História FBI ON COMMAND - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Kim Seokjin (Jin), Min Yoongi (Suga), Personagens Originais
Visualizações 1
Palavras 1.387
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Policial
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


♡Então gente essa não é minha primeira fic, fiz uma outra mas apaguei porque estava muito ruim, sei que essa também não tá lá muito boa mas estou tentando e se o começo estiver ruim me perdoem de verdade, foi muito difícil achar um começo que se encaixava no meio da história, a capa ficou uma merda também eu sei eu vou melhorar eu juro,Têm mil e uma coisas pra eu arrumar nessa fic tanto é que eu li e reli várias vezes esse Cap, se tiver erros ortográficos me avisem por favor nada nessa fic ta sem porcento e se gostarem quiserem que eu continue Por favor me avisem♡.

Capítulo 1 - CAP 01


Fanfic / Fanfiction FBI ON COMMAND - Capítulo 1 - CAP 01

05:27, Sexta-feira.
Brisbane- Austrália

- Já estava de pé graças a porcaria do despertador e meu emprego - Você é gostosa é uma delícia- falei olhando pro meu reflexo no espelho do banheiro.

- Se namorando de novo dona Sn- disse me olhando fixamente.

- Como é Benício?!- Falei o encarando.

- A você não é dona e seu nome é mãe, esqueci desculpa- disse fazendo um biquinho fofo.

- hahaha, iae filho ta pronto para se despedir dos seu amigos?- falei colocando o creme dental na escova.

- Essa história de novo por que quer tanto assim se mudar? não gosta da nossa casa?.

- Eu adoro a nossa casa mas você sabe que meu emprego exigi isso- me sinto triste por ter que ficar me mudando á cada ano de país, ele merece ficar em um lugar fixo, ter muitos amigos.

- Sabe mãe antes eu gostava de saber que minha mãe era do FBI mais agora mudei de idéia, não dá pra gente só ficar aqui desta vez, afinal está é a quinta vez que nos mudamos. - falou com uma carinha triste.

- Filho na verdade essa já é a décima quarta vez que me mudo, das outras nove vezes você não era nascido e essas cinco vezes nós nos mudamos apenas de cidade.- falei enquanto penteiava os cabelos.

- Isso nos mudamos cinco vezes desde que eu nasci- falou pegando a escova das minhas mãos.

- Então não vamos discutir isso mais, semana que vem nos mudamos para Coréia é fim de papo mocinho. - disse e sai do banheiro fazendo com que o mesmo viesse atrás de mim reclamando.

- Por quê não posso ficar aqui?.- pergunta difícil essa, como dizer pra uma criança de 9 anos que você manda nela.

- Porque eu sou sua mãe, sou do FBI e mando em você.

- Não pode usar a desculpa do FBI pra sempre- gritou indo em direção ao quarto.

- Eu sou do FBI então eu posso sim- gritei de volta pegando minha bolsa em cima da mesa.

°♡{ o caminho todo foi brigando sobre eu usar a desculpa do FBI, quando finalmente chegamos na escola dele eram 6:48, deixei ele na escola e fui pro trabalho...}♡°

- Eu vou embora huuu, eu vou embora huuu não vou mais ver gente feia huuu- entrei na delegacia cantarolando, quem não ficaria feliz de ir pra outro país e melhor ir pra outro país e ver pessoas bonitas kkk eu me divirto muito com essa idéia.

- Tá Sn vamo logo com isso- Ryan meu ex chefe impaciente, É tão bom saber que esse maluco não vai mais ser meu chefe.

- Tá todo impaciente assim só porque eu vou embora né eu sei que ninguém aqui vive sem mim- disse pegando a papelada e assinando todas elas muito feliz é claro.

- errou, eu tô é triste porque não vou mais ver o Benício eu adoro ele, falando nele como é que ele ficou quando soube da notícia? - perguntou encarando a mesa.

- Ele adorou a idéia de ir pra outro país- menti porque... bem não devo satisfação da minha vida pessoal e da minha família a ninguém e eu não gosto dele.

- bem como eu sei que está mentindo descarada mente dei meu número de tele fone a ele e quando ele quiser eu vou lá buscar ele- falou convencido.

- Ele acha que você é gay e tem medo de magoar seus sentimentos então creio que ele não vai te ligar- falei indo em direção ao setor onde meus amigos e colegas de trabalho estavam, o local estava cheio de bexigas, cartazes de despedida e uma mesa com um bolo que me parecia muito incrível agora que me lembrei que não tomei um café da manhã e nem meu filho, sério as vezes me sinto uma péssima mãe.

- SN eu vou sentir sua falta- disse Peggy vindo em minha direção e logo me abraçando.

- Também vou sentir sua falta, eu quero mesmo ir quero conhecer o país- disse isso mas estava sendo realmente sincera com ela e ela sabia.

- Então me leva com você prometo só transar em motéis- disse juntado as mãos e fazendo biquinho como uma criança.

- Peggy eu com certeza vou sentir sua falta- falei rindo do que ela disse.

- Ué vai disser que você vai pra Coréia mas não vai levar ninguém pra caminha, quer dizer disse que coreanos tem ponto pequeno mas são bons de cama- falou olhando no fundo dos meus olhos confesso fiquei com um pouquinho de medo.

- Peggy vamos deixar este assunto pra...- Sobre oque minhas duas divas estão falando? - Matteo aparece com uma bexiga murcha nas mãos me interrompendo.

- Sobre na...- Sobre sexo gostoso e coreano do pinto pequeno- disse Peggy me interrompendo.

- Sexo delicia- disse Matteo olhando pro nosso colega Jung Lee que estava do outro lado da sala.

- Gente vocês fiquem aí conversando sobre essas coisas absurdas que eu nunca fiz nem vou fazer- disse querendo sair o mais rápido possível da aquela conversa.

- Não esquece que já é mãe- Peggy disse virando de costas para conversar com Matteo.

- Oi SN- Lee se aproximou de onde eu estava.

- Oi- falei olhando pro bolo, como eu tô com vontade de comer esse bolo gente.

- Então quer dizer que você vai pra Coréia?- perguntou pegando um cupcake.

- Sim - Falei sem muita vontade de responder sua pergunta- Me diz uma coisa lá é legal?.

- Muito, lá tem muitas mulheres lindas mas nem uma igual a você- falou e mordeu seu cupcake.

- Por quê faz isso?- agora fiz questão de olha-lo para ver sua resposta.

- Isso?- idiota nem sabe fingir que não sabe sobre o que estamos falando.

- Dar uma de João sem braço não vai adiantar- peguei um refrigerante até porque já eram 8:19 e eu não tinha comido e nem bebido nada na minha própria festa.

- Gosto de dar em cima de você e talvez você mude de idéia e queira ficar aqui... comigo- sorriu sujestivo.

- É claro que fico- disse e el me olhou sorrindo.

-Fica?- coitado.

- fico... lá na Coréia e você aqui- ele me olhou sério e começou a rir quando viu que eu estava brincando.

°♡{...}♡°
12:13
- Mãe a gente precisa mesmo sair da Austrália?- perguntou com uma caixa cheia de cartinhas e brinquedos nas mãos.

- Benício a gente precisa mesmo discutir isso de novo?- perguntei olhando sério pra ele.

- Não mãe- disse entrando no carro.

- Que caixa é essa Ben?- perguntei olhando no espelho do carro.

- Meus amigos e algumas meninas me deram isso, são cartas e brinquedos de despedidas- disse isso tão triste que me doeu ter que ver ele passando por isso.

°♡{...}♡°
22:09
- Pizza de novo?- Ben gritou do banheiro por conta do barulho do chuveiro.

- Eu não tô afim de cozinhar e você não sabe então isso vai ter que servir- ditei olhando pras caixas de pizza.

- Fez algum teste pra ser mãe?- o mesmo gritou novamente do banheiro.

- Crianças prodígio de 9 anos não fazem muitas perguntas- falei colocando os pratos na mesa.

- Isso é porque eu sou diferente e eu tenho 9 anos e meio- o ouvi desligar o chuveiro- Sabe mãe a única coisa boa nisso tudo é que hoje foi meu último dia de escola.

- Vai ter mais coisas boas Ben você vai ver- falei com a boca cheia de pizza- e vai que você arruma uma namoradinha coreana.

- Namoradas atrapalham enquanto jaga e falam muito durante o sexo- ri tanto com o que ele disse que saiu refrigerante até pelo meu nariz.

- Quem te disse isso?- felizmente eu não sujei muito o chão mas meu pijama já era.

- Meu professor careca de matemática- falou pegando seu pedaço de pizza.

- Tá vou trocar de roupa e assistir um filme, coloca o filme pra gente assistir aí filho- pedi já dentro do quarto.

- Tá... eu vou dormir só de cueca hoje já que amanhã não tenho aula- o ouvi suspirar depois de ter dito isso.

Assistimos e fomos dormir
°°°


Notas Finais


☆Na capa provavelmente eu me esqueci de colocar a foto do protagonista da história, eu tava mais pensando em colocar o Jungkook mas se quiserem que eu mude posso alterar um pouco minhas ideias loucas e colocar alguns traços da personalidade de outros membros, e se o Cap ficou pequeno peço desculpas mas foi essa minha ideia pra um primeiro Cap até porque não sei se vocês vão querer que eu continue. É isso te amo vocês e até um próximo Cap se quiserem♡♡°


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...