História Fifty Shades Of Ink ( Bendy x Boris) - Capítulo 34


Escrita por:

Postado
Categorias Bendy and the Ink Machine
Personagens Personagens Originais
Tags Bendy And The Ink Machine, Borendy, Gravidez Masculina (mpreg), Lemon, Yaoi
Visualizações 48
Palavras 977
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa leitura a todos vocês, espero que gostem.

Capítulo 34 - Second honeymoon


Fanfic / Fanfiction Fifty Shades Of Ink ( Bendy x Boris) - Capítulo 34 - Second honeymoon

Acordei levando um travesseiro na cara, jogado pelo Boris.

Boris: amor, acorda.

- o que foi amorzinho? - eu disse tirando o travesseiro do meu rosto no colocando em seu lugar original.

Boris: sabe que dia é hoje? - ele disse com um belo sorriso no rosto e balançando a sua cauda de lobo.

- dia dezesseis de dezembro?

Boris: sim! E sabe o que significa?

- err....

Boris: aniversário de casamento!!! - Boris diz me abraçando e beijando minha bochecha –já estamos fazendo um ano de casados!

- eba! - eu disse apertando o abraço e beijando o Boris na boca, o mesmo começou a me beijar também.

Boris: e então? Como quer comemorar essa data super especial? - ele me pergunta com um olhar malicioso.

- que tal uma viagem para fora dos EUA? Ficaremos dois meses fora.

Boris: tudo bem, iremos ao Japão de novo?

- esses dias, o meu tio Devil me comprou uma mansão em Paris, quer estrear a mansão comigo?

Boris: seria uma honra– ele beija a minha mão – quando iremos para Paris?

- agora, vamos arrumar as malas.

Boris: hoje mesmo?

- sim.

Boris: tudo bem, mas antes, vamos nos vestir.

Boris e eu nos levantamos e fomos nos vestir, apód o fazermos, enquanto eu arrumava as minhas malas, Boris foi avisar o Ame e a Beti sobre nossa segunda lua-de-mel, depois que eu arrumei as minhas malas, liquei para o Sammy e pedi para que ele nos levasse de limousine para Paris, o mesmo confirmou e disse que assim que estivessemos prontos, ele iria nos buscar, estava tudo pronto, eu estava tranquilo e ansioso parapara Paris e ver a tal mansão que meu tio me comprou, além disso,eu sabia falar em frances, japones, italiano e espanhol.

(Uma hora depois...)

Sammy já havia chegado, Boris e Ame estavam ajudando o Sammy a colocar as malas no porta-malas da limousine, pois eram muitas.

Beti: divirta-se mãe e pai, não se preocupem conosco, iremos ficar bem e cuidaremos da Yuki.

assim espero filha.

Sammy: lorde Bendy,está tudo guardado, entre – ele disse abrindo a porta da limousine.

Eu entrei e me sentei, em seguida, Boris entrou e se sentou ao meu lado, Sammy fechou aporta, entrou na limousine, deu partida na mesma e começou a dirijiraté Paris, enquando observava as coordenadas do GPS.

Sammy: e então lordes,Algum de voces sabem falar em frances?

Boris: o Bendy – ele diz apontando para mim.

- sim, é verdade.

Sammy: quando podereibuscar voces?

- daqui a dois meses.

Sammy: entendido.

Ficamos por horas dentro da limousine, até que finalmente chegamos em Paris, eu estava ajudando o Sammy e o Boris a trazerem as malas para dentro da mansão, assim que terminamos, Sammy se despediu de nós dois, entrou na limousine e dirijiu até os Estados Unidos novamente.

Boris: podemos por favor fazer um tour pela mansão? - ele perguntou beijando minha mão.

é claro – eu disse pegando na mão do Boris e andando com ele pela mansão.

A mansão era grande e bem luxuosa, meu tio tem um bom gosto para dar presentes, Boris e eusubimos uma escada, faltou mostrar um comodo da casa que com certeza, Boris iria amar.

- esse é o nosso quarto – paramos em frente à porta – ansioso?

Boris: muito.

Eu pego a chave e destranco a porta, segurando a maçaneta da mesma e a empurrando,nosso quarto é revelado, ficamos boqueabertos quando vimos a belezado quarto.

Boris: meu amor.......seu tio é muito bom em dar presentes! Eu amei tudo!!!!

- concordo com você – eu corro e me jogo na cama, Boris corre e se deita em cima de mim, beijando a minha boca.

Boris: quer andar um pouco pela cidade?

- adoraria, vamos – eu me levanto e vou até a porta da mansão junto com o Boris.

Andamos pela metade da cidade, ela era linda e realmente, causava um sentimento instenso de romance em qualquer casal de lá, fizemos uma pausa e ficamosobservando a cidade de cima da torre Eiffel, a cidade era muito mais linda desse ponto de vista, Boris e eu aproveitamos o romance da cidade e nos beijamos.

Boris: essa cidade é boa de causar romance em qualquer um.

- concordo, a cidade é linda e boa em causar romance.

Eu viro a minha cabeçae vejo ao meu lado outro casal homossexual se beijando, porem eles eram muito parecidos com Boris e eu.

- vê só Boris? O universo é tão preguiçoso que fez uma cópia de nós dois.

Boris: concordo - ele olha para baixo e fica olhando para uma cafeteria – ei amor, querir lá? - ele aponta para a cafeteria.

- quero sim, vamos – eu pego na mão do Boris e vou até a cafeteria com ele.

Mickey: vê só Pateta?O universo é tão preguiçoso que fez uma cópia de nós dois.

Pateta: concordo.

Ouvi essa conversa enquanto eu me afastava de lá, mas nem liguei e andei até acafeteria, quando chegamos, Boris pediu uma xícara de café comleite enquanto eu pedi um capuccino de chocolate e uma rosquinha,enquanto bebiamos e comiamos, as vezes davamos pausas para nos beijarmos.

Boris: já estou amandoa segunda lua-de-mel.

- eu também – eu disse beijando a sua bochecha.

Boris: quer ir para casa ou andar mais?

- vamos andar mais.

Assim que terminamos de comer, andamos mais e tiramos várias fotos, entramos em várias lojas e compramos várias roupas, depois de um dia inteiro andando,voltamos para casa e lá ficamos, Boris ficou deitado na cama e olhando para o teto, eu saí do closet usando uma langerie que comprei em uma loja de roupas femininas, Boris ficou me encarando,enquanto eu via ele ficar excitado e corar muito enquanto me olhava.

- o que foi? O lobão não aguenta?~

Boris: B...Bendy~

Eu entrego uma coleira para ele.

- faça o que quiser comigo lobo mau~

Boris: opa, o que eu quiser?~

- sim daddy~

Boris: venha então,vamos estrear essa cama~

Eu subo na cama e começo a beijar o Boris na boca de um jeito sensual.

Boris: você é tão lindo Bendy – ele diz colocando a coleira em meu pescoço.

- o...obrigado Boris~

Boris: quem é o bom garoto, hum?~

- s...sou eu~

Boris: essa sim será a melhor lua-de-mel que teremos.

- concordo – eu disse com uma voz fofa e sexy.


Notas Finais


Até o próximo capítulo, obrigada por ler.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...