1. Spirit Fanfics >
  2. Fantasma love >
  3. Prologo: Lembranças, introdução: Jungkook.

História Fantasma love - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Avisos para a história.

- Jkbottom, porque eu amo.
- É totalmente da minha autoria, não é uma adaptação e sim apenas poucos clichês de fantasmas mas não aceito uma mudança no enredo e sim idéias que façam parte com o que condiz com a história.
- Não é focado muito em sexo, então, se não gostar, podem ir tranquilamente. (Não quero ser arrogante ou preponte e debochada com esse comentário, não é isso que eu abordo na frase ta? Não me interprete mal).
- É descontraídamente focado em fantasmas e romance entre eles e humanos, no caso Jeon Jungkook e Park Jimin.
- Não costumo revisar, talvez no fim da historia eu faça no fim da historia.

Bom, acho que é só isso por enquanto...
Ah, se quiserem, faço um grupo no whatsapp pra quem quiser entrar e lá vocês poderão dizer suas idéias pra mim escrever uma nova fic e vocês vão decidir:
- o enredo
-a sinopse
- quantos capítulos, ou se será dividida em temporadas ou apenas uma oneshot. Ok.
-o casal lgbt, hetéro, bi e lésbica (Sem junção de S/N, pq não gosto desse tipo).
- vocês escolherão quem será o passivo e ativo ( no caso se o casal for Lgbtq)
- a capa também que eu mandarei no privado e deixarei vocês escolherem a qual quiser. Então, se quiser, pedem que no próximo eu mando o link do grupo e vocês entram.
E ps: Não farei tudo de uma vez, então se acalme ok? E poderá ser Trisal também, mas só trisal e dupla ok?

Capítulo 1 - Prologo: Lembranças, introdução: Jungkook.


Fanfic / Fanfiction Fantasma love - Capítulo 1 - Prologo: Lembranças, introdução: Jungkook.

- Fala sério, Jungkook. Não há um fantasma que não tenha lembranças. Quer dizer, é raro um fantasma só se lembrar de sua morte e não da sua vida passada. * beberica um suco roubado dos funerais.

-  TaeHyung, é disso que eu to mais confuso. É praticamente impossível, mas eu me lembro. Eu estava a ponto de ter um bebê. Digo, meu filho que ainda se encontra dentro de mim.

- Bom, seu caso é bem raro mesmo. Nunca vi um fantasma grávido, se é dificil para mulheres, imagina pra homens? É quase surreal.

- Eu não sei nem mais o que pensar, Tae. Eu não queria que meu filho nascesse um fantasma. Ele deveria ser um humano, com uma vida normal. Aish! * resmunga bufante, olhando para a própria mão com uma lata de refrigerante.

- Bom, pensa pelo lado bom, ele não vai se preocupar com fantasma e não vai ter medo.*diz positivo, sem uma variável que logo foi colocada por Jungkook.

- É, mas vai nascer morto! Ele nem conheceu a vida humana e ja foi tirada dela. E o pai quem nem faço idéia de quem seja, certamente deve estar infeliz.

- Sei não em. Você nem se lembra do pai dessa criança e pelo o que eu conheci do mundo humano em meus 17 anos de vida, a maioria dos caras engravida e depois não quer saber de ser pai. Quem sabe ficou com esse tipo e que ele ficou até aliviado quando o seu filho entrou em órbita 

- Credo, Taehyung.* um azulado, cujo Yoongi, fala de repente assustando o fazendo engasgar com o refri que tomava e se senta ao lado.

- Você quer me matar, seu incubador de gente?

- mais do que já ta? Não, obrigado.*diz irônico, sem se importar com o falso irritamento irritante de Tae.- mas enfim, ta totalmente enganado Tae. O namorado do Jungkook não era esse tipo de cara.

- como você sabe?

- Eu vi em alguns sonhos/lembrança do Jungkook. Ele parecia até um ser humano bonito, invejável e inteligente. Pena que não deu para ver o rosto.

- Ei! * Jungkook, o repreende.- como você ousa entrar nos meus sonhos fantasmagórico?

- Sou bastante curioso, amigo, aceite! 

- Você é um intrometido, isso sim.* rebate Tae para o azulado.-mas... também estou curioso. Conta-me, como era seus sonhos?

- E eu que sou intrometido.* Yoon revira os olhos jogando a lata de suas mãos para o lixo, e roubando do Tae.

- Cala-se! Pelo menos eu não saio por ai invadido sonhos de fantasmas com amnésia. Se aquieta! E me devolve isso aqui.* se defende, pegando a lata antes de Yoongi usufrir do líquido.- ande, conta.

- Não seu o que contar, Tae. Os sonhos, as vezes, são mais repetidos do que o costume e eu sempre termino não me lembrando de nada.

- hñ... uma amnésia pois sonho... Bom, essa é a coisa menos bizarra que eu já vi em você. * Tae diz olhando para o céu e diz sentindo o roncar do estômago.* ARGH! To com fome. Vou possuir alguns humanos, com licença. Comida de memorial não é suficiente pra minha pessoa. Tchau.*evapora em uma pequena fumaça do lado de ambos, fazendo yoongi reclamar e jogar a cabeça pra trás.

- Vou atrás dessa criança, antes que ela arrume encrenca para o próximo hospedeiro temporário. Tchau.* assim como Tae, Yoongi evapora deixando apenas Jeon sozinho em cima daquele precipício em frente ao mar. Logo sentindo sensações de dores na cabeça, como sempre acontece e levando uma das mãos até a parte mais dolorosa da cabeça e pressiona contra a pele para aliviar um pouco daquilo que acompanhava com sua própria mente.

◇ - Aish... que doegsaeng mais atrevido você em? Me respeite, garoto! Se não, vou te bater.* o homem ao lado, dirigindo um carro BMW brincava com as palavras fingindo um tom incontente concentrado em olhar para a estrada escura.

- Oh, que medo.* desafiador o moreno ao lado, cujo o próprio Jungkook, dizia entre risos.- Ta vendo filho, seu papai vai bater na gente mas você vai proteger o seu APPA Kook né?

- Claro que não. O Appa Ji é mais lindo, não é? Ah, vai ser muito sortudo se nascer igual a mim.* diz se gabando, descontraído e fazendo mais um sorrisos do mais novo ser escutado pelo o carro.

- Não seja metido! Meu filho vai ser mais lindo se tiver o meu sorriso, que é muito mais lindo que o seu. Vai ser um verdadeiro coelhinho!

- Ai, não valerá. Não sei se terá coração suficiente pra esses dois sorrisos tão belos.

- Que brega, Ji. Mas eu amo.* vira seu rosto para o loiro, sorrindo totalmente com o olhar terno de um apaixonado. O cara ao lado parece ter se derretido com as pequenas palavras do namorado, e estendeu sua mão para si, convidando-o a segura-la.

De bom grado, Jungkook extravasa seu sorriso e a segura e em um momento o destaque da a aliança de prata que o loiro carregava na mão esquerda é vista com um pequeno nome gravada, Park.◇

Continua?


Notas Finais


Bom, eu acho que já dei todos os avisos que eu tinha pra dar nas notas do autor acima então realmente não tenho o que falar aqui. Não sou nova no spirit, tenho outras contas que ficará em off pq lá eu posto somente, a maioria, de jikook com o jkbotom. Criei esse perfil para postar de qualquer casal, de qualquer grupo idols, series, novelas, doramas hetéros, bl e yure. Enfim. Só não de celebridades cantores e modelos. Apenas em casais que façam parte de séries, novelas e etc. Tendeu? Bom, é só isso e boa noite.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...