1. Spirit Fanfics >
  2. Femboy >
  3. Constelações pela janela

História Femboy - Capítulo 19


Escrita por: e tsukiaa


Notas do Autor


Oii eae?
Ent, meio q eu to virando a noite, eu fui dormir as 21 ontem e acordei as 3 da manhã, tipo eu nem tomei banho. Fiquei uma hr sem fazer nada de interessante e quando foi umas quatro hrs eu comecei a escrever.

Agr aqui estou eu, esperando o sol nascer, tirar foto e mostrar pro meu grupinho de migles(só tem 3 perdoas 👌). Já to ouvindo barulho de pássaro.

Bom dia. Boa leitura, amo vcs 💜❤🧡

Visão da minha janela ↓

Capítulo 19 - Constelações pela janela


Fanfic / Fanfiction Femboy - Capítulo 19 - Constelações pela janela

Ycaro on (no dia do jantar) 


Estou saindo do banho, me olho no espelho. Por incrível que pareça eu to meio horrível, com um pouquinho, bem pouquinho, de olheira. Deve ser do dia da festa, fiquei acordado e não consegui de jeito nenhum dormir. 


Sai do meu transe quando lembrei que só estava olhando um ponto do espelho. Olhei o vaso que geralmente tem minhas roupas que vou colocar depois do banho, elas não estão ali *um jeitinho meio desesperado*. Será que o Rodrigo ainda ta no quarto? Abro um pouco a porta e coloco a cabeça pra fora, ele ainda ta aqui. ♡♡ . 


— Drigooo

— Oi — tira a atenção do celular e me olha 

— Você pega um moletom pra mim? Cueca e short também~? 

— Uhum 


Vai até meu armário e me entrega a roupa. Quando tava me levando pro banheiro de novo ele me puxa levemente pelo queixo e me da um selinho. Volto pra dentro e me visto. 


Saio e vou até saiko, abraço ele e ele me abraça. 


— Vamo logo. Ai acaba a noite mais rápido, ai a gente vê a Aiko. 

— Quer que acabe logo o jantar com sua mãe? — me pergunta 

— Não é isso. Eu amo estar com a mamãe mas... Eu to meio preocupado demais com minha amiga. O que será que aconteceu com ela? A skii não tinha te dito que ela desmaiou? Então, isso nunca aconteceu, eu pelo menos nunca soube. 

— Só espero que ela esteja bem. Você precisa se acalmar. — me deu beijinhos nas bochechas e saímos do quarto para a sala de estar. 


Nos sentamos e esperamos a mamãe chegar da cozinha junto com a mm. O cheiro esta muito gostoso~(imaginem um comida ai). 


— Eu fiz a comida com a mamãe! — parecia feliz 


Colocaram na mesa e se sentaram. Arrumamos nossos pratos e começamos a comer(eu imaginei eles tudo em conjunto comendo igual robô, na msm hr). 


— Nossa ta uma delicia! Parabéns — faço carinho na cabeça da mm

— Meninos — minha mãe — gostaria de falar com vocês, não precisa ser a sós mas preciso saber uma coisa. 

— Pode falar — saiko

— Então, eu estava no grupo das mães, da sala do ycaro né, e me falaram que um aluno de la tava namorando com um "adulto" — fez aspas com os dedos — então, quantos anos você tem Rodrigo? Elas disseram que era novo, mas também é um adulto. 

— Bom, eu tenho dezenove anos. 

— Então são vocês mesmo. Olha, tomem cuidado. Toda escola sabe? — assenti — Então provável que a diretora não saiba ainda. Mas tomem cuidado mesmo, se ela souber, pode fazer algo meio ruim sobre. E saibam que amo como vocês se amam. 


Nos entre olhamos. Espero que não descubram ainda. 



Aiko on (no dia normal) 



Saímos do hospital. Fomos pra algum lugar e ficamos por aí. O casal a mais tempo já tinha voltado pra casa. Já é de tarde e nós pensamos em ir tomar sorvete, eu quero muito tomar sorvete. No caminho as vezes paravamos porque eu ficava brisando. Teve umas vezes que tirei fotos, pelo celular mesmo. 


Uma das mais bonitas foram dela. Não estamos falando muito, só de mãos dadas mesmo. O céu ta ensolarado, com poucas nuvens, bastante vento. Ta gostoso. Chegamos na sorveteria e pedimos casquinha, eu de chocolate e ela de baunilha. Nos sentamos nas mesinhas e tomamos. 


O dia já estava escurecendo, decidimos ir pra casa. Chegamos na casa dela, eu pedi pra dormir aqui com ela e ela não teve nada contra sobre, só avisamos sua mãe e a minha mãe. 


O quarto dela é bonito. Tem uma cama de casal embaixo da janela(inspirado no meu quarto, menos a cama de casal). A janela é significamente grande, dando pra ver uma grande parte da rua e do céu. 


Estava tudo bem, até do nada a luz acaba, olhamos pra fora e os postes também estavam desligados. Nos deitamos novamente e eu abraço ela.


Observando as estrelas uma brisa bateu. Um friozinho legal veio em nós, me senti com frio e me cobri. Dou um beijinho na bochecha dela. 


— Te amo


Notas Finais


Ontem eu briguei com minha mãe e fiquei me sentindo como uma bosta e tenho quase certeza q ela tava chorando, também tem o negócio da minha saúde q ta ruim, um treco ta muito baixo e outro ta muito alto e isso é ruim.
To me sentindo um peso pra minha melhor amiga pq eu sempre peço "cola" pra ela, tipo resposta de geografia e história. E eu fui mal na prova pq n tava bem. Desculpa se leram até aqui, eu já to melhor.

Pra falar a verdade escrever e ler fanfic me deixa muito feliz 💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...