1. Spirit Fanfics >
  2. Fica >
  3. Aqui estaré; Chapter three

História Fica - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Este capítulo é uma song fic. Ele foi inspirado na música "Aqui Estaré" a qual eu amo a tradução e a acho linda na voz da Angelica Vale. Se vocês preferirem, podem ouvi-la enquanto lêem. Espero de coração que vocês gostem porque eu adorei fazer esse capítulo!

Capítulo 3 - Aqui estaré; Chapter three


Os dedos do homem se deslizavam um tanto quanto cuidadosamente sobre as costas despidas da mulher deitada na cama, que possuía um sono profundo, assim como ele há alguns minutos atrás, quando despertou, sentindo o seu corpo bem mais próximo ao dela. 

A cobriu novamente, fazendo com que o frio fosse amenizado. Nunca soube exatamente quando começou a gostar da mesma, mas, sabia que queria sentir aquilo pelo restante da sua vida.

Por mais que ele gostasse de estar alí e não quisesse levantar tão cedo, necessitava sair de cima das cobertas para tomar um banho demorado e preparar algo, até porque, também já se encotrava com fome. 

A morena cujo ainda dormia, infelizmente se sentia insegura em diversos aspectos; Principalmente em relação a sua aparência, por isso, ele sempre esteve alí para ajudá-la no que fosse preciso, mesmo que para isso, precisasse enfrentar todo o mundo a sua volta. Estavam juntos há cerca de cinco anos e ele pensava em pedi-lha em casamento daqui a alguns meses, já que, sentia que aguardaram de mais e desejava fazer com que a família crescesse.  

Só queria vê-la bem, com o sorriso que ele sempre adorou em seu rosto e mesmo não podendo viver em uma história de contos de fadas, tentava ao máximo ser ao menos parecido com o príncipe ao qual sua amada sempre sonhou encontrar.

Por muitas vezes ouviu que nunca seriam um casal ideal, ou que não conseguiriam passar tanto tempo assim juntos, até mesmo vindo das famílias de ambos, onde muitos familiares não aceitavam muito bem o relacionamento dos dois. Aquilo acabava por lhe machucar e apenas de pensar que poderia ferir ela também, ele já se sentia mal. Por que motivos as pessoas desejavam tantas coisas ruins para os dois? Não deveria ser o contrário? 

Com os olhos um pouco marejados, a viu chegar na cozinha e tentou não transparecer que a fraqueza tomava conta de si, já que a última coisa que ele queria era que ela o visse desse jeito e pudesse pensar que poderia ser por algum outro motivo... 

— Aconteceu algo? — Perguntou, chegando mais perto, se escorando na bancada e olhando-o em seguida. 

— Não, nada ocorreu — Diz, enquanto limpava a garganta e tentava fazer com que a mesma não se preocupasse. 

— Você não está bem... E sei que é por minha causa! — Falou. Tentou se aproximar mais um pouco dela, enquanto negava, porém seus pés pareciam presos alí. Ele já não possuía nenhum controle sobre o corpo e já não sabia mais o que realmente estava acontecendo. — Eu não sirvo para ti... 

— O quê? — Alterou um pouco mais o tom de voz, enquanto passava a mão pelos seus cabelos, inconformado com o que havia acabado de ouvir. — Como assim não serve?

— Eu não sou a pessoa que você sempre sonhou... Olhe só para isto... — Fez sinal para o seu rosto e corpo, com um ar de desprezo em si — Por que você gosta de mim? Eu nem tenho curvas bonitas como as outras garotas, nunca serveria para ti ou te faria feliz como deseja... Você poderia escolher outra pessoa e...

— Não acredito que está dizendo isso... Por favor, pare de falar essas coisas, Gianolli! — Pediu, já sentindo a cabeça latejando e inpedindo-a de continuar a falar, a olhando em seus olhos. — Você sabe que eu lhe amo e o seu físico ou o meu não têm nada a ver com isto, eu já lhe disse. Eu te acho maravilhosa por dentro e por fora e é isso que importa!

— Adriano... — Tentou falar algo porém foi empedida pelo homem que a essa altura já estava mais perto de si, logo atacando os lábios da mulher, dando início a um beijo demorado. 

— Laura, me apaixonei pelo seu jeito, o seu interior... E eu vou ficar com você mesmo que o mundo gire do avesso porque o que me faz enlouquecer é o seu coração! — Me pronunciei logo depois de me afastar da mesma pela falta de ar que chegava, enquanto segurava em sua mão. — Cuidarei de ti e estarei aqui para você meu amor. Aqui estaré!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...