1. Spirit Fanfics >
  2. Ferido - Marichat Adrinette >
  3. Ideia.

História Ferido - Marichat Adrinette - Capítulo 4


Escrita por: gatinha_noir

Notas do Autor


Eai gente!!!
Mais um capítulo pra vocês.
Ainda estou pensando se vou postar mais 1 ou mais dois. Espero que gostem.
Aproveitem:

Capítulo 4 - Ideia.


Fanfic / Fanfiction Ferido - Marichat Adrinette - Capítulo 4 - Ideia.

- Chat.

- Sim?

- Tenho que te contar uma coisa...

- Pode falar princesa!

- Então... - Ela se centou de frente pra ele, o herói ficou preocupado e se ajeitou apoiando-se na parede. - É que... Eu acabei de descobrir que amo você. - ele sorrio.

- Também amo você! Não sei como pude esconder isso a tanto tempo! - disse envergonhado.

- Eu sinto a mesma coisa! Mas sabe... Eu não quero... Quardar mais segredos pra você! Muito menos mentir!

- Por que esta falando de segredos e mentiras?

- Por que eu... Não posso esconder mais isso de você! - Chat a olhou atentamente. - Eu... Eu sou... - suspirou. - Eu sou a Ladybug!!

O herói ficou sem reação. Não queria admitir mais ainda sentia algo pela perceira, mas tinha algo florescendo entre ele e Marinette. De forma alguma queria estragar sua relação com ela. Mas de repente. Descobre que as duas pessoas que mais ama no mundo, são a mesma garota. E melhor, ela o amava.

Um sorriso divino se formou em seus lábios, o herói não conseguia falar nada, estava muito feliz.

- Você não vai falar nada? - perguntou com um sorriso.

Mas ele apenas a puxou para um beijo apaixonado. Afinal, um beijo vale mais que mil palavras não é mesmo?

- Plagg esconder garras!

A azulada o olhava atentamente e mal pode acreditar na pessoa que via em sua frente.

- A-Adrien?

- Decepcionada?

- Claro que não! Eu te amo!! - segurou sua bochechas e o encheu de selares - Eu sempre amei você! Mas achei que era apaixonado pela Kioko. Aí comecei a me apaixonar pelo Chat, mas ele é apaixonado pela Lady...

Ela foi interrompida pelo dedo indicador do modelo que a fazia se calar.

- Nunca amei a Kioko. Sempre fui louco pela LadyBug, mas nunca me deu bola. Então descidi seguir em frente e me apaixono logo pela identidade civil dela? Acha mesmo que não fomos feitos um para o outro My Lady?

- Tenho ceteza que sim - se beijaram e o beijo foi ficando acelerado novamente.

- Eca!!! Por acaso se esqueceram de mim foi? - Plagg tenta chamava atenção- Esses adolescentes!! - resmungou- EU ESTOU COM FOME!! - gritou mas o casal não deu a minima.

Logo a Tikki apareceu e o levou para comer algo.

Não demorou muito para que Marinette estivesse por cima do loiro novamente.

[...]

Marinette acordou primeiro, no peito de seu amado. Ela mal acreditava na sorte que tinha de sentir dois amores tão intensos e descobrir que eram a mesma pessoa.

Ela o admirava dormir, passou o indicador no rosto dele bem devagar, para acorda-lo.

- Uhhh. - resmungou enquanto acordava.

- Bom dia gatinho!! - disse com um sorriso.

- Bom dia bugboo! - abriu os olhos e abriu um grande sorriso. - Então... Quer disser que ontem a noite... Não foi um sonho?

- O que você acha Agreste?

- Bom... - Levou um braço para trás da cabeça ainda deitado, e fez cara de pensativo. - Acho que... Ontem, eu me declarei pra mim melhor amiga, que também era a minha digníssima parceira. Nos tivemos uma noite super ajitada e... Incrível! - tocou o nariz da amada - Além de agora... - Ele se levantou, se sentou de frente pra ela e disse. - Vou fazer uma pergunta muito importante. - Se aproximou fitando-a - Quer namorar comigo princesa?

Marinette sorrio, ficou tão feliz que se jogou pra cima do loiro, quase que eles cairam da cama

- Sim! Sim! Sim! Sim! Sim!!!!!

Os dois riram e se beijaram, um selinho demorado e bafento, mas paixonado!

- Acho melhor eu ir tomar um banho... - A azulada disse levantando-se. - E tomar uma pílula - disse com um sorrisinho abafado. - Você não vem? - perguntou provocativa, com o olhar por cima do ombro.


Adrien ficou hipinotizado pela visão da azulada descendo as escadas apenas com o lançou em seu corpo e os cabelos soltos levemente bagunçados.

- Se eu for com você! Garanto que não vamos tomar banho! - brincou.

Ele desceu para escovar os dentes, com uma escova nova que Marinette pegou pra ele. Logo ela tomou o comprimido, e foi tomar banho.

Ela não demorou muito, poucos minutos era a vez do loiro tomar banho.

- Seu pai não vai ficar preocupado com você? - Marinette perguntou se enrolando em uma toalha e saindo do box.

- Acredito que não. Ele teve uma viagem breve, chega só amanhã. Hoje eu não tinha nada planejado. Eu teria que passar o dia inteiro no meu quarto, sozinho! - a medida que suas palavras saiam, sua voz entristeceu-se.

A mestiça levou uma toalha para o maior com um olhar triste. Quando terminava de escovar os cabelos seu celular tocou e ela foi atender.

Ligação on

- Oi mãe!

- Oi querida! Tivemos um imprevesto! Por isso só vamos poder voltar segunda-feira. Me desculpe não passar esse final de semana com v...

- Ah mãe esta tudo bem fique tranquila!!! Eu super entendo vocês!

- Er... Tem certeza que não ficou chateada? Não era hoje que você queria assistir aquele filme...

- Não mãe, está tudo bem sério!

- Tudo bem então. Se quiser chamar algum am...

- Pode deixar mãe! Prometo não fazer bagunça!

-Acho bom! Tenha um bom dia filha.

- Pode acreditar. Eu vou ter! Beijos!!

Ligação off

- Aconteceu alguma coisa? - Adrien perguntou enrolando a toalha no quadriu.

Marinette estava muito empolgada com a notícia. Ela estava comemorando mentalmente, de costas para o modelo. Assim que ouviu sua voz, se virou com um grande sorriso. Mas ele se desfez deichando seus lábios entreabertos com a belíssima visão.

O maior estava com o cabelo ainda molhado, com algumas pontas a pingar, seu peitoral esculpido estava tudo a mostra e a unica parte coberta de seu corpo, era da cintura até pouco abaixo dos seus joelhos. Mas ainda era visível aquele tão conhecido V que os homens tem, conhecido como o caminho da felicidade.

Adrien percebeu o olhar da amada, levou as mãos a cintura, comnum sorriso galanteador perguntou:

- O que acha se eu tirar algumas fotos assim? Seria mais uma pra sua coleção. Mas essa seria exclusiva! - brincou.

Sentiu uma almofada atingi-lo com força!

- O que tem nessa almofada? Tijolos? - perguntou incrédulo.

- Bobo! - Respondeu cruzando os braços.

Eles riram juntos.

- Queria lhe fazer um convite! - disse a azulada animada. - Passa o final de semana aqui comigo?

- Eu adoraria! - respondeu feliz - Seus pais não vão se incomodar?

- Essa é a melhor parte - disse passando os braços ao redor do pescoço do rapaz. - Ele só vão voltar segunda-feira!

Adrien sorrio maroto. Estava amando ver esse lado da Marinette. Eles se beijaram brevemente e o modelo pareceu entristecer-se.

- Mari... Eu não posso ficar tanto tempo assim longe de casa. Uma hora ou outra a Nathalie vai passar no meu quarto e...

- Pede pra ela pra você ficar aqui!

- Eu não sei se ela deixaria!

- Não custa tentar. Se ela não deichar e mandar você voltar. É só fugir de novo! - disse séria. - Afinal de contas você é o Chat Noir, não é mesmo?

- Confesso que estou adorando conhecer esse seu lado safado Bugboo! - respondeu com um sorriso de lado. - Vou ligar pra ela.

Adrien passou alguns minutos argumentando com sua mentora. Quando desligou o celular estava com a feição séria.

- E aí? - a azulada perguntou receosa. - Ela não deixou né? Você vai ficar de castigo.

- Mari... - Serio. - Eu... - Seu sorriso brotou bruscamente. - Vou passar o final de semana com você!!

A reação dela foi pular em seus braços, Adrien a segurou e deu uma volta a segurando. Eles estavam felizes.

- Não me assuste mais assim! - deu um leve soco no ombro do amado - O que disse para convence-la?

- Bom... Apelei para o lado emocional. Não foi tão difícil, eu teria que ficar sozinho. Então nada melhor que ficar com a minha namorada!

Marinette corou bruscamente, havia aceitado seu pedido de namoro instantes antes, mas ainda não havia caido a ficha. Somente naquele momento, em que escutou a palavra sair dos lábios macios do seu namorado. Agora eles pudiam se chamar assim.

- Eu já disse que amo quando você cora? Sério, você fica ainda mais linda! Não sei como, por que você tem uma beleza naturalmente perfeita!

Não sabia como era possível, mas a mestiça corou ainda mais.

- Vamos tomar café - disse envergonhada se virando - Namorado!

Foi a vez do loiro corar.

- Marinette!

- Sim? - abria o alçapão.

- Não posso ficar por aí na sua casa assim. - gesticulou para seu corpo. Ele ainda estava só de toalha. - Também não quero ficar de pijama!

Ela sorrio.

- Não vejo tanto problema! Na verdade acho ótimo! - disse mordendo o labio inferior admirando o corpo de modelo.

- Mari... É sério! - disse envergonhado - E se alguém aparecer? Alguma amiga sua, ou se seus pais...

- Fica tranquilo gatinho! Ninguém vai vir aqui!

- Mari...

- Esta bem! Lembra daquelas roupas que usamos pra tirar aquelas fotos pro meu blog? No mesmo dia que trocamos os miraculous?

- Lembro.

- Estão no quarda roupa, segunda porta terceira gaveta. Ok?

O loiro procurou o guarda roupa e se dirigiu a ele.

- Certo.

- Vou descendo pra arrumar o café esta certo?

- Ok! Ok! - disse enquanto procurava a roupa.

Ele logo encontrou e se vestiu. Ao se olhar no espelho, teve a lembrança daquele dia. Agora tudo estava explicado. O modo como tinham acabado trocando os miraculous. Se lembrou de como sua Lady havia ficado sexy com sua roupa de gato, e de como ele e Marinette pareciam um casal com as roupas combinadas. Ele já estava enjoado de tirar fotos quase todos os dias, mas naquele dia, ficou feliz e animado de tirar fotos com ela.

Ajustrou a camisa no corpo, se olhando frente ao espelho, teve uma ideia.

"Você não é a mais safada da relação Marinette. Afinal, sou o Chat Noir, não é mesmo?" - Pensou alto.




Notas Finais


E aí gente, o que acharam?
Gostando?
E eu aqui pensando que essa sería uma simples one-shot 🤡 kkk
Já assistiram o especial de Shangai?
Ainda vou esperar a legenda!!
Quem já assistiu, o que acharam?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...