História Darkness - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amor, Depressão, Dor, Romance, Tortura
Visualizações 4
Palavras 464
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olaaaaaar!
Esse capítulo não era pra sair hoje, mas como eu estou entediada e hoje é meu aniversário, decidi presentar a vocês e a mim o início de tudo! Ou quase tudo!

Capítulo 3 - Jet Black Heart


Fanfic / Fanfiction Darkness - Capítulo 3 - Jet Black Heart

O corpo humano ou animal necessita de alimento. Assim como um carro precisa de gasolina para continuar andando, nosso corpo precisa de comida. Mas por algum motivo, as vezes, a comida simplesmente... Não desce. O bolo que se forma constantemente na minha garganta não permite que eu coma e mesmo assim não sinto fome. É claro, que não acontece sempre. Na verdade eu sempre amei a sensação que comer traz ao meu ser. Só que a cada dia era mais difícil fazer as coisas que mais amo. 

Um cheiro bom exalava de dentro da panela em que eu estava mexendo. Sempre odiei cozinhar, mas era basicamente isso que eu fazia toda manhã. Um banquete digno de apreciação, mas que só era banalizado pelo idiota que o come. Me pergunto o que aconteceria se eu colocasse algum produto de limpeza aqui e acabasse com o imbecil, mas sou medrosa até pra isso.

Um barulho estridente toca, me assustando e pulo no mesmo lugar, soltando um gritinho baixo. Bufo quando percebo que era apenas a campainha e saio da cozinha, me dirigindo a porta. 

Quando abro a mesma, meio desconfiada,e me deparo com uma senhora baixinha que me olha com seus olhos azuis gigantes.

-Bom dia, mocinha.- Ela fala com a voz doce.

-Bom dia.

-Eu, minha filha e meus netos nos mudamos para a casa ao lado.- Ela começa.- E eu estava curiosa para conhecer os vizinhos.- Ela termina e só agora que reparo em seus cabelos ruivos muito bem arrumados.

- Oh!- Exclamo- Eu não sabia que estava tendo mudança! É um prazer conhecê-lo!- Estico a mão para um aperto e sou logo retribuida.

- O prazer é meu. Você é uma bela moça!

- Obrigada. Seja bem vinda a vizinhança! Espero que goste daqui.

- Também espero gostar.- Ela pisca pra mim, com um sorriso divertido no rosto.

(...)

Depois da visita da nova vizinha, começo uma faxina no andar de cima na casa, mas sou constantemente distraída por conta do movimento na casa ao lado.

Estou num dos quartos de hóspedes- que por acaso nunca recebemos nenhum- quando vejo, pela janela uma cabeleira ruiva entrar no quarto da casa ao lado e vir correndo na direção da janela. Ela olha para todos os lados varrendo a vista da janela e logo seu olhar chega em mim. Ela sorri e acena para mim e por um momento fico sem reação. Decido por acenar de volta, mas quando levanto a mão para o fazer um garoto- também ruivo entra no quarto. Seus olhos encontram os meus e sem ao menos titubear eu saio do quarto fechando a porta. Minha respiração acelerada é meu coração pulando do peito.

Adivinha. 

Uma das muitas consequências do estrupo. Medo, claro. Mas principalmente de homens. Suspiro, fechando os olhos.

Ok, acho que longos dias me aguardam.

Por que tem que ser tão difícil?


Notas Finais


Espero que tenham gostado!
Comentem!
( Acho q n preciso dizer que o menino da capa é o que aparece na janela da outra casa né?)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...