1. Spirit Fanfics >
  2. Fica comigo? >
  3. Beijo, ameaça, confusão

História Fica comigo? - Capítulo 5


Escrita por:


Capítulo 5 - Beijo, ameaça, confusão



*Luisa*

Minha respiração acelerou, fechei os olhos por alguns momentos, abri novamente ao nota que ela estava ali ainda

- lui.._ antes que ela pudesse terminar de fala meu nome eu a interrompi

- me deixa!_ falei empurrado ela e saindo correndo de lá.

Tentei correr o mais longe possível dali, mas alguém me puxou para trás, achei que fosse a Mari, mais não era.

- E aí, sapa_ Monique girou para frente dela - hora do acerto de contas.

- Do que você tá falando?$_ vi ela me empurrado e me colocou contra parede.

Ela começou a rir.

- Presta atenção sua vagabunda, além de ter me feito ganhar uma suspensão, ainda quer roubar meus amigos? As coisas não vão ficar assim, eu vi seu beijinho com a Mariana, eu sei quem é você! Eu sei quem é seus pais, você é filha do Marcos, aquele Pastor, você achar que ele ia gosta de saber que a filhinha dele é sapatao

- O quê?! Voce não.._ ela começou a rir

- Isso mesmo, eu quero mil reais, na minha mão, ou então, seu papai vai saber de tudo_ Quando ela falou isso eu tentei tirar ela da minha frente mas ela era muito mais forte que eu— Agora você é meu brinquedo, se não me chegar esses mil reais, eu vou fazer da sua vida um inferno _ela começou a apertar meu pescoço muito forte - eu vou espalhar pra tudo mundo é uma sapatao, pecadora, suja, vou espalhar um monte de mentiras - ela me soltou e eu caí sem ar no chão - e eu acho bom você não contar isso pra ninguém! Se alguém da sala souberem dessa nossa conversa eu acabo com você imediatamente_ terminou seu discurso com me acertando um chute em seguida saiu.

Corri para o banheiro e vomitei todo o café da manhã que eu tinha tomado antes de vir pra cá.

E é claro que eu tentei ficar o resto do dia lá, mas minha mochila ainda estava na sala, então fui obrigada a retornar no final do recreio.

Passei o resto da manhã pensativa e remoendo cada palavra que elsadisse, mas é claro que eu nunca teria paz na minha vida, eu nunca faria amigos, eu nunca seria como ninguém, porque eu sou, eu. Mariana me olhava, e eu desviava o olhar. Ignorei ela o máximo que consegui, assim que as aulas a acabaram me mandei direto para casa.

*Cecília*

Mariana estava muito estranha, passou a aula inteira olhando para Luisa, acho que aconteceu alguma coisa.

- você não entregou o gato?_ perguntei ainda observando que ela ainda com ele

- eu até tentei, mais..rolou um lance.

- como assim um lance?_ perguntei e vi Mari fica quieta — Mariana me conta? O que foi?_

- eu beijei ela

- você o que???!_ fiquei sem reação, Mariana e Luisa?

- é Cecília! Eu beijei ela!_

- e ela???

- ela me empurrou._ falou triste, me aproximei mais dela

- não acredito

- acho que não devia ter feito isso.

- calma, ela deve ter ficando só nervosa

- você viu ? Ela me ignorou o resto do dia inteiro..._ela estava muito cabisbaixa

- calma, der um tempo para ela digerir.

*Luisa*

Precisava muito conversar com alguém, alguém que não fosse da escola, minha prima! Bianca, era minha salvação! Ao caminha até sua casa, não deixava de notar minha respiração ficar mais intensa, era uma péssima hora para ter uma crise de asma!

Aquilo tudo por que eu estava com medo, com medo do que Monique poderia fazer, onde eu vou arrumar mil reais!? Eu não trabalho, só tenho 14 anos, não posso conta isso para meus pais, onde eu me meti?

Ao chega no apartamento da Bianca, subi até seu quarto, não tinha ninguém em casa, mas como éramos da família, o porteiro me deixou entrar foi quando vi, Bianca, ela estava se pegando com um garoto que eu já vi uma vez, mas não tinha ideia que era peguete dela. Dei uns passos para tras e fiquei incrédula com o que eu vi.

-er.. olá?!_ falei fazendo os dois tomarem um susto e se desgrudarem

- Isa, o que você.._ela ficou super vermelha e o garoto estava bem nervoso

- deixa, eu volto outra.._ antes que terminasse a fala, senti que tinha mais alguém ali, bem atrás de mim

- o que esse garoto está fazendo aqui?_ escutei meu tio pergunta enquanto chegava ate onde estavamos. O menino estava muito próximo da Bianca, estava na cara que ele ia nota o clima

- ih ferrou_ escutei minha prima sussurrado

- o que é isso Bianca?_ a mãe dela perguntou indo até a mesma

- ah nada.. ele é só um colega de escola_ ela estava completamente perdida nas palavras

- você acha que eu vou acreditar nessa mentira?!_ meu tio falou indo até a mesma — você perdeu o juízo?!_ disse irritado

- calma pai_ ouvi Bianca falando e indo em direção ao mesmo

- você quer me enlouquecer não é?_ ele tava completamente descontrolado já. Estava começando a fica com um pouco de medo.

- calma Guilherme_ falou minha tia

- não estávamos fazendo nada demais!_ minha prima tentava se explicar estava começando a fica com medo dele bater nela

- e você moleque! Saia agora da minha casa!_ disse o menino obedeceu e rapidamente saiu correndo de la, aquilo estava ficando sério. Comecei a respirar intensamente por nervosismo quando fui ver, já não estava conseguindo manter controle sobre meu ar

-Luisa? O que foi?_ escutei minha tia perguntado no mesmo instante a atenção saiu da Bianca e foi para mim




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...