História Feliz Aniversário Meu Pequeno :3 - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Yaoi
Visualizações 119
Palavras 1.145
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Festa, Hentai, Lemon, LGBT, Musical (Songfic), Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Transsexualidade
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Bem.... Eu meio q shippo esses dois... :3

Capítulo 1 - Meu pequeno


Fanfic / Fanfiction Feliz Aniversário Meu Pequeno :3 - Capítulo 1 - Meu pequeno

POV Ruan

Hoje é o dia dele, do meu pequeno rsrs, não sei pq insisto em chama-ló dessa maneira sendo q ele é mais alto q eu, e n reclamo disso, afinal é uma sensação maravilhosa ter q me esticar um pouquinho para alcançar sua boca... Ficar na ponta dos pés para abraça-lo, me sinto protegido quando estou em seus braços

-Ahhh Ruan rsrsrs, vc é um bobo

Eu sempre acabo viajando um pouco quando penso nele, mas é melhor eu terminar de me arrumar logo.

-Bem estou quase pronto, falta só o, pera onde ele está?

-Eu n posso ter perdido. N posso.

-Ahhh graças a Deus. ENCONTREI!!!

-AAÍÍÍÍ

-DOGRA!!PORRA!!

-Ruan pare de gritar menino

-É q eu bati com a cabeça na cómoda procurando o broche q Jorge me deu, mas está tudo bem mãe, n se preocupe.

Eu ganhei esse broche no meu último aniversário rsrs, nunca usei, estava esperando o momento certo, ele é lindo, simples e delicado, uma rosa q forma o símbolo do infinito e no topo do pequeno botão de rosa um diamante, é simplesmente lindo, um presente exagerado, quase n aceitei, mas ele insistiu muito e eu nunca consigo negar nada a ele.

Bem, terminei de me arrumar prendendo a minha franja com o broche atrás da orelha, foi o toque final. Agora tenho q ir, como sempre, estou atrasado... Kkkkk

POV Jorge

A maioria das pessoas já haviam chegado,todos me cumprimentando, certo, a formalidade de sempre, estou nisso há uma hora, espero q acabe logo, mas sempre q penso em me sentar aparece um parente q eu nunca vi na vida para me cumprimentar. Passei a mão por meus cabelos já bagunçados pela quantidade de vezes q fiz isso na última hora.

Bem... A festa já está rolando há um bom tempo, talvez eu tenha bebido um pouco, claro q n o suficiente para ficar bêbado, mas me deixou um pouco mais animado kkkkk

-Como sempre Ruan está atrasado- eu virei o olhos, odeio essa mania dele, nunca consegue chegar cedo e logo hoje q n o vi o dia todo com toda essa arrumação, n cabe em mim a saudade q tenho do meu pequeno em meus braços, de seus beijos...

-Aaaaaa, pq ele n chega logo???

Foi só falar, avistei ele conversado com Bia e logo fui ao seu encontro.

POV Narradora

Jorge foi ao encontro de Ruan com pressa para saciar sua saudade, mas quando estava de frente para ele ficou bobo, seu pequeno estava tão lindo e usando seu broche, era a primeira vez q ele usava, tão lindo e o broche lhe deu um toque delicado q realçava o brilho nos seus olhos naquele momento ao ver a cara de bobo de Jorge feito estátua olhando para ele.

-Você está lindo Rúh... Lindo

Ruan sorriu de forma envergonhada e puxou Jorge para si, em um beijo calmo e demorado q com o tempo foi começando a esquentar, mas eles foram interrompidos por Bia.

-Eiiiii, olha o fogo vocês, nam kkkkkkkkk

Os dois se separaram imediatamente tentando esconder a vergonha...

*Play Thinking Out Loud-Ed Sheeran*

Jorge então pegou a mão de Ruan e puxo-o para perto. Suas bocas estavam próximas e o maior conseguia sentir a respiração quente de Ruan em seu rosto.

-Vamos dançar?-Sussurrou perto do ouvido do menor- Eu sei q pode parecer muito meloso, mas...

Ruan sorriu e passou as mãos em volta do pescoço do maior, ele adorava as tentativas desajeitadas de Jorge ser romântico, era incrivelmente fofo.

Jorge passou os braços em volta da cintura de seu pequeno e começou a guia-lo no ritmo da música.

Ao redor as pessoas observavam o casal, lindos jovens apaixonados dançando, desligados do mundo, naquele momento só existia eles dois no salão.

Ruan apoiou a cabeça no ombro do maior, que aproveitou a oportunidade para colar o corpo do seu pequeno ao seu.

- Eu te amo-sussurrou com com uma voz carinhosa-Você é o meu maior presente meu pequeno-Jorge levantou a cabeça de Ruan delicadamente fazendo-o olhar para ele- Eu n consigo mais imaginar um futuro sem vc nele meu anjo-Falou em meio a um sorriso e carinhosamente beijou a testa do seu pequeno anjo.

Ruan sorriu emocionado, já com pequenas lágrimas nos olhos, ele odiava se emotivo demais, chorava por qualquer coisa, mas naquele momento estava feliz, feliz porquê era reciproco, ele sentia o mesmo.

- E-e-u também te amo-Falou baixinho, tentando segurar as lágrimas- Não sei mais viver sem ti- E delicadamente beijou o maior, um beijo calmo, eles n tinha pressa, afinal tinham a noite toda, a vida toda juntos.

E por vários minutos eles ficaram dançando, tão desligados do mundo q tem perceberam q n estava mais tocando músicas lentas.

-Eiiiii pombinhos eu n sei se vcs perceberam, mas vcs estão pagando mó mico kkkkkkk-Bia falou enquanto separava o casal- vê se acordam, ok? Kkkkkk

Os dois se olharam e começaram a rir de como eles eram bobos.

-Ei meu amor, que tal a gente ir para um lugar mais reservado?-Jorge perguntou enquanto segurava delicadamente a mão de Ruan e a balançava.

-Você sabe que eu não consigo dizer não  a você-Ruan disse em meio a um sorriso e beijou a bochecha de Jorge enquanto eles se dirigiam para a saída.

Os dois preferiram ir à pé enquanto cantavam e brincavam um com o outro pelas ruas mal iluminadas da cidade.

Chegamos meu pequeno-Jorge disse enquanto abria a porta da sua casa.

Eles entraram e quando Jorge terminou de fechar a porta foi surpreendido por Ruan que puxou-o para um beijo cheio de desejo que foi correspondido com a mesma intensidade.

Em poucos minutos o chão já estava coberto com as roupas dos dois e Ruan e Jorge se dirigiam ofegantes para o quarto do maior, a cama era pequena, mas nada iria impedir o desejo naquele momento.

Chegando na porta Jorge pegou Ruan por trás e o deitou na cama.

-Não se preocupe meu pequeno, eu sei q é sua primeira vez-Jorge sussurrou no ouvido do menor em meio aos gemidos involuntários-Prometo ser gentil. Eu nunca te machucaria.

Ruan murmurou um-Eu sei- quase inaudível por causa da sua respiração ofegante.

Jorge então introduziu um dedo, e move-o devagar com receio de machucar o pequeno ómega, mas para sua surpresa Ruan pediu por mais, ele estava ansioso para ter o maior dentro de si, e foi isso q Jorge fez, posicionou seu membro na entrada no menor e introduziu com calma começando com movimentos leves.

-Eu quero mai-s

-O que?

-Eu quero mais, mais rápido Jorge!!!!

-Pensei q nunca iria pedir-Disse com um sorriso malicioso aumentando o ritmo das entocadas e masturbando o menor que gemia descontroladamente.

-Jorge eu-u vou- Sem conseguir terminar a frase Ruan gozou na mão do maior enquanto gemia seu nome, um gemido delicioso de se ouvir e aquilo junto com os espasmos do pequeno lhe apertando cada vez mais em seu interior foi o suficiente para Jorge se desmanchar dentro do menor.

Tomados pelo cansaço e pela bebida os dois dormiram ali mesmo, completamente suados e melados, mas felizes e com um leve sorriso de canto de boca.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...