1. Spirit Fanfics >
  2. Fellings >
  3. Capítulo 3

História Fellings - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura a todos

Capítulo 3 - Capítulo 3


Fanfic / Fanfiction Fellings - Capítulo 3 - Capítulo 3

Luna povs on

Quando o treino terminou eu peguei minhas coisas e sai sem me despedir, continuei patinando lentamente fechei os olhos por alguns momentos, e sem querer esbarrei em alguem, perdi o controle dos patins o que me fez recuar, olhei pra cima e me deparei com o Matteo.

- Matteo !

- Luna ?

- o que faz aqui - falo olhando a volta confusa por ve lo neste bairro, porque a casa dele fica em outra direção e encontra lo foi uma supresa será que ele foi a minha casa ?

- nada do seu interesse ! - ele respondeu frio, me deixando de coração partido e uma tristeza que parecia perfurar meu coração - eu vou embora não temos nada para conversar

- matteo nós precisamos resol... - parei de falar subitamente quando senti ele me olhar de uma forma fria

- me deixa em paz e vá correr para o seu amigo - olho supresa para ele

- matteo... - respirei fundo tentando manter minha calma porque eu estou ficando nervosa e eu não quero brigar agora.


- você sabe que agiu mal ontem, você foi pra cima do Benício você machucou ele o que esperava ? que eu corresse para os seus braços ? - falo vendo ele revirar os olhos, suspirei irritada ele simplesmente parecia ignorar cada fala que saia da minha boca.

- eu não me importo faz o que você quiser  - seu tom era de aborrecimento e frieza total o que me fez ficar ainda mais triste, irritada magoada eu sentia uma mistura de sentimentos tão grandes e meu coração doia tanto eu não conseguia respirar direito.

- eu cansei! De tudo... de toda essa situação quando você age dessa forma comigo... não ve que esta me magoando matteo ? - falei de coração partido, eu odiava quando ele me tratava desta forma. Ele desviou meu olhar me deixando intrigada e desanimada.

- Luna você se importa comigo ? - ele voltou a encarar os meus olhos voltando a me deixar nervosa com a sua aproximação ele cruzou os braços esperando que eu o respondesse, eu o amo eu sei que brigamos sempre e que um caso acabou por nos separar mas eu nunca deixei de o amar.

- eu me importo ! Matteo

- não vai dar certo enquanto você estiver com o Benício - suspirei e franzi a testa confusa - o que ? O que isso tem a ver com o Benício- ouvi ele suspirar e pela primeira vez ele segurou minha mão e voltei a encara lo.

- eu e o Benício não somos amigos, terás de sair dos red sharks eu quero que você esteja do meu lado - permaneci calada absorvendo cada palavra sua

- Matteo mas coisas não são tão fáceis - ele parecia surpreso com as minhas palavras eu tambem estou mas preciso desabafar tudo que esta entalado dentro de mim

- eu preciso de um tempo para pensar, matteo você me traiu uma vez... e isso quebrou minha confiança em ti eu quero confiar mas... eu não quero me magoar novamente... e você ficou me tratando mal quando eu sai do jammi&roller você não me entendeu não quis saber como eu me sentia você veio logo para cima de mim me julgando, mesmo sabendo que eu estava triste por sua causa você não me entendeu e aos poucos você ia me perdendo nos afastamos um do outro e depois de duas semanas você foi falar comigo ontem me exigindo que eu saisse da minha equipe ? Não! Isso não! E eu não confio em ti a 100%. Eu ainda te amo admito mas... Não sei se quero voltar a estar contigo eu não sei... - disse com a voz falha -  eu não consigo voltar a confiar em ti - disse por fim retornando a olhar para o seu rosto, ele estava pensativo no que dizer de volta mas eu não queria que ele me respondesse, de repente já não quero estar ao seu lado, e não quero que ele me toque. Soltei minha mão dele.

- então é assim que vai ser ? - ele respondeu suspirando- tudo bem eu não vou forçar se é o que você sente... tudo bem volte para o seu amigo desejo a você felicidades com a sua nova equipe esta claro para mim que você não vai voltar para os jammi&roller - senti a tristeza desaparecer dando lugar a tristeza e raiva.

- então tudo se trata da equipe? Matteo você é tão egoísta! quer eu volte para estar na equipe ? É isso mesmo que eu ouvi ? - respondi com raiva e frustração

- sim, o meu maior desejo é que voltemos a patinar juntos luna mas você não quer prefere outro - ele respondia de uma forma calma que ja estava me dando nervos

- agora esta claro... - sorri triste - que você esta aqui apenas para me magoar - falei agora indiferente parecia que todo o sentimento que sentia desapareceu no mesmo instante.

- não fui eu que abandonei meus amigos, você se afastou de todos e ninguem mais quer ser seu amigo não depois de você estar com os red sharks eles agora são seus amigos ? Eu não vim para te magoar mas para alertar que tenha cuidado você sabe muito bem que eles são podres por dentro eles estão usando você e quando não precisarem mais de ti... será tarde demais - eu quase ri com o seu comentário, como se ele fosse a melhor pessoa para me alertar.

- eu me afastei por sua causa você sabe muito bem disso - apontei para ele - e ainda bem que eu sai porque... eu me sentia sufocada estando naquela equipe eu sinto que vou ser a melhor estando nos red sharks - disse por fim olhando ele acenar com o rosto despreocupado o que me deixava frustrada.

- esta bem é a sua decisão, não vou mais incomoda la, esta claro o que você quer !

- e o que eu quero ?

- você quer viver algo novo - suspirei atordoada - e eu vou me afastar é melhor assim - senti meu peito doer. - o Benício ele não é uma boa pessoa, mas desejo toda a sorte do mundo porque você vai se decepcionar com ele.

- eu não vou! porque ele é diferente de ti, por isso que estou com ele e não você - ambos ficamos surpresos, não sabia porque disse isso mas eu fiquei tão irritada que não pensei no que saia da minha boca.

- então é isso... fica com ele e quando ele se cansar e te jogar fora não venha atrás de mim porque eu não aceito raparigas rodadas - arregalei os olhos furiosa e dei um tapa em seu rosto agi por impulso e quando me dei conta do eu fiz eu fiquei nervosa minhas mãos tremiam quando vi a marca da minha mão na sua bochecha me senti horrível ele voltou a olhar para mim senti o medo me paralisar eu queria correr dali mas não tinha forças para seguer olhar para ele ou fugir daqui

- quem você pensa que é para me bater ? Sua idiota - ele gritou e num impulso ele segurou meus ombros com muita força como se quisesse me magoar de verdade e eu gritei assustada ele começou me sacudindo para frente e para trás eu senti meu coração acelerar de medo eu acabei por chorar por sentir seus dedos perfurarem a minha pele e eu estava com os patins tinha medo de cair e bater minha cabeça no asfalto.

- me solta Matteo- gritei sem ar  - no mesmo instante ele me soltou com brutalidade me fazendo escorregar e cair no asfalto.

- luna! - Ele tentou me ajudar mas dei um tapa na sua mão e olhei para ele furiosa.

- olha o que você fez! - gritei assustada eu queria que ele fosse embora - vá embora!! Não quero ver você nunca mais ! - gritei com raiva querendo voltar a bater nele


- luna... eu...

- vá embora eu ja disse não quero ver você nunca mais e não me toque nunca! - gritei quase sem ar - você me sufoca! 

- eu vou embora eu cansei...

- apertei os punhos de raiva  - você sempre fez isso você sempre se cansa de tudo não é uma novidade para mim! - confessei triste

- olha luna... tanto faz... - ele respondeu indiferente- não sei porque namorei você eu devia era estar com a Ambar desde o princípio - meu coração se partiu em pedaços quando olhei para ele meu coração se tornou de pedra e ja não saia mais lágrimas de dor eu o olhava com nojo, repulsa e ódio.

- eu não sei porque me interessei por alguem como você, que não passa de um lixo humano - gritei levantando e com raiva soquei seu ombro eu queria bater nele com toda a minha força.

- o que tivemos não passa de uma relação passageira, e agora não me arrependo por ter beijado a ludmila naquela festa - ele segurou minhas mãos me impedindo de agredi lo. Ele me soltou e eu olhei para ele com o coração quebrado

- dar tão pouco valor ao que houve... - falei entre lagrimas meu coração doia tanto que estava com dificuldades de respirar eu chorava de raiva tudo o que sentia era raiva eu queria ve lo morto queria que ele morresse

- eu odeio você - disse ofegante - você so me trouxe dor mas isso acabou! - disse rangendo os dentes de ódio e esbarrei em seus ombros dei as costas para ele, senti meu coração falhar uma batida e mais lágrimas foram se formando meus olhos.


Dia seguinte
06:34 m

Continuava na cama, eu me sinto morta por dentro como se eu tivesse um vazio dentro de mim e eu estava sem vontade de sair da minha cama não consegui dormir a noite inteira e quando havia chegado em casa minha mãe não parava de me perguntar o que houve eu não tinha reparado que meu joelho estava com sangue e eu fui diretamente para o meu quarto dizendo que conversaremos hoje. Eu não quero ver ninguém, ja que eu não tenho amigos não tenho ninguém estou sozinha como sempe fui.

Colégio Black

Ontem a noite eu não dormi direito, não parava de pensar na briga que eu e o matteo tivemos, ele me tratou tão mal ontem que eu não o reconheci por um momento eu nunca havia visto o Matteo se comportar daquela forma, ele estava diferente. A verdade é que eu perdi toda a minha consideração por ele. E quando entrei pela porta principal fui caminhando pelo corredor no final do corredor eu o vi junto com a Ambar sua ex namorada o gaston junto com a sua prima violetta baixei o rosto para não encontrar o seu olhar novamente eu senti de novo a tristeza e dor tentando me fazer chorar mas eu não vou chorar mais por ele não vou... Infelizmente tinha que passar por ele era o único caminho que eu tinha para chegar a minha sala, ignorei sua presença e coloquei os fones tentando me distrair colocando a música magic shop e passei por ele suspirei irritada e com tristeza mas não comparada ao ver o grupo das amigas andando juntas vindo na minha direção três delas eram da minha sala e as outras duas eram do terceiro ano. Doeu quando elas não olharam para mim em nenhum momento e me trataram como se eu fosse um fantasma mais uma vez eu ja estava habituada a ser tratada dessa forma mas doi ser rejeitada por pessoas que diziam ser meus amigos. Agora eu não tenho ninguém estou sozinha o único que vem conversando comigo é o simon ate a nina parou de falar comigo e isso é Tão triste por eles não me entenderem são todos egoístas!

Entrei na sala e mesmo não querendo nossos olhares se cruzaram ignorei a sensação que se instalou em meu peito e continuei andando ate chegar na última carteira ao lado da parede, antigamente eu sentava a frente junto com a nina mas depois eu decidi mudar ja que a yasmine fazia de propósito e ocupava meu lugar então eu simplesmente sentava em um lugar aleatório, elas pararam de falar comigo quando sai do grupo e fui para os red sharks para eles eu sou uma traidora uma pessoa que não se confia eu sou uma inimiga aos olhos de todo mundo eu tenho a certeza que o matteo fez lavagem cerebral a todos os meus amigos para todos me odiarem mesmo sabendo que ele me traiu com a ludmila ele é o santo e eu sou vilã .

Podia observar o grupinho de frente estava a nina, yasmine e a jim elas estavam rindo de algo e pareciam contar um segredo uma a outra suspirei voltando a olhar para frente vou ignorar elas. Tirei o celular do bolso do casaco desbloquiei a tela do celular e fui arrastando o dedo pela tela ate chegar no aplicativo whatssap cliquei no aplicativo, deslizei o dedo para baixo e apareceu a barra de menu liguei os dados moveis e novas mensagens começaram a aparecer no aplicativo. Eu estava incluida em vários grupos do colégio, e não pareciam interessantes para mim, na verdade era aborrecido para mim e eu me interessei pelo grupo dos red sharks e apareceu uma mensagem do Benício acabei por sorrir porque pelo menos recebi uma mensagem de alguem Cliquei na mensagem dele.


Whatssap
Ontem
Benício : Como vc esta?
Ja melhoraste ?
Ja te sentes melhor ?
23:07m

Antes que eu pudesse responde lo o professor de história apareceu na sala me fazendo guardar o celular de volta no bolso ele entrou e cumprimentou todos na sala eu não respondi de volta não estou com vontade de assistir aulas mas não me posso dar ao luxo de levar faltas e repassar de novo a matéria eu tenho que me concentrar nessa aula e esquecer tudo o que acontece a minha volta.

A cineta tocou dando terminado a aula o professor foi o primeiro a sair da sala em seguida meus colegas foram saindo da sala eu desviei o olhar de todos e me concentrei em arrumar o meu material depois de arrumado eu sai indo em direção ao refeitório do colégio.

Eu fazia parte do grupo popular do colégio, eu sabia que todos acabariam por descobrir que eu e o Matteo ja não estamos juntos e isso ele deixou bem claro hoje mais cedo quando o vi com a Ambar, o matteo, o simon, o gaston, o ramiro, a yasmin, a nina a jim e a ambar. Eu fazia parte do grupo deles e no início eu sentia vergonha e não comia nada! preferia passar fome do que não sentar junto deles, eu estava tão obcecada com o que vão pensar de mim mas depois todos acabaram por desconfiar e eu apenas confirmei quando começei a sentar sozinha numa mesa distante de todos os meus ex amigos. Entrei no refeitório passando pela porta de vidro e como rotina servi minha comida e sentei na mesa distante de todos peguei me celular desbloquei e coloquei a música dont let me down no volume máximo comi em silêncio apenas apreciando a minha música e evitando olhar para as pessoas. Terminei de comer levantei da cadeira sai do refeitório evitando olhar na mesa dos meus ex amigos. E retornei a andar perdida em meus pensamentos e entrei na sala voltei a sentar no meu lugar e me debruçei sobre a mesa é tarde pedir para mudar de colégio ?

Quando a aula terminou fui diretamente para a minha casa sozinha toquei a campainha e de longe vi a olga uma das empregadas da minha casa ela abriu a porta para mim cumprimentei ela andando apressada sem animo para conversas meu maior desejo é tomar duche, patinar e vencer todos do jami&roller na competição de rodas e desta vez não vou hesitar.




 


Notas Finais


O que acharam deste capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...