História Fiction (quer que eu soletre?) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens D.O
Tags Drabble, Drama, Exosoo, Ficlet, Romantização
Visualizações 130
Palavras 559
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drabble, Drama (Tragédia), Droubble, Slash, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Capítulo Único


A menina na tela não chorou nem teve medo quando foi arrastada pelo braço até o carro de um colega de trabalho, mas quando foi comigo, eu, que assisti religiosamente todo dorama de horário nobre, a sensação era de estar sendo arrastado até o inferno, e eu senti que devia condizer mais com a realidade.

Que eu devia condizer mais com a realidade que é pertencer ao primeiro que te queira e, portanto, adquirir uma pele que não dói quando ele a aperta entre os dedos e que também não marca. Eu devo não pertencer ao mundo, porque marcou.

A menina na tela não chorou nem sentiu a boca amarga quando teve aquele primeiro beijo romanticamente forçado. Todo mundo gosta de quando impõem força. Que tipo de homem ele é se não mostra que é homem de verdade? Se não invade o espaço? Era suposto que eu gostasse disso, eu repeti para mim mesmo que devia gostar, mas não surtiu efeito. Eu não gostei, mas ele continuou a me beijar como se eu estivesse gostando, ou como se não importasse realmente.

Importa?

Eu li uma vez que é mentira. É tudo mentira. Não é aquela mentira branca, não é um beijinho para sarar. De alguma forma, as pessoas que prevalecem nesse mundo e que querem continuar prevalecendo criaram essa coisa chamada ficção, e, por mais irônico que seja, elas botam ali todas as coisas que querem que acreditemos na realidade.

Que um sequestro é amor. Que um beijo forçado é amor. Que levantar a mão e ameaçar é bonitinho. Que olhar com ódio mas forçar a dividir a cama no final é engraçado.

Que amor estranho. Não tem gosto de amor.

Mas sexo ainda tem gosto de sexo, deve ser isso que eles gostam?

Porque se for estupro é claro que ninguém vai apoiar, mas se for forçado e ele gemer no final, então eles podem dar outro nome: ficção. No mundo real: romance.

Se você viver isso, a televisão diz, não se assuste, é normal.

Deveria ser só ficção. Eles dizem o tempo inteiro que gostar dessas coisas não te torna uma pessoa ruim. Eu ri desses casos problemáticos e da menina que era arrastada pelo namorado, ri de quando ele a beijou e ela se sentiu irritada, ri quando ele a jogou sobre o ombro e achei muito bonito a forma como no fim de toda essa maldita tortura, ela casou com ele no final. Eu não me tornei uma pessoa ruim.

Mas esse romance que eu venho vivendo ainda dói como estupro.

E na ficção era tão bonitinho...

Ela pode não sentir nada, mas meus braços doem com os apertos. A pele dela não fica marcada, mas os roxos aparecem na pele sempre que ele me joga de um lado para outro como uma boneca. Os beijos dela terminam no final do set, os meus ainda ferem os lábios.

E o final?

O dela é lindo.

No meu mundo onde essas coisas não acontecem de verdade, onde dizem que tudo está separado, nada disso é bonito. Não que eu apoie o estupro, é claro. Nem meus familiares. Mas não é normal, sentir dor? Minha mãe diz que é normal, os homens são assim mesmo. Você não vê nos doramas?

Não deveria ser só ficção? Mas quem é que sorri fora da ficção?

Eu não.

Eu não.


Notas Finais


Deve ser a primeira drabble que escrevo na vida.
E, sim, é um desabafo. Eu cansei de ouvir que é só ficção, sinceramente.
No geral, obrigada se chegou até aqui <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...