História Femmes - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Deidara, Hidan, Itachi Uchiha, Kakuzu, Kisame Hoshigaki, Konan, Obito Uchiha (Tobi), Pain, Sasori, Zetsu
Tags Akatsuki, Kakuhida, Kisaita, Painxkonan, Sasodei, Tobizet
Visualizações 90
Palavras 1.112
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Fluffy, Mistério, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 4 - Shopping parte 2


Fanfic / Fanfiction Femmes - Capítulo 4 - Shopping parte 2

Pain: Ok… vamos nessa.

E assim, os 10 integrantes foram rumo ao seu destino. Ao chegarem, a maioria se chocou, pois muitos deles nunca haviam ido a tal lugar antes.

Kisame: S-Sugoi - Falou com os olhos brilhando, os outros apenas encaravam o lugar encantados, afinal viviam praticamente na idade média,   e aquele lugar tão grande e espelhado, luminoso e cheio de vida, parecia tão, uau! (Autora: Sinceramente gente, o anime passa quase que no Japão feudal! Se não for!).

As três moças se adiantaram, andando com pressa pelo local, enquando os três enciumados iam logo atrás, afinal as mulheres arrancavam assobios e suspiros por onde passavam, e claro olhares admirados. O que só piorava a cara emburrada de Kakuzu, Kisame e Sasori. 

- Kyaa! Aqui tem salão de beleza?!Un

- OMG! Para tudo! - Diz a albina com a mão no coração e um sorrisso de orelha a orelha. 

- Não pode ser! - Disse Itachi, parecia não acreditar em seus olhos.

- U-Uma l-l-liquidação! - Gritou Konan, As quatro correram em direção ao cabeleireiro. 

É, mulheres não resistem a uma liquidação. Até mesmo Kakuzu está feliz, que na tradução fica como: chorando, de joelhos no chão, com os braços erguidos para o céu, dando graças a sei lá quem.

- Aleluia uma coisa boa na minha vida!

Sim, todas as lojas do Shopping estavam com descontos e liquidações. 

***********************************************

No salão...

As quatro entraram no ligar animadas.

O dono do lugar foi até elas.

- Sejam bem vindas ao meu salão! 

- Arigato!

- Hai, hoje é o aniversário do meu salão de beleza! E por isso decidi fazer uma brincadeirinha! - Dizia o ruivinho. - O jogo é assim: Vocês sorteiam um papel na caixinha da sorte, esse papel vem com o número de um balão, nele a um papelzinho que dira qual é o seu prêmio. 

- Caralho! Aí sim, mulher!

- Ahm, eu sou homem! E me chame se Cân, por favor.

- Que?! - As quatro não acreditaram, o jovem era baixinho, com cabelos alaranjados e encaracolados, curtos, olhos verdes claros e tinha vários sardinhas, tinha uma margarida em uma das orelhas, usava um avental rosa com um bolso grande onde tinha tesouras e pentes e um secador ao redor do pescoço, estava com as bochechas rosadas, envergonhados pela situação. - KAWAII!!!!

Depois disso cada uma pegou um papelzinho, sendo, Konan com o número nove, Itachi o quatro, Deidara três e Hidan com sete.

- Um - diz Konan

- Dois - disse Itachi

- TRÊS PORRA! - gritou Hidan

- Katsu! - falou deidara e eles estouraram os balões.

- Nani?! - disse um Hidan incrédulo

- MASOQ! - Konan estava em choque

- Sugoi! - Itachi comemorou

- Yay! - e por fim, deidara deu um gritinho animado.

Hidan havia ganhado uma fantasia de coelhinha sexy, Konan um vibrador, Itachi um corte de cabelo e Deidara uma tatuagem. 

Então, depois de Hidan e Konan terem ganhado o tal prêmio, foram fazer unjas cabelo e maquiagem.

Hidan cortou as pontas do cabelo, deixando um pouco acima dos ombros, sua maquiagem foi - além de toda aquela coisa da base, pó… - uma sombra verde clara com um batom rosa claro; Deidara fez uma hidratação e um pentedo diferente, na maquiagem optou pela sobra azul escura e um batom beje e na tatuagem escolheu uma imagem de um balão de uma explosão escrito boom dentro do mesmo ; Itachi ganhou um corte de graça, por isso decidiu raspar um dos lados da cabeça, na maquiagem escolheu uma sombra preta e um batom vermelho; e por fim Konan decidiu apenas fazer a maquiagem, decidiu mudar, com sombra laranja e batom marrom.

Depois de pagarem, sairam e abusaram do limite do cartão, compraram absorventes, caso fosse necessário, roupas, sapatos, jóias, maquiagem e assim vai. Ate que…

- Gente! A loja de materias de construção ta com 50% de desconto no cimento! - E lá se foi um Deidara saltitante para dentro da loja.

- Pra que diabos você vai querer cimento sua puta loira - disse Kakuzu, carregando várias sacolas, já imaginava o entrago que isso ia causar no seu bolso.

- Para caso eu queira variar é claro, vai que um dia eu canse de usar argila, então caso isso aconteça... - ela falou jogando cinco sacos de cimento em cima de Sasori enquanto pagava os mesmos. 

No fim, voltaram para o esconderijo. 

- Ah! Kakuzu, aqui - Hidan entregou a conta - Falando nisso, seu cartão ta vencido.

Ele olhou receoso para o papel, quase teve um ataque do coração, logo em seguida começou a correr atrás de Hidan.

- Eu vou te matar sua puta albina desgraçada!

Antes que Hidan pudesse fazer qualquer coisa ela foi presa e erguida pelos fios do moreno. Mas…

- Ahn~! - Gemeu Hidan manhoso, ao sentir os fios pressionando levemente seus seis, ambos ficaram extremamente corarados e no susto Kakuzu a soltou, a fazendo bater com a bunda no chão. 

- Itai! Kaku… - antes que pudesse dizer qualquer coisa viu o moreno envergonhado enquanto olhava para baixo, Hidan olhou na mesma direção e se assustou ao ver a ereção do mais velho - Velhote…

E lá se doi um Kakuzu apressado para o quarto, deixando um Hidando vermelhinho duvidoso para trás. 

************************************************

No quarto de Sasori e Deidara. 

- Ai eu olhei no papel e adivinha! Eu ganhei uma tatuagem! - A loira dizia animada, enquanto o ruivo escutava a menor. - E quando eu fui fazer a Tatto um moreno alto e gostoso apareceu - Sasori travou, ele sabia que o companheiro era gay, mas não gostou nada da descrição do tatuador - Ele foi super gentil, até fez uma massagem em mim, diz ele que eu estava muito tensa - Sasori tentava inutilmente esconder a raiva - DANNA!

- O que foi merda?! - Se arrependeu do que disse ao ver o semblante magoado da parceira, suspirou e engoliu o orgulho - Desculpe Dei, o que estava dizendo? 

Deidara fez biquinho.

- Eu só queria mostrar a tatuagem - a loira virou de costas - abaixando um pouco o vestido, mostrando a tatuagem que ficava na parte de cima das costas.

Sasori sorriu anasalado, caminhou lentamente até a loira, rodeando a cintura da mesma com os braços, Deidara se assustou.

- Danna o que está fazendo?

Sasori distribuía beijos ao redor da tatuagem, fazendo a loira corar ainda mais.

- Agora sou eu que vou te marcar - disse dando passos para trás, fazendo ambos caírem na cama.

- Danna! - Deidara deu um gritinho, rindo do ciúmes do parceiro, enquanto suspirava com as carícias. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...