História Ferias de Verão - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags As Aventuras De Poliana, Brenjeff, Guiquel, Lurela
Visualizações 192
Palavras 900
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Voltei, com mais um capitulo :3

Capítulo 3 - Capítulo 3



Raquel On:

     _O que está acontecendo? - perguntou Gabi e todos começaram a sussurrar intrigados. Na hora do apagão eu nem me dei conta de que minha mão foi parar em cima da do Guilherme, e pra minha surpresa ele a segurou.
     _Não precisa sentir medo Quel... - ele sussurrou perto de meu ouvido e todo o meu corpo se arrepiou. Tentei assentir com a cabeça mas o escuro não permitiu que ele visse. 
     _obrigada Gui. - eu disse timida e separando nossas mãos. Depois disso, começamos a ouvir uma voz vindo de um alto falante nas paredes da van, era o motorista. "Olha pessoal, a Luz ai atrás está me atrapalhado aqui na frente, espero que não se importem de viajar no escuro hehe." ele disse. (A parte do motorista e a parte dos passageiros eram separadas por um vidro escuro, por isso o alto falante).
     _Ta explicado... Se bem que esse escuro não vai ser tão ruim para algumas pessoas hahahaha - disse Luca, olhando para a silhueta de Jeff e Brenda, ela estava com a cabeça apoiada em seu ombro e ele com o braço em suas costas. Mas no fundo todo mundo sabe que são apenas melhores amigos. Bom... pelo menos até agora....
      _Não enche! - disse Jeff, dando um tapa na cabeça de Luca. 
      _Vê se cala logo a boca dele ai Mirela! - a Brenda disse e todo mundo Riu menos ela. 
      _E..Eu? Mas eu nem tenho nada a ver com isso. - ela disse tentando disfarçar a vergonha, se as luzes estivessem acesas com certeza daria pra ver o quanto ela estava vermelha.
      _Como assim? - perguntou o Vini, todo perdido. Ele gosta muito da Mi então ninguem nunca contou pra ele o que rola entre ela e o Luca. 
      _Nada Vini! - todos respondemos ao mesmo tempo e começamos a Rir. - é só brincadeira. - completou Gui. Vini só disse um "ata" em resposta que não me convenceu, mas deixei pra lá. 
      Depois de um tempo, a falta de assunto se fez presente. Ficamos alguns minutos em silêncio, todo mundo, apenas ouvindo a respiração uns dos outros. Até que do nada escutei o Gui sussurrar em meus ouvidos.
       _Eei... Escuta só. - ele disse rindo e me guiou para mais perto do banco da frente. NÃO ACREDITO HAHAHAHA. O Luca e a Mirela estavam se pegando bem ali na frente de todo mundo e ninguem estava conseguindo ver (só ouvir kkk) . Que cara de pau. Eu não consegui conter o riso e ri um pouco alto de mais. O Gui imediatamente tampou minha boca e novamente sussurrou.
      _Não queel! Não ri. Deixa eles curtirem um pouco. Hahaha - ele riu baixinho. Mas foi tarde de mais. 
     _Ta rindo do que Quel? - ouvi a voz do Jeff perguntando. 
     _é, ta rindo do que ein Raquel? - a Mirela disse. Droga, atrapalhei ela e o boy hahaha. Ela vai me matar depois, certeza. 
     _Nada gente, só lembrei de uma coisa engraçada. - menti, não podia dar alarme porque o Vini estava lá e ficaria magoado. 
     _Sei... Engraçado, percebi que alguem aqui.. - deu um cutucão no Gui. - Abafou sua Risada. - disse Jeff provocando e todo mundo riu.   
     _Que? Não é nada disso que você ta pensando Jeff, eu ein... - eu disse. - ele tapou minha boca COM AS MÃOS! para não acordar a Gabi com a minha risada escandalosa. Vocês sabem. 
      _Sei... - disse Jeff mas depois todos ficaram em silencio de novo. 
      Peguei meus fones de ouvido e comecei a pensar um pouco na vida ao som de uma musica calma e perfeita. Parei de prestar atenção em tudo e me fechei em meu cantinho. De vez enquando sentia o Gui se mecher ao meu lado mas depois tudo voltava ao calmo silêncio da madrugada... Cheguei a pensar que estivessem todos dormindo, ou talvez se pegando haha. Mas era pouco provavel. Talvez estivessem como eu e refletindo sobre a vida também. Abri um cantinho da cortina, o que me permitiu ver a estrada e as estrelas. O céu estava perfeito. Fiquei ali olhando até sentir alguem proximo a mim.
     _São lindas você não acha? - sussurou. Sabia que era o Gui. 
     Me virei com o susto e nossos rostos pararam a centímetros um do outro. Eu podia sentir o roçar de nossos narizes e a respiração descompassada dele. Ai Meu Deus! Eu não sabia o que fazer. Foi tão sem querer.
     _é...São... - respondi a pergunta. E me afastei para fechar a cortina de novo.     
     _será que estão dormindo? Os outros...? - ele perguntou e voltou a se aproximar. VOU SURTAR! 
     _Eu...Eu não sei... - eu tava suando. Gostava muito do Gui. Mas nunca tinha beijado na vida e também sei que ele gosta da Brenda... 
     Ele foi se aproximando cada vez mais, eu estava em panico, não conseguia falar e nem fazer alguma coisa para afasta-lo.
     Graças ao Universo o meu celular começou a tocar, era o meu pai. Dai o Gui se afastou sem graça para que eu pudesse atender.
      MEU DEUS! O que é que estava acontecendo aqui? Se meu pai não tivesse ligado, a gente teria se beijado? Mas e a Brenda? É dela que ele Gosta. Isso foi muito confuso pra mim...
      Espantei meus pensamentos e fui atender meu pai antes que o toque de celular acordasse quem quer que estivesse dormindo.
  
     
      
      
     
 


Notas Finais


Me perdoem a falta de criatividade, o bloqueio criativo resolveu me dar um "oi" esse mês. Tomara que isso passe logo...
Comentem por favor opiniões e ideias! O que estão achando?
Querem que eu mude alguma coisa?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...