1. Spirit Fanfics >
  2. Femboy >
  3. Pedido

História Femboy - Capítulo 15


Escrita por: e tsukiaa


Notas do Autor


Apreciem esta bela imagem de minha mãe e eu de cosplay de todorki.

To com ele nesse momento. Eu também queria dizer uma coisa: eu amo vcs e também amo DEMAIS melzinha e pão de midoriya! Pode ser estranho mas é ¯\_(ツ)_/¯

Tenham uma boa leitura 🍪✨

Capítulo 15 - Pedido


Fanfic / Fanfiction Femboy - Capítulo 15 - Pedido

O tempo passou um pouco. Eu e o Rodrigo estamos juntos!! (*pulinhos de felicidade*). Me sinto tão feliz! As vezes vou pra casa dele e olha... QUE CASA FODA É TIPO UMA MANSÃO. Lá a gente fica juntinho, abraçadinho, namorandinho(me senti o felps). Mas tem vezes também que ele me ignora ʕ ͡° ʖ̯ ͡°ʔ, tipo, ele fica jogando online então não pode me dar atenção.


É como ta agora. Ele ta jogando e eu deitado na cama dele, abraçando meu gatinho de pelúcia que trouxe pra cá. Ouço ele grita várias e isso ta machucando meu ouvido. Saio do quarto e passeio pela casa, até que encontro o Greg, ele é tão fofinhuuu(。>_<。)! Pego ele no colo e me sento no sofá. 


Seu pelo é tão macio e fofinho, igual o cabelo do saiko(✿ ♥‿♥). Ligo a TV e ponho num filme. Your Name! (Inclusive, super recomendo pra quem não viu). 



✧・゚: *✧・゚:*



A gritaria para e muda para passos. Olho pra escada e ta ele lá. Olhando o celular enquanto desce, depois ele se joga no sofá, fazendo o Greg se assustar. 


— Já tá se sentindo em casa? — ele da um sorrisinho e me abraça 

— Aham. Você disse pra eu me sentir entaaaao — ¯\_(ツ)_/¯ 


Nos aconchegamos e abraço sua cabeça, pode parecer estranho mas é porque ele com a cabeça na minha barriga, acho que agora da pra entender. 


— O que acha de fazermos uma festa? Meus pais só voltam semana que vem(estavam em viagem de negócios)

— Seria legal mas melhor não. — volto a ver o anime

— Ah vai. Eu só vou chamar a maioria das pessoas da escola. 

— A minoria já é muito, imagina a maioria. — ele me olha com um olhar pidão — você é louco. Por que tem que pedir pra mim? 

— Você é mais responsável. E porque quero que vá 

— Faça o que quiser. Mas só vou se tiver um motivo realmente bom 


O tempo passou rápido novamente. Mas agora ele voltou a jogar, dessa vez Minecraft, e com o André. Eles amigaram depois de um tempo. 


To fazendo miojo pra gente porque é de noite e esse vai ser nosso jantar. Aliás... Vou dormir aqui!! Termino de esquentar o miojo dele e deixo dentro do microondas só pra não esfriar, acho que vai dar certo. Faço o meu e levo pro quarto dele. 


Comemos na mesinha que tem no chão, estamos frente a frente, e com os meus pés em colo. É tipo nosso primeiro jantar romântico, pra mim, não sei se ele acha isso. Depois vimos série na cama dele e agora estamos quietinhos, abraçadinhos e no escuro. Quando ele vai pedir isso? 


— Rodrigo 

— Oi — ele se acostumou ser chamado assim por mim >:3 

— Quando vai realmente me pedir em namoro? — é, estamos juntos mas não oficialmente

— Tinha me esquecido. Foi mal. Amanhã você vai ter uma surpresa. 

— Então tá — me viro pra ele e abraço seus ombros — boa noite 

— Boa noite — beija minha testa 



✧・゚: *✧・゚:*



Nos vestimos, eu não banheiro porque tenho muita vergonha(euzinha). No caminho damos uma de Gatinhas e Gatões, ele com a mão no meu bolso traseiro e eu com a mão no bolso traseiro dele. Chegamos na escola e algumas pessoas olharam pra gente. Nos separamos e fui pra minha sala. 


— Aikooo — me sento do lado dela e conversamos — como tu ta? 

— To bem. E você? 

— Bem amiga. E... Você e a Fran? — nunca me canso de perguntar kkk

— Eu já disse. Não estamos juntas, é errado. 

— Você sabe. Que odeio quando fala isso. Sai ligo do armário — dou um tapa fraco em sua nuca e ignoro ela


Parece até que ela é proibida de amar. 



✧・゚: *✧・゚:*



Estamos sentados na mesma mesa no lanche. O saiko ainda não ta aqui porque ta sei lá onde. Agora que estamos todos juntos no mesmo grupo, não preciso dividir os dias :·). 


— Ycaro — alguém me cutuca e me viro

— O qu- — todos estavam olhando pra nós. O saiko esta ajoelhado e segurando um buquê 

— Sei que é meio clichê maaas... Quer namorar comigo? Oficialmente? 


Apenas agarro seu pescoço e dou um selinho na área. 


— Aceito

— E a festa? — sussurrou

— Aceito 

— Ei galera! — nos levantamos e ele gritou para todos do pátio — festa na minha casa as onze da noite! E tragam bebida! 


Nos juntamos novamente e damos um beijo meio que necessitado? 


Notas Finais


Amo vcs *sussurro*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...