História Feelings for my half brother - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Imagine Jung Hoseok
Visualizações 3
Palavras 2.205
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Incesto
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiee voltei desculpa sei que demorei né desculpem mesmo.

Esse eu fiz um pouco longo, pelo menos eu acho que ficou.

Enfim espero que gostem e beijos.

Capítulo 13 - Capítulo 13


Fanfic / Fanfiction Feelings for my half brother - Capítulo 13 - Capítulo 13

S/N


Acordo ofegante e suada depois de ter um pesadelo com a minha mãe,escuto a chuva do lado de fora da casa e parecia estar muito forte. 


Deito-me na cama novamente para eu dormir, mas toda vez que eu fechava os olhos cenas e mais cenas do pesadelo apareciam. 


Me levanto da cama e caminho lento até a porta do meu quarto e a abro com cuidado e saio. 


Ando até o quarto do Hoseok e entro no quarto dele. 


S/N- Hoseok... Hoseok... - sussurrei e depois me aproximei mais da cama dele - Hoseok... Acorda


Ele começa a se mecher na cama e abre os olhos ficando assustado quando me vê. 


Hoseok- S/N...o que está fazendo aqui? Está tarde. 


S/N- Eu tive um pesadelo... 


Hoseok- olha eu entendo que você está com medo, mas você não é mais uma criança - ele diz rindo e me irrito. 


S/N- É falou o idiota que tem medo de mariposa e várias outras coisas... Aigoo vai a merda Hoseok. 


Caminho em passos largos até a porta seguro a maçaneta. 


Hoseok- Ei era só brincadeira... - ele levanta da cama indo na minha direção. 


Abaixo a cabeça e lágrimas quentes começam a rolar pelo meu rosto. 


Hoseok- S/N...


S/N- Eu tive um pesadelo com a minha mãe... Por isso eu vim aqui, toda vez que eu tento dormir o pesadelo volta. 


Hoseok me envolve em seus braços me apertando forte contra seu peito. 


Hoseok- Vem vamos deitar. 


Ele me leva até a cama dele e nos deitamos e ele nos cobriu. Me deitei sobre o peito dele e ele colocou as mãos dele na minha cintura. 


Hoseok- Está tudo bem agora.. Pode dormir- Ele beija a minha testa. 


E eu fecho meus olhos e adormeço em seus braços. 


_ _


Acordo com uma respiração quente na minha nuca e pernas, enroscadas na minha. 


S/N- Hoseok.... 


Hoseok- Humm... - diz ainda com a cabeça afundada no meu pescoço. 


S/N- Você está me apertando. 


Hoseok- Humrum... 



S/N- Eu preciso sair daqui seu maluco, me solta. 


Hoseok- Hoje nem tem aula, e está frio lá fora você vai ficar aqui comigo. 


S/N- Não. Sua mãe ou o meu pai podem ver nós dois. 


Hoseok- Relaxa a essa hora eles devem estar no trabalho. 


Suspiro irritada e espero mais alguns minutos para ter certeza que ele voltou a dormir. Desenrolo as minhas pernas da dele e saio com cuidado da cama. 


Hoseok- Onde você pensa que vai? 


S/N- Óbvio, eu vou para meu quarto. 



Hoseok me puxa fazendo ele ficar por cima de mim. 


S/N- Eu marquei de sair com as meninas... - minto por estar envergonhada diante a situação. 


Hoseok- Você tá mentindo né?


S/N- Eu não... Agora me solta elas vão vir aqui jajá. 


Hoseok- Pode parar, você está mentindo sim. Quando mente você fica falando rápido. - reviro os olhos - Nem adianta negar, já percebi esses seus atos. 


Ele se aproxima mais do meu rosto e me da um celinho. 


S/N- Aigooo não. - falo brava 


Hoseok- Você é linda brava. - ele começa a dar risada. 



Ele aproxima as mãos de meu corpo e começa a fazer Cossegas em mim. 

Começo a rolar na cama rindo de chorar. 



S/N- Para... PARA! MANO VOCÊ VAI VER 



Ele continuou a rir de mim , e parando. 


S/N- Nossa como você...é.... Ai meu Deus... Seu idiota - digo ofegante. 



Deitada na cama percebo que minha blusa tinha levantado, deixando meu shorts curto e minha barriga a mostra. 


S/N- Aff e ainda por cima é pervertido.. Aiaiai eu mereço. - levanto abaixando a blusa e o shorts e saio do quarto dele. 


Entro no meu quarto fechando a porta e começo a rir de nervoso, que é um simples ato meu que acontece quando eu fico em alguma situação constrangedora. 


Pego uma calça preta e um moletom já que estava em uma temperatura bem fria e estava bem chuvoso. 


Tomo uma banho e faço as higienes pessoais decendo para tomar café. 


S/N- Tem algo pronto ai? 


Hoseok- Não, acho que acordamos bem tarde. 


S/N- Uai, que horas são. - me sento e apoio o braço na bancada. 


Hoseok- 13:00 pois é acordamos bem tarde. 


S/N- Nossa então tá né. Vamos caçar algo para fazer. 


Hoseok- Por que não pedimos fast-food? 


S/N- Tem dinheiro? 


Hoseok- Bem, eu gastei ele. 


S/N- Foi o que eu pensei. Agora vê se me ajuda a procurar algo fácil para fazer. 


Procuro pelos armários algo para fazer mas tudo que eu achava era como uma conta de matemática da qual eu não sabia como resolver. 


Hoseok- Tem macarrão instantâneo aqui. 


S/N- Nossa verdade. Isso vai ser a salvação do nosso almoço Hobi. 


Dou uma risadinha de felicidade. 


Eu e o Hobi fizemos o nosso miojo e estávamos esperando eles ficaram prontos. 


S/N- Ei.. Hobi me ajuda aqui... Tipo eu tenho essa lição aqui para fazer mas não sei como resolver essa questão. Me ajudaaa. 


Hoseok- Claro eu te ajudo - ele pega o meu caderno - Nossa isso é muito fácil me da uma caneta ai. 


S/N- Valeu Hobi. - entrego a caneta. 


Ele fica olhando para o caderno como se tivesse analisando a questão. Ele fica meia hora olhando o caderno e nada de escrever . 


S/N- Você também não sabe né? - faço bico de brava. 


Hoseok- Bem... Ela é complicada sabe... Hihihihi. 


S/N- Ai mereço viu. Mano o Miojo. 


Verifico a panela e por sorte não queimou. 


Hoseok- Mano sério isso? Estamos formados em não saber cozinhar já temos diploma,até queimamos miojo. 


S/N- Cala a boca... relaxa estávamos destraidos e não vimos a panela, e o Miojo nem queimou,e eu sou uma ótima cozinheira tá legal? 


Hoseok- Mano da última vez que você cozinhou, você salgou todo o macarrão não tinha nem como comer. - ele fingi estar com ânsia. 


S/N- Seu idiota!,pega logo um prato para eu colocar o Miojo. 


Passamos quase toda a tarde no sofá eu fazia a lição e pegava o celular conversando com as meninas e o Hobi jogava com o Vídeo-game. 


Eu ficava olhando ele de rabo de olho afinal ele concentrado é super engraçado não sei como aguentei a risada até agora. 


Hoseok- Ai que merda! Perdi de novo essas pessoas não sabe jogar sem trapacear não? 


S/N- Falou a pessoa que não trapaceia né Hoseok????? 


Hoseok- Cala boca pirralha, você está falando isso porque você perdeu quando jogava comigo, isso é resultado de quem joga com os melhores, só aceita. 


S/N- Nada haver, a partida toda você roubava e me distraia só para eu perder, e você tem razão você é o melhor das trapaças porque nem vencer o jogo com dignidade você consegue. 


Hoseok- E O QUE? Eu sou o melhor. Agora você vai ver melhor você correr. 


S/N- Calma solzinho só estava brincado seu doido - ele se levanta do sofá - Que se dane... VOCÊ É UM PERDEDOR! HAHAHAH LESADO - nessa hora um trovão cai fazendo eu e o Hobi ficarmos com medo e a luz acaba. 


Saio correndo pela casa e o Hoseok corre atrás de mim subo as escadas e me escondo num dos armários do corredor. 


S/N- Tá agora é só eu ficar quieta e tudo bem.


Fico um minutos dentro do armário e nada do Hobi aparecer e aquilo estava me assustando mais não liguei e fiquei quieta. 


Fui indo mais para trás do armário tampando minha boca. Sinto algo no meu ombro e balanço minimamente o ombro, mais ainda sinto alguma coisa. 


Olho rapidamente para o ombro e o que eu mais temia estava lá, uma aranha no meu ombro e ela andava. 


Abro a porta do armário gritando e mechendo os ombros e me batendo para tirar a aranha, quando fico mais calma e percebo que não tem mais nada em mim olho e nada do Hobi. 


Nem depois desse grito ele aparece 


S/N- Seguinte eu parei, se você me der um susto eu te bato. 


Ando devagar pelo corredor que estava escuro e a cada passo eu olhava para algum canto, o meu objetivo seria andar até o meu quarto e me trancar lá até meu pai e Youra chegar para dar um jeito. 


Hoseok- Achei você! 


Hoseok grita me assustando e caio batendo a bunda no chão e ele começa a rir. 


S/N- Seu idiota, aposto que estava a com medo me procurando neste escuro. 


Hoseok- Não estava não. 


S/N- Humpf.... Duvido. 


Me levanto e esbarro nele de propósito. 


Hoseok- Você está brava? 


S/N- Vou falar nada. - guardo as minhas coisas que estavam no sofá. 


Hoseok- Haa para, você falou que eu era perdedor e ainda falou que eu sou trapaceiro. 


S/N- Eu não estava mentindo , Você É trapaceiro. 


Subo de novo indo para o quarto. 


Hoseok- Tá vendo - suspira- Foi só um sustinho. 


Ainda finjo que não estou escutando e entro no quarto e quando eu ia fechar a porta Hobi a força para não fechar. 


Hoseok- Não vou ficar aqui no escuro sozinho. 


S/N- Vai sim, sai daqui. 


Hoseok- Tenha Piedade de mim. 


S/N- Aff entra logo. 


Hoseok- É você não resiste. 


S/N- Idiota Aiaiai


Largo a mochila na cama e abro a Cortina para iiluminar o quarto e me sento próximo a janela. 


S/N- Vem senta aqui, está mais iluminado. 


Ele senta ao meu lado e deita na minha perna. Começo a fazer carinho no cabelo dele e fico o admirando. 


Ele é tão lindo e fofo, não tem como não gostar, está coisas que estão acontecendo entre nós dois está me deixando mais apaixonada. 


Ontem eu me senti tão feliz de estar perto, dormir com ele , meu coração não aguenta, morro de medo que nossos pais descubram e que algo afete o que temos. 


Hoseok- Você é tão bipolar. 


S/N- Hum? 


Hoseok- Uma hora você estava bravinha e logo depois fica me fazendo cafuné como se eu fosse um bebe 


S/N- Mais você é um bebe e os mais lindo - sorrio e dou um celinho nele. 


Hoseok começa a me encarar. 


Hoseok- Você é tão linda. - ele se lavanta e me beija. 


Ele segura minha cintura e eu sorrio no beijo. Ele leva as mãos na minha coxa e volta para a cintura novamente. 


Ele me pega no colo e vai até a cama ficando por cima de mim. Ele beija meu pescoço e os chupa e dá umas mordidinhas fazendo eu arfar. 


Puxo os cabelos dele, ele coloca as mãos por baixo do meu moletom subindo até os meus seios e os aperta ele se coloca no meio das minhas pernas e esfrega a nossa intimidade. 


S/N- Hoseok...



Ele continuou fingir estocadas por cima da roupa e arranhei ele. 


Hoseok- Você pode rebolar em mim de novo? - ele sussurra sexy no meu ouvido fazendo eu arrepiar. 


Aceno com a cabeça com vergonha , e ele senta me colocando em seu colo. Começo a me mover e ele gemia baixinho no meu ouvido e eu sentia o amigo dele embaixo duro enquanto eu rebolava. 


Ele tira meu moletom e volta a me beijar apertando meu seios, ele vai descendo as mãos até a minha calça e ele coloca as mãos dentro dela. 


Mordo os lábios quando sinto os dedos dele dentro da calcinha se movendo, ele fazia movimentos circulares e acelerava e parava. 


S/N- Por favor... Não para... 


Hoseok- Só sinta S/N.



Ele continuou fazendo as mesmas coisas e eu gemia e choramingava por mais. Hoseok começou a acelerar e dessa vez não parou fazendo eu chegar no meu ápice e gemer de satisfação. 


Ele tira os dedos e eu tinha ficado ofegante. 


Hoseok- Isso foi bom? 


S/N- Muito bom.. 


Ele coloca uma mecha minha atrás da minha orelha e beija ela. 


Hoseok- Quer me recompensar maninha? - ele sussurra - Quer? 


S/N- Quero. 


Ele pega a minha mão e coloca por cima da ereção eu a aperto e ele dá um gemido e abaixa as calças junto com a box. 


Toco seu membro e ele afunda a cabeça no meu pescoço. 


Hoseok- Sabe como fazer isso? 


S/N- Não... Eu nunca... 


Hoseok- Eu te mostro. 


Ele coloca as minhas mãos envolta do membro dele e começa a fazer movimentos devagares de vai e vem. 


Ele retira as mãos e eu começo a movimentar as minhas mãos e ele gemia baixinho. 


S/N- É desse jeito? 


Hoseok- Sim


Como acelerar os movimentos do vai e vem e o pré gozo escorria pela a minha mão e daqui a pouco o líquido branco sai e o Hoseok deu um gemido rouco. 


Ele ficou ofegante e me beijou ele me tirou do colo dele e foi até o banheiro. 


Fiquei olhando o gozo que estava na minha mão e fui no banheiro larvar a mão e Hoseok sai do banheiro. 


Hoseok- Onde vai? 


S/N- No banheiro lavar a mão..- mostro a mão e ele beija minha testa e vai até o quarto. 


Lavo as minhas mãos e começo a rir feliz pelo o que aconteceu, vejo Hoseok deitado na cama e sorrindo também, me deito do lado dele e ele me abraça. 


S/N- Não acredito que eu fui masturbada e eu masturbei alguém. Nossa isso ainda não está entrando na minha cabeça.. 


Hoseok- Acredite você fez isso e foi muito bom. 




Notas Finais


Espero que vocês tenham gostado

Beijos beijos ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...