História Far From Home - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Zayn Malik
Tags Comedia, Nova York, Romance
Visualizações 20
Palavras 2.500
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá meninas, escrevi no site há 5 anos atrás e decidi voltar a escrever, pensei em uma história que pudesse transmitir a vocês leitoras um prazer enorme, sentir as emoções causadas por cada palavra aqui escrita, peço que por favor deixem suas opiniões nos comentários e favoritem para serem notificadas. Esta não sera a capa oficial da fanfic, fiz com pressa e vou alterar em breve. Desfrutem deste capítulo e até o próximo. Beijos, G.

Capítulo 1 - Chapter One - Welcome to New York


Fanfic / Fanfiction Far From Home - Capítulo 1 - Chapter One - Welcome to New York

Jamais cogitei a ideia de trabalhar em Nova York mesmo sendo americana e possível, a vida toda estive em Londres, a vida realmente nos impressiona e nos surpreende traçando novos destinos. Após o acontecido na GQ, acabei enviando e-mails para todas as empresas que minha pequena lista informava, havia sido respondida por uma que se localizava em ouro país, eu não tinha muitas escolhas, precisava encontrar um emprego e de preferência em uma editora de livros, mil pensamentos pairavam sobre minha cabeça, eu estava gastando meus últimos recursos para fazer uma entrevista em Nova York, mas e se não me contratassem? A ideia de ter meus planos arruinados era a coisa mais comum que me acontecia nos últimos dias. Decidi descansar um pouco, pois meu voo levaria 8h e exatos 15 minutos, declinei minha poltrona ficando desta maneira confortável, ao meu lado se encontrava um rapaz com fones, ao perceber que eu me arrumava para dormir ele gentilmente diminuiu a claridade do seu celular, fechei os olhos e adormeci sem levar muito tempo.

8 horas mais tarde o avião estava pousando em Nova York, eu nunca havia estado ali antes, não pensei que conheceria este lugar nas condições em que me encontro, uma comissária de bordo passou por mim pedindo que eu reajustasse a poltrona, pois iríamos pousar, assim fiz e cocei os olhos passando mão pelo rosto acostumando-me com a claridade. Cerca de 15 minutos depois todos os passageiros estavam pegando suas bagagens indo para o desembarque, estava me concentrando em todas as placas informativas que havia pelos corredores, como se não bastasse eu estava perdida dentro de um aeroporto cercada de turistas.

Minha hospedagem em Nova York dependeria unicamente do sucesso ou fracasso de minha entrevista, pensei em todos os detalhes antes de vir para cá, estava em aberto meu contrato com uma imobiliária, eu havia escolhido um lindo e confortável apartamento no centro da cidade e obviamente só fecharia negócio após ser contratada pela editora, nesse exato momento eu estava em um café, havia pego um taxi e pedi algumas orientações, por sorte o estabelecimento se localizava a poucas quadras da empresa, eu tinha alguns minutos até a entrevista que iria ser com uma figura de nome incomum, Zayn Malik. Por ter consigo o nome da empresa não era difícil deduzir quem ele era, pedi um café expresso e um croissant recheado, a garota gentilmente e sem demora trouxe, saboreei meu rápido café da manhã lendo algumas folhas, eu estava nervosa, apreensiva e completamente dependente de um sim ou não. Olhei minha aparência no espelho e após limpar os lábios, o contornei com um batom, passei as mãos por meus cabelos e eu estava totalmente apresentável, trajava uma blusa fina de cetim perolado, uma saia justa que marcava minhas curvas e mostrava minhas pernas lisas e brancas, um salto nude e uma bolsa preta média, cabelos soltos até o meio das costas e uma maquiagem leve para a manhã. Deixei alguns dólares sobre a mesa e decidi ir caminhando. Só então pude reparar o quão lindo era aquele lugar, existia um parque onde algumas pessoas caminhavam, outros estavam na companhia de seus filhos e outros levavam seu pet’s para um passeio matinal, todas as pessoas com quem tive contato nas poucas horas que estava ali foram muito gentis, eu simplesmente estava encantada com aquele lugar.

Não demorou muito para que eu chegasse até a empresa, o prédio era tão alto que olhando para o céu meus olhos ficaram irritados com a claridade do sol, um edifício totalmente espelhado por fora com um grande letreiro, soltei o ar que prendia em meus pulmões encorajando-me a entrar, olhei envolta avistando a recepção, informei a senhora de cabelos grisalhos meu nome avisando que tinha uma entrevista de emprego para as 9h com Zayn Malik, ela explicou o caminho e não o gravei muito, não entendi nada na verdade, mas concordei. Dirigi-me até o elevador informado o 15º andar, porque tão longe e alto? Segurei minha bolsa no antebraço e assim que as portas se abriram sai olhando o corredor onde tinha algumas pessoas e acabei por chamar a atenção, queria abrir a boca e perguntar onde ficava a sala do tal Zayn Malik mas por algum motivo inútil eu não conseguia, assim que me virei para o lado oposto meu corpo se esbarrou no de alguém que teve seu copo de café caído no chão, eu não acredito estar começando meu primeiro dia assim, não podia deixar para ser eu fora daqui?

Try Everything – Shakira

I won't give up, no I won't give in

Eu não vou desistir, não, não vou ceder

Till I reach the end

Até chegar no fim

And then I'll start again

E depois começarei de novo

No I won't leave

Não, não irei embora

I wanna try everything

Quero tentar de tudo

I wanna try even though I could fail

Quero tentar mesmo que eu possa falhar

— Oh, me desculpe, eu não o vi, deixe-me ajudá-lo. — disse me ajoelhando prontamente para pegar o copo de café do chão mesmo que ele tivesse vazio, o rapaz se curvou junto para pegá-lo e só então ergui o olhar para ver de quem se tratava.

I'll keep on making those new mistakes

Continuarei cometendo esses novos erros

I'll keep on making them every day

Continuarei cometendo-os todos os dias

­— Não se preocupe, acidentes acontecem. — disse ele franzindo a testa ao me ver como se quisesse me identificar, obviamente eu era uma figura nova estranha. — Você é nova por aqui não é? — ele perguntou e levantamos, ele usava camisa branca de botões, calças escuras, cabelos castanhos com cachos e possuía um olhar doce, olhos verdes e uma voz muito rouca, soava intimidadora e sexy.

— Sou Ellie Redlac, tenho uma entrevista marcada com um senhor de nome Zayn Malik e estava procurando por sua sala, mas aqui as coisas são tão grandes que acabei me perdendo. — comentei olhando envolta avistando alguns compartimentos da empresa e algumas salas identificadas.

 — Senhor? — Ele respondeu arqueando a sobrancelha como se estivesse me referido a zayn de forma equivocada. — De fato você não o conhece. 

— Harry, esses documentos são cheios de discrepâncias, como alguém pode ter errado tanto na contabilidade mensal, isso quase nunca acont... Oi! — Um rapaz loiro chegou nos interrompendo chamando a atenção de Harry, após ter me visto ele se cortou e me cumprimentou de um modo muito engraçado, sorrimos.

— Olá! — o respondi com um sorriso nos lábios.

— Esta é Ellie Redlac Niall, uma das candidatas, é um prazer Ellie, sou Harry Styles diretor de finanças da GeMS Malik, vou leva-la até a sala dele, fica na segunda porta a direita.

— Sou Niall Horan, é um prazer te conhecer Ellie, que bom ter gente nova por aqui, não suporto olhar mais pra cara de vocês todo dia. Desejo sorte na entrevista, porém não se preocupe, Zayn é um dos nossos amigos e apesar de chato é uma ótima pessoa, ele vai intimidar você ok? Nada que não possa ser resolvido se você fizer o jogo dele, a propósito quem derramou esse café aqui?

— Intimidar? — Pensei eu fazendo uma careta, isso é tudo que alguém não confiante quer escutar. — Oh, me desculpe, foi eu, na verdade trombamos aqui e derramou tudo. — me expliquei atropelando as palavras e gesticulando com as mãos.

— Não se preocupe Ellie, Niall não pergunta pelo chão estar sujo, mas porque é comida, e ninguém aqui come como ele. — Niall cutucou Harry que estava fazendo uma má impressão sua para mim, rimos, afastei uma mecha de cabelo para trás da orelha e o loiro precisou sair, ele muito amável e receptivo me deu um abraço dizendo que tudo ia dar certo, de fato aquele rapaz não era em nada acanhado, adorei ele, acenei para ele que sumiu após as portas do elevador se fecharem.

— Mas espere, o que você disse? Uma das? — perguntei em um tom de voz baixo, eu não sabia que estava no meio de uma seleção, agora conseguir entrar aqui estava ficando ainda mais difícil, engoli em seco e Harry me deixou na sala de Zayn, algumas garotas estavam sentadas em algumas poltronas lá fora, certamente haviam feito a entrevista antes e esperavam por um resultado.  

— Nos vemos Ellie! — ele disse roucamente saindo na companhia de um rapaz que o esperava no corredor carregando consigo alguns checklist de pagamento. Observei envolta vendo uma estante alta com livros e uma coleção única e exclusiva de carros antigos importados, a sala era grande o bastante para uma única pessoa, aquele cômodo possuía uma visão privilegiada da cidade movimentada de Nova York, se via absolutamente tudo dali, sentei cruzando as pernas encarando os objetos espalhados pela mesa, uma poltrona de couro vazia a minha frente e uma terrível tensão percorrendo todo o meu corpo, e tudo o que eu queria era transmitir confiança e responsabilidade.

Olhei a hora em meu relógio no pulso e nesse momento escutei a porta sendo aberta atrás de mim, não me atrevi a olhar, um rapaz jovem que aparentava ter a minha idade deu a volta na mesa para ficar a minha frente carregando um bloco de papéis e uma caneta, não pude conter uma cara de surpresa.

— Bom dia senhorita Redlac, bem vinda a GeMS Malik, estávamos a aguardando, confesso que seu e-mail me chamou bastante atenção. Como tem sido em Nova York? — ele disse estendendo a mão para mim o cumprimentei ficando de pé e após concluir o que disse ele me olhou como se estivesse surpreso com o que via, ambos estávamos surpresos com o que víamos, levou alguns segundos a mais do que eu esperava para que ele desvencilha-se sua mão da minha. O que será que chamou atenção em meu e-mail? Desespero talvez.

— Bom dia Sr. Malik, eu tive ótimas referências quanto a sua editora. O pouco tempo em que estive aqui tem sido bom, todos são muito calorosos e receptivos. — Tentei soar profissional, mas ele negou com a cabeça pegando meu currículo.

— Por favor, não me chame de senhor, temos quase a mesma idade, zayn está ótimo. Você com certeza deve ter conhecido Niall para estar falando isso, mas então vamos começar. — Ele se levantou e começou a andar pela sala analisando o papel em suas mãos, permaneci sentada e virei à poltrona de frente para ele, seu olhar intercalava entre a folha e meu corpo um tanto quanto trêmulo, juntei as mãos que estavam suando. Honestamente falando eu esperava um homem muito mais velho, ele tinha um império nas mãos sem dúvidas, seu cabelo formava um topete bem feito e alinhado, os primeiros botões de sua camisa estavam abertos, assim como Harry ele usava calças escuras, as mangas da camisa estavam reduzidas e isso deixava amostra sua infinidade de tatuagens, confesso ter ficado mais a vontade após saber que ele era jovem.

—Está bem! — concordei.

— Onde você trabalhou nos últimos meses? — ele perguntou desviando seu olhar do papel para mim.

— Nos últimos meses trabalhei em uma editora de revistas, a GQ em Londres, meu trabalho era administrativo, se resumia em elaborar matérias para um público específico, como esporte por exemplo. — respondi imediatamente observando ele umedecer os lábios passando a mão pelos cabelos negros os empurrando para trás.

— Você é recém-formada, algumas garotas passaram por mim e presenciei relatos muito interessantes, porque eu deveria contratar você? — Seu olhar era intimidador, ele me cobrava uma resposta com um olhar que era capaz de constranger qualquer um, Niall nunca esteve tão certo sobre o que disse, mas resolvi seguir o conselho do loiro e fazer o jogo de Zayn, existia um pequeno sorriso nos seus lábios, mas por que sorria? Ele não via meu desespero?

— Com todo o respeito Zayn, alguém recém-formado pode prestar serviços tão bons quanto alguém carregado de experiência, mas eu me pergunto, se suas candidatas são tão experientes e interessantes porque procuram por um emprego? Porque não estão nas empresas mencionadas no currículo? Pessoas boas não ficam lá fora aguardando uma resposta. E como você mesmo disse eu sou recém-formada, não me enquadro nesse perfil, não é? —Questionei com uma postura firme e ele semicerrou os olhos se aproximando de mim calado, lancei um olhar sarcástico com um pequeno sorriso no canto dos lábios.

— Não tenho mais perguntas para você senhorita Redlac. — ele encarou meu rosto pensativo analisando todos os traços, eu fazia o mesmo reparando em cada detalhe da sua face. Será que exagerei no que disse, o que ele pensava sobre isso? Eu estava fora.

Ele me pediu que esperasse lá fora como às outras, peguei minha bolsa e sai de sua sala com seu olhar sobre mim, meus saltos faziam um pequeno barulho no piso, fechei a porta e as demais garotas me olharam curiosas, fiquei de pé com o olhar de Harry curioso sobre mim mesmo estando distante, próximo a ele tinha duas garotas e três rapazes. Cerca de cinco minutos depois Zayn apareceu na porta de sua sala, com tanta espera eu já estava no décimo copo de água, todas nós tínhamos o olhar curioso na verdade, estávamos confiantes de que seríamos escolhidas, mas apenas uma entraria para a famosa e falada editora.

— Agradeço que todas tenham vindo até aqui para realizarem a entrevista, todas são donas de um grande potencial que certamente somaria conosco, contudo hoje apenas uma fará parte desta equipe, as demais poderão contar com nossa recomendação para outras empresas, então sem mais delongas a candidata aprovada no teste é a senhorita... – ele olhou fixamente para meu rosto, provavelmente para ver minha reação. – Ellie Redlac.

Ao escutá-lo eu queria gritar para demonstrar o quão feliz eu estava, meu sorriso cresceu nos lábios, meu coração batia forte, a respiração fora de ordem e descompassada, meus seios subiam e desciam pela frequência cardíaca, as demais me cumprimentam me parabenizando e Zayn pediu que uma moça de nome Rose as acompanhasse nos deixando sozinhos.

— Você me surpreendeu Ellie, e era disso que eu precisava, de alguém que chamasse toda a minha atenção para si, você conseguiu isso e a partir de agora você é uma de nós. – Ele disse próximo a mim, estremeci com o tom que suas palavras soaram, mas esbocei um sorriso grato e ele depositou um beijo em meu rosto, não sabia como proceder com as mãos, com o corpo, minhas pernas tremeram querendo vacilar com tal ato inesperado, conversamos um pouco mais e amanhã pela manhã conheceria todos e minhas atribuições, também seria o dia em que ia assinar contrato com a GeMS Malik, amanhã minha vida começaria em Nova York. 

 

Bem, ela era uma garota americana

Well, she was an American girl

Cresceu em promessas

Raised on promises

Ela não conseguia parar de pensar que havia algo mais na vida

She couldn't help thinking that there was a little more to life

Em algum outro lugar

Somewhere else

Afinal, esse é um mundo grande

After all it was a great big world

Com muitos lugares para os quais correr

With lots of places to run to


Notas Finais


Quem conhece essas músicas, se não conhecem escutem, acredito que casou com as cenas perfeitamente. O que acham que vai acontecer a partir de agora?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...