História Ficar - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Personagens Eijirou Kirishima, Katsuki Bakugou, Ochako Uraraka (Uravity)
Tags Bakuraka, Kirichako, My Hero Academia, Romance
Visualizações 219
Palavras 648
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


E eu finalmente estou com ideias para essa fic e assim... Só espero que vcs gostem

Capítulo 4 - Não mando em meus sentimentos


   Depois do Intervalo todos fomos para nossa sala, eu olhei de relance para o Bakugou e vi que o mesmo olhava na minha direção, porém ele notou e se virou indo para a sua mesa.

- Ei, Uraraka - Kirishima me chamou e eu virei para trás - Eu posso falar com você depois da aula?

- Sim, sobre o que você quer falar?

- Eu não posso sentir saudades de conversar com a minha amiga? - Ele disse enquanto bagunçava meus cabelos.

Kirishima e eu éramos vizinhos quando crianças, vivíamos brincando juntos e graças a isso acabamos nos tornando amigos. 

Durante a aula eu me pegava vez ou outra pensando no que iria acontecer hoje, havia avisado Bakugou que provavelmente iria me atrasar e ele parece não ter ligado muito. Quando menos notei o sinal já havia batido, Kirishima já havia guardado seus materiais e me esperava, depois de eu ter guardado os meus nós fomos andando.

- E então, o que queria me falar? - Perguntei e vi o mesmo dar um pequeno sorriso.

- Sua mãe me ligou esses dias, ela me perguntou como que você estava indo na escola, achei engraçado ela perguntar para mim e não para você - Dei um suspiro, já sabia que ela ia fazer algo assim - Aliás se você estiver precisando de alguma ajuda agora que está morando sozinha pode me ligar que eu vou lá.

- Obrigada, mas acho que não vou precisar - Ele olhou para mim e colocou sua mão na minha cabeça.

- Você ainda é minha responsabilidade, podemos ter crescido e sei que você pode se virar sozinha, mas ainda gosto de proteger aquele garotinha que tinha medo de borboletas e que quando via uma corrida para trás de mim - Dei um sorriso e quando notei já estávamos em frente ao parque - É aqui que eu te deixo, tome cuidado na volta pra casa - Balancei a cabeça em sim - E Uraraka... - Olhei para ele - Nada, esquece, pode ir se divertir e não se preocupe eu posso saber que você está ficando com o Bakugou mas eu não vou contar pra sua mãe.

Vi ele se afastar e entrei no parque e fui pelo mesmo caminho que fiz da última vez, ao chegar lá vi o Bakugou escorado em uma árvore.

- Tá atrasada panqueca.

- Desculpa.

- Só vamos logo com isso - ele me puxou pela cintura e me beijou, só que dessa vez o beijo foi diferente, foi mais ousado e quente, como fogo com fogo e mais fogo, porém era um fogo bom.

Eu só deveria tomar cuidado para não me queimar.

      *Mudança de local e narração*

Kirishima on

Logo depois de ter deixado a Uraraka no parque eu continuei meu caminho para casa, coloquei uma música em meu celular e andei.

- Ei, Kirishima - Olhei para trás e vi a Jirou correndo até mim.

- O que foi?

- Posso falar com você?

Fomos até uma praça que tinha alí por perto e nos sentamos em um banco.

- Não querendo me meter em seus assuntos, mas já me metendo, você não vai contar pra Uraraka?

Dei um suspiro e olhei para o céu.

- A Uraraka está com ele agora, mesmo nós dois gostando dela apenas um pode ficar com ela... E eu deixei ser ele.

- Mas por quê?

- Por que eu não queria meter a Uraraka em uma decisão complicada, por isso eu deixei ser ele.

- Você é um bom amigo Kirishima. Mas eu sei que você ainda não desistiu dela.

- Não... Afinal não sou eu quem mando nos meus sentimentos. Na vida não podemos escolher se vamos ou não nos machucar com alguém, mas podemos escolher por quem vale a pena sofrer - Olhei para a Jirou - Eu não me importo de sofrer em ver ela com outra pessoa... Mas se um dia ele quebrar o coração dela eu estarei com ela... E irei fazer ela se apaixonar por mim.


Notas Finais


Pois então né, eu sei que foi inesperado e vcs devem estar se perguntando "KE POHA EH ESSA AUTORA?" Eu não mando nas minhas ideias e eu shippo até um abacate com uma pedra não me culpem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...