1. Spirit Fanfics >
  2. Fate Work - (Vkook Taekook, Yoonmin, Namjin). >
  3. Com camisa, sem camisa; 42

História Fate Work - (Vkook Taekook, Yoonmin, Namjin). - Capítulo 42


Escrita por:


Notas do Autor


Oie pessoas!

Eu não sei se já agradeci, mas muito obrigada pelos 700 favs <3333 nhaaah, amo vcs!!

Que título é esse...? ASHUAHEUDHSBS

Bom, perdoem qualquer erro e boa leitura! Bjs bjs ;)

Capítulo 42 - Com camisa, sem camisa; 42


Fanfic / Fanfiction Fate Work - (Vkook Taekook, Yoonmin, Namjin). - Capítulo 42 - Com camisa, sem camisa; 42

O dia passou voando, e quando os garotos se deram conta, a lua já brilhava no céu escuro e estrelado. Estavam todos reunidos da sala de Starr, alguns sentados pelo sofá e outros em algumas almofadas pelo chão, mexendo em seus celulares.

Yung-joo havia novamente convidado Lion para jantar ali, e mesmo a comida já estando pronta e todos garotos disponíveis para irem comê-la, a janta só seria realizada quando o "namoradinho" do vigia chegasse.

Jimin e Yoongi estavam lado a lado num sofá de dois lugares, ambos jogando o mesmo joguinho de corrida que tinham em seus celulares e competindo entre si para ver quem conseguia o maior recorde – em partidas separadas, é claro, por conta da ausência de internet na chácara situada no fim do mundo.

Como Jimin já sabia que Yung-joo sabia que todos ali namoravam justamente com os menos prováveis – afinal si mesmo que havia contado –, não se importou nem se preocupou em ficar esparramado sobre o corpo de Yoongi, deitado com a cabeça de uma maneira um tanto quanto confusa sobre o ombro do namorado, enquanto ambos jogavam o joguinho.

Taehyung e Jungkook também não estavam se importando muito para isso, mas, nesse caso em especial, era por simplesmente se esquecerem de vez enquanto que Yung-joo ainda supostamente não sabia de nada. E, na verdade, por conta da dor de cabeça leve de Taehyung e as mãos habilidosas de Jungkook acariciando seus cabelos o instigando a dormir, o bronzeado se encontrava dormindo sobre o sofá maior, onde tinha as coxas do Jeon como seu travesseiro, e o único acordado ali era o Jeon que continuava a lhe afagar os fios já de forma automática.

Hoseok e Seokjin estavam realizando uma sessão de selfies zuadas no canto da sala, onde só se ouvia a risada anasalada do ruivo a cada três segundo onde uma nova foto era tirada, assim como a risada falhada e cômica do de cabelos roxos lhe acompanhado.

Namjoon estava no outro cantinho da sala, encostado na parede e com os olhos fechados, porém sem sono. Na verdade, estava apenas tentando se distrair e tentar eliminar o cheiro delicioso do ramen vindo da cozinha de sua vida, no qual tinha a barriga roncando de tamanha fome. 

E, Yung-joo, estava sentado na poltrona da sala também a mexer em seu celular, aguardando a chegada do amado.


Quando Lion chegou trazendo o suspiro agradecido de Namjoon e o brilho nos olhos de Yung-joo, todos garotos da residência foram jantar – aleluia, como almejavam dizer em voz alta.

Durante a janta, também, que Yung-joo anunciou que a próxima competição – que seria também a última antes de todos retornarem para a escola – seria novamente no modo prático e físico, semelhante a primeira competição no qual fizeram um pega-bandeira.

Iriam começar a treinar já amanhã, pois mesmo parecendo que faltava muito para a competição chegar, ela seria daqui a duas semanas, e o tempo costumava passar voando desde os dias contados nessa viagem. Yung-joo não sabia ainda ao certo do que era, sabia que seria algum esporte, como basquete ou futebol, mas não ao certo qual. Por isso, também, que amanhã sairia já cedo para uma "reunião" dos vigias onde tratariam justamente dessa situação. E, pela tarde, Yung-joo já planejava começar a treinar os garotos, pois vontade não lhe faltava muito menos a sede de ter mais uma vitória sendo carregada pela equipe no qual si é responsável e que si a treinou.

Yung-joo era orgulhoso e competitivo, e qualquer um podia confirmar isso em apenas escutá-lo dizer na janta, de uma forma empoderada e motivadora, o quanto que os garotos precisavam dar o seu melhor e ter em suas cabeças que precisavam ganhar. Ganhar e ganhar. 

Então, após a janta, os garotos já foram dormir com a cabeça cheia de "ganhar" e na intenção de descansarem bem para amanhã.


[•••]


Handebol. Era isso que iriam realizar para a próxima competição, e Yung-joo não estava mais do que confiante e aliviado por saber que, parte de sua equipe, é esportiva e fã de jogos de quadra.

Por exemplo, temos Namjoon e Jungkook que faziam parte do time de futsal da escola, e, apesar de que no futsal se é utilizado os pés e no Handebol as mãos, os garotos já teriam conhecimento da quadra e da velocidade necessária.

 Yoongi também fazia parte do time de basquete, e Jimin e Taehyung praticavam juntos, de vez em quando, justamente o tão glorioso handebol.

De manhã, quando Yung-joo estava na reunião já citada, quem ficou como o responsável pelos garotos e organização da casa dada pelo vigia, foi o Yoongi, afinal o garoto era o único que se encontrava acordado naquela hora da manhã.k

Diante a isso, Yoongi decidiu aproveitar um pouco mais da sua posição de responsável e superior dos demais, colocando todo o trabalho pesado e necessário para cima deles. Óbvio que os garotos não iriam simplesmente lhe obedecer e aceitar suas decisões, por isso que quando o branquelo dizia para os garotos, falava que foi Yung-joo quem mandou, e assim os garotos faziam sem reclamar.

Disse para Namjoon guardar a mesa; ele fez com um beiço no lábios, mas grato por ser algo bem simples comparado aos dos outros amigos. Yoongi disse para Hoseok varrer o chão da sala e cozinha, onde, depois de um longo e duradouro debate de um Hoseok inconformado e um Yoongi dizendo a todo instante que foram ordens do vigia; Hoseok finalmente aceitou e foi varrer. Pediu para Taehyung ir lavar a louça do café da manhã, onde quem ficou inconformado foi o seu namorado puxa saco, que perguntava indignado para Yoongi porque que ele não ia fazer isso. – ah, e o motivo por tamanha indignação de Jungkook, era simples e claro; Jungkook estava inconformado pois teve o bronzeado retirado de seu quarto onde trocavam alguns beijos e toques, para ir lavar a louça! Vê se pode um absurdo desses!

Ao final, enquanto os dois garotos permaneciam a discutir como duas crianças, Taehyung já lavava a louça sem reclamar.

Yoongi até mesmo tomou liberdade de ir no quarto de Namjoon e Seokjin para acordar o de mechas roxas de seu sono pesado – ao estilo de Yung-joo como na primeira vez que acordara todos ali, com panelas, gritos e escândalo. E ao final Seokjin acordou – com vontade de cometer um assassinato, mas estava acordado.

O branquelo falou para Jungkook enxugar e guardar a louça; o garoto fez – mesmo que lhe jogando uma encarada mortal sempre que possível. Yoongi sacaneou até mesmo o próprio namorado, falando de forma fofa e esperta para Jimin ir arrumar a bagunça de seus quarto pois havia sido Yung-joo quem havia pedido. E, apesar de toda bagunça estar na verdade no lado de Yoongi, Jimin foi por não ter opções, emburrado e sem sequer dar um beijinho de bom dia no namorado.

Ao final a casa estava um brilho de organizada e Yoongi não havia feito absolutamente nada.


Quando Yung-joo chegou, não demorou para dar o aviso de sobre o que a competição se tratava aos garotos e avisá-los para irem se preparando, pois, agora, iriam treinar uma partida de handebol em uma quadra de terra totalmente improvisada.

Havia sim uma quadra de esportes perto da casa 04, e talvez essa última competição acontecesse justamente lá. Apesar de velha e desgastada, não deixava de ser uma quadra mais útil do que uma feita de marcações com gravetos na terra. Mas, como já dito, essa quadra ficava perto da casa 04 que se localizava bem distante da casa dos garotos, então, infelizmente, as marcações na terra teriam que servir.

Depois de todos garotos já terem colocado uma roupa propícia para a atividade, todos foram seguindo Yung-joo até fora de casa, no lugar em que o vigia escolhesse para fazer a "quadra".

Yung-joo acabou escolhendo um lugar próximo ao pasto do velho pônei ferrugem, no qual os garotos deram grunhidos de felicidade em estarem vendo o amiguinho novamente. A quanto tempo não iam para aquele lado da chácara, afinal? Onde havia um celeiro deixado com boas recordações de Namjoon e Seokjin, assim como o paiol em que Lion costumava sentar numa cadeira ali na frente. Só que, hoje, o capataz não se encontrava ali.

Então Yung-joo pegou um graveto achado em algum lugar do chão, e começou a traçar as linhas da quadra pelo chão. O vigia deu mais um graveto para Namjoon e outro para Jungkook, onde não foi preciso dizer nada para os dois saberem que deviam ajudar o velho a fazer as marcações da quadra. 

Um tempo depois, Yung-joo pediu para Jimin e Yoongi irem pegar alguns fenos de palha dentro do celeiro para colocarem no formato do gol, onde a altura das traves improvisadas seriam o limite do gol. A quadra ficou torta e até mesmo maior do que devia, mas dava pro gasto, oh se dava. Talvez os garotos tivessem subestimado demais a ideia de Yung-joo, pois ao final a quadra tinha realmente ficado boa e ao mínimo agradável, onde dava para realizarem uma partida tranquilamente.

Com isso, Yung-joo prosseguiu para escolher os times. 

A um tempo atrás, Yung-joo com certeza colocaria os "rivais" na mesma equipe para conseguirem se aturar, para terem que trabalhar em equipe e ajudarem um ao outro. Mas, agora, Yung-joo fazia exatamente o contrário, deixando os namorados separados um em cada time, para assim terem que competir contra, deixando qualquer amizade ou sentimento de lado para ganhar.

Como havia sete garotos, Yung-joo jogaria junto, ficando quatro pessoas em cada time. Ao final, os times ficaram como; Namjoon, Taehyung, Yoongi e Hoseok. E o outro como; Jimin, Jungkook, Seokjin e Yung-joo.

Os garotos sabiam que era burrada pegar leve com o outro time por conta de seus namorados, e exatamente todos pensavam dessa forma. Então, todos tinham em mente que precisavam ganhar, assim como pegar pesado indiferente de quem sejam as pessoas do time adversário.

— Certo. O time do Namjoon vai começar… – Yung-joo dizia ao que todos já estavam posicionados para a partida. — Como vocês podem se diferenciarem… – o vigia divagava pensativo, afinal todos estavam com suas roupas do dia à dia e poderiam facilmente se confundirem durante a partida com o outro time, até mesmo Yung-joo.

Depois de um tempo e de alguns chiados descontentes, Jungkook teve uma ideia, sorrindo diabolicamente.

— Já sei! – chamou a atenção de todos, principalmente a de Taehyung, já que o moreno olhava justamente para o bronzeado. — Nós seremos o time sem camisa. Vocês, – apontou para o time adversário – serão os com camisa.

Alguns garotos riram, outros engoliram seco. Taehyung sabia muito bem o que Jungkook queria com isso, e isso não era uma ideia nada inocente ou por falta de opção, e sim que seria uma bela distração para si ver o moreno sem camisa enquanto competiam contra.

Jungkook não esperou nem a resposta do vigia e já retirou a sua camisa, assim como Jimin, que ria anasalado e sorria peçonhento totalmente ciente do que o moreno pretendia com aquilo, desesperando Yoongi.

Tanto Taehyung quanto Yoongi se encontraram um pouco sem chão, sem jeito, pois não sabiam lidar com tamanha perfeição sendo esfregada assim, em suas caras.

Então, para adicionar mais um membro da equipe com uma cara de tachado e bobo, Seokjin tirou sua camiseta também, fazendo desta vez Namjoon arregalar os olhos e desviar o olhar rapidamente. Isso era algo completamente injusto! Iria tirar seu foco completamente do jogo, afinal Seokjin era como um Deus grego, e, além do mais, não é de agora que Namjoon confirma estar sensível e frágil em pequenos e simples atos, pois está praticamente numa seca de dois meses sem nenhuma transa – apenas algumas penetrações e sexo oral, talvez –, e ver o de cabelos roxo sem camisa, onde estaria correndo e suando, put* merda, Namjoon não conseguiria se concentrar no jogo!

E não era só Namjoon que tinha esse pensamento, afinal Jimin tinha um belo e definido corpo, fazendo Yoongi engolir seco ao apenas olhar para aqueles gominhos bem marcados na barriga do namorado. O foda é que os dois tiveram sua primeira vez muito recentemente, e as imagens e lembranças ainda estavam bem vivas dentro de suas mentes, coisa que, ao ver o tronco de Jimin assim, totalmente exposto, só lhe levava a recordar de todas aquelas cenas eróticas e sujas, ainda mais sabendo que, poucos dias atrás, estava justamente beijando e passando suas mãos por toda a extensão daquele corpo esbelto. 

E Taehyung? Ah! Jungkook era uma perdição no sentido físico mesmo, e qualquer um — QUALQUER UM — podia confirmar isso. O moreno era literalmente gostoso, e Taehyung não era nada puro para manter-se com alguma sanidade ou pensamentos puros diante daquela visão dos deuses. E Jungkook provocava, pois sabia exatamente o efeito que tinha sobre o bronzeado e de como tinha controle sobre ele, sobre como o enlouquecia e de como o deixava. Jungkook sabia que era gostoso, qualquer um sabia! E não desmentiria um fato ao se referir a isso, por isso permanecia olhando para o namorado, mordendo os próprios lábios disfarçadamente e minimamente, – porém super perceptíveis para o garoto que lhe fitava descaradamente –, assim como arqueava uma de suas sobrancelhas enquanto fingia inocência ao olhar para Taehyung. #TaehyungQueLute, pois Jungkook gostava de saber que, aqueles olhos que ontem mesmo estavam piscando de soninho enquanto pedia por beijinhos fofamente, agora estavam literalmente lhe comendo vivo e descaradamente.

Então voltaram para o mundo real em um piscar de olhos, como se tivessem sendo tirados de um efeito hipnótico. 

Yung-joo também tirou sua camisa concordando com a sugestão de Jungkook – e também não tinha o que falar, afinal todos do time já estavam sem as suas peças de cima –,e,  apesar do vigia já ter uma certa idade, o cara era realmente em forma. Ah se Lion estivesse aqui, seriam exatamente quatro pessoas com cara de paisagens sem saber o que falar.

Enquanto isso, Hoseok só sabia rir.


Após um tempo, todos voltaram a se arrumar em suas posições de jogo, com o time de Namjoon com a bola na mão e Yung-joo preste a soar o apito. Então ele apitou, indicando o início da partida.

Taehyung passou a bola para Namjoon, que foi andando alguns passos para frente com a mesma até retorná-la para as mãos do bronzeado, já que Namjoon havia sido abordado por Jungkook e Jimin em cima de si. Tae tentou passar a bola para Hoseok, mais acabou perdendo quando Yung-joo simplesmente brotou do chão pulando na frente da bola para pegá-la, assim como logo após a passou para Jungkook.

Quem estava no gol do time de Namjoon era o Yoongi, que, mesmo em relutância, aceitou por fim já que na segunda partida quem ficaria ali seria Taehyung. No time de Jungkook, quem estava no gol era Seokjin, mas por escolha sua mesmo, já que não se interessava muito em correr por aí atrás da bola – coisa que realmente deixou Namjoon aliviado, afinal era menas probabilidade do de cabelos roxo soar, grudando seu cabelo na testa, começar a ofegar enquanto seu peito descia e subi- GOL.

Então, de repente, Jungkook simplesmente passou a bola para Jimin no qual a atirou em direção do gol, marcando um ponto.

— Namjoon! – Taehyung esbravejou irritado, afinal era o moreno de covinhas no qual estava ali atrás para ficar na defesa, mas que em vez de estar concentrado em seu trabalho, estava viajando na maionese!

Bom… Seokjin não precisava estar realmente daquele jeito para desconcentrar o moreno de covinhas… complicado.

Namjoon se amaldiçoou mentalmente. Si e sua distração idiota. Sua distração idiota e o bendito causador disso!

— Vamos lá! Um ponto para nós. – Yung-joo disse, no qual pegava a bola do chão e a entregava novamente para Yoongi, para começarem uma nova rodada.

Novamente, ao som do apito de Yung-joo, Yoongi passou a bola para Hoseok sair, no qual foi direto e em disparada em direção ao gol, passou a bola para Namjoon, que fingiu um falso arremesso e passou para Taehyung, que, infelizmente, não conseguiu pegar a bola antes que a mesma estivesse fora da quadra.

Apesar de um pouco lesado e pamonha em muitos jogos, Taehyung era competitivo, e não gostava de perder muito menos queria isso.

Jungkook foi cobrar a lateral, passando por Taehyung com um sorriso ladino no rosto, o provocando. O bronzeado sentiu um mínimo segundo de raiva do moreno, mas logo se dissipou assim que acabou descendo inevitavelmente seu olhar para a barriga do moreno… que estava despida... com duas pequenas gotas de suor escorrendo por seus gominhos… O olhar de Taehyung vacilou, assim como toda aquela raiva que estava começando a sentir antes.

Saiu de seu transe com a bola passando por cima de sua cabeça, parando nas mãos de Jimin logo atrás de si.

— Taehyung! – desta vez foi Namjoon quem o repreendeu. — Era só erguer os braços que você pegava a bola! – prosseguiu dizendo ao que corria atrás de Jimin, que continuava avançando em direção ao gol com a bola em mãos. Jungkook soltou uma risadinha atrás do Kim bronzeado, o deixando levemente sem graça.

Desgraçado…!

Então, quando se deram conta, só havia Yoongi no gol e Jimin com a bola em mãos, prestes a arremessá-la. Mas, cá entre nós, isso se torna uma puta sacanagem quando se trata de dois namorados ali, de dois seres no qual tem contatos íntimos um com o outro – e bem recente, aliás! –, e não foi difícil para Yoongi se desconcentrar por um mínimo milésimo ao que via o loirinho todo habilidoso com a bola em mãos, correndo para cá, girando para lá com o seu troco exposto. E, infelizmente, foi nesse mínimo um segundo que o loiro aproveitou para arremessar a bola no gol, no qual outro ponto foi marcado para o time de Jungkook.

O time sem camisa comemorou, os com não disseram nada, frustrados. 

Tinha sido dois gols em menos de cinco minutos de jogo.

— Chega! Agora nós queremos ser os sem camisa! – Hoseok interveio irritado, inconformado por estar na equipe perdedora que, sendo bem sincera, só estava com esse título por causa dos namorados sacanas dos outros três membros de seu time. Isso era completamente injusto com o Jung! — Isso é uma injustiça!

Os garotos sem camisa riram, até mesmo Yung-joo, mas tanto Taehyung quanto Namjoon e Yoongi, tomaram uma pose confiante e focada no jogo, empenhados em virarem aquela placar. 

Sem sentimentos… Sem amizades… sem nenhum relacionamento. Era assim que se encontravam enquanto estavam competindo. Então, apostariam nisso para ganhar, jogando com tudo.

Yoongi passou a bola para Taehyung, no qual avançou rapidamente para a quadra adversária, logo a passando para Namjoon. O jogo estava acontecendo de forma muito rápida, todos estavam realmente jogando para valer, tanto que as duas vezes que Jungkook tentou pegar a bola foram falhas, assim como uma da de Jimin e uma outra do vigia. 

Taehyung sorriu quando estava novamente com a bola, e que quem se encontrava bem ali na sua frente, focado em tirá-la de si, era o Jeon. O moreno sorriu diabólico, como se soubesse que ganharia aquela bola em suas mãos. Mas, por outro lado, quando ambos sorriam de uma maneira provocativa um para o outro, Taehyung simplesmente avançou rápido e do nada para o gol, desviando-se de Jungkook e de qualquer um que tentasse lhe pegar a bola. Ouviu os gritos de Namjoon para lhe passar a bola novamente, mas Taehyung simplesmente foi e atirou no gol, no qual não podia ter apostado melhor nisso.

Marcaram um gol, onde Seokjin se espatifou no chão junto a Taehyung, que no momento só se importou em acertar aquela bola dentro da rede sem se importar com o seu bem estar físico, assim como o de cabelos roxos, que pouco se lascou pelo quanto a queda de encontro ao chão foi dolorida.

— Boa, Seokjin. – Yung-joo elogiou, afinal, mesmo não sendo bem sucedida, o Seokjin tinha feito uma bela defesa.

O time dos com camisa começaram a comemorar pelo seu primeiro gol, assim como os do sem camisa provaram um pouquinho do gostinho da humilhação de verem a outra equipe comemorando e jogando na cara, provando de seus próprios veneno — talvez o correto, fosse aplicar isso somente a Jungkook, já que foi si quem vacilou ao ser distraído pelo bronzeado.

— Tudo bem. Dois a um para nós. Vamos lá! – Yung-joo disse com uma pitada de “ainda estamos ganhando, otários” na voz, no qual outra rodada se iniciou assim que Seokjin jogou a bola para Jimin.


-

Todos garotos já retornavam para casa, cansados, sujos e ofegantes.

O jogo foi cansativo, e foi o suficiente para criar uma relincha entre os dois times como se fossem criancinhas inconformadas com suas derrotas no jogo de futsal da escola. 

Ambos treinaram duas partidas, onde em cada uma teve um novo time vencedor. A primeira concluiu com o mesmo placar; dois a um, onde foi se dada a vitória para o time dos sem camisa. Já na segunda partida, acabou com o mesmo placar só que com os times inversos, ficando os de com camisa com dois, e os de sem com um. Então, tinham literalmente empatados em todos aspectos, sendo impossível de declarar um time vencedor oficial.

Yung-joo não dava bola para os garotos irritadinhos um com os outros, mais eles realmente tinham levado o jogo a sério mesmo, tipo, pro lado pessoal. Tanto, que numa hora da noite, quando todos já estavam com seus banhos tomados e aconchegados dentro da casa, Yung-joo avistou uma cena um tanto quanto cômica de Yoongi levando um fora do próprio namorado, no qual iria deixar um simples e natural selinho nos lábios do loiro, e acabou sendo empurrado e ganhando diversas palavras feias de uma forma alterada de Jimin em sua direção.

Ou durante a janta, quando Jungkook havia pedido pacificamente para Taehyung lhe alcançar o azeite de Oliva, no qual o bronzeado lhe tacou um seco e claro "não" em sua cara, o deixando estático e sem palavras. Assim, como ainda completou com; “você pode vir pegar, oras, não tem pés para andar ou mãos para pegar? Ah, e porque não aproveita e tira sua camisa também?”. Os garotos da mesa riram, mas Jungkook ficou paralisado, assim como Taehyung estava irritado.

Era algo tão infantil… mas eles realmente estavam de intriga um com o outro por causa disso.

Os únicos de boas, na real, eram Seokjin e Namjoon, que tinham consciência o suficiente para saberem que era um absurdo ficarem bravos um com o outro por algo tão sem noção e infantil assim.


Apesar de tudo, durante a noite, quando todos já estavam em suas camas para dormirem, a raiva de Taehyung foi dissipada após uma sequência de beijinhos do namorado inconformado e persistente, onde, para ficar de boas novamente com o bronzeado, até lhe disse que o time do garoto tinha jogado melhor e que eles eram sim os verdadeiros campeões, enchendo o ego de Taehyung, que por fim aceitou ser mimado pelo amor transbordando de Jungkook.


E, também, é importante constatar que não foi duradouro a relincha de Jimin em não querer, muito menos aceitar, os beijos de Yoongi, já que antes de dormir uma vontade imensa de tomar aqueles lábios gordinhos para si venho à tona, afinal não tinham trocado nenhum mínimo selinho o dia inteiro – e teriam, se Jimin não estivesse um pouco irritado na hora que Yoongi o ofereceu isso. Então, Jimin ofereceu, Yoongi não negou, e ambos ficaram  trocando alguns amassos deitados na cama de Yoongi, onde Hoseok fingia ânsia de vômito ao fundo e pedia para os dois pararem com isso a cada dois segundos.


Notas Finais


Hmmm... E aí??!.
#TaehyungQueLute AKAKSKKSKSKS
Ou agora seria #HoseokQueLute...?? AIAAAI

Mas Jungkook é um bom namorado, olha que coisa mais fofa, Jesus!

Enfim, até alguns dias!! (ou semanas, não sei né galera) se cuidem e lavem bem as mãos, usem máscara e luvinhas. Amo vcs! <3



Meu twitter; https://twitter.com/Wedding_TK?s=09 (eu vou começar a me comunicar mais por lá, prometo! )
Meu perfil na wtt; https://www.wattpad.com/user/WeddingTK

~eNtRa nO mEu pErFiL pRa vEr mInHaS oNeS sHoTs tAeKoOkS, tChAu <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...