1. Spirit Fanfics >
  2. Fashion Love- Harry Styles >
  3. "Entrevista"

História Fashion Love- Harry Styles - Capítulo 17


Escrita por: PandaLee650

Notas do Autor


PandaLee: Olá~ Esperamos que gostem do cap de hoje! beijos <3

Capítulo 17 - "Entrevista"


Fanfic / Fanfiction Fashion Love- Harry Styles - Capítulo 17 - "Entrevista"

.19 de março de 20** 13:00 PM — Londres, Inglaterra.

Maya on

 

Nos últimos dois dias antes da entrevista com Harry, eu fiquei completamente ocupada...

Na revista, eu tive que ficar trabalhando sem parar e atrás da senhora Caroline...

Nossa relação entre chefe e secretária mudou bastante, como sempre ela se mantém profissional, mas eu sinto que tem algo por trás... Ela parece ansiosa... Deve estar assim depois de não ter o seu escândalo, se bem que ao mesmo tempo ela está conformada... 

Posso ser curiosa, mas ainda assim me pergunto do quê a senhora Caroline fica tão ansiosa e ao mesmo tempo esperançosa?

Deixando o meu trabalho de lado, minha vida particular está ótima!

Mesmo ocupada, quando é a hora do almoço ou quando saio do trabalho, Harry me manda mensagens perguntando como estou... Noite passada saímos para dar uma volta por alguns lugares de Londres e eu adorei!

Ao mesmo tempo Amélia está feliz com o "cremoso", como ela autodenomina ele,  eles continuam conversando por mensagens, mas ela combinou de ir tomar um café com ele está tarde...

E ela está empolgadíssima! Sinceramente, até acho que ela esteja vendo o mundo em cor de rosa...

Ela me fez passar a noite toda em claro, depois que cheguei do passeio com Harry, a ajudando com uma roupa para o encontro...

E é por isso que hoje estou cansada...

Mas sei que foi por uma boa causa,  gosto de ver minha Melli feliz...

Na parte da manhã tive que ajudar a senhora Caroline com os cronogramas de hoje, ela queria com todo direito ir para a entrevista, Monique me disse que ela queria esfregar na cara da revista rival que não tinha nenhum escândalo...

Bem, se a amiga da senhora Caroline disse, quem sou eu para discordar?

A entrevista estava marcada para as 13:30, faltava pouco...

E quando começou tive que me conter para não sorrir para Harry...

Sério? Temos que fingir que não há nada, mas é difícil se ele não me ajudar...

Tudo estava ok, os abelhudos da outra revista já estavam ficando conformados com o que a senhora Caroline inventou...

Até que a maldita entrevistadora vem com uma pergunta que não estava no pronograma, afinal, tínhamos tirado tudo que envolvesse um caso amoroso...

— E então Harry... Está com alguém no momento ou está apaixonado e ainda não começou a flertar?

- Ela diz dando um sorriso de lado-

Meu senhor! O que ela está fazendo? Está dando em cima dele também?

- Olho para Caroline e vejo que ela também se assustou com a pergunta, então não foi coisa dela, por outro lado, aqueles abelhudos se interessaram no que Harry iria responder, não podia mentir que também estava, então ele me olhou pelo cantos dos olhos, eu estremeci, Harry voltou a sorrir e respondeu a pergunta-

— Bem... Na verdade, estou sim apaixonado...

- Ele sorri e dá uma piscada disfarçada para mim-

O que está fazendo Harry!

— Oras, sério? Poderia dizer quem é a sortuda? -Ela sorri-

— Infelizmente não posso... Afinal são muitos nomes...

Como? O que está acontecendo Harry?

— Oi? - A entrevistadora fica surpresa-

— Minhas fãs, estou sempre apaixonado por elas... Por mais quem seria além delas?

- Ela sorri tentando disfarçar, ao meu lado Monique ri, Harry tinha envergonhado a entrevistadora-

— Sim... Você tem razão... Bem, acabamos por aqui, muito obrigada...

— Não tem de quê...

-Ele sorri e vai conversar com o agente dele-

— Realmente, ele conseguiu fazer aquela lá se calar...

- Monique diz, eu dou uma risadinha e vejo que Caroline dá um sorriso de lado-

— Bem... Eu vou indo, se quiser pode ir tomar um café senhorita Walter...

— Me desculpa, mas a senhora não quer que lhe acompanhe?

-Digo a senhora Caroline-

— Não, obrigada... Tenho um lugar para passar... Além do mais, parece que alguém quer falar com você...

-Olho para trás e meus olhos se encontram com os de Harry-

— Ah sim...

— Ele fez bem... Tenho certeza que essa matéria vai estourar... Fez muito bem, senhorita, bem... Até mais~

- Senhora Caroline dá um sorriso gentil e vai embora-

— May?

-Monique me chama-

— Sim?

— Acho que precisamos conversar...

— Ah sim, tudo bem...

-Vou com Monique até uma salinha, depois de me pedir para sentar no sofá ela começa-

— Eu sei que não devia ser eu a falar mas... Me desculpe por ter passado tudo aquilo com o que a Caroline pediu... Sinceramente, ela nunca pediria isso se não estivesse em um momento tão difícil...

— O que há? Ela está passando por alguma coisa?

— Bem, quase isso... O problema é o pai dela... Ele quer que ela continue o legado da família...

— Oras... Sério? Achava que ela tinha dois irmãos mais velhos, não é?

- Monique sorri e eu fico mais confusa ainda-

— Sim ela tem... Mas são dois patetas... Pode ser que sejam do primeiro casamento do pai da Caroline, mas em termos de inteligência, ela ganha...

— Entendo... Mas porque ela faz  tanto caso de não continuar com o "legado"?

— Ahh... Ela odeia aquelas pessoas... Quando ela era criança foi menosprezada, então não quer viver sob o nome deles, então ela cresceu e criou a revista, foi a primeira coisa dela, então se a revista não tivesse um bom resultado no fim deste mês... Ele iria tirar isso da Cal... E ela acabou descobrindo que a secretária anterior era uma mandada do pai... Naquele momento você foi uma alternativa, e ela estava confusa depois de ser "traída" por alguém próximo...

— Posso até entender o que a Caroline passou, mas eu também sofri com isso, então posso até ouvir suas desculpas, só que eu também não posso perdoá-la por tudo... Espero que entenda...

— Sim, eu sei... Mas obrigada por dar uma chance de ouvir o lado dela...

— Bem, eu também quero o bem da empresa, afinal eu trabalho lá e... Eu gosto dela... Eu sempre quis trabalhar com moda e estar onde estou... É ótimo...

- Então nós duas sorrimos igual bobas, me despeço de Monique e vou atrás de Harry-

Eu preciso vê-lo....

- Voltei para o estúdio e não tinha mais ninguém lá, até que ouvi alguém me chamar-

— May?

- Me viro e sorrio ao ver meu namorado-

— Estava te procurando...

— Também estava... Que bom que não fui embora

- Ele sorri, eu ando até chegar na frente dele-

— Sim... Que bom...

- Eu me aproximo mais e o beijo, ele no mesmo instante me beija de volta-

— Fico feliz de ter te conhecido... - Digo-

— Acho o mesmo...

- Ele ri e eu também, então ficamos ali por mais alguns minutinhos, abraçados e curtindo finalmente o nosso momento-

Maya off

 

.19 de março de 20** 15:00 PM — Londres, Inglaterra.

 

Amélia on

Ahhhhh!!! Será que ele vai achar que eu estou bonita? Ou melhor! Será que ele vai estar mais bonito?! Se isso acontecer eu posso desmaiar! 

Já estava no café que Bearnad e eu escolhemos, desde o dia em que nos conhecemos mandamos mensagens um para o outro, e hoje vai ser nosso primeiro encontro! Ahh eu estou ansiosa...

Quando ele vai chegar? Ou vim muito cedo? Essa espera vai me deixar doida!

Até que sinto mão vendando meus olhos e uma voz irresistivelmente reconhecida...

— Desculpa a demora Melli...

— Eu vou cobrar isso de você!

-Digo entre um sorriso e ele sai de trás de mim sorrindo, ele estava com uma rosa vermelha em mãos, me entregando logo após se sentar-

Se você me dá uma rosa vermelha só pode significar que me ama! Se não tô doida ela significa amor! Ahhhh porque não trouxe o anel junto também? Eu aceitaria! Okay! Foco! Reponda o homem!

— Gostou?

— Adorei! Obrigada!

- Sorrio e ele ri envergonhado-

— Fico feliz! Então o que acha de pedimos?

— Acho essa ideia maravilhosa!

Então fazemos nossos pedidos e por Deus! Estava divino! Foi uma tarde divertida ao lado de Bearnard, ele sabe ser divertido e bastante sexy quando quer, e não posso mentir que adoro...

Quando foi a hora de ir, ainda andamos um pouco pelo parque que tem perto do apartamento de May, lá ele me convidou para sair domingo... E não pude acreditar no que ele disse!

— Pera! Você vai cantar? Não acredito!

- Falo animada, Bearnard somente sorri-

— Sim, é um barzinho com shows, e eu sou amigo do dono, então as vezes canto lá... E bem, dessa vez queria que você fosse me ver...

— Ah eu vou adorar!

— E se quiser pode levar sua amiga... Aquela que você sempre fala!

— Ah sim! Vou chamar a May, tenho certeza que ela adoraria ir!

— Anh.. Eu tenho que ir para meu trabalho agora... Mas foi ótimo passar esse tempo com você Melli! Então nos vemos domingo?

— Sim...

— Vou te passar o endereço e horário por mensagem depois... Até Melli...

Ele se aproxima de mim para dar um beijo na minha bochecha, sua barba por fazer faz cocegas em meu rosto, então eu seguro a manga do casaco dele e o olho, ele me olha do mesmo jeito e diz novamente meu nome, será que seria errado beija-lo? Só fazendo pra saber...

Então dou um selar em seus lábios e volto a olha-lo, ele da um sorriso e volta a me beijar...

Foi doce e maravilhoso, ao ponto de eu achar que estava com borboletas no estomago, parecia uma adolescente apaixonada de novo, mas aproveitei ate acabar nosso folego e sorrimos igual bobos...

— Tudo bem repetirmos isso mais vezes?

- Digo sorrindo e o abraçando-

— Adoraria se fizesse...

- Ele me dá um selar nos lábios e dessa vez de verdade vai embora, eu vou até um banco no parque e me sento lá-

— Ahhhh eu não acredito!

- Falo em português, um casal de velhinhos passando me olhou estranho, eu somente acenei com a cabeça e eles passaram e sorriram para mim-

Devem achar que estou doida... Talvez esteja? Mas estou louca e feliz...

-Fiquei mais um pouco no banco e olhando para o parque, até que me levanto e parto para casa, eu tenho que contar para May!

 

Amélia off

 

.19 de março de 20** 17:21 PM — Londres, Inglaterra.

 

Maya on

Eu já sabia que minha amiga era meio doida, mas acho que agora ela ficou de vez...

Depois do meu momento com Harry, ele me trouxe para casa, mas como ele ainda tinha alguns compromisso logo foi embora, eu cheguei em casa e logo fui tomar um banho e me arrumar, quando sai do banheiro e fui  para sala, Amélia chegou igual um furacão abrindo a porta com tudo e vindo até mim, na verdade ela me derrubou e caímos no sofá, ela ficou por cima de mim, eu mal tive tempo de raciocinar algo porque ela ficou gritando:

— Mayaaaaaaaaaa! Você não vai acreditar!

— Vou... Devo acreditar... Afinal... Você realmente está louca!

- Ela sorri e sai de cima de mim, eu me sento direito no sofá e ela fica do meu lado me olhando esperançosa-

— Tá o que aconteceu doida?

— Eu beijei o Bearnard!

— Wow... Que bom, mas pela sua cara tem mais?

— Vamos sair domingo! E você vai junto!

— O quê? Porque?

— Porque minha amiga querida, ele vai cantar e eu infelizmente sou alguém com certos probleminhas e posso acabar desmaiando ou ter um ataque de loucura!

— Tá entendi...

— Sabe... Leva o Harry!

— Anh?

— Quero vê-lo e falar com ele, eu prometi a mim mesma não foi?

— Só por favor! Não pega pesado com ele!

— Não vou! Fica calma! Bem, vou tomar um banho~

— Tá...

E então naquele sofá eu me afundei, ela pode ter falado para não me preocupar, mas eu sei a amiga que tenho... Ahhh ela vai aprontar algo...


Notas Finais


Panda: O que será que Amélia ira aprontar?

Lee: Isso só saberemos no próximo cap!

PandaLee: Até la~~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...