História Feitos papel - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Chanyeol
Tags Chanyeol!centric, Oneshot
Visualizações 3
Palavras 435
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ficção, Literatura Feminina

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


— hello, amores <3

Capítulo 1 - Capítulo Único


Os seres humanos são feitos papel, especificamente um diário, há alguns que até mesmo são diários de outros; é fato que muitos compartilham da mesma história. 

Às vezes desejei ler o diário de todas essas pessoas mas acredito que elas digam que suas vidas não são tão interessantes assim ou simplesmente digam que é uma merda. 

Apenas estou cansado de ter que viver minha história todo santo dia, dos capítulos serem os mesmos, às vezes é legal ter a calma mas também é incômoda. Queria saber a história de várias pessoas e ver quais são suas atitudes diante de uma situação específica.

Os seres humanos são feitos papel.

Algumas pessoas vêm, nos rabiscam, nos contornam, desenham, pintam, escrevem, daí surge quem somos, só depende de quem faz isso. Várias pessoas nos amassarão por diversão, nos rasgarão e farão bolinhas, jogarão no lixo, ou quando ficarem cansadas jogarão em outras pessoas. Vai machucar e doer, para caralho.

Podemos rabiscar, contornar, desenhar, pintar, escrever em outras pessoas também. Às vezes pode acontecer de não ter intenção nenhuma e uma hora podemos enjoar disso.

Existe vários tipos de folhas: aquelas coloridas por natureza, raras de encontrar e que as pessoas usam até régua para escrever. Aquelas brancas, tão fofinhas que as mãos coçam procurando uma caneta no estojo apenas para rabiscar algumas coisas. Aquelas folhas que mesmo completamente riscadas parecem bonitas, seja o que estiver. E há também aquelas completamente rabiscadas e que não vemos nada de interessante nelas, e ficamos nos perguntando o que quer dizer todas aqueles riscos, formatos e desenhos estranhos, perguntamos quem fez aquilo e ninguém sabe responder.

É absurdo pensar na ideia de que várias árvores são mortas para criar um fósforo e basta um fósforo para queimar várias árvores. É absurdo pensar na ideia de quem várias pessoas houveram que se encontrar e se desencontrarem-se para chegar até mim, até você, e é mais absurdo ainda pensar que podemos destruir tudo apenas uma linha escrita errada na droga do nosso maldito diário.

Parece até infantil comparar a vida com um diário, mas nem com linhas escrevemos nossa história certa. O certo e o errado são meros pontos de vistas.

Existem papéis mais fáceis de rasgar, de ficarem manchados, de amassarem, e existem papéis que nem sabemos se é possível que isso acontece, alguns são "incortáveis", outros te cortam, te machucam, outros usamos apenas quando não há opção, ou até mesmo ignoramos porque preferimos um melhor.

Rabisque, contorne, desenhe, pinte, escreva em você mesmo do seu modo certo, apenas peça para trocar a caneta, o lápis ou a tinta quando realmente estiver precisando.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...