História Festa - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Undertale
Personagens Error Sans, Ink Sans
Tags Errink, Romance
Visualizações 130
Palavras 1.449
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Festa, Hentai, Lemon, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Booa leituuraa :3

Capítulo 1 - Capítulo Único


Ink e Error são amigos de muito tempo. Vamos dizer que se conhecem desde que nasceram. 

Fazia um tempo que os dois estavam morando juntos em um apartamento. Nesses dias Ink estava se sentindo atraído por Error, queria que fosse apenas coisa da sua cabeça,  mas não era. Estava apaixonado.

Ink saiu de seu trabalho indo em direção ao seu apartemento, que não era muito longe. Pegou sua chave abrindo o portão que dava para a recepção, logo dando "Bom dia" para a moça que respondeu com um sorriso. Apertou o botão do elevador que não demorou para abrir, entrando apertou o número "10", que era seu andar.

No elevador tocava um musiquinha clássica, apenas o som. Passou alguns segundos e a porta abriu. Ink saiu e virou a esquerda, dando mais alguns passos, parou em frente a sua porta colocando a chave e a girando.

-Error! Ta em casa? 

Ink pergunta recebendo um "Tô!" como resposta. Error estava sem emprego no momento, tinha entregado varios currículos mas não recebeu a resposta de nenhum, ainda.

-Como foi no trabalho? -Error pergunta desinteressado.

-Foi chato. Como sempre. -Ink responde colocando sua mochila no chão.

Error estava jogado no sofá, literalmente, estava quase caindo, e Ink se segurando para não rir. Se aproximou se apoiando nas costas do sofá.

-Vai ter uma festa na casa do Dream, você quer ir? -Ink pergunta olhando para Error.

-Você sabe que eu não gosto do Dream. 

-Eu sei, mas você gosta de bebidas alcoólicas. -Ink disse dando ênfase no "alcoólicas" e sorrindo de canto.

-Hehe eu vou.

Ink sabia como convencer seu amigo.

-Eu vou tomar banho então. Depos vai você, porque você ta fedendo. -Ink disse tapando seu nariz (?) e fazendo cara de nojo.

-Vai se fuder! -Error disse rindo.

O de ossos brancos entrou no banheiro fechando a porta em seguida, tirou sua roupa e entrou no box ligando o chuveiro, sentiu a água gelada se tornar quente lentamente.

Ink pensava em Error, se arrependeu quando sentiu seu membro ficar ereto.

Bater uma não faz mal a ninguém. Pensou.

Error se levantou do sofá indo em direção a geladeira que por sinal estava com algumas latas de cervejas. Pegou uma e abriu tomando um gole voltando a se sentar. Ink estava demorando muito no chuveiro. Se levantou novamente logo batendo na porta.

-Ink! Vai demorar? Eu também quero tomar banho, sabia? -Error perguntou encostando suas costas na porta.

-C-Calma. -Ink diz com um pouco de dificuldade.

Aborrecido, Error bufa e se senta novamente no sofá. Depois de alguns minutos, Ink sai do banheiro já vestido, Error ficou de queixo caido quando o viu, tinha que admitir, Ink estava muito gato. 

Ink usava uma calça de jeans azul, uma regata preta que mostrava alguns ossos; principalmente sua clavícula; uma flanela xadrez e um all-star preto. Quando percebeu que Error o olhava de baixo para cima, corou fortemente.

-V-Vai logo, tava tão apressado. -Ink falou se sentando no sofá e começando a mexer no celular.

-Grosso. -Error se levanta e vai em direção ao banheiro mas para- E-Essa roupa c-combinou com você.

Error, meu coração não aguenta. Pensou.

Não demorou para Error sair, mas diferente de Ink, Error estava apenas de toalha que cobria apenas a parte de baixo.

-O que é isso?! Agora você anda pelado pela casa?! -Ink pergunta corando.

-Ah para. Eu sei que você é gay. -Error pergunta revirando os olhos e pegando algumas roupas.

-Exatamente! 

-Então você gosta de mim, Kinky? -Error pergunta com uma feição pervertida.

-V-Vai a merda. -Ink responde guardando o celular no bolso e cruzando os braços.

Error logo se vestiu. Estava com uma calça jeans preta, blusa do AC/DC, uma jaqueta de couro, e uma touca preta.

Nada mau. Pensou Ink sorrindo.

-Vamos?

Error e Ink andavam pelas ruas desertas apenas jogando conversa fora. Error andava em cima do meio fio tentando se equilibrar e Ink rindo.

Deu para perceber qual casa era de Dream, tinha alguns humanos e monstros bêbados do lado de fora e alguns carros.

Entraram na casa, Dream veio ao encontro dos dois esqueletos que estavam impressionados com a festança que tava tendo. Alguns se pegavam nos cantos, outros dançavam e todo mundo bebia.

-Ink! Error! -Dream comprimentou dando um abraço nos dois.

Já deve estar bêbado. Pensou Error que estranhou a ação de Dream.

-Fiquem a vontade! -disse Dream enrolando a lígua e saindo de perto dos dois já beijando um cara que tinha um relógio um tanto estranho.

-Eu vou beber. -Error sussura no ouvido de Ink por causa da música alta.

Tocava "He like that", era uma das músicas preferidas de Ink. Foi andando para uma mesa com bebidas logo colocando em um copo e bebendo. 

Foi em direção onde algumas pessoas estavam dançando e começou a fazer como elas.

Error estava conversando e bebendo com Nightmare, as vezes olhava de relance para Ink.

-Night, eu já volto.

-Ta bom. -Nightmare responde dando mais um gole na bebida- Agora eu sou todo seu. -fala puxando pela cintura um esqueleto que se chamava Cross.

O de ossos negros foi até Ink o abraçando por trás.

-Você dança muito , Kinky~ -Error sussura no ouvido de Ink que se arrepia, se virou rápido tendo a visão do garoto que é apaixonado.

-Dança comigo. -Ink disse pegando o sexto copo de whisk, ou será o sétimo?

-Você ta bem bêbado. -disse dando risada do menor.

-Nada a ver, gato.

Error corou com as palavras de Ink,  o pegou pelo pulso trazendo mais para perto de si.

-Kinky~ -disse segurando o queixo de Ink que estava surpreso com o ato- Você tem que ir para casa.

-Aaaah, pensei que era uma coisa mais legal. -Ink disse com um olhar provocativo dando um gole na bebida.

Error começa a andar entre as pessoas puxando Ink para a porta.

-Dream! Tamo indo! -Dream não respondeu pois ainda estava se pegando com o cara do relógio, Error apenas revirou os olhos.

Ink andava cambaleando bebendo o último gole logo jogando o copo no chão.

-Seu poluidor. -Error fala com um sorriso no rosto, Ink apenas responde com a careta da língua para fora, que na visão do maior, era fofo.

Graças a Deus o apertamento não era longe. Entrou segurando Ink para o mesmo não cair, apertou o botão do elevador que não demorou para abrir. Ink deitou a cabeça no ombro de Error e fechou os olhou, o de linhas a baixo dos olhos corou e pegou na mão do menor.

Entrou no "cantinho deles" ; como Ink chamava; colocando Ink em sua cama.

-Deita aqui~ -Ink disse manhoso.

-Kinky, se você continuar assim eu não vou te perdoar. -Error falou indo em direção a cama tirando sua jaqueta com um sorriso malicioso.

Ink mordeu seu lábio inferior quando viu Error tirar a blusa e ficar entre suas pernas. Sem mais nem menos, Error beija Ink já pedindo passagem que sem pensar foi cedida. A partir dali começaram um beijo e a se tocar.

Error tirou a flanela e a blusa de Ink começando a beijar seu pescoço e suas costelas que fazia o menor gemer baixo. Começou a tirar a calça do maior com dificuldade, Error notou e ajudou logo em seguida tirando a de Ink.

O de olho em formato de estrela entrelaçou seus braços em volta do pescoço de Error que tirou sua cueca e a de Ink ficando nus.

Roçavam suas ereções uma na outra causando prazer para ambos.

-Posso? -Error perguntou segurando uma das pernas de Ink e com a outra mão se apoiava na cama.

-Sempre. -Ink responde com um leve sorriso.

Error penetrou direto causando um alto gemido do menor. Ink já havia tido relações com outros homens, na maioria foi sempre o passivo. Mas essas relações sempre foram para esquecer o Error. 

Começou a dar leves estocadas arrancando diversos gemidos de Ink que pedia por mais, exitando mais ainda o maior.

A cabeceira da cama batia contra a parede, os gemidos de ambos poderiam ser ouvidos pelos corredores, os vizinho teriam sérios problemas para domir.

-E-Error~ Mais rá~pido.

Fez como foi pedido, começou a estocar mais rapido e mais forte. 

Ink sentiu seu corpo ficar tenso o avisando que chegaria ao seu limite.

-E-Eu vo~vou ah~ -tentou terminar Error já sabia do que se tratava, estava chegando ao seu limite também.

Acertou o ponto "G" de Ink o fazendo gemer alto e gozar sujando a cama e o peitoral de seu amado, que estocou mais algumas vezes gozando dentro do menor que gemeu novamente.

Error se deitou ao lado de Ink, ambos com a respiração desregulada, se olharam e disseram "Eu te amo", logo cairam no sono.


7:30

Error acordou com o toque de seu celular, alguém estava ligando.

-Alô? -disse com uma voz de sono.

-Error?

-Sim?

-Demos uma olhada no seu currículo e gostariamos de saber quando você poderia vir conversar com a gente sobre o trabalho.

-Sério?! Eu posso ir hoje! -disse animado acordando Ink por causa do tom de voz.

-As 15:00 então. Até. 

-Até.

Error respondeu e desligou a chamada.

-Quem era? -Ink pergunta esfregando os olhos.

-Consegui um emprego.








Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...