História Fica comigo pra sempre? - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias EXO, One Direction
Personagens Harry Styles, Park Chan-yeol (Chanyeol)
Tags Chanyeol, Exo, Fluffy, Harry Styles, Harryeol, No!au, One Direction
Visualizações 7
Palavras 787
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Crossover, Drabble, Droubble, Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, LGBT, Slash, Universo Alternativo
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá, tive essa ideia muito do nada, mas gostei bastante e resolvi escrever 💜

Capítulo 1 - Ficarei com você pelo tempo que quiser que eu fique.


Sentado em frente a um espelho esperando que uma moça terminasse de arrumar seu cabelo, Harry Styles ouvia aquela multidão gritando seu nome e não podia evitar sentir aquela emoção que sempre o atingia antes de entrar no palco. Ele sentia o estômago revirar de ansiedade. Adorava aquilo, adorava o fato de estar indo fazer o que mais gostava, adorava ainda mais seus fãs, que o apoiaram e ajudaram a chegar até ali. Ele sabia que tudo o que tinha devia aos seus fãs, então tentava sempre retribuir aquele amor o quanto podia.

A moça finalmente concluiu o trabalho que fazia, e ele pôde se levantar, ouvindo de seu agente que entraria no palco em cinco minutos. Bom, deveria ser suficiente, na verdade tinha que ser suficiente.

Ele se sentou em um sofá mais afastado e puxou o celular do bolso, se seu agente soubesse que não tinha guardado no armário o mataria. Não se importando com aquele detalhe, Harry apenas procurou aquele contato que tanto precisava falar, e ligou.

Chamou apenas duas vezes antes de ser atendido por Park Chanyeol. Deviam ser onze da manhã na Coreia naquele momento.

— Oi, amor. Achei que não ia ligar. — Chanyeol disse assim que atendeu, e Harry podia vislumbrar um grande sorriso no rosto do outro. Exatamente igual ao que ele mesmo ostentava.

— Vou entrar no palco em uns quatro minutos, acho. — Contou, sentindo aquela euforia que sempre o atingia ao falar com seu namorado.

— Meu Deus, Harry. — E ele sorriu ainda mais ao ouvir seu nome ser chamado naquele sotaque forte que o Park possuía. — Você sempre faz isso. Me liga quando não pode falar muito e eu fico com mais saudade. — Ouviu o tom tristinho do coreano ao fim da frase.

— Eu sei, mas não pude evitar, amor. Você me dá boa sorte, e eu estou sentindo tanto saudade de você. — Respondeu, adquirindo uma leve tristeza em seu tom de voz, assim como o outro.

– Eu também estou, Harry. Mas, agora, você deve ir até aquele palco e fazer o que mais ama, pelos seus fãs, amor. — Ele disse, seu tom otimista, e Harry simplesmente conseguia vê-lo em sua mente falando aquilo com os olhos grandes e brilhantes lhe transmitindo confiança, Chanyeol sempre teve aquele poder.

— Sim, eu devo muito a eles. A você também, Chanyeol. Sem você eu ainda teria sérios problemas com autoestima e nunca chegaria tão longe. Ah, claro, ainda estaria perdido na Coreia também. — Riu ao fim da frase, ao se lembrar de como se conheceram, e o Park o acompanhou.

— Que bobagem, você sempre foi maravilhoso sozinho. Apenas te fiz enxergar isso. Eu te amo, Harry, mas aparentemente eu sou o único preocupado com seus fãs, então desligue esse celular e vá cantar pra eles. — Chanyeol tinha o tom brincalhão, mas Harry sabia que ele estava falando sério.

— Eu também te amo, Chanyeol. Logo eu volto pra Coreia, e não vou deixar você sair com esses seus coleguinhas de grupo. Ainda acho que eles não gostam de mim. — Disse Harry, emburrado ao fim da frase.

— Eles gostam sim, acontece que você sempre atrapalha as atividades do grupo, então eles se incomodam. — Chanyeol riu com vontade. — Nossas agendas não batem, Harry, temos que ver isso. Mas agora, para de enrolar, e vai pro seu show. Eu te amo, e lembre-se você é o melhor, principalmente pra mim.

Harry sorriu sem se conter. Ele realmente amava Park Chanyeol, a vida não poderia ter lhe dado presente melhor.

— Eu tenho muita sorte de ter você, Chanyeol. Fica comigo pra sempre, por favor? Eu te amo. — Respondeu, quase podendo sentir as lágrimas querendo se formar, mas tratou de se recompor quando viu seu agente parado em sua frente com os braços cruzados.

— Não faz isso comigo, Harry Styles, estou quebrado de tanta saudade, e ficarei com você pelo tempo que quiser que eu fique. Vai pro seu show, te amo, tchau. — E ele desligou antes que falasse qualquer outra coisa, Harry riu.

Chanyeol era daquele jeito, todo preocupado com horários.

— Tá na hora, Harry. Pelo sorrisinho bobo imagino quem era. Vai pro palco e me dá o telefone. — Seu agente falou, chato como sempre, e estendeu a mão esperando o aparelho.

Harry riu de novo e entregou o celular, pegou o microfone em cima de uma mesa e foi para palco.

Ele sentia que ali era onde deveria estar, como se a música pudesse ser seu lar, mas competindo pelo mesmo lugar, havia Park Chanyeol, aquele que era dono do seu coração, e mesmo com a distância cuidava dele perfeitamente bem. 



Notas Finais


Obrigada a quem leu até aqui 💖


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...