1. Spirit Fanfics >
  2. Férias Quentes >
  3. O Primeiro Dia de Férias

História Férias Quentes - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Estou repostando a fanfic e sem fotos pra não dar merd#. Como eram cenas hots com uma amiga, não estranhem se acharem as frases meio diferentes.

Capítulo 1 - O Primeiro Dia de Férias


Boruto: Finalmente eu havia chegado em casa após mais um dia de escola, que claro, foi entendiante como sempre, dedici ir para a sala a procura da mamãe e indiquei que havia chegado. Mamãe? Cheguei!! Falei num tom alto para que podesse me ouvir, logo fui até meu quarto onde encontrei meu diário na mesa do meu PC, atrás do gabinete eu não via faz um certo tempo, então começei a ler as páginas antigas enquanto me deitei na cama. Humm, eu não lembrava disso..

Hinata: Awwn... Awwn.. Awwnn.. Gemi sensualmente ao enfiar os dedos bem fundo em minha bucetinha molhada, meus fluídos pingavam no chão de tanto masturbar esta, até que ouvi Boruto me chamar. E-Eh? Tomei um leve susto e dedici limpar o chão rapidamente, após isso fui me vestir para olhar o meu pequeno. Já vou amorzinho, só um instante sim? Falei alto para o garoto, indo até minha cômoda trocar a minha calcinha melada pela limpa, deixando-a na cama. Fui até o meu garotinho lhe recebendo com um abraço apertado e carinhoso que consequentemente meus seios ficavam no rostinho dele. Como foi a escola bebê?

Boruto: Dei um sorriso junto com saudades de ver a mamãe chegando para me receber. F-foi normal mamãe. Respondi para ela enquanto me levantei da cama deixando o diário aberto porém de cabeça para baixo, sendo recebido pela maior com um belo abraço fofo e carinhoso, fiquei um pouco corado, falei gaguejando e um pouco trêmulo aqueles seios fartos em meu rostinho, foi o melhor abraço que pude receber naquele momento. Então perguntei sorrindo para a maior. Mamãe, o que tem pra comer?

Hinata: Sorri gentilmente para com ele e lhe fiz um afago no cabelo, de forma carinhosa. Hoje tem seu prato favorito, advinha o que... Parei de falar ao ver a bolsa dele jogada em qualquer canto. Estreitei o olhar, voltando minha atenção para o menor. Boruto, o que é isso? Eu já disse para não deixar suas coisas jogadas! Repreendi o menor, franzindo o cenho zangada. desça para a cozinha, já está pronto. Fui até a bolsa para pegá-la e guardá-la.

Boruto: De-Desculpa mamãe, na-não vai mais acontecer... Falei meio tímido enquanto fui para a cozinha conforme pediu, olhei para trás na intenção de chamar a mesma para irmos juntos, quando se abaixou para pegar minha bolsa, sendo visível a calcinha branca dela daqui, me deixando bem coradinho. Meu rikudou, como se não bastasse aquele abraço maravilhoso, eu tenho uma visão dessas, pensei maliciosamente. Parei de olhar antes que a mamãe me percebesse minha perversidade, então me sentei na cadeira da cozinha esperando a maior.

Hinata: Peguei a mochila dele e guardei dentro de seu armário, logo vendo que o diário do mais novo estava jogado na cama. Céus, esse garoto não me escuta! Falei e suspirei, pegando o diário e acabando por ler algo sem querer..  Hm? Comecei a ler mais, curiosa e intrigada, então passei para a próxima página e logo arregalei meus olhos, sentindo meu rosto ficando corado.. Boruto escreveu sobre meu corpo?! O que?!! aquele menino...!! Pensei, eu até ficaria bem furiosa pela perversão dele, porém, estava mais envergonhada do que qualquer outra coisa. Minha bunda..? Falei ao ler ele descrevendo que minha bunda era empinada e gorda, assim como os seios bem firmes e fartos, os biquínis que usava encaixavam perfeitamente em mim, li o restante da página e coloquei minha mão canhota em frente a boca, chocada com aquilo que estava lendo.. meu filho era um pervertido? Ele.. tinha atração por mim?! Pensei coradissima, fechei o diário e guardei apressadamente, respirando de forma descompassada. Ele gostava de me ver com aquela roupa que estava no momento.. também amava me ver de biquíni... Mordi meu lábio e desci para a cozinha, vendo o menor já sentado. Peguei um prato para ele e servi com sua comida favorita, que havia preparado com carinho.. coloquei na mesa em frente ao mais novo e servi seu copo com suco.

Boruto: Obrigado mamãe. Dei um belo sorriso de felicidade ao notar que era a comida que eu mais gosto estava naquele prato esperando minha boca comê-lo. Peguei o garfo e botei a comida na boca, eu pensei mas que deliciosa comida, era notável que mamãe sempre preparou as comidas com bastante carinho, enquanto rapidamente olhei uma vez para os seios fartos da mamãe, notei o seu desconforto que logo me fez perguntar sobre. Mamãe... O que foi? Aconteceu algo?

Hinata: Hm? Voltei ao mundo real quando ele falou comigo. Oh, não.. não foi nada, príncipe. Sorri de forma gentil para ele, assegurando para que comesse seu almoço tranquilamente. Eu havia decidido lidar com aquela situação de forma diferente.. não iria castigar meu menino por conta daquela história. Afinal, o menor estava no auge da puberdade, em plena adolescência, e eu sei que para os meninos essa fase é completamente normal, ele só precisava de tempo, e não de uma mãe zangada pegando em seu pé. A comida está saborosa, amor? perguntei, apoiando meu rosto com a mão e observando o mais novo, sorrindo de forma ladeada para ele..

Boruto: Aaan.. Tá bom então... Falei para ela enquanto botei mais um pedaço do frango empanado em minha boca, estava bem temperado e saboroso que me fez mastigar bem devagarzinho como se fosse a última refeição que eu teria, eu amava esse prato. Ouvi a pergunta da mamãe e respondi rapidamente. Sim hihihi, bastante. Retribui com um sorriso gentil e fofo para mamãe, então voltei minha atenção ao prato colocando mais um pedacinho do frango.

Hinata: Apoiei minha outra mão abaixo do rosto, ficando ali quieta enquanto o menor comia. Sempre fiquei contente por ele gostar da minha comida, afinal, sempre preparava com carinho. Me peguei sorrindo docemente, de forma leve enquanto observava o garoto. Ai ai.. eu realmente não posso brigar com ele por uma coisa boba como aquele diário, pensei novamente sobre o assunto. Quer mais suco, bebê? Me levantei e fui até a geladeira, abrindo e me inclinando para pegar a jarra lá no fundo.

Boruto: Queruuu. Falei sorridente enquanto esta iria pegar mais suco para mim, logo notei que ela havia se abaixado para pegar a jarra, então pude ver a calcinha dela novamente. Eeehhh... PQP. Pensei, enquanto terminei de comer todo o almoço tentando esquecer aquelas cenas, mas era meio difícil com ela por perto e ainda mais assim.

Hinata: Peguei a jarra e voltei para a mesa, enchendo o copo dele com bastante suco. Sorri e deixei a jarra na mesa.. Que bom que gostou, amor.. não se esqueça de escovar os dentes, sim? Ah sim antes que eu esqueça, eu tirei fériaaaasss.. Disse, indo até a pia e começar a lavar a louça que tinha.. quando Boruto terminasse, eu lavaria seu prato e seu copo. Não era proposital, na verdade eu nem percebia, mas sempre empinava a bunda quando estava lavando louça.. era algo inconsciente do meu corpo.

Boruto: Férias?? Significa que vamos sair o mês inteiro? Eeeebaaa...Olhei para a maior com um belo sorriso estampado, quando notei sua raba empinada daquele jeito, não aguentei mais me segurar somente vendo aquilo, e fui correndo rapidamente até o banheiro. Com licença mamãe, vou no banheiro...


Notas Finais


E então? Espero que gostem do retorno dessa fanfic "gozada" (✿^‿^)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...