1. Spirit Fanfics >
  2. Fear The Walking Dead >
  3. Sem refúgio

História Fear The Walking Dead - Capítulo 5



Capítulo 5 - Sem refúgio


Fanfic / Fanfiction Fear The Walking Dead - Capítulo 5 - Sem refúgio

Mais uma manhã ensolarada, meninos estavam se preparando para uma caçada. Namjoon havia ido ver como Hyun estava, o mesmo entra no quarto, Morgan estava no quarto cuidando de Hyun.

Hyun: Bom dia -diz sorrindo alegremente-

Nj: E aí carinha, como você tá?

Hyun: Bem melhor, apesar de estar coçando e ardendo -fala olhando para o ferimento-

Nj: Não se preocupe carinha, já já você melhora -passa a mão bagunçando o cabelo dele-                                      Hyun: Cadê o Jin?? Eu quero ver ele

Nj: Ele saiu pra caçar com os outros

Hyun: Ah....e você ? Porque não foi também??.... AIIIII MORGAN!!!

Morgan: Tenha calma, tem que passar

Hyun: Mais dói, não tem um remédio melhorzinho não?

Morgan: Infelizmente não

- Morgan termina de passar remédio no ferimento de Hyun e vai ver se está tudo bem com sua filha , Beth -

Nj: Logo você vai melhorar e vai sair dessa cama, aí se seu irmão deixar eu te ensino a atirar

Hyun: Ele não vai deixar, ele é muito protetor comigo

Nj: Uma hora ele vai ter que deixar, você não pode sair sem uma garantia de proteção, se alguma daquelas coisas se aproximar de você é só meter a bala, agora se você não tiver nada pra acabar com ele iria dar ruim, então sim ele vai ter que deixar

 Hyun: -abaixa a cabeça- eu sou um peso morto pra vocês, sou um alvo fácil -diz quase chorando-

Nj: Os fortes não nascem, se criam, e se você confiar no seu potencial poderá se tornar um. Você não é um peso morto, você sabe que seu irmão te ama e faria de tudo pra te proteger, e se você quiser fazer o mesmo por ele ou por qualquer um, tem que acreditar que consegue

Hyun: -estufa o peito e sorri fofo- ... Namjoon você e o meu irmão tão namorando?? 

Nj: De onde você tirou isso?

Hyun: O jeito que vocês se tratam é diferente ... E o olhar também

Nj: Nos tratamos como todos os outros, e não, não estamos namorando

Hyun: Os tios dizem que vai dar namoro

Nj: Seus tios são um bando de patetas, não deveria seguir o exemplo deles 

Hyun: Uhum...

- Morgam segura o riso -

Nj: Tá rindo do que? Hum

Morgan: De nada - volta a cuidar do ferimento de Hyun -

Nj: Hum, até depois carinha -bagunça os cabelos de Hyun e sai do quarto-

Morgan: Vai dar namoro sim carinha 

Hyun; Hum, tô de olho neles 

-Morgan ri-

 -Meninos voltam da caçada com um cervo em mãos- -Jin, Jh, Yg e Taehyung vão preparar o cervo-

Jh: Ai tadinho

Yg: Antes ele do que a gente

Jh: Verdade

-Yg pega uma faca e começa a fatiar o cervo-

-depois do jantar, Jin vai até Nj tirar satisfações- 

Jin: Que história é essa que você disse ao Hyun que ele poderia atirar? E essa de namoro? Vamos me explique 

Nj: Boa noite pra você também - organizando a mesa-

Jin: Boa noite o caralho, agora responda 

- Nj senta e encara Jin -

Jin: Eu mandei me responder, não me olhar como um peixe morto 

Nj: - ri - Ele tinha razão, você é insuportavelmente protetor, e essa historia de namoro seu amigo, Jimin, que inventou

Jin: E desde quando isso é da sua conta? 

Nj: Desde que você entrou nessa merda pra tirar satisfação

Jin: Se você sabia que eu viria por que foi até lá abrir a sua boca pra falar merda?

Nj: Tinha esperança que você fosse mais maduro e eu não contei nenhuma mentira, o Hyun vai aprender a atirar, ou você prefere que ele vire lanche?

Jin: Eu prefiro que você ponha-se no seu lugar, ele tem a mim, não preciso que tome conta da vida dele, e quando for a hora dele aprender a se defender não será você que vai ensinar 

Nj: - dá uma risada nasal e volta analisar o mapa da mesa -

Jin: Não sei porque se incomoda tanto em como eu o educo, você nem se importa, e mesmo que se importasse enquanto ele tiver a mim não precisará de mais ninguém, muito menos de alguém como você, quando for a hora ensinarei tudo o que for necessário a ele, mas até lá pare de se intrometer, eu quem devo cuidar e zelar por ele, e se um dia eu não estiver mais aqui, não será você que irá assumir meu lugar 

Nj: - ri - - passa a mão no cabelo - Ok Seokjin

Jin: Acho bom, e tá de cabeça pra baixo -se refere ao mapa- burro -sai-

Nj: Essa é a intenção, hum, ridículo

Jin: NÃO MAIS QUE VOCÊ -grita de longe- 

Nj: NERVOSINHO

Jin: SEU CU ARROMBADO

Nj: PARA DE FALAR PALAVRÃO PORRA

Jin: VOCÊ MESMO ESTÁ FALANDO IDIOTA 

Meninos: CALEM A BOCA 

Jin: ELE QUE COMEÇOU

- Nj revira os olhos e volta trabalhar -

.  .  .

Nj: Eu e Jk estávamos caçando e observamos que a quantidade dos zumbis aumentou, eles estão se multiplicando cada vez mais

Jk: Já já eles chegam aqui, devemos estar preparados para isso

Chin: Eu estava caminhando e encontrei um grande galpão dentro de uma cidadezinha que tem à alguns quilômetros daqui, pode ter coisas úteis lá, até por que lá também tem alguns estabelecimentos

Nj: Hoje a tarde vamos dar uma olhada

Chin: É melhor irmos em duplas, cada uma vai um dia em um departamento ir coletar as coisas

Nj: Tudo bem então

Jeffrey: Eu vou com vocês

Jk: Ok você que sabe

-dia seguinte- - Chin e Jeffrey seriam as primeiras duplas a irem para a cidade -

Chin: Está pronto?

Jeffrey: Estou, vamos

-Os dois partem em direção a cidade em um dos carros. Param o carro, preparam suas armas e saem de dentro dele-

Chin: Eles estão meio afastados e não nos viram, então não faça barulho para eles não nos notarem

Jeffrey: Ok

-Os dois começam a vasculhar a cidade procurando pelos suprimentos-

-Chin avista uma escola-

Chin: Vamos ali

Jeffrey: O que vamos fazer numa escola?

Chin: Procurar alguma coisa de útil

Jeffry: Tá bom

-Os dois entram a escola. Chin avista alguns brinquedos e coisas de criança. Olha ao redor e vê as paredes com a marca de tinta das mãos das crianças, põe a palma de sua mão sobre elas-

Chin: É uma pena que nesse mundo não haja esperança para eles

Jeffrey: Talvez ainda haja algum dia

Chin: -risada nasal- -pega algumas coisas-

-Escutam passos vindos do corredor-

Chin: -faz sinal para Jeffrey não fazer barulho-

Um zumbi começa a bater na porta para entrar- -Jeffrey saca sua arma e atira na cabeça do zumbi-

Chin: SEU IDIOTA ERA PRA TER USADO A FACA, VOCÊ ATRAIU OS OUTROS COM O SOM DO TIRO

-Zumbis começam a aparecer na porta tentando entrar-

 -Chin bota uma estante barrando a porta-

Jeffrey: A GENTE TÁ CERCADO NÃO TEM COMO SAIR

Chin: CALA A BOCA E ME DEIXA PENSAR

 -Chin avista uma pequena janela-

Chin: ALI!!! -aponta- -olha pra Jeffrey- E é nessas horas que você deveria ter pensado em fazer uma dieta, vai ter que se espremer pra passar

Jeffrey: QUE SEJA, VAMOS ELES JÁ ESTÃO NA PORTA

-Chin coloca a mão para Jeffrey pisar e ter apoio para chegar até a janela-

Chin: PASSA LOGO -empurra ele- -pega a mochila-

Jeffrey: EU NÃO CONSIGO PASSAR

Chin: OU VOCE PASSA OU A GENTE MORRE -Empurra Jeffrey que passa pela janela-

-Os zumbis arrobam a porta e logo em seguida Chin passa pela janela-

-Um bando de zumbis começam a persegui-los-

-Com os outros-

Nj: Eles estão demorando demais para voltar...

Jm: Será que aconteceu alguma coisa?

Nj: Não sei, mas espero que não

.   .   .

-Chin chega sozinho-

Morgan: Onde está o Jeffrey?

Chin: .... Eu sinto muito

Morgan: ...

-Chin leva a mochila até Namjoon de cabeça baixa-

Nj: -passa a mão nas costas de Chin- tenho certeza que você fez o que pôde

Chin: Uhum...

-Chin vai para dentro e vai até Nayeon que estava com Yuna no colo-

Chin: Olha o que eu achei -mostra a boneca para Yuna-

-Yuna ri e abraça a boneca- -Chin dá um sorriso ladino e passa a mão no cabelo de Yuna-

Chin: Aproveite -toca a ponta do nariz dela com o indicador- coisinha

-Yuna estende os braços para Chin que a pega, Yuna abraça Chin e deita a cabeça em seu ombro-

-Chin senta ao lado de Nayeon com Yuna em seu colo, balança Yuna a fazendo dormir rapidamente , beija bochecha dela e a deita na cama-      

-Nayeon sorri para Chin e o abraça, retribui e da um beijo demorado na bochecha de Nayeon-

Yg: - Tosse falsa -  - Encara os dois com expressão séria no rosto -

Nay: Para com isso Yoongi, você deveria está acostumado, estamos juntos a bastante tempo.

Yg: Hum, você é praticamente uma criança, não deveria ficar de namorico com esse idoso.

Chin: Eu tenho 27 anos, não sou tão velho assim, Yoongi.

Yg: Muito velho para uma criança de 19 anos, 8 anos de diferença.

Nay: Amor não tem idade -diz séria-

Yg: No caso de vocês, tem sim.

- Chin pega Yuna e se retira -

Yg: No seu caso é diferente, você não deveria confiar nele

Nay: E porque não? Você fica com quer porque eu não posso? Eu não sou mais criança pra você ficar no meu pé 

Yg: Eu só quero te proteger

Nay: Você não tem que me proteger dele 

Yg: E por que Nayeon? Como você pode ter certeza?

Nay: E porque você não pode confiar nele? O que há demais? Todos aqui se conhecem a um bom tempo, ele nunca fez nada de mau pra mim 

Yg: Hum... Era assim com o outro também, não quero que você se machuque de novo

Nay: Agora ele está morto, e nem todos são iguais a ele, eu também tenho o direito de prosseguir com a minha vida 

Yg: Hum - respira fundo e encara o chão pensativo -

Nay: -vai até ele- Eu sei que você só quer garantir as coisas, mas não precisa se preocupar com ele está bem? Ele nunca me fez mau e a Yuna adora ele, ele também é ótimo pra ela

Yg: Hum... Espero que esteja certa disso Nayeon, mas caso ele faça o mesmo que o outro, nem pense que vai conseguir me impedir como da última vez, agora não tem policia que impeça de eu arrancar as duas cabeças de um homem

Nay: -ri- Está bem -abraça Yg- mas deixa de ser cabeça dura pelo menos um pouco 

Yg: - retribui - não sou cabeça dura, você que é e está me deixando louco

Nay: Essa é sempre sua desculpa 

Yg: Nayeon Nayeon hum

Nay: Dois 

Yg: Engraçadinha

Nay: -ri- 

- Com Jikook-

Jk: Olha o que o Chin trouxe 

Jm: Oh meu Deus que coisa fofa -pega Yuna- 

- Yuna pega no nariz de Jm -

Jm: Pom pom

-Yuna ri-

Jm: -Faz cosquinha em Yuna usando a boca-

- Yuna dá gargalhadas -

Jk: Ela é bem risonha - pega ela -   -Yuna põe a mãozinha na boca rindo-

Jk: - dá beijinho nas mãos dela -  -Yuna segura o nariz de Jk com força e começa a murmurar dando pequenos gritos-

- Jk ri  e Chin cruza os braços -

Jm: Parece que alguém está com ciúmes

Chin: Não tô com ciúmes Park

Jm: Aham, sei, então pode sair a gente fica com ela 

Chin: Não obrigado, prefiro ficar

Jm: Aham

-Yuna dando gargalhadas das caretas que Jk fazia- 

Chin: Hum - senta emburrado - eu só não confio em Jeon Jungkook com a minha Yuna

-Yuna estende os braços pra Chin-

Chin: O que você quer ?

Yuna: ... Papa 

Chin: ...

Jm: Eita - ri -

Yuna: Papa -estende os braços pra ele- 

Chin: ... - pega ela -

Yuna: -ri- -abraça o rosto de Chin-

Chin: - beijinhos - sua mãe perdeu a aposta - leva ela até Nayeon-

Jm: Sério que eles apostaram?

Jk: Pois é - ri -

Jm: Meu Deus até isso 

Jk: Né... Jimin...

Jm: Hm? 

Jk: A gente pode...

Jin: Jimin preciso da sua ajuda, é urgente -diz Jin cortando a fala de Jk-

Jm: Já estou indo, conversamos depois Jk -vai com Jin-

Jk: Uhum... 

Nj: Quase em 

Jk: Não enche 

- Nj ri e senta ao lado de Jk-

Nj: Vai uma? -entende um copo de bebida a Jk-

Jk: Passa -pega-

Nj: Tá difícil de chegar nele né não -ri- -enche o próprio copo e o de Jk-

Jk: Algo ou alguém sempre atrapalha -vira o copo-

Nj: Um dia você chega lá -dá três tapinhas nas costas de Jk-

Jk: Deus te ouça -vira outro copo- 

Nj: -ri-

- vários copos depois e eles já estavam bêbados -

Jin: Mas o que é isso?

- Nj e Jk rindo -

Jk: Um unicórno rosa - ri -

Jin: Mas era só o que me faltava, se um bando viesse seriam os primeiros a serem mortos, vou despejar todas aquelas bebidas, vocês não tem controle 

Nj: Oh unicorno rosa pink não seja mau

Jin: Deveria deixar os dois caídos aí, não me importo se estão vivos ou mortos, mas não se pode deixar lixo no chão, JIMIN VEM CÁ 

Jm: Hm? Que foi??

Jin: Leva essa praga dentuça pra dentro que eu levo essa 

- Jm leva Jk -

Jk: Nj um pêssego bundudo tá me levando socorroooooooooooo

Jm: Cala boca -leva ele pra dentro-

Jin: Colabora que eu não sou mula de carga pra estar levando entulho

Nj: EH VOU PASSEAR EM CIMA DE UM UNICORNÓNIO

Jin: Se você e aquele lá não fossem os únicos que sabem o caminho da colônia eu não me importaria de te largar aqui, mas infelizmente não posso -apoia Nj em seus ombros-

Nj: -se joga encima de Jin-

Jin: -respira fundo- -leva ele pra dentro- 

-Com Jikook- 

Jk: -tentando fugir-

Jm: Fica quieto, você não pode sair, quer ser devorado?

Jk: - abre a janela - EU VOU VOAR

Jm: Você vai pra casa do cacete isso sim -fecha- deita 

Jk: OH Pêssego marvado - deita -

Jm: Hum -cobre ele- boa noite 

Jk: Pêssego você viu o Jimin??

Jm: Enlouqueceu, não, por quê? Quer deixar recado?

Jk: Quero pêssego

Jm: Então fala 

Jk: Eu quero falar que amo ele, mas demônios atrapalham

Jm: Como assim?

Jk: Como assim o que?

Jm: Como assim os demônios atrapalham?

Jk: Os demônios não deixam eu falar que amo ele, eles o leva pra longe longe

Jm: Você está maluco só pode 

Jk: Maluco de amor - cantarolando -

Jm: Boa noite Jk

- puxa Jm e o abraça-

Jm: O que tá fazendo Jk??

Jk: Te abraçando

Jm: Não seja palhaço, me solte 

Jk: -deita sobre Jm-

Jm: Jk você tá me esmagando 

Jk: -dorme-

Jm: Jk, Jk sai de cima de mim 

Jk: -roncando-

Jm: Eu mereço 

-Com Namjin- 

Jin: Sai -joga Nj na cama-

Nj: - Nj sai andando -

Jin: Bom pelo menos minha parte eu fiz, se morrer não é culpa minha, tem o outro palerma pelo menos, ele sabe o caminho 

- Nj volta beber mas com a presença de Yg -
            Nay: Isso não vai dar certo 

-Jin pega todas as bebidas e despeja-

Jin: Podem beber agora 

OS 2: EI!!!!

Jin: E olhe essa anta, eu não cuido mais -sai- 

Nay: Tisc tisc tisc - sai indo dar de mamar a Yuna -

- Jh entra na cozinha -

Jh: Que caras são essas?

Nj: O unicorno pink roubou a bebida milagrosa

Jh: Hm?

Yg: Cachaça

Jh: Como vocês pensam em beber sabendo que podemos ser invadidos a qualquer momento?

Yg: Ajuda a esquecer os problemas e o Jin roubou bem na hora que eu pretendia ficar bêbado

Jh: Você é inacreditável, e você é o líder, deve e manter sempre sã 

- Nj dormindo-

- Yg ri e vai até Jh -

Jh: Nem venha 

Yg: Deixa disso Hoseok

Jh: Boa noite - se retira -

Yg: Oh Hoseok - vai atrás -

Nj: Idiotas - levanta e vai até sua sala -

- Jin sentado em sua cadeira vendo papéis- 

Nj: Tá fazendo o que aqui?

Jin: O que você deveria estar fazendo, organizando planos e vendo o que podemos fazer pra seguir em frente, não enchendo a cara e caindo de bêbado 

Nj: Isso não é da sua conta querido, se retire

Jin: Não só da minha como de todos aqui, e essa sala não é sua, posso entrar a hora que quiser, só por que você sabe o caminho não quer dizer que possa mandar nos outros, você está aqui pra nos orientar, mas nem isso você faz já que estamos perdidos e por isso estamos aqui 

Nj: Hmmm, tem razão mas você é médico não policial e muito menos detetive pra se meter nisso e eu não lembro de terem pedido a sua ajuda

Jin: Também não pedimos pra você ser irresponsável e nos fazer sair da trilha, mas aqui estamos, toda ajuda é bem vinda se quisermos continuar nos mantendo vivos 

Nj: Ah então o senhor preferia ficar no meio do mato ??Já que ta incomodado saia da fazenda e se vire lá fora

Jin: Se não fosse por sua irresponsabilidade já estaríamos na colônia e não estaríamos correndo perigo, eu não me importaria se fossemos só nós porque sabemos nos virar, mas há crianças e um bebê, deveríamos estar em um lugar seguro, eles correm perigo, não pensa neles? Tudo o que eu falo e faço é por eles, não me importo se acontecer algo comigo, mas eu só quero deixar meu irmão em um lugar seguro, não quero que ele passe por maus momentos de novo, ele é tão pequeno e já sofreu tanto. Não acha que ele e os outros merecem um lugar pra poder viver em paz? Aqui ainda corremos riscos, temos que fazer o máximo possível pra sair daqui e chegar até lá, e você fica aí enchendo a porra da cara e recusando ajuda, quando acontecer algo de ruim você será o culpado já que quer controlar tudo sozinho 

Nj: Seokjin ... Escutou isso???

Jin: O que??

Nj: ... De novo

Jin: Agora vai ficar se fazendo de sonso?

Nj: Cala a boca - procurando o walk toque -

Jin: Você é um idiota mesmo 

Nj: Para de me xingar - pega - Marcos?? Na escuta? Câmbio

-chiado- 

Nj: Marcos está aí??

??- ... Estou, está me ouvindo??

Nj: Sim... Eu não acredito...

Marcos: Onde está???

Nj: Em Gyeongju, em uma fazenda

Marcos: ... Está bem longe, pegue um papel e uma caneta, vou te dar as coordenadas, faça um mapa 

Nj: - Pega - Pronto

- Marcos indica as coordenadas -

Marcos: Anotou tudo? 

Nj: Sim

Marcos: Encontro vocês aqui... - chiado- 

Nj: - desliga o walk toque - - sorri e marca no mapa -

Jin: Quando vamos partir???

Nj: Amanhã de manhã, vamos avisar aos outros para organizarem tudo hoje, não é seguro irmos agora

Jin: Vou avisar aos outros - sai - 

 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...