1. Spirit Fanfics >
  2. Femboy >
  3. Quero ir embora

História Femboy - Capítulo 28


Escrita por: e tsukiaa


Notas do Autor


Olaaa, ta meio curtinho mas ta aqui, to tentando fazer um cap pra uma fic q veio na minha cabeça, inspirada em vampire heart.

E ainda estou abismada q puppy love (manga yaoi) não tem censura, eu me assustei quando li :0 mas é legal :·) podem bater no Noah se quiserem, eu deixo :3

Boa leitura 🏳‍🌈

Capítulo 28 - Quero ir embora


Acordo com um frio na minha perna, já era de manhã e posso saber disso por causa da luz que dava pra ver pelos meus olhos fechados. Uma coisa áspera(?) passa pela minha perna. 


Abro os olhos e vejo Noah tocando minha virilha. PERA O QUE?! Deu um grito alto e bato na cara dele, mas ele me bate de volta. 


— Se você não me ama — ele da um sorriso macabro — vai aprender a me amar, nem que seja da pior maneira. 


Eu não consigo falar nada. Onde estou sentado é meio confortável, eu to na cama dele? Ele fez algo comigo?! Bom, meu quadril não está doendo e também estou sentindo ele, então ele não fez nada comigo. 


Ele levanta e eu tento abaixar a saia, o que foi meio difícil demais já que meus braços estão presos atrás da minhas costas. Ele me solta e coloca em mim uma colera, tipo aquelas de quando eu e o Rodrigo fomos no shopping, pensar nele me faz quer chorar. E ele também prende minhas mãos. 


Me puxa e começo a mancar, afinal meu pé ainda dói, me leva até a cozinha e me senta numa cadeira. 


— Aqui. Pode lavar a louça e cozinhar. Eu vou pra escola, espero que quando eu chegar esteja tudo uma delicia — prende a corrente na bancada de algum jeito e sai de casa


Olho melhor pra pia. Jesus mas esse cara não sabe lavar a louça mesmo. Os pratos estão todos sujos de molho, e esta a tanto tempo que até secou, e também tem moscas voando. Levanto com bastante esforço e abro os armários para ver se tinha algo ali, não tinha absolutamente nenhum prato com copo. 


Olho novamente para a pia. É isso vai demorar um pouco. 


Saiko on


Bato desesperadamente na porta da casa dele. Eu preciso realmente falar com ele! A porta é destrancada e de la aparece a mãe dele com a mm adormecida em seu colo. 


— Oi tia! Então, o ycaro ta ai? Eu preciso urgentemente falar com ele 

— Como? Eu achei que ele tinha passado a noite com você. Ele não voltou pra cá desde que saiu a noite ontem

— Ahh bom, obrigado, tenha um bom dia você e a mm. 

— De nada.? Tenha um bom dia você também — deu um sorriso e fechou a porta


E me afastei da casa e me sentei no meio fio. Ainda não posso acreditar no que ele disse no hospital. Como ele pode estar grávido?! 


Notas Finais


Saikinho-chan ouviu >:3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...