História Feeling Blocked - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias James Rodríguez
Personagens James Rodríguez
Tags Família, Futebol!
Visualizações 148
Palavras 972
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem! <3


XoXo Maddi

Capítulo 1 - New Stepmother


Fanfic / Fanfiction Feeling Blocked - Capítulo 1 - New Stepmother

Alemanha, 15 February 2018 - 22:18

Ok, eu deveria estar pulando de alegria, mas o nervosismo tomou conta.

Olá, me chamo Claire, Claire Matthews e sou a única filha de Pierre Matthews, meu pai é um dos maiores impresários de Berlim e vocês podem estar achando o máximo isso, mas não, é horrível e ele não tem tempo pra mim, mas depois voltamos a essa parte, recentemente meu pai conheceu uma bela mulher a qual eu não conhecia, pois meu pai não quis me apresentar logo e disse que seria surpresa, confesso que estou bem anciosa pra saber quem é ela e se ela vai uma ser uma "boadrasta" para mim, bom, eu tenho 22 anos e acabei de voltar de Texas, onde eu fui passar alguns dias com meus avós antes que meu pai decidisse morar com a nova namorada dele em Munique, minha mãe e meu pai separaram quando eu tinha apenas 5 anos de idade e depois minha mãe sumiu e nunca mais quis saber da minha existência, sempre foi eu e meu pai, meu pai e eu....bom, pelo menos era assim até ele encontrar alguém novamente, acho que esse dia chegou e vou ter que lidar. Depois que conclui o ensino médio, quis fazer faculdade de jornalismo, mas por motivos bem pessoais eu decidi desistir de tudo, e bom, por enquanto meu pai segura as pontas pra mim.

Chegamos na Alemanha fazia uns 20 minutos e meu pai estava pra arrancar seus cabelos grisalhos de tanto nervosismo, qual é, ele já havia visto essa mulher muitas vezes, o que seria diferente agora?

- Filha, sairemos em 15 minutos. - Avisou, e ele pôs o telefone em seu ouvido seguido de um "oi amor, já estamos aqui", era sua namorada, óbvio.

Fazia mais ou menos uns 8 meses que meu pai estava com essa mulher e eu nunca havia visto seu rosto, já que ele sempre viajava pra Munique sem mim. Ele chegou a dizer que ela também estava anciosa pra me conhecer, espero que ela simpatize e eu também, não gosto muito de fazer inferno na vida das pessoas [porém depende].

Meu pai deu sinal para irmos até o carro, ouvi dizer até que ela tem pouco tempo de moradia aqui também, ele disse também que ela tem dois filhos e eu orei para que não fossem pirralhos de 15 anos. Meu pai pôs as malas no porta malas e algumas foram no banco de trás, estava bem apertado, mas né, viemos pra ficar. Meu pai e sua namorada compraram uma casa no centro de Munique para morarem juntos, acho que a casa onde ela ficava não era sua própia, mas como eles estão muito apaixonados, decidiram morar juntos e ver no que dá.

Chegamos em frente a uma casa muito linda e quando vi até desacreditei que fosse a "nossa", ele disse que já havíamos chegado e eu fiquei bastante nervosa, saímos e deixamos as malas por ali mesmo, outra hora ele tira daí. 

Avistei uma mulher na porta com uma moça em seu lado, conclui que era a minha madrasta e uma de seus filhos, talvez.

- Pierre. - Disse ela sorridente, dando-lhe um abraço seguido de um selinho demorado. - Olha que moça linda, você é a Claire? - ela sorriu e estendeu a mão.

- Sim, sou eu. - sorri e apertei a mão da mesma.

- Me chamo Pilar, e vou morar com vocês a partir de agora. - Continou a sorrir. - Ah e essa é a minha filha mais nova, Juana. 

- Oi. - Disse a jovem meio tímida com um sorriso amarelo em seu rosto.

Assim que acabaram as apresentações, sem mais delongas entramos na casa, era bem espaçosa e bem bonita, já havia alguns móveis e outros ainda faltavam, entrei e olhei cada detalhe da minha nova residência e de repente senti uma saudade absurda de Berlim.

Senti uma mão me puxar e me levar para outro cômodo da casa, e eu saí de meus pensamentos tentando entender o que acabara de acontecer. Era Juana.

- Olha, esse lugar é o quarto em que vamos dividir por enquanto, eu achei legal a idéia de ter uma irmã, mas se quiser privacidade eu entendo. - Ela sorriu com um olhar de "por favor, deixe eu fica aqui também.", ta mas, irmã?

- Olha pra mim não há problemas, aliás, agora vamos ser meio que irmãs, não é? 

Juana começou a falar de como era onde elas moravam, e passou alguns minutos falando do quanto ela queria fazer faculdade em Paris, era o sonho dela, e depois falou que seu irmão era jogador de futebol e blá blá blá, eu não liguei muito, até pensei que não era tudo aquilo que ela falava.

- Vejo que as duas estão se dando bem. - Ouvi a voz de meu pai entrando no quarto, e sorri. - Filha, vem conhecer seu outro irmão.

Desci as escadas e confesso que fiquei meio atordoada com esse negócio de irmão, devia ser legal ter um, mas eu era bem desacostumada e eles não eram exatamente meus irmãos, eram apenas quase isso. Cheguei na sala e vi Pilar apresentando meu pai para um rapaz alto, ele estava de costa e eu totalmente desacreditada que aquele era o filho da minha madrasta, sinceramente, fiquei até feliz por eles não serem pirralhos, um alívio.

- Oi oi , tô aqui, pai. - eu disse.

- Filha, vem cá. - me puxou.

- Essa é a minha filha e ela vai morar comigo, sua mãe e sua irmã.

- Prazer, Claire. - falei tímida.

- Prazer, James Rodríguez. - Falou sem muito ânimo em suas palavras e após isso, ele apenas seguiu até a cozinha e eu subi novamente atrás de Juana, eu já gostava dela, tinha que lidar mesmo.

 

 


Notas Finais


Bom gente, me perdoem se ouver erros e espero que gostem, esse cap foi apenas um resumo do que vai ser Feeling Blocked.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...