História Férias com os Park - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bangtan Boys, Bts, Hope, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagem Original, Suga
Visualizações 6
Palavras 1.094
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem. :3

Capítulo 3 - Não vou parar até ouvi você gemer meu nome.



Tomei um banho gelado pra me recompor, pus uma camisa curta, chegando na altura do umbigo, branca com um desenho de laço preto com uma saia média preta, uma bolsinha pra carregar o celular e salto, na make um delineador de gatinho e batom vermelho, estava pronta pra passar o dia curtindo com a Hyun.

Desço as escadas devagar enquanto Jimin me analisava  da cabeça aos pés.

Jimin: está pronta moranguinho?

Diz o loiro me puxando pela cintura.

Hyun logo desce fazendo com que Jimin separe nossos corpos.

Hyun: vamos?

Jimin: vamos...

Jimin abre a porta, Hyun sai na frente, e quando eu passo, Jimin dá um tapinha em minha bunda.

Jimin: Isso tudo é pra mim?

Não consegui responder, apenas fui em direção ao carro, sentando no banco de trás.

Hyun: podíamos ir no cinema depois de comprar algumas coisas Elô.

Eloá: claro... mas eu não tenho muito dinheiro, não vou comprar muita coisa.

Hyun: qualquer coisa a gente intera né maninho?

Jimin me olha pelo retrovisor.

Jimin: Pode escolher o que quiser... Elô...

Chegamos

Hyun me arrastava em tudo quanto é loja, compramos algumas roupas e sapatos e ficamos perambulando, esperando o filme começar.

Hyun: Olha! Uma cabine fotográfica! vamos tirar uma foto juntos!

Jimin: Vai vocês duas.

Hyun pagou e tiramos algumas fotos.

Hyun: aaahh que lindo!

Eloá: ficaram muito boas, vou tirar mais algumas pra dar pros meus pais.

Entrei sozinha na cabine até que Jimin entra antes das fotos serem tiradas.

Eloá: o que está fazendo aqui? Onde está Hyun?

Jimin: Ela entrou na loja ao lado, vamos tirar umas fotos?

Eloá: sai daqui!

Jimin: Não! Diga xis!

Na hora Jimin puxa meu cabelo me fazendo lembrar da noite passada, não consegui disfarçar minha feição de prazer.

Eloá: Droga Jimin, por que faz isso comigo?

Jimin: por que eu gosto de te ver assim, e não vou parar até ouvi você gemer meu nome.

Ouvir aquilo me fez morder o lábio inferior automaticamente, o loiro sorri e o último flash é dado, ele sai da cabine e pega as fotos.

Jimin: vou guardar essas comigo.

Eloá: Você vai jogar fora! Queimar seria melhor!

Ele põe as fotos dentro da calça, deixando uma pontinha pra fora.

Jimin: vem pegar então!

Eloá: Aish!

Hyun já chega falando.

Hyun: vamos dar mais uma volta antes do filme começar...

Fomos na frente enquanto Jimin carregava as bolsas nos seguindo, seu celular toca e nós paramos pra ele atender.

Pouco nós ouvimos mas dava pra saber que haveria uma festa.

Jimin: O que acham de uma festa?

Hyun: Maravilha! Onde?

Jimin: em casa.

Eloá: vocês podem dar uma festa?

Jimin: Claro, os meninos tiveram a ideia de uma festa de fim de ano, nada de pais, apenas nós e vai ser à fantasia.

Hyun: Aaahhh temos que comprar a fantasia Elô!!

Eloá: Eu não tenho mais dinheiro pra gastar, só me restou o do ingresso!

Jimin: Eu compro a sua...

Eu o encaro assustada, já Hyun o encara com alegria.

Hyun: Yaayy! Obrigada maninho!

Jimin: mas com duas condições, a primeira, Hyun, nunca mais me chame de maninho!.

Hyun: Aigoo ;-;

Jimin: a segunda, eu escolho a fantasia...

Eloá: o que?

Jimin: Você ouviu bem, eu vou pagar, eu vou escolher.

Hyun: Ela aceita!

Eloá: HYUN!?

Encarei ela feio.

Hyun: roupa de graça e um copo d'água não se nega a ninguém né? É assim que se diz no Brasil..

Eloá: Não é bem assim o ditado....

Jimin: vamos então, maninha, vai escolher a sua enquanto eu escolho a da Elô.

Hyun: fui!

Na loja de fantasias

Hyun correu pra dentro dos corredores nos deixando pra trás.

Jimin: Então... o que você poderia ser?

Eloá: não sei...

Passamos pelas fantasias e nada agradava Jimin.

Jimin: fada... princesa... pirata... aish!

Eloá: Eu uso qualquer roupa mesmo, não precisa comprar.

Jimin: não entra quem não estiver caracterizado...

Eloá: ah que pena - disse debochando -

Jimin: Humm... essa de enfermeira está boa.

Eloá: O que? Nunca!

Jimin: É essa mesmo.

Ele pega a fantasia e põe em minha frente analisando como ficará.

Jimin: Perfeita!

Eloá: Você deveria ir de cachorro, por que é isso que você é! Parece que está no cio!

Ele apenas sorri.

Esperamos Hyun perto do caixa e ela logo chega, com uma fantasia de gatinha e um de cachorro.

Hyun: ChimChim, essa ficaria perfeita em você.

Ela mostra a fantasia de cachorro.

Eloá sussurro : Não é possível.

Jimin: perfeita maninha.

Jimin pagou a conta fomos pro cinema.

Na sala

Sentamos pra ver o filme, Jimin ficou no meio segurando o grande saco de pipoca que dividiriamos,  a sala estava quase vazia.

O filme estava interessante, sala vazia, escura e fria, minhas pernas tremiam, talvez não fosse boa ideia usar tão pouca roupa numa sala tão fria, Jimin me viu tremendo e começou a alisar minhas pernas, o saco de pipoca tampava a visão que Hyun deveria ver.

Eloá sussurro: o que está fazendo? Tira a mão!

Jimin continua.

Peguei em sua mão e ela estava quente.

Jimin sussurro: estou apenas aquecendo suas pernas moranguinho...

Jimin sobe a mão sobre minha coxa.

Jimin sussurro: pena não estarmos sozinhos... poderia aquecer outra  coisa.

Meu rosto logo ferveu ao ouvir aquilo.

Eloá pensamento: o que está acontecendo com você Elô? De um basta nisso! Mas a mão dele... tão macia...

Me perdi na guerra que acontecia em minha cabeça que acabei esquecendo do filme e de que Jimin ainda me tocava.

O filme acabou, comemos na praça de alimentação e fomos pra casa.

Em casa

Hyun: ah, eu preciso de um banho!

Eloá: Eu sou a próxima.

Digo subindo as escadas carregando as bolsas de compras.

Quebra de tempo

Hyun: Elô? Já saí do banheiro.

Eloá: já estou indo.

Desci as escadas levando meu pijama pois os planos incluíam ver tv até apagar.

Entrei e tranquei a porta, quando já estava pra terminar, ouço passos e vejo um sombra por baixo da porta.

Eloá: Hyun?

A maçaneta gira.

Eloá: Hyun é você?

Me aproximei da porta, a maçaneta girava até que começa a balançar, alguém tentava abrir a porta de qualquer maneira.

Me apavovei e tentei ver por debaixo da porta, mas não tive sucesso.

A porta rangia e balançava com a força que era usada.

Eloá: HYUUUUUN!!!

Hyun: OOOOOI?!

Eloá: EU ESQUECI A TOALHA! PEGA PRA MIM? -Menti-

Hyun: JÁ VOU DESCER.

Ao ouvir aquilo, a sombra por trás da porta sumiu rapidamente e logo Hyun chega.

Eu pego a toalha e ela corre de volta pro quarto.

Eloá: aish, eu queria que ela me esperasse!

Me vesti e subi rapidamente correndo pro quarto de Hyun mas a loira não estava lá e sim ele, Jimin.

O maior se aproxima, passa a mão por minha nuca agarrando meus cabelos.

Jimin: Você foi uma menina má! É perigoso se trancar no banheiro Elô...

Eloá: perigoso é estar perto de você!

Jimin: Você poderia cair e se machucar, da próxima vez não tranque a porta tá?

Eloá: onde está Hyun?

Jimin: tenho uma surpresinha pra você.

Ele me pega pelo braço me levando até seu quarto, dou de cara com Hyun deitada na cama.

Hyun: ChimChim deixou a gente dormir aqui hoje!



Notas Finais


O que acharam?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...