História Feeling ( Jikook) - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Personagens Originais
Tags Jikook
Visualizações 12
Palavras 827
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, LGBT, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ola queridos(as) !
Boa Leitura!

Capítulo 3 - Desabafo ( parte ll)


Fanfic / Fanfiction Feeling ( Jikook) - Capítulo 3 - Desabafo ( parte ll)

“Na confusão dos meus sentimentos, eu vou fingindo que não tenho certeza de uma coisa o quanto te quero.”


Não sei por onde começar hyung ... ( Jimin)


- Desde de quando eu entrei para a empresa, você me ajudou bastante com relação a insegurança e a timidez que tenho. E eu sou muito grato por isso. E você sabe também que eu gosto de fazer as pessoas se sentirem bem, tento sempre ajudar da melhor forma possível - começa Jimin.

Yoongi me olha com uma das sobrancelhas arqueadas e me questiona...

- Jimin! - Por acaso alguém te ofendeu?

Não precisava ele responder, pois na verdade eu já tinha me tocado que ele estava se referindo ao Jungkook, todos do grupo na verdade percebeu o afastamento repentino do kookie com o Jimin. Mas ninguém quis opinar. Até porque não estava afetando no nosso trabalho. E respeitamos o espaço de cada um.

- Por favor hyung deixa eu concluir meu pensamento, esta difícil para mim desabafar desse jeito!

hyung concorda que eu continuasse falando.

Continuando...

- Em nenhum momento eu quis ofender ninguém e nem fazer com que a pessoa se sentisse desconfortável perto de mim. Todas as vezes que eu brincava com vocês ou brincou, nunca tive a intenção de fazer por maldade ou coisa do tipo. Mas respondendo sua pergunta hyung, sim o Jungkook me magoou. Antes de irmos para a sala de treinamento, ele me chamou para conversar. Disse que seria rápido, eu concordei e sugeri que fossemos para meu quarto, já que estávamos no corredor. Quando entramos no quarto ele já foi sendo direto. Me dizendo que eu o deixava desconfortável com minhas brincadeiras, que para ele soava como maliciosas e insinuativas. Foi meio que ele estivesse me chamando de gay e já afirmando que ele não gosta disso. Pois ele não tinha interesse em homens. Eu me senti um inútil por não responder a altura, as únicas palavras que proferi, foi de questionamento. Perguntei do por que ele estava sendo tão radical quando disse que queria se afastar de mim. Mas ele só sabia dizer que não se sentia confortável ao meu lado. Eu fiquei sem ação no momento e acabei concordando com o pedido dele. Mas dentro de mim estava tudo destruído. Uma angústia me dominou de uma forma que eu não podia conter as lágrimas que caíram sobre meu rosto. Jeon já havia saído de perto de mim, assim que eu disse que estava tudo bem. Que seria conforme ele desejou. Mas depois de algum tempo. Porque já fazem quase um ano que não estamos mais próximos como éramos antigamente, eu não consigo me acostumar com essa distância. Mesmo que em frente às câmaras a gente se olhe,até sorrimos, não é a mesma coisa .Pois sei que fazemos isso por obrigação( fanservice) pelo menos da parte dele sinto isso porque da minha parte eu realmente olho para ele como um sentimento de saudade das nossas interações. Mas quando ele olha para mim eu me viro e finjo que nada esta acontecendo, pois não aguento ver ele me olhar com reprovação. E quando eu sorrio para ele é porque realmente estou feliz, mas logo fecho meu sorriso por ver que o dele não está sendo sincero. Sabe hyung, todas as vezes que tocava Jungkook sentia meu corpo estremecer, sentia algo que não sentia quando tocava você ou qualquer outro membro do grupo. Penso que talvez eu goste do kook de uma forma diferente. Mas de que adianta sentir isso que eu nem sei ao certo o que é. Só sei que esse sentimento esta me corroendo. Não sei como lidar com isso.

Yoongi estava com uma expressão bem chocada com tudo que acabei de dizer. Não tinha ideia do que iria ouvir e que eu realmente estava clamando por socorro. Meu hyung suspirou tristemente e então resolveu me dizer algo...

- Minnie , Literalmente você está fodido! Agora entendo do porque vocês dois chegaram na sala de treinamento estranhos. Eu estou surpreso com tudo que você acabou de me dizer, mesmo sabendo que você estava se referindo ao Jungkook, dês do começo. Mas quero te dizer que você não está só, eu quero te ajudar da melhor forma possível. E me colocando em seu lugar a melhor forma de expressar esse sentimento é compondo uma música, o que acha?

- Uma música hyung? Justo uma música? Você mesmo diz que eu não sei escrever, que as letras que eu escrevo são letras infantis! - rio vergonhosamente

Yoongi acaba sorrindo com o que acabei de falar e concorda com o que foi dito.

- Uma música que fale sobre todos esses seus turbulentos sentimentos. Claro que eu vou te ajudar, jamais deixaria você escrever algo sem minha ajuda .Não que você não tenha competência para escrever. Mas quero te mostrar que a música também é reconfortante, quando não conseguimos nos expressar. Eu mesmo ajo assim, coloco meus sentimentos em cada musica que componho. Por isso tenho tantas composições. O que você acha minnie?



Notas Finais


Espero que tenham gostado!
Esse capítulo ficou muito grande.
Prometo encurtar no próximo...
Bjim


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...