História Fifty Shades of Jargot : - Capítulo 35


Escrita por:

Postado
Categorias Bill Skarsgård, Cameron Monaghan, Cara Delevingne, Channing Tatum, Chris Evans, Cole Sprouse, Dance Moms, Dove Cameron, Ezra Miller, Jared Leto, Lily Collins, Madelaine Petsch, Margot Robbie, Nina Dobrev, Will Smith
Personagens Bill Skarsgård, Cameron Monaghan, Cara Delevingne, Chloe Lukasiak, Cole Sprouse, Dove Cameron, Jared Leto, Kalani Hilliker, Madelaine Petsch, Madison "Maddie" Ziegler, Margot Robbie, Nina Dobrev, Personagens Originais, Will Smith
Tags Jared, Jargot, Margot
Visualizações 8
Palavras 2.327
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, LGBT, Luta, Policial, Romance e Novela, Saga, Suspense
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bixa, meu coração tá a mil por hora, mas calma migs, a nova temporada já tá pronta e daqui alguns dias a vai estar pronta para vcs !!! Agora já peguem os lencinhos pq hoje vcs vão chorar horrores !!!

Capítulo 35 - Goodbye or a See you soon?


Fanfic / Fanfiction Fifty Shades of Jargot : - Capítulo 35 - Goodbye or a See you soon?

 POV Margot :

Manoh, como o Jared, teve coragem de me trair assim do nada ? Tá que eu não disse à ele que o Tom viria aqui em casa e talz, mas isso não é motivo pra ele ficar beijando um bando de mulheres por aí. Como eu fui idiota, como eu fui burra. Eu mando o Tom embora e ao decorrer das horas que se passavam, eu ficava mais tensa. A mãe do Jared e o Shannon vieram pra cá, pra verem como eu tava, Sofia e Dove me seguravam pra não sair de casa pra não matar o filho da puta do Jared. De repente, ouso o barulho da porta da frente se abrindo, eu estava no quarto com todo mundo me segurando. Eu saio correndo, pisando duro no chão e avanço nele quando vejo o Jared :


- SEU IDIOTA, SEU ESCROTO ! Digo enqun batia em seu peito com força, eu estava muito puta. Eu chorava não de tristeza ( tá, lá no fundo sim ), eu chorava de raiva

- MAG ! Gritava a mãe do Jared descendo as escadas, logo atrás vinha Dove e Sofia

- Margot, calma ! Shannon me segura e ao poucos, ele me afasta ainda me agarrando por trás

- Mag, o que houve ? Pergunta ele confuso. Ah, tá bom que ele estaria confuso, ele estava só fingindo. Ele acha que eu sou sonsa é ?

- SEU VAGABUNDO, VOCÊ BEIJOU AQUELA GAROTA. SÓ PORQUE, EU NÃO CONTEI UMA COISINHA DE NADA PRA VOCÊ? VOCÊ ACHA QUE EU SOU SONSA ! Digo me soltando do Shannon

- Chega, ACABOU JARED ! EU NÃO SOU TROUXA, EU NÃO SOU IDIOTA. Eu e a Maddie estamos caindo fora ! Subi as escadas para arrumar as minhas malas e a da Maddie, para irmos embora

- MAG ! Ele começa a me seguir


Eu jogo tudo na mala o mais rápido possível, e pego a Maddie. Eu ficaria na casa da Rosie por enquanto, até arranjar uma casa. Eu precisava sair dali :


- Mag, deixe-me explicar o que ...  


Eu dou um tapa na cara dele, antes dele terminar a " explicação " dele, ele coloca a mão sob onde eu sei o tapa, e começa a chorar :


- Você é asqueroso Jared, eu me arrependo de ter começado à namorar com você. - Digo com uma voz de nojo, e raiva ao mesmo tempo


Eu vou embora logo em seguida, pego um táxi e vou pra casa da Rosie. No carro, discretamente, eu começo a chorar, muito mesmo :


POV narrador :

Em Nova York, Peyton e Cameron foram chamados para serem patrocinados por uma agência de modelos. Os dois ( que eram amigos ), teriam que pousar para fotos românticas como eles se abraçando, se beijando, juntinhos na banheira ( não nus ), etc. Os dois, principalmente Cameron, estavam muito nervosos. Apesar deles terem já se beijado antes, os dois eram muito amigos :


- Que foi ô ruivo ? Pergunta a loira ao ver seu friend sentado na cama do hotel apertado as próprias mãos

N-nada. - O ruivo diz num tom que demonstrava ansiedade


De repente, a dona da agência entra no quarto dos dois :


- Estão prontos ?

- Sim ! Os dois respondem na mesma voz


Os dois trajavam roupas de frio, pois naquele dia, estava nublado e chuvoso. A sessão de fotos começaria numa calçada bem perto dali. Os dois foram várias fotos, no começo foi tranquilo, ele tiramos fotos se agarrando e se abraçando, estava tranquilo, até a última sessão de fotos, no banheiro. Os dois teriam que ficar semi-nus, agarrados, e se beijando na banheira cheia d'água :


- Ok, pegue ela no colo e Peyton, coloque sua pernas em volta da cintura dele. - Diz o fotógrafo

- O-ok ! Concorda Peyton


Os dois ficam na posição pedida e várias fotos, são tiradas naquele momento. Depois de alguns segundos :


- Entrem na banheira, a Peyton vai ficar no colo do Cameron, enquanto os dois, se beijam ! A fotógrafa só ordenava

- Perá, beijar ela ? Cameron tremia só de pensar nela. Óbvio que ele amaria beija-la mas, no fundo, seria estranho


Cameron entra aos poucos na banheira, ele se posiciona, Peyton repete seus passos. Os dois ficam se encarando com olhar assustados, enquanto riam de pânico, até de repente, Cameron beijar Peyton. Som das câmeras capiturando a cenas estavam invadindo o som dos ouvidos de todos e assim, as sessões de fotos acaba. Cameron e Peyton tomam seus banhos ( separados ) e ficam de bobeira pelo quarto :


POV Cameron :

Durante o banho, eu não conseguia parar de pensar na Peyton, seus cabelos que cheiravam à morangos, seus olhos verdes, seu narizinho e seus lábios pequenos, porém carnudos, grudados nos meus. Eu a amo, mas não tenho coragem pra admitir, mas ou era agora, ou era nunca. Quando termino meu banho, eu coloco um roupão ( já de cueca por baixo ) e vou até Peyton, que estava com uma camisa gigantesca, era quase um vestido, ela estava mexendo no tablet. Ela era linda de todas as formas :


- Peyton. 

- Ah, Oi Cameron. O que foi ? Pergunta ela de sentando na cama

- Você gostou do beijo ? Eu já sinto minhas buchechas corarem - Sim, ele me fez lembrar, do nosso primeiro beijo. Lembra ? Foi ano passado, na balada, o beijo foi até que gostoso ! Ela responde com um sorriso tímido

- Eu te amo ! Eu digo com a voz fina, diretamente. Sinto um peso enorme saindo do meu corpo


Ela cora e sai da cama, que merda que eu fiz ? Ela começa a mecher nas suas malas e ela pega num papel, que estava dobrado e meio amassado, eu fico confuso. Ela abre o papel, que estava escrito : " Eu te amo, Cameron". Meu coração estava saltitando dentro de meu peito, nós fomos feitos um pro outro. Ela deu um sorriso e veio correndo até mim, pulando em meu colo e me beijando logo em seguida e depois, o beijo se tornou algo mais íntimo :


POV narrador :

Os dias se passavam, e Jared ficava mais preocupado com Margot e ela, estava nem aí pra ele, e com toda a razão. Jared também estava preocupado com sua vida social, ele estava sendo perseguido, e estava com medo de descobrirem que ele que causou a morte de uma das gêmeas de Margot. Ele marca de sair com Dove, pra conversar sobre o assunto. Na cafeteria :


- Jared, você tem que tomar bastante cuidado com este assunto, se descobrirem. Sua carreira está arruinada e a Margot, nunca irá te perdoar ! A loira diz enquanto tomava seu capuccino desnatado

- Mas Dove, eu estou paranóico com esse assunto. Eu causei a morte da filha do meu amor, ninguém pode descobrir ! Jared fiz num tom normal, mas com a movimentação do local, quase ninguém ouvia


Bem, nem todos, Cameron, estava disfarçada, sentada numa mesa perto de Jared e estava gravando toda a conversa dos dois, ela estava planejando o " crime perfeito ". Mais tarde, na casa de Cameron, ela marcou um encontro com Tom, o ex de Margot :


- O que você quer Cameron ? Pergunta Tom se sentando no sofá, com uma garrafa de cerveja na mão

- Bem, apesar de sermos ex-s dos nossos arqui-inimigos, temos outra coisa em comum. Queremos nossos ex-s de volta, eu quero o Jared e você a Margot. 

- Tá, mas aonde você quer chegar, Cameron ? Ele pergunta com um olhar de confuso

- Eu tenho uma coisa, que vai acabar de uma vez por todas com o namorico desses dois. Você vai descobrir, se a sem graça da Margot, está planejando em perdoar o Jared. 

- E se ela decidir perdoa-lo ? Pergunta Tom se levantando

- Veremos meu caro ! Ela responde com um olhar malicioso


Dia após dia, Tom ficava espionando Margot, para ver se ela decidir perdoar Jared. Tudo estava bem, até aquele dia, o maldito dia. Na casa da Rosie :


- Surpresa ! Diz Sofia chegando na casa de Rosie, com o celular ligado no modo chamada em vídeo. Ela estava falando com Cameron e Peyton, que estavam na Disney, da França

- Oi ! Diz Rosie e Margot empolgadas ao ver os dois

- Oi ! Temos uma novidade pra vocês. - Diz Peyton no outro lado do mundo

- Estamos juntos ! Diz o ruivo empolgado

- Ohhhh ! 



Elas conversam mais um pouco e depois, a chamada se encerra. Margot, Sofia e Rosie ficam conversando até Margot tocar no assunto sobre Jared :


- Meninas, eu acho que, eu vou perdoar o Jared. 

- QUE ? Mas porque miga ? Pergunta Rosie surpresa, com a Maddie no colo

- Porque eu já fiz várias coisas pro Jared também, e devemos perdoar à todos. Eu vou perdoa-lo ! Responde Margot decidida


Tom ouvia tudo atrás da porta e logo depois, foi contar tudo para Cameron. O plano dela era o seguinte : Tom iria roubar o celular do Jared e Cameron iria se passar por ele, quando o celular de Jared está nas mãos de Cameron, mais tarde, no final da tarde :


Mensagem para Margot :

Jared :


Jared - Mag, por favor me perdoe, deixe-me explicar. Me encontre neste seguinte endereço



POV Margot :

Eu me arrumo correndo e vou paea o endereço. Quando chego, eu percebo que estava numa bela casa, mas não era do Jared e nem se seus parentes, até de repente, eu ouso uma voz, uma voz infelizmente, familiar :


- Cameron ! Digo me virando para trás

- Olá Margot, como vai ? Pergunta ela me encarando com um sorriso

- Eu estava feliz mas agora que você apareceu, eu tô péssima. Veio fazer o que aqui ? Vai estragar o meu encontro com o Jared ? 

- Na verdade, eu que armei este encontro. Eu não faço isso só para mim ficar com o Jared, eu faço isso por você também ! Hahaha, como se eu fosse acreditar nessa conversinha Boba

- O Jared também já me fez sofrer Mag e ele já te machucou e muito. - Ela diz se aproximando de mim

- Do que você está falando ? Pergunto

- Ah você sabe Margot, sabe muito bem, do que estou falando,você não é sonsa. O Jared, Margot, ele foi O RESPONSÁVEL PELA MORTE DA SUA FILHA ! Ele planejou tudo, ele só pensa nele !


Não, não podia ser real, ele não poderia ...


- Eu não acredito em você ? Digo quer chorando

- Então veja como os seus próprios olhos ! Ela diz me dando seu celular


Vídeo :


Jared - Dove, invadimos a casa do Tom, atraímos a Mag pra ver ele traindo ela e isso, fez com que ela perdesse o bebê ! 



Eu não acreditava no que eu estava vendo, ele matou minha filha, em meu ventre ainda. Ele é um monstro. Sem dizer nada, eu saio chorando e vou até a casa do Jared, jogar a merda no ventilador. Quando chego :


- Mag ? O que faz ...


Eu dou vários socos neles e de repente, dois seguranças me agarrando por trás, enquanto me afastavam de Jared :


- SEU MONSTRO ! VOCÊ MATOU MINHA FILHA, EU TE ODEIO ! Feito enquanto chorava



POV Jared :

Ah merda, fudeu. Ela descobriu tudo, ela nunca mais vai me perdoar :


- ME DESCULPA MAG, SE EU PUDESSE, EU NUNCA TERIA FEITO AQUILO, MAS EU FIZ! Grito chorando

- DESCULPAS, não vão trazer minha filha de volta ! Ela diz com um tom de tristeza e frieza

- Eu não te denuncio, porque não tenho provas contra você. Nunca mais me procure!


Ela vai embora, chorando, como uma criança. Eu jogo tudo no chão, eu estava puto, eu estava triste. Eu acabei com as chances de trazer a Mag de volta, eu sou um monstro !



POV narrador :

Ao pôr do sol, na casa de Rosie ;


- Tem certeza de que quer ir ? Pergunta Rosie - Sim, eu não posso mais ficar nesta cidade ! Diz Margot, com suas malas prontas para partir


Margot, junto com sua filha Maddie, partem para o aeroporto, onde seu jatinho particular estaria à aguardando, pronta para partir, um lugar onde ninguém nunca à encontraria. Ela iria mudar seu contato, tudo, para que Jared, seu maior monstro, não à encontrasse. Jared estava trancado no banheiro, chorando por ter perdido seu amor verdadeiro. Às 17h26, Margot e Maddie vão embora, e no jatinho, Margot não se conteve, e começou a chorar. O maior amor de sua vida, era um monstro !


( Escuta agora Stay, versão cover do Jared ) :


O tempo todo isso foi uma febre

Uma pessoa crédula, nervosa e impulsiva

Eu joguei minhas mãos para o alto e disse: Mostre-me alguma coisa

Ele disse: Se você se atreve, chegue mais perto

Dando voltas e mais voltas e mais voltas e mais voltas nós vamos

Ohhh, agora me diga agora me diga agora me diga que você sabe

Não tenho muita certeza de como me sentir quanto a isso

Algo no modo como você se mexe

Me faz sentir como se não pudesse viver sem você

Isso me leva do começo ao fim

Eu quero que você fique

Não é uma vida e tanto a que você está vivendo

Isso não é apenas algo que você pega, isso é dado

Dando voltas e mais voltas e mais voltas e mais voltas nós vamos

Ohhh, agora me diga agora me diga agora me diga que você sabe

Não tenho muita certeza de como me sentir quanto a isso

Algo no modo como você se mexe

Me faz sentir como se não pudesse viver sem você

Isso me leva do começo ao fim

Eu quero que você fique

Ohhh, o motivo pelo qual eu insisto

Ohhh, porque preciso que este buraco desapareça

É engraçado, você é quem está destruído mas eu sou a única que precisava ser salva

Porque quando você nunca vê a luz, é difícil saber qual de nós está desabando

Não tenho muita certeza de como me sentir quanto a isso

Algo no modo como você se mexe

Me faz sentir como se não pudesse viver sem você

Isso me leva do começo ao fim

Eu quero que você fique

Eu quero que você fique, ohhh


Fim ? O fim é apenas um novo começo ...


Notas Finais


Ahhh meu deus ... Calma, foco migs !!! Gostaram do novo Casal, e esse final Sad, meu deus !!! Eu tô chorando real aqui galerinha !!! A segunda temporada será lançada em breve então não perca. E gente, tem uma informação, a idade dos personagens foi editada, é só ir lá no primeiro capítulo. Enfim, eu quero que vcs adivinhem quem são os personagens da capa da nova temporada, que já está criada. Enfim pessoal, muito obg pelo carinho que vcs me deram e pelo apoio, essa história deu muito trabalho pra ser feita, mas, valeu a pena. Um beijo e nos vemos na próxima temporada de Fiffty shades of Jargot, e teremos novos personagens, EHHHH !!! Um beijo e tchau !!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...