1. Spirit Fanfics >
  2. Feyrit Shingeki no Kyojin: A batalha Titã Quarteto amoroso . >
  3. O reêncontro de Levi e Rimivika.

História Feyrit Shingeki no Kyojin: A batalha Titã Quarteto amoroso . - Capítulo 3


Escrita por: RaydineAckerman

Notas do Autor


Cheio de misterios. E um segredo nunca revelado. Levi enfrenta tudo como um verdadeiro "Cavalheiro da Justiça".

Capítulo 3 - O reêncontro de Levi e Rimivika.


Fanfic / Fanfiction Feyrit Shingeki no Kyojin: A batalha Titã Quarteto amoroso . - Capítulo 3 - O reêncontro de Levi e Rimivika.

Cont: 

= pagar? Subordinar é um crime sabia? Isso é mais um crime para sua lista.. - disse o amigo de Levi , encarando o homem , enquanto Levi o segurava -  um traficante como vc devia estar atraz das grades. 

Disse ele , puxando do bolso , uma algema.., Foi então que todos ali perceberam do que se tratava.., o velho era um traficante de armas e drogas.. Isso indicava o por quê, Levi e seus amigos estavam ali..., Levi ao entender que o amigo prenderia o gordo. O empressou contra a parede , violentamente. Pondo as mãos para atraz..

Levi : fique quieto.. seu velho imundo.

Até aquele momento.. Levi e Rimivika ainda não haviam se olhado..., para Levi .. isso pouco importava.

Ele voltou a sentar , à mesa.., na companhia dos amigos... Ele bebeu um gole da garrafa verde .., engerindo toda a bebida..

Rimivika foi até ele.., que estava de costas para ela. Mesmo não tendo-o olhado na cara.., ela agradeçeu..

Rimika: obrigada..

Ele não olhou para ela.., continuou bebendo.

Levi : não tem de quê .., afinal estava fazendo meu "trabalho".

Disse sério..., com uma frieza nas palavras.. Rimika se retirou... e já de costas.. Levi se virou.., e olhou para ela.., e teve a impressão de que a conhecia..., apenas pela cor dos cabelos.

Rimivika foi até a amiga, que a abraçou vendo que estava a salva..

Hyara: graças a Deus que está tudo bem com você.. - disse ela, dando um sorriso.

Rimika: sim...

Hyara: quem era aquele? Ele era tão bonito...- disse ela meio brincando.., Rimika olhou novamente para a mesa onde Levi estava sentado.., mas eles já tinham saido...

Rimika: acredito que depois dessa.., vou ser despedida..

Disse ela triste.., ao imaginar que seu chefe a culparia , e talvez fosse despedi-la.. e foi realmente isso que aconteceu..

Depois:

Rimivika saiu pela porta dos fundos..., havia sido despedida.. e não tinha para onde ir..

Rimika: está dando tudo errado pra mim.. - uma lágrima escorreu pela sua face macia.., Foi quando houviu passos vindo de traz...

= ha ha ha.., olha só o que acabamos de encontrar..

Ela se virou rapidamente.. e viu os mesmos homens do bar.., ela temeu por si mesma..

= foi despejada foi? - perguntou o outro.. dando um sorriso malicioso.

Depois: 

Eles haviam pegado ela..., um dos homens estava a segurando pelos cabelos.., enquanto o outro mechia em suas coisas, tirando todo o seu dinheiro..

= olha só... Parece que a Naomizinha não é tão pobre assim..- disse dando um sorriso perveso..., ele se agachou.., perto dela.., pegando no seu rosto.

= vc é tão bonita...., o que deicha qualquer um louco.. - disse ele , passando a mão pelo seu pescoço.., até encontrar um colar..

= um colar? De quem é? 

Ela não respondeu 

= ah ... então além de ser bonita.. tambem é uma ladra.. 

Ele então aproximou seu rosto do dela.. com a intenção de beija-la a força..

Mas a jovem reagiu.., cuspindo no rosto dele.., o que o deichou infurecido. O homem então deu-lhe um tapa no rosto.

= sua vadia ! Comporte-se ! Ou não vou pegar leve com vc !

Nesse instante alguém falou de dentro de uma carruagem encostada do lado deles..

= pare.., desse jeito vc vai estragar o belo rosto dela.. 

Rimivika alevantou o rosto.. e identificou a silhueta do velho gordo.. e temeu ainda mais.., Ele deu um sorriso .., e depois saiu da carruagem

= oh.. pobre criança.., vc ainda tem muita vida pela frente ..., já é uma mulher... e poderia trabalhar pra mim.. ao invéz de ficar qui nesse lixo...

Rimika: prefiro morrer ao invéz de me vender... e trabalhar para um porco como vc..

O velho então se infureceu.. e usou o cajado que usava.., para acertar o rosto dela.., 

A jovem caiu para o lado.., e cuspiu um pouco de sangue.., o homem que a segurava voltou a levanta-la..  e o comerciante arrancou-lhe o colar do pescoço..

= hm.. é feito de ouro.. que sortuda.., bom.. tragam ela.., vamos lhe dar uma lição.. antes de leva-la para casa..

Um dos homens colocou um capuz escuro na cabeçade Rimivika.. e já ia para coloca-la na carruagem.. 

Foi então que alguém disse..

= Lição? .. que nojento..

Eles olharam rapidamente para a frente e viram Levi.., encostado na parede..

Ele jogava um canivete..para cima e depois o agarrava com as mãos..

= vc de novo !

Levi: hm?.. vc não devia estar preso?

= vc sabe.. negocios são sempre bons..

Disse o velho.., esboçando um sorriso.

Levi: pegando meninas desalojadas?..

Endagou.. ao ver a jovem.., não conseguia ver seu rosto.., por causa do capuz.. mas identificou como uma menina .., atravéz do vestido que usava..

= menina? Ela já é uma mulher !.. e vou leva-la .. já que não tem nem onde cair morta.

Levi: mas que nojento.. - disse ele, ao perceber as verdadeiras intenções do velho, para a jovem ..- você.. me deicha enojado só de pensar.. que tipo de lição vc daria à ela.., bom.. a popósito não tem ninguém aqui ... posso acabar com vcs aqui mesmo..

Disse ele avançando.[...]

Rimika só escutava os socos que davam.. e gritos , sem ver nada do que se passava ali..

[...] o comerciante de tráfico estava encostado na parede .. com sangue no rosto e na roupa..

Levi se agachou perto dele.., e o olhou nos olhos.., seu olhar sério e melancolico metia medo em qualquer um..

= por favor não me mate! Eu posso paga-lo muito bem..

Temeu o homem...

Levi: pagar? E quem precisa do seu dinheiro sujo? Pessoas como vcs.. devem ser devoradas por titãs e torturadas até a morte..

Disse ele, friamente..

Logo depois:

Levi cortou as cordas que prendiam as mãos de Rimika.. e depois tirou o pano de sua cabeça.., revelando seu rosto..., foi então que os dois se reconheceram... não conseguiam acreditar que ambos estavam vivos.. cada um achava que o outro estava morto.

Levi : Ri... Rimivika?

Rimika: Levi?...

Levi queria não acreditar..., mas não demonstrou nenhuma emoção.., continuou sério.. e deu as costas para ela.., como se não fosse nada.

Rimika: Levi ! Vc está vivo..., não está feliz por termos nos encontrado depois de 3 anos?..

Levi não respondeu sua pergunta.., e continuou a andar..

Rimika: Levi ! .. Levi !!!...Estou falando com vc !

Gritou ..., Levi então parou.. e se virou para ela..

Levi: feliz por te ver?... e por que estaria feliz em vê-la?.. - perguntou friamente.., aquilo deichou a jovem triste.. e magoada.., sempre manteve a esperança de que Levi estava vivo.. e agora que finalmente o tinha de volta , ele estava mudado..

Rimika: o quê?... como pode dizer isso?... sempre mantive as esperanças de que estava vivo.., mas por quê? Por que está agindo assim?!

Levi continuou a encarando.

Rimika: Levi ! .. me responda ! Por quê?!

Levi: eu agora pertenço a "Exploração"...

Disse sério.., referindo-se a tropa de exploração.

Rimika: quê?...mas..

Levi: vc não tem que dizer nada.. agora vá..

Ela ficou triste e percebeu que não havia nenhum corpo ali..

Rimika: ãh.?..onde estão os corpos?..

Perguntou imaginando que ele os tivesse matado.

Levi: deichar carcaças imundas na rua é horripilante e nojento...

Disse ele.., no seu lado estava uma carroça com panos brancos em cima.., manchados de sangue..., Rimika imaginou que ele os teria colocado ali..

Ela se abaixou pegando suas coisas..

Levi: ei ... - chamou ele..., ela alevantou a face.. e Levi arremeçou o colar que lhe havia sido roubado pelo gordo.., para ela.

A jovem pegou o colar com as mãos.

Rimika: obrigada de novo... vc me salvou mais uma vez.., nem sei quantas vezes já fui salva por vc.. - disse ela apertando firme o colar contra o peito.., o objeto tinha sido dado por sua mãe..

Ao alevantar o braço .., fez com que a beira da manga de seu vestido, cair.., mostrando a pulseira em seu pulso.

"Hm.. vc ainda tem ela? " endagou Levi na mente.., ele  se lembrou do dia em que a fez..

Flashiback : passado.

= pegue Vika.. - disse ele.. , amarrando a pulseira no pulso dela...

= ahh.. é linda ! - exclamou ela alegre.

Fim : Flash..

Rimika : ainda a tenho desde..., desde que nos separamos ..., eu nunca a tirei.. desde o dia em que a pôs no meu pulso...

Disse ela tristemente..., uma lágrima escorreu por sua face...

Levi: nada posso fazer ... além do mais.. vc está "suja"...- disse sério.

Rimika olhou rapidamente para ele..

Rimika: quê?! .. como assim "suja"? Não está pensando que faço essas coisas está?

Levi: o que mais poderia ser? Uma adolescente de 15anos.. desalojada..Sem saber para onde ir... o que eu deveria pensar depois de 3 anos?

Rimika: pense o que quizer ..Levi.., mas não sou ..., o que está pensando ... Hà pouco tempo ... meus pais adotivos faleceram... e eu não tinha como pagar as dispesas da casa.., e então fui despejada da casa.. desde então venho procurando um meio de sobreviver...

Levi ficou a escutando.. sem dizer nada.., Rimivika se alevantou..

Rimika: sei.. que tem motivos para me odiar.., afinal foi tudo culpa minha ..., mas.. quero que saiba Levi..., que sempre vou a...

Levi a "cortou" , não deichando terminar sua frase..

Levi: venha .., me incomoda saber que a menina que esteve comigo.. seja uma garota que...., vc sabe o que quero falar..., venha .. vc oode ficar na minha casa..

Rimika: ãh.. mas... vc acabou de dizer que não gosta de mim..

Levi: eu não disse isso..

Rimika: então.. eu posso ir com vc?..

Levi: sim.., agora levante essa cara.., não gosto disso... além do mais.., vc precisa de um banho.., esta imunda..

Disse sério.. olhando para ela..

Rimivika então percebeu que a sua roupa estava toda suja e rasgada..

Depois:

Levi levou Rimivika para sua casa..,

Ao entrar..na casa , Rimivika percebeu que tudo estava limpo.., e bem arrumado. E Levi pediu que tomasse um banho.

Levi: pegue.. - disse ele, entregando à ela uma tolha..verde.. - o banheiro é aquele..- disse ele indicando onde ficava..

Rimika: Levi...

Ele olhou para ela.

Rimika: mas.. uma vez vc me salvou.. não sei como agradece-lo.., mas estou feliz que não sente odio por mim..., vc realmente é uma pessoa incrivel como sempre foi..

Disse ela.. olhando-o nos olhos.., depois foi para o banheiro..

Ela abriu a porta e depois a fechou..[...]

Rimivika estava dentro da banheira.., os cabelos estavam presos com uma fita vermelha.., ela se lavava com uma esponja..

Quando se lembrou de que Levi não gostava de sujeira.., seja ela tipo que for..

Rimika: vc não mudou nada .. Levi.. - ela deu um sorriso.. e olhou para a pulseira no braço...

Foi quando Levi adentrou o banheiro de repente.., com alguns panos drobados em mão.

Rimika: Levi !?

Ela puxou depressa a tolha que estava em cima de um banco ,.. ao seu lado.

Levi: aqui.. trouxe uma roupa para vc..

Rimika: ãh?.. e isso é motivo para vc adentrar um banheiro com uma garota tomando banho ?! - disse séria..

Continua....



Notas Finais


E ai? Gostou? Se sim.. não perca mais um capitulo inédito dessa saga maravilhosa! Agradeço.., e boa leitura. Compartilhem.., e se divirtam com essa saga de titãs ! E no proximo capitulo 3 " o encontro com Titãs Escaladores". Vamos se deparar com um segredo misterioso dos Titãs ! E a batalha pela liberdade continua!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...