dos meus tios... Eles disseram que eu ia morar lá até eu arranjar uma universidade boa pra mim entrar...

O que será de mim agora? O que será dos meus tios? E o que vai ser daqui pra frente sem meus pais? Estou com medo e sozinho, e eu acho que eu nunca mais vou poder ver alguém que eu realmente amo... Nem daquela... Garota... Aquela menina me trouxe uma sensação que eu não transmitia com meus pais, algo único e difícil de explicar... Será que é amor? Ou eu tô apenas querendo ficar com alguém pra consolar?

 

Continua...

 


Notas Finais


Se gostaram, deixa seu like e veja mais desse meu conteúdo no meu perfil...

Obrigado, e adeus :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...