1. Spirit Fanfics >
  2. Femboy >
  3. Solidão

História Femboy - Capítulo 46


Escrita por: e tsukiaa


Notas do Autor


Eu achei esse cap meio tenso, n vai falar oq ele tem mais suponho q já saibam oq possa ser. Fizeram aula bem? Diferente de mim? Q fico vendo vendo outra coisa sem ser aula? Enfim isso não vem ao caso kkkk eu acho q vou fazer a "história" só de coisas aleatórias e falar alguma coisa sobre essa tmb, tipo mostrar os bichinhos de pelúcia, menos a lontra pq n tenho mas sempre quis ter.

Boa leitura ^^ tomem um copo de uísque 🥃

Capítulo 46 - Solidão


Acordei e não vi ninguém no quarto. Que estranho não ter ninguém aqui. Pego meu celular e ligo, 12 HORAS? Pera qual o problema? Me levanto e troco de roupa para um camisetão não tão grande.


Desço as escadas e também não estão aqui. Onde será que estão? Vou pra cozinha e faço miojo pra mim, que estranho geralmente eu gosto muito de fazer miojo. Vou pro sofá e coloco num anime qualquer, eu também não to muito afim de ver. 


O que houve comigo? Por que to sozinho? Por que não quero comer? Por que não quero ver anime? Eu to muito ruim né? Me forço a comer, pelo menos o que eu fiz e fico deitado ouvindo as falas dos personagens. 


Me sinto tão sozinho, será que fiz alguma coisa pra eles me deixarem? Eles me deixaram? O desenho para mostrando a parte perguntando se eu ainda assisto, passou tanto tempo assim? Tento pegar o controle da TV mas eu cai no chão fazendo um som estrondoso, me doeu mas do que geralmente. 


Um choro, bem no fundo, igual o do Diego, vindo do quarto. Vou até ele, só que não tinha nada, por que caralhos tava vindo daqui então? Outro choro no banheiro, vou até lá, nada. Muda pra sala, vou até lá se nada, choro de todos os lados. Eu to ficando louco só pode. 


Esse som... Parece estourar meus tímpanos! Minhas pernas tremem e eu caio no chão, um bebê, uma menina, bem da minha frente, ela é fofa mas me assusta. Com esses olhos grandes, não! Engatinho até outro lado, quase correndo mas algo puxa meus pés. Sou arrastado pelo chão até encostar eles na parede. 


Me sento rápido e me encolho no canto. Olho pra frente e o Rodrigo apareceu. Puxo seu braço e abraço ele. 


— Por que você não gosta do nosso filho? 

— O-O que? 

— Você não gosta dele. Por que? 

— E-Eu gosto si-

— Para de mentir! — aperta meus pulsos que ardem — Não gosto de olhar pra ele então não gosta dele! 

— Não é verdade! Me solta! 

— Acabou! Tudo! 

— O que? — pergunto num sussurro 

— ACABOU NÃO OUVIU?! — machucou meus ouvidos — Você fica com aquilo. Jogou a criança em mim. Mas... 


Ele foi embora. E o Diego parece... Morto?! 



— AAAHH — me levanto num pulo da cama, fiz Rodrigo se assustar junto e me olhar preocupado. 

— Ta tudo bem?! — me abraça

— S-Só foi um pesadelo, só isso — espero 


Notas Finais


Daqui meia hora terei q tomar meu remédio ;-; me indiquem um filme? 👉👈


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...