História Fifty Shades Darker - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags 50tdc, Personagens Originais
Visualizações 23
Palavras 461
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 3 - Three


Fanfic / Fanfiction Fifty Shades Darker - Capítulo 3 - Three

We're just playing hide and seek
It's getting hard to breath under the sheets with you
I don't want to play no games
I'm tired of always chasing, chasing after you
I don't give a fuck about you anyways
Whoever said I give shit about you
You never share your toys or communicate
I guess I'm just a play date to you
(Play Date - Melanie Martinez)



─ Pronta pra um segundo round, baby?

Ele sorriu com luxúria, virando-a e fazendo a menor sentar em seu colo.

Suas mãos fortes seguraram a garota pelas coxas, indo para a cozinha e prensando-a contra a parede. A menor trocou as posições, colocando o mais velho contra o concreto colorido de vermelho sangue. Sorriu sapeca, se abaixando e segurando a base de seu pau. Não esperou mais nem um segundo e agasalhou o íntimo alheio em sua cavidade quente e úmida. 

Um gemido rouco e arrastado escapou pelos lábios afinados do moreno.

A cabeça da pequena garota mexia num ritmo alternado, rápido e lento. Ela raspava seus dentinhos pela extensão do homem, que agarrou os fios alheios, jogando sua cabeça pra trás, se deliciando com o oral que a garota fazia.

Ela engolia o que podia e masturbava o que não cabia. Seus movimentos começaram a acelerar, fazendo barulhinhos excitantes com a boca. Sorriu ao tirar o falo de dentro de sua cavidade e colocou sua língua para fora, batendo a glande diversas vezes em sua língua, sentindo o gostinho salgado de pré-gozo, abocanhando novamente e se movendo freneticamente. Suas longas unhas cravavam na pele morena das coxas alheias. Sentia as veias engrossarem em sua boca, e quando ia conseguir o que queria, seu cabelo foi puxado com força para trás. 

Ah, mas eu só vou gozar depois de te foder com força até te quebrar.

A garota gemeu deleitosa com as palavras sujas de seu parceiro. Seu corpo foi jogado brutalmente contra a mesa de jantar, deixando-a de bruços e com sua bunda deliciosa bem empinada para o mais velho, que, sem cerimônia alguma, penetrou-a fortemente.

Seus gemidos altos, quase como gritos, eram um incentivo para o mais alto, que começou a estocar em sua boceta com força, fazendo seu pau deslizar suavemente dentro da menina. Os barulhos que seus corpos produziam deixava tudo mais intenso e erótico, fazendo o ambiente ficar cada vez menor e mais quente. Ouviu um gemido mais alto que os outros, e percebeu que encontrou o ponto de prazer da pequena, sorrindo fraco e estocando somente ali, fazendo com que ela ficasse quase sem voz de tanto gritar de prazer. As paredes da garota de fecharam, apertando seu pau, fazendo-o gozar dentro dela. Ambos estavam ofegantes e cansados, mas sorriram um para o outro. Ele se abaixou, beijando os lábios cheinhos dela, e abraçando seu corpo.

Nunca vou me cansar de você.







Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...