História Fated to love you - Capítulo 1


Escrita por: e ParkMiaS2

Postado
Categorias Neo Culture Technology (NCT)
Personagens Lucas, Personagens Originais
Visualizações 9
Palavras 2.220
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Entre colchetes [] - narração
Entre chaves {} - pensamento
P.O.V + nome do personagem - Visão do personagem citado.
Nada - Visão em primeira pessoa da personagem principal Yoora.

Capítulo 1 - Capitulo 1 - Cruzando caminhos


[Ja estava tudo pronto para a tão esperada viagem. Yoora terminava de arrumar suas coisas em sua mala enquanto KyuBok a apressava.

_ Não seja tão lerda, vamos perder o embarque. - Ele diz ja sem paciencia ainda escorado na porta enquanto a observa.
_ Eu só quero ter certeza de que não falta nada. - Ela diz animada enquanto checa mais uma vez.
_ Ja é a terceira vez que você revira a bagagem, não acha que esta tudo certo? - O rapaz insiste e ela se desculpa concordando.

KyuBok pega suas malas e sai enquanto Yoora se certifica de trancar tudo antes de finalmente partirem.]

Eu estava totalmente ansiosa e insegura sobre o cruzeiro. Eu sabia que ele era o ultimo passo e tentativa para salvar meu relacionamento, mas não estava confiante de que seria o suficiente... então preparei tudo para uma noite de amor, pela primeira vez eu me entregaria a um homem, mesmo sem saber o que estava realmente fazendo.

_ Nossa como é grande, parece caro, como pagou por isso? - KyuBok pergunta boquiaberto enquanto carrega as malas com um pouco de dificuldade.
_ Eu tinha um dinheiro guardado, sei que vai valer a pena. - Digo tirando meus cabelos do rosto que o vento insistia em colocar.

Demos mais alguns passos e eu pedi por uma foto em casal antes de entrarmos no navio. Apesar de rude e um pouco frio em relação aos seus sentimentos algumas vezes ele me fazia bem e não era tão ogro quanto aparentava.

[Yoora e KyuBok adentram no navio ja pegando as chaves, a jovem fez questão de ser tudo perfeito e gastou uma boa parte do seu dinheiro apenas com o quarto que ficava na melhor classe do cruzeiro.
Enquanto eles arrumavam suas malas antes de subir para conhecer o resto do lugar, o dono de uma das maiores empresas da Ásia, Yukhei estava embarcando no mesmo cruzeiro a espera de sua atual namorada e futura noiva Park MinHee.

Yoora disposta a se entregar para seu namorado naquela mesma noite e Yukhei disposto a pedir sua namorada em casamento naquela mesma noite. Coincidencia ou não o destino os uniu ali naquele mesmo lugar.]

Eu sentia um frio no estomago só de ficar a sós com KyuBok no mesmo quarto, ainda não tinha ideia de como seria perder a virgindade, eu tinha medo de fazer algo errado ou não ser tão boa quanto eu queria. Minha cabeça fritava apenas ao pensar nessa situação.

_ Você ta bem? Parece pálida. - Ele se aproxima de mim colocando suas mãos em minha testa. _ Esta com febre. - Continua, procurando algum remédio em sua mochila.
_ Esta tudo bem, vou estar melhor mais tarde. - Sorrio um pouco tonta e com uma forte dor de cabeça.

KyuBok me oferece um comprimido com um pouco de agua antes de selar meus lábios com um beijo.

_ Certifique-se de que essa noite dará tudo certo. - Ele sorri me fazendo corar.
_ S-sim... vai dar. - Respondo com um sorriso timido antes de ser puxada para fora do quarto por ele.
_ Vamos dar uma volta. - A animação estava visível em seu olhar.


~ P.O.V YUKHEI

_ Senhor, tem certeza de que a senhorita Park virá? - Boseon pergunta enquanto encara o relógio.
_ Ela confirmou antes que eu saísse de casa, disse que ja estava chegando. - Respondo ainda apoiado sobre a borda do navio.
_ Daqui 10 minutos ja iremos embarcar. - Ele parecia tão preocupado quanto eu.

Peguei o celular um pouco incomodado encaminhando uma nova mensagem para MinHee, "você esta chegando?" e logo ela respondeu, "Daqui 7 minutos estou ai". Sorri involuntariamente ja rumando até o nosso quarto para preparar tudo, eu queria surpreende-la e dizer o quanto a amo para todos daquele cruzeiro.

~ P.O.V YUKHEI OFF

[10 minutos se passaram e finalmente o navio embarca, todos ou quase todos que estavam ali subiram para ter a vista para o mar e comemorar o inicio de um cruzeiro inesquecível, enquanto Yukhei estava em seu quarto aguardando a chegada de MinHee, mas o que ele não sabia era que Park MinHee havia desistido de encontra-lo graças a uma proposta de contrato como dançarina principal em uma turnê pelos EUA, o avisando já tarde demais. Ele estava muito animado e nem lembrara de pegar o celular para checar as mensagens ou apressa-la, ele olhava feito bobo as alianças que segurava em suas mãos.

_ Serviço especial. - Um jovem rapaz bate na porta de seu quarto adentrando em seguida com uma bebida e um bilhete em mãos.
_ O que é isso? - Yukhei pergunta confuso antes que ele o mesmo saísse.
_ Mandaram te entregar, disseram que é pra dar sorte no pedido de casamento. - Ele diz pedindo licença e se retirando.
Yukhei sorri lendo o bilhete que dizia "boa sorte com o pedido de casamento, fighting!".

_ Boseon... - Ele dedus e ri virando o que tinha no copo, apagando logo em seguida.

~

Do lado de cima do navio curtindo a brisa que batia em seu rosto estava Yoora com KyuBok, abraçados como um casal feliz e realizado, mas a dor de cabeça que a jovem sentia persistia, então seu namorado a deu mais alguns comprimidos de analgesico e a mesma os ingeriu, esperando que a dor cessasse para que pudesse curtir cada momento, mas não levou muito tempo para que ela começasse passar mal.

_ Ei, ei... o que ta acontecendo? - KyuBok a segura antes que ela caisse.
_ Eu estou um pouco tonta, quase não enchergo nada, deve ser os remédios que tomei. - Ela piscava os olhos com força tentando focar a visão.
_ Não acha melhor ir deitar um pouco? Talvez precise apenas descansar. - Ele sugere e ela concorda pegando o caminho até seu quarto, cambaleando pelos corredores até encostar na porta e a mesma abrir sem nenhum esforço.

A jovem rumou até a cama e deitou, apagando.]


A ultima coisa que me lembro antes de apagar por completo é de me deitar na cama, eu mal enchergava as coisas a minha volta e me sentia um pouco fraca tambem, mas não demorou muito até eu ser acordada com beijos e pra minha sorte o quarto estava escuro, então não passaria tanta vergonha assim.

_ Você veio... - Ele sussurra em minha orelha me fazendo arrepiar.

Viro ficando de frente para KyuBok mas sem encherga-lo pela escuridão então o beijo, dando um sinal de que eu estava pronta para aquilo. O beijo foi ficando intenso, quase sem nenhuma palavra apenas suspiros, ele ficou por cima de mim tirando toda minha roupa e o resto eu não preciso detalhar... apenas devo dizer que foi melhor do que eu pensei que seria, e então dormimos juntos depois de tudo.

Acordei novamente algumas horas depois sendo acariciada nos ombros ainda despida e solto um leve sorriso junto a um suspiro.

_ Isso foi bom... - Digo um pouco tímida
_ Sim, eu concordo. - Sua voz parecia mais grossa do que mais cedo.

Fiquei um tempo ali virada de costas para o mesmo até ele acender as luzes e se sentar na beira da cama. Fiquei um pouco envergonhada mas enrolei o lençol sobre meu corpo e repeti seu movimento o encarando.

_ AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA! - Gritamos em unissono ao nos olhar, aquele de fato não era KyuBok.

[Yoora tenta cobrir mais ainda seu corpo com aquele minusculo e quase transparente lençol ao ver que o rapaz com quem ela havia dormido não era seu namorado. Seus olhos começaram a encher de lágrimas e a mesma chorar enquanto ainda gritava, Yukhei de costas para a mesma e com as mãos sobre a cabeça se pergunta que diabos estava acontecendo ali e quem era ela.

_ Quem é você? - Ele a encara ainda sem camisa segurando um de seus braços.
_ E-e-eu quem devia estar perguntando isso. - Ela diz entre os soluços e choro.
_ Como isso aconteceu? - O jovem parecia furioso com a situaçao, ele não estava acreditando no que estava acontecendo.

Ambos se encaravam e enquanto ele expressava ódio pela situaçao ela desabava em lágrimas sem saber o que fazer, então ainda chorando pega suas roubas e sai dali ainda enrolada naquele lençol.

_ Espera você me deve uma explicaçao. - Yukhei vai atrás da jovem que entra no quarto da frente se tocando que estava no quarto errado aquele tempo todo.]

Ao entrar no quarto que de fato era meu, encontro uma cena na qual jamais esqueceria, meu namorado na cama com outra mulher. Ja não bastava o que acabara de me acontecer e agora isso. Eu nem sequer tinha mais lágrimas para chorar, eu estava envergonhada, destruída, arruinada de todas as formas possíveis.

_ O que é isso? - Tento dizer ainda sem muitas palavras ao ver o que estava na frente dos meus olhos.
_ Na-ão é isso. - KyuBok se levanta correndo da cama vestindo sua cueca e ficando de frente para mim.
_ Ei, da pra você me explicar o que estava fazendo no meu quarto? - Aquele rapaz que eu nem sequer sabia o nome aparece para piorar a situaçao.
_ Então eu estou tentando me desculpar quando você me traiu primeiro? - KyuBok me olha de cima abaixo com despreso e as lágrimas começam a cair de novo.
_ Não... não não foi isso eu juro. - Tento me explicar.
_ Você esta praticamente despida e aparece um cara quase despido também falando que você estava no quarto dele, o que é então? - Ele se faz de vítima e eu me calo sem saber o que dizer.

O clima fica cada vez mais pesado quando a vagabunda que estava na cama com o KyuBok começa nos observar em um tom de deboche e o rapaz que eu não sei o nome cruza os braços encarando meu namorado... ou ex depois daquela situaçao.

_ Você é baixa, como eu pude ficar com você por um ano? Se negava fazer amor comigo para dar pra qualquer um? Eu tenho nojo de você e foi bom isso acontecer, pelo menos agora eu tenho coragem de fazer o que eu queria fazer a tempos mas nunca consegui, terminar com você. - Ele me empurra e consequentemente eu caio para tras sendo segurada por pelo jovem atras de mim, que logo entra na minha frente e acerta KyuBok com um soco.

No desespero dou um grito e coloco as mãos sobre a boca enquanto KyuBok continua falando baboseiras, eu estava paralisada, sendo humilhada e totalmente sem saber o que fazer até eu sentir uma mão me puxar para fora daquele quarto.

[Yukhei vendo toda aquela situaçao puxa Yoora novamente até seu quarto e tranca a porta. A jovam ainda chorava e estava totalmente envergonhada por tudo que estava passando, com certeza aquele não era seu dia de sorte e nem estava perto de ser.

_ Aquele babaca é seu namorado? - Yukhei se pronuncia enquanto observa sua mão direita, a que havia acertado o rosto de KyuBok.
_ Olha... me desculpe por isso e-eu... - Ela tenta se explicar mas os soluços a empedia de dizer qualquer frase claramente.
_ Sem explicações por agora... vai se vestir e lave seu rosto também. - Ele diz apontando para o banheiro do quarto enquanto abotoa a blusa que acabara de vestir.

Yoora assente com a cabeça e ruma até o banheiro, mas ao se olhar no espelho se sente pior do que antes, o quao azarada sua vida era? Se envolveu com uma pessoa que acreditava ter sentimentos por ela, deu tudo de si por esse relacionamento e era dessa forma que ele a agradecia? Que ele demonstrava a amar? A traindo na cara de pau e se fazendo de vitima.
A jovem lava seu rosto e se veste saindo do banheiro em seguida. Ela queria dar uma explicaçao ao Yukhei e se desculpar por tudo.]

_ Me desculpe... foi culpa minha, eu que entrei no quarto errado. - Tento dizer de forma sensata.
_ Em partes, eu também tive culpa. Se eu tivesse visto a mensagem que MinHee me enviou dizendo que não viria mais... eu jamais teria pensado que você fosse ela. - Ele diz olhando para o celular.
_ Me desculpe novamente... eu vou indo. - Digo me retirando dali antes do rapaz me segurar.
_ E vai pra onde? Voltar pro quarto onde ta seu namorado e a amante dele? Você é idiota? - Ele me repreende.
_ Você não precisa se preocupar comigo. - Digo me soltando de suas mãos. _ Afinal, o cruzeiro é até amanhã... eu tenho que aproveitar de alguma forma.
_ Vendo o babaca e a vadia se agarrarem? - Ele me segura novamente.

As lágrimas voltaram a cair e consequentemente me senti perdida, o que eu faria até no dia seguinte? Choraria? Me lamentaria pela tremenda imbecil que sou?

_ Olha eu sei que sua vida parece pessima, mas eu acabei de levar o 3° bolo consecutivo da minha namorada, também me sinto mal por isso e... acabei de trair ela também. Então você não é a unica a se sentur culpada. Vem... - Ele me puxa dali, rumando para algum lugar que eu não fazia ideia.


Notas Finais


Devo continuar?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...