1. Spirit Fanfics >
  2. Feelings >
  3. Chapter Two

História Feelings - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - Chapter Two


               • • •「Caleb's Crush」• • •

Apenas mais uns dias, e Noah e Caleb estariam cá com seus gritos eufóricos a saltar pela minha casa como se fosse deles.

Era realmente divertido quando nos juntávamos todos em minha casa.

Vocês pensam que vemos filmes e comemos até enfardar?

Hehe, não poderiam estar mais errados!

Quando Noah, Caleb e eu nos juntávamos lutamos com almofadas, jogamos:

"Verdade ou Desafio"

E, bem...A parte do comer é verdade! Noah e Caleb são muito gulosos!

Muito mesmo!

Por um lado sinto um enorme peso em não ter passado tempo com eles nesse verão. Sinto que não estive lá para os meus amigos quando podíamos ter estado todos juntos e alegres.

É, nem vou mais falar disso!

Para que?!

Para me lamentar mentalmente?!

Sem paciência!

A água quente apodera-se de meus cabelos ruivos e de meu corpo gelado.

Um bom banho iria me fazer bem.

Faria com que meus pensamentos fluíssem conforme a água passava.

Penso sobre tudo mesmo!

Em Finn, em Millie, em Noah e Caleb....

Ah, à quem eu consigo enganar?!

Eu penso em Finn até em meu banho relaxante!

Enfim, Sadie Sink, no fundo do poço.

Só me restaria esperar por Noah e Caleb e torcer para que Millie viesse sozinha, sem Wolfhard ao lado.

O que seria impossível!

O melhor mesmo é eu sair do banho antes que me afogue no meu próprio banheiro.

Sinto imenso frio quando saio e rapidamente me visto com a primeira roupa que vejo á frente.

Não faria nenhuma diferença.

Agora que havia o rumor de que as gravações só iriam arrancar para o ano que vêm, tenho bastante tempo para descansar e, simplesmente estar em casa sem qualquer preocupação.

Isso me agrada....

__________________________________________🌻

                          –Ding Dong–

Alguém estava na porta.

Sink sentia seu corpo a congelar a cada passo que dava.

Seria o tal?

A situação no set de gravação tinha sido bastante embaraçosa e, Sadie não estava preparada para encarar o garoto.

Sem sequer se conta, teria dito tudo o que sentia.

E para piorar, Finn ouvira tudo!

Tocar violão sempre lhe porporcionara uma sensação de libertação e, compor música também porém, quando viu Finn aproximar-se com uma expressão curiosa seus olhos azuis se encheram de lágrimas.

Muito constrangedor!

Afinal, seu amado tinha ouvido a música....Dedicada a ele!

Era demais para a garota.

Sadie respira fundo várias vezes seguidas.

Aproxima sua mão da maçaneta e abre a porta encarando o cacheado á sua porta.

Seu nervosismo aumenta a cada segundo e esta só consegue segurar fortemente a maçaneta. Finn dá um passo em frente e beija a garota de olhos azuis na sua bochecha que, por acaso, era extremamente suave e macia.

O que dava vontade de a beijar novamente mas, não podia...

Esta sente seu rosto queimando e tenta disfarçar fingindo ajeitar seus cabelos ruivos.

— Hey! — Diz timidamente com um meio sorriso.

— O-Oi Finn! — Outra tentativa de disfarçar o nervosismo falhada. Finn percebe, e apenas ri de leve para que não passasse a impressão de que lhe estivesse achando graça.

Sink, abaixa a cabeça e rapidamente levanta

– O que faz aqui?

— Acho que ambos sabemos o que aconteceu no set e, eu deduzi que aquelas palavras fossem para mim. – Finn desmancha seu sorriso e fica sério encarando Sadie. O que a deixava nervosa,ainda mais do que já estava.

— Hum, sim. Eu escrevo músicas sobre os meus sentimentos e as minhas atitudes e problemas. Aquela música era sobre sentimentos, sobre amor. E é isso que...Eu...Sinto...Por você! — A ruiva sentia sua boca a secar e seus olhos á beira do colapso. Nem se atrevia a olhar para Finn. Mais constrangedor que aquilo só a situação do set. Tinha deixado tudo para fora só esperava pela reação do garoto.

Finn estabeleceu imóvel, olhando para o chão.

Parecia assimilar aquelas palavras....

Sadie recua um passo, encarando também o chão.

Algo no chão fazia com que eles não desviassem seus olhares dele.

Como um imã.

Wolfhard sempre pensara que Sink tinha crush em Caleb. O que dificultava a situação pois, Caleb tem um crush sério na ruiva.

E Finn sabia disso.

— Eu não sei o que dizer.

— Apenas não diga nada, Finn. Acho que...É melhor você ir embora. — Este assente e recua um passo porém, faz algo que a surpreende.

Finn beija sua bochecha novamente.

Ao beijar seu rosto sai e deixa uma Sadie confusa na porta.

Que raios foi aquilo?!

É, aquilo foi estranho....

Estranho porém, foi aquela ridícula confissão que começou com nosso relacionamento.

Fazia de tudo para que esquecesse o que tivesse acontecido.

Enfim, digo e repito, Sadie Sink...

Novamente no fundo do poço...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...