História Fifty Shades of Grey (Incesto Kim NamJoon) - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, BtoB, HyunA
Personagens HyunA, Ilhoon, Jennie, J-hope, Jimin, Jin, Jisoo, Jungkook, Lisa, Personagens Originais, Rap Monster, Rosé, Suga, V
Tags Jenlisa, Jikook, Vhope
Visualizações 429
Palavras 1.665
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Digamos que eu não consigo passar 2 dias sem escrever 😂

Não me julguem, eu amo escrever fanfics, Agr... Boa Leitura ❤️😊

Capítulo 5 - Chapter Five


Pov's S/n

Depois que subi para meu quarto e fechei a porta, deslizei pela a mesma com a mão em minha boca 

O que eu fiz? Simplesmente.. achei bom 

Eu tinha beijado meu pai de língua, e só me toquei agora? Como é possível, só deve ser brincadeira um negócio desse.

Levantei do chão e fui me deitar, não parava de pensar no que eu tinha feito, era errado ou não?

***

Acordei sentindo algo em minha boca, abri os olhos bem devagar e percebi que NamJoon estava dando breves selares em meus lábios, levantei de uma vez assustada

(NamJoon) –Bom dia *sorri, covinhas aparecem*

–O que es-estava fa-fazendo?

(NamJoon) –Te acordando 

–Era só me ch-chamar.. *cora*

(NamJoon) –O que foi? Por que está corada? Não gostou que eu a acordei assim?

Não respondi a sua pergunta, ele deu uma risada abafada e levantou, tocou minha bochecha de leve e saiu do quarto, mesmo que eu achasse bom, ele era meu pai e eu não sabia se era errado ou não, e se for?

Sai de meus pensamentos e fui tomar café da manhã, desci as escadas e HyunA estava colocando a mesa, sentei na cadeira e fiquei esperando ela terminar 

(HyunA) –E essa cara? Sonhou com algo pervertido? (A: Que bela pergunta, não é mesmo Nilce 😂

–O que? N-nao

NamJoon me olha e dá um sorriso de canto, peguei uma torrada e passei manteiga, comendo a mesma

(NamJoon) –Esta melhor filha? (A: Como o senhor não soubesse muito bem 😏)

–Sim, vou poder ir a escola hoje

(HyunA) –Tenho que ir para o trabalho *disse ela olhando para o celular*

(NamJoon) –Desde quando você trabalha?

(HyunA) –Nao pode?

Ela levanta da cadeira e pega sua bolsa, sai pela porta e bate a mesma

–Vou me.. trocar..

(NamJoon) –Nao vai comer mais?

–Nao tenho tanta fome de manhã 

Subi as escadas e fecho a porta do quarto, tirei minha roupa e comecei a procurar uma roupa, escolhi um cropped preto, um short curto aveludado cinza e um All Star da mesma cor, peguei minha mochila e desci novamente, NamJoon já estava tirando a mesa 

–Tchau pai

(NamJoon) –Tchau 

Saio de casa e vou andando até a escola, no caminho encontro as meninas 

(Rose) –Oiii, como foi ontem?

Nada, só beijei meu pai 

–Normal

(Jisoo) –Como seu pai reagiu quando viu o Jin?

–Como vocês acham? Fiquei até imprecionada que ele não espancou o Jin

Falei enquanto entravamos na escola, os meninos passaram por nós, Jisoo ficou olhando para Yoongi 

–Hey, cuidado para não tropeçar  

(Jisoo) –Aaish, fica quieta garota 

(Yoongi) –Hey Jisoo, vem cá

(S/n, Lisa e Rose) –HMMM

Ela vai até Yoongi, que o mesmo a puxa para um canto, eu e as meninas ficamos olhando para ver se acontecia algo

(Lisa) –To esperando ele beijar ela 

(Rose) –O que você acha que eu tô olhando?

Eles ficaram falando algo por um tempo, depois Yoongi pegou no queixo de Jisoo delicadamente e o levanta um pouco, ele beija Jisoo, o beijo tinha começado delicado e calmo, mas depois já tinha se tornado um beijo selvagem

(Rose) –Hey S/n, já deu um beijo daquele? 

Ela disse zoando com a minha cara, as meninas deram uma breve risada 

–Ja, foi melhor que aquele 

(Jennie, Lisa e Rose) –O QUE??

O sinal bate e vou entrando na sala, mas Lisa me puxa

(Lisa) –Explica isso direito garota 

(Rose) –Foi com quem?

(Jennie) –Voce gostou?

–Nao vou dar detalhes 

(Lisa) –Aah, fala pelo menos com quem foi

–Nao posso 

(Rose) –Por que?

–Nao posso

Entrei na sala e senti alguém puxando meu braço, de novo, achei que fosse as meninas 

–Ja falei que..

Era Yoongi

–O que você quer?

(Yoongi) –Ja fiquei com a sua amiguinha, quero ficar com você agora 

–Ah vai se ferrar Yoongi 

(Yoongi) –Oh Garota *ele pega meu braço com certa força* você disse para eu falar com ela e eu FIQUEI, agora quero a minha recompensa 

A sala estava olhando a cena

–Ta aqui a sua recompensa *dou uma joelhada em sua intimidade* seu babaca 

Ele solta meu braço e leva a mão para a intimidade, vou para meu lugar e sento

(Rose) –Nao acha que pegou pesado de mais?

–Vai lá ajudar ele então 

(Rose) –Ixi, estressada 

O professor entra na sala e fica explicando umas coisas, o sinal do recreio bate e saio da sala indo em direção às meninas, sento no banco e fico com cara de bunda 

(Jennie) –E essa cara garota?

(Rose) –Yoongi deu em cima dela outra vez, e dessa vez ela não perdoou 

(Lisa) –O que ela fez?

(Rose) –Fala o que você fez S/n

–Chutei o membro dele 

(Jisoo) –Por que você fez isso? Você é louca?

–Aah Jisoo, pelamor, você vai gostar logo do Yoongi, o mais idiota aqui da escola? 

(Jisoo) –Ele não é idiota 

–Aah Tá bom, não é, beleza, fica com ele, depois que você vier chorando para a gente falando que ele te magoou

(Jisoo) –Voce gosta dele

–Eu não gosto e nunca vou gostar do Yoongi, e você sabe muito bem que eu gosto do Jin

(Jisoo) –Como você pode saber que ele não é um completo idiota tambem?

–Ele não pegou metade da escola 

(Jennie) –HEY, parem as duas, AGORA 

Diretora –Dona S/n

–Sim 

Diretor –Seu pai veio buscá-la

–To indo já

Levanto da cadeira e vou para a sala, guardo minhas coisas dentro da mochila e pego a mesma colocando nas costas, saio da sala e vou em direção a saída, meu pai estava escorado no carro

–Por que veio me buscar de carro?

(NamJoon) –Nao vamos para casa, vamos buscar a HyunA no trabalho (A: Eita porra '-' melhoor Nao ir)

–Voce sabe onde é?

(NamJoon) –Estava saindo da empresa quando vi ela dentro de um carro, agora entra 

Entro no carro e fico no banco da frente, ele estava com um pouco de raiva e quando entrou já foi ligando o carro e dando partida, estávamos indo por um caminho contrário de casa

–Vai mais devagar pai 

Ele estava indo um pouco rápido, chegamos numa rua que eu sinceramente, nem sabia que existia, ele parou num Motel e saiu do carro, sai atrás dele o seguindo 

–Pai calma 

Ele fala com a recepcionista que a mesma se negava a dizer qual era o andar é o apartamento

(NamJoon) –É melhor você falar antes que eu arrombe cada porta de cada andar dessa porra

Ela, assustada, fala o andar é o apartamento, ele entra no elevador e vou atrás dele

–Pai 

Ele não me escutava, chegou no andar e ele foi procurando o apartamento, quando achou, tentou abrir a porta mas a mesma estava trancada, pegou um pouco de espaço e chutou a mesma (A: Agora que preciso que vocês imaginem NamJoon de terno putasso da vida 😂HyunA imediatamente sai de cima do homem

(NamJoon) –Belo trabalho o seu

–Aaah prostituta 

(HyunA) –Cala a boca garota 

(NamJoon) –Cala a boca você sua Vadia 

(HyunA) –NamJoon, eu..

(NamJoon) –Nao quero ouvir nada de você 

(?) –Ae, você não tem nada a fazer, já foi 

NamJoon vai para cima dele dando um soco no mesmo, soco atrás de soco

–Pai, pai *tiro ele de cima do homem*

(NamJoon) –Eu tô com nojo de você 

(HyunA) –NamJoon, eu.. desculpa *ela se aproxima dele*

(NamJoon) –Sai, não quero saber de nada, você vai embora da minha casa hoje 

(HyunA) –Voce nunca me dava atenção, nunca me tratou do jeito que você trata a S/n

(NamJoon) –Talvez porque você não merecesse minha atenção 

(HyunA) –Nunca mereci? Sério? Fiz de tudo para me aproximar de você e da S/n, mas você isolava a garota de tudo e todos, você me fez criar ódio dela, ela sempre foi o centro das atenções, íamos dar uma festa em casa? S/n tem que ficar no quarto se não vão mexer com ela, FODA-SE deixa a garota ter uma vida normal 

(NamJoon) –Voce vai embora da minha casa hoje 

(HyunA) –NamJoon..

(NamJoon) –Nao quero ouvir.. vem S/n

HyunA estava cabisbaixa, eu odiava ver alguém assim, eu tinha o coração mole as vezes, fui atras de NamJoon antes que ele entrasse no elevador 

–Pai

(NamJoon) –Que 

–Nao faz isso com ela

(NamJoon) –S/n..

–Pai, por favor, não chuta ela para fora de casa

(NamJoon) –Ela mora com o amante dela

–Pai

Ele olha para mim e fico o olhando nos seus olhos, ele tenta manter mas não consegue 

(NamJoon) –*suspiro* Nao consigo dizer não para você, mas eu não vou atrás dela, quando ela for para lá, eu falo 

–Ta bom 

Entramos no elevador e vamos embora, o carro estava meio silencioso por conta do que tinha acabado de acontecer, chegamos em casa e deitei no sofá, NamJoon se deitou em cima de mim e apoiou a cabeça em meu peito 

–Esta cansado?

(NamJoon) –Sim

Levei minha mão a sua cabeça e comecei a fazer cafuné, passando os dedos entre seus cabelos, ele relaxa e suspira

–Pai

(NamJoon) –Diga..

–Beijar você é errado?

(NamJoon) –Sim 

–Mas.. se é errado...

(NamJoon) –Se ficar só entre nós, não vai ser errado

Ele desce as mãos sobre minhas pernas e as levanta levemente, pega meus braços e faz com que eu apoie em seus ombros

(NamJoon) –So quero descansar agora 

Ele começa um beijo calmo e pede passagem para a língua, cedi e o beijo vai ficando mais rápido e selvagem, nossas línguas lutavam por espaço dentro de nossas bocas, paramos o beijo por conta do ar e ele morde meu lábio e o puxa, nos olhamos e não demorou muito para que ele começar o beijo novamente, ele me pega no colo e se levanta do sofá sobindo as escadas, chuta a porta do quarto dele e a fecha, ele me joga na cama e depois se joga em cima de mim ficando entre minhas pernas, ele passa a mão sobre minha coxa e vai sobindo até minha cintura, ele levanta um pouco meu short e coloca a mão dele dentro do mesmo, ele vai descendo os beijos até meu pescoço, a mão dele ainda estava tocando minha intimidade ainda coberta pelo fino pano

– P-pai, pa-para, isso é er-errado

(NamJoon) –Parar? Quer que eu pare mesmo?

Ele disse perto da minha orelha e em seguida moordeu meu lodulo, ia responder quando escutamos a porta da frente ser batida

Continua...


Notas Finais


Beijão ❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...