1. Spirit Fanfics >
  2. Fate or chance? >
  3. Sem devolução -talvez tenha sentimentos

História Fate or chance? - Capítulo 5


Escrita por:


Capítulo 5 - Sem devolução -talvez tenha sentimentos


Fanfic / Fanfiction Fate or chance? - Capítulo 5 - Sem devolução -talvez tenha sentimentos

♡Continuação ♡

☆Suga on☆

Estava sem sono então fecho meus olhos pra ver se consigo dormir, mais sem sucesso. Não demora muito até sentir uma mão na minha cintura. Me arrepio com o ato, presumo que a sn realmente esteja com medo.Eu não queria discutir no momento então deixei que ela me abrace.

Acordei tão cedo que não sei se sou eu neste corpo. Olho pro lado e sn está ainda agarrada no meu braço e com suas pernas entrelaçadas na minha. Eu coro um pouco ao perceber seus seios  encostado no meu braço.Ela está com os cabelos no rosto tampado parte de seu olho e testa. Não sei pq mais fiquei olhando por algum tempo, até que lembro a hora e que temos que ir pra escola. 

Sg:SN! Acorda! -balanço seu ombro e ela abre os olhos -

Sn:o que é?? -diz nervosa

Sg:tu não vai pra escola? 

Sn:nao tem aula esqueceu? E segunda tem viagem

Sg:ah verdade esqueci que são quatro dias trancado aqui com vc-ela mostra a língua -O 1ano também vai? 

Sn:vão , mais o Jimin disse que não vai. 

Sg:desde quando fala com ele?? 

Sg:não é só vc que é popularzinho!oh bédi bói! 

Sg:ta bom, agora me solta oh gudi grol-olho para meu braço e ela imediatamente me solta. 

Sn:E ta preocupado pq, se vc nunca foi pras viagens! -muda de assunto disfarçando -

Sg:que foi nerd? É motim? 

Sn:aff -revira os olhos. 

Sg:olha aqui foi vc que começou a brigar comigo! 

Ela ia retrucar, mais foi interrompida pela campainha. 

Sn:vc atende diz se dirigindo pra perto do meu armário. 

Sg:atende vc eu tô sem camisa, e parece que seu pé ta bem melhor, ta até andando novamente! -Ela abre a porta do armário e joga uma camisa na minha cara. 

Sn:problema resolvido! -sai do quarto fingindo "mancar"

Desço as escadas colocando a camisa. Abro aporta e não vejo ninguém dou um passo a frente pra ver se apertaram e saíram correndo, pq acontece muito aqui. E acabo batendo o pé em algo. Olho pra baixo e vejo um bebê dentro de uma cesta, ou balanço ou sei la como fala não entendo muito disso. Fico sem saber o que fazer então resolvo chamar a sn. Ela desce as escadas rápido e para ao meu lado. 

Sn:o que é isso? 

Sg:é um bebê! Eu acho. 

Sn:eu sei mais pq o trouxe pra cá? 

Sg:eu não trouxe nada, ele já estava aí quando cheguei.Não tem nenhum cartão nem nada O que vamos fazer? 

Sn:ficar com ele ou ela até segunda ué! -diz simplista 

Sg:devolve ele, eu não sei nem segurar, vc que vai cuidar. 

Sn:nao tem o que fazer esta tudo fechado agora.! nós vamos! Eu e vc! Este bb não tem culpa de ter os pais que teve. Ele não merece passar por isso. Então vamos cuidar dele por enquanto ok? -diz com uma certa postura e uma lágrima corre em seu rosto. 

Sg:está falando de vc ou do bb? -dou as costas. 

Sn on

Peguei o bb no colo e subi as escadas indo pro quarto do suga. Abro a porta, e encontro ele em cima da cama com fones de ouvido. Assim que ele me vê ele os retira. 

Sg:vai embora por favor! Eu não entro assim no seu quarto! 

Sn:precisamos conversar! 

Sn:não, não precisamos! -sorri falso

Sn:por que está agindo assim do nada? Tem medo de algo? Não quer manchar seu nome?

Sg:eu nunca cheguei perto de um assim. Não faz o meu tipo, parece algo muito fofo. Eu só tenho um irmão, e ele é mais velho que eu. Um soco no braço, de brincadeira é claro, é como dizer "eu te amo" pra ele. Feliz agora? 

Sn:vc é  diferente dele agora. Pra começar vc está se comunicando comigo, coisa que não fazia antes! Por favor!! Seja um irmão e um pai melhor que os seus só por esse final de semana? -olho pra ele com um olhar pidão fofo e ele sorri, mostrando seus dentinhos pequenos. 

Sg:tá, mais depois vc devolve. 

Sn:claro. 

Ficamos em silencio, o bebê ainda dormia e suga olha por cima pro bb no meu colo e sorri de canto.

Sn:ah então vc tem dentes!

Sg:todo mundo tem não é mesmo? - ele desvia o olhar pra parede e apoia as mãos na cama-Afinal não dá  Pra ser forte o tempo todo... -uma lágrima escorre sobre sua bochecha -

Sn:pq vc não se desculpa com seu pai? Pq não volta pra casa então. 

Sg:eu ñ posso... 

Sn:é orgulho? 

Sg:também -diz olhando pra mim-

Novamente o silêncio toma conta do quarto, mais só até o bb começar a chorar. 

Sg:o que a gente faz?? -fala desesperado -

Sn:calma ai super pai. Ele só está com fome! Vá pegar um pouco de leite e coloque em um copinho

Enquanto ele vai eu tento acalma-lo. Enrolo um pano/camisa do suga, para que ele faça suas necessidades ali.

Sn:pronto garoto. Agora vc não precisa se preocupar.Faça a vontade que o titio yoon vai limpar. 

Sg:isso ai titia sn vai limpar-diz entrando no quarto me entregando o copinho. 

Peço pro suga segurar o copo na boca do neném,  ele nega mais resolve fazer. Enquanto ele segura com cuidado pra que o bb não se engasgue, vejo ele dar sorrisos admirando aquele pequeno serzinho. Olhando pra ele agora, ele realmente é bonito, e o conhecendo melhor ele é uma pessoa boa, talvez o destino ou o acaso tenha feito com que nos aproximasemos. Suga se pronuncia me tirando de meus pensamentos.

Sg:é menino ou menina? 

Sn:menino. 

Sg:2×1 pra gente garoto-sorri olhando pro bb. 

Sn:viu, vc estão se entendendo!-digo com deboche -

Sg:não enche sn eu ein!

Sn:tá eu vou pro meu quarto -dou as costas pros dois. 

Sg:calma ai engraçadinha. Leva seu bb junto. Eu não vou dormir com ele. 

Sn:Que chato mds. Vc tava tão legal agora pouco!Na minha cama não cabe ele também! 

Sg:coloca ele no cesto de roupa então - ele me entregá o bb.Ou ele dorme com vc. 

Sn:não diga essas coisas seu sem coração! Minha cama é de solteiro. A unica opção é  juntar nossas  camas! 

Sg:MAIS É CLARO QUE NÃO. 



Notas Finais


Continua?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...