História Fifty Shades Of Pleasure - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Daniel, Diia, Jack, Jikook, Liss, Mia, Namjoon, Prescott, Sawyer, Teilor, Vhope, Yoongi
Visualizações 7
Palavras 1.952
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fluffy, Lemon, LGBT, Mistério, Romance e Novela, Saga, Suspense, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura...😘

Capítulo 11 - 50


Fanfic / Fanfiction Fifty Shades Of Pleasure - Capítulo 11 - 50

Todo mundo acordou sedo. Taehyung tinham chamados todos pra fazer uma trilha nas montanhas.

Tae: Você não vai, Jungkook?

Jungkook: Não. Eu tenho coisas pra resolver.

Tae: Deixa isso pra depois. Vai ser só uma caminhada nas montanhas.

Jungkook: Quando Taehyung fala só uma caminhada. Ele tá quere dizer que 30M rua acima e rua abaixo comendo só casca de árvores - todos riem pelo modo que Jungkook falou.

Jimin: E se eu der de cara com um urso? - digo terminando de causar os sapatos indo até ele entrelaçando meus braços em sua pescoço.

Jungkook: Hmmm - resmungar pensativo - tadinho do urso - faz bico e eu sorrio dando um celinho nele.

                              O   O   O

Já tínhamos andando um bocado.

Jimin: Como o Jungkook era quando era mas novo? - pergunto pro Tae.

Tae: Quando eu e Mia nos mudamos pra casa do Namjoon. Ele não falava com ninguém, era sempre fechadão. Não ria, não chorava. Ele nunca chorou, mas sempre me dava uns belas surra quando os nossos pais não estavam por perto.

Jimin: Mas vocês parecem sem bem próximos.

Tae: É por que a gente amadureceu muito. Jeon Jungkook. O cara mais corajoso que eu já conheci.

Jimin: Você parece ser corajoso.

Tae: Quem, eu? Não - negava com a cabeça.

Jimin: O que te dar mais medo? - quando Taehyung já ia me responder, samos interrompidos por Mia.

Mia: Tae, quando é que esse martilho vai acabar? Eu prometi a o Jimin e o Hoseok que íamos fazer compras - Tae para de frente pra um penhasco.

Tae: Eu acho que dar pra voltar por aqui. Eu tenho que resolver umas coisas na cidade mesmo.

                            O   O   O

Estávamos em uma loja de roupas e causados.

Jimin: O que você acha dessa - pergunto pra Mia. Por que o Hoseok tava se trocando no vestuário.

Mia: Nossa. Até eu fiquei com inveja do Jungkook. Jimin se você fosse hétero, Não vou mentir. Eu te pegava - ela me olhava de cima a baixo.

Jimin: Assim você me deixa com vergonha - digo tímido. Estava usando uma blusa com um decote atrás, e um pouco aberto na frente na gola da camisa. Com uma calça com três rasgão, dois na coxa direita perto do meu membro, e uma perto da minha bunda.

Hoseok: Gente. Alguém me ajuda. A minha calça não quer subir - fala rindo cobrindo o resto do corpo com a cortina do trocador de roupa.

Mia: Para ai - Mia ai até lá pra ajudar Hoseok.

Vou até um espelho que tinha bem na minha frente perto do vidro da loja que dava pra ver a rua. Ao me olhar no espelho, vejo duas pessoa do outro lado da rua. Fico sem acreditar. O que eu estava vendo era mesmo verdade. Taehyung e a tau de Diia Mateu conversa no do outro lado da rua.

Pensando: Merda. Hoseok não pode ver isso.

Ele dão a mão e um abraço. De repente escuto a vos de Hoseok se aproximado. Vejo o mesmo saindo do vestuário.

Hoseok: Como eu fiquei? - o mesmo parava na minha frente.

Jimin: Nossa... Como você ficou lindo, Hoseok. Dar uma voltinha - viro ele de uma vez pra frente de Mia - ele no ficou uma graça? - pergunto pra mesma olhando pra trás, vendo se Taehyung já tinha saído dela.

Mia: Ficou top. O Tae vai adorar - fala dando um gole na bebida - sapatos. Precisamos de sapatos - a mesma saia correndo em busca de sapatos.

Jimin: Vem tomar um pouco de champanhe comigo - puxo o mesmo.

Jimin: Nossa, Jimin! - parávamos em frente ao balcão onde estavam a garrafa de champanhe com as taças.

Jimin: Que? - entrego uma taça de champanhe pra ele.

Hoseok: Olha só você - Hoseok me olhava de cima a baixo - tá lindo.

Jimin: Eu sei. Parece que eu vim de uma terra e fui atingindo por uma bazuca - digo colocando champanhe pra mim. Hoseok quase se engasgava com o champanhe, ao escutar o meu pronunciado.

Hoseok: Essa foi boa - o mesmo falava rindo.

                              O   O   O

Já tínhamos voltado pra casa. Eu estava no meu quarto me olhando no espelho, vedo se a roupa que eu comprei estava boa mesmo.

Jungkook: Me diz que você não foi fazer a trilhar com essa roupa? - soltava um sorriso vendo Jungkook entrando no quarto pelo reflexo do espelho.

Jimin: Claro que fiz - digo testando os limites dele. O mesmo se aproximava ficando atrás de mim - ele é bom pra tudo. Não me deixa suar em nem um lugar. E é bem confortável - sorrio - e não me incomoda e nem uma parte do corpo.

Jungkook: A é? - o mesmo olhava pra me pelo reflexo do espelho.

Jimin: Um rum - confirmava.

Jungkook: É bom que não fica longe daqui - Jungkook colocava sua mão na minha coxa - pra cá - subia pro rasgão que tinha na calça - e pra cá - passava pro outro que tinha logo em cima - e pra lá - ia pro terceiro que ficava perto da minha bunda. Já estava quase soltando gemido. Jungkook tocava em meu corpo de um jeito que me deixava louco - é só não se abaixar que vai dar tudo certo - o mesmo olhava pra baixo pelo reflexo do espelho indo com a mão até os botões na minha calça, desabotoando o mesmo - olha, deu falha na convecção - falava rindo.

Jimin: Para... - ria junto com ele.

                             O   O   O

Já era 20:30 da noite, nós tínhamos ido pra uma boate.

Mia: Tae? Eu tinha te visto na cidade com aquela mulher de novo. A tau de Diia Mateu.

Tae: É... A gente se esbarrou por lá. Ela tem uma casa por aqui.

Mia: A...fiquei sabendo. A casa é enorme, né? Como os peitos dela? Desse tamanho aqui? - a mesma ficava fazendo excreções com as mãos.

Tae: Nunca perguntei - o mesmo olhava pro Hoseok que ficava sem jeito pelo que a Mia falou.

Jungkook: Com licença - Jungkook chamava a atenção de um garçom.

Garçom: Sim. Em que posso ajuda-los?

Jungkook: Duas garrafas de champanhe e 6 taças.

Garçom: Ok, com licença - o mesmo se retirava dali.

Jimin: Nós vamos comemorar alguma coisa? - pergunto confuso. Jungkook sem me responder, fazia um sinal piscando o olho pro Taehyung logo a frente.

Tae: Certo - o mesmo se levantava ficando na frente do Hoseok - a um tempo atrás, eu pensava que construir a minha vida com um certo alguém, ia ser a coisa certa, mas não, era só perda de tempo. Ai eu conheci o Hoseok. Uma homem maravilhoso. Eu me apaixonei pelo seu olhar, pela sua inteligência, por tudo que a nesse homem - ao terminar de falar aquilo, o mesmo se ajoelhava em sua frente. Eu ficava sem palavras ao ver aquela cena. Hoseok colocava a mão na boca pra conter o choro. Taehyung tirava um caixinha do bolso estirando pra frente e logo abrindo revelando um anel - você quer se casar comigo Hoseok - o mesmo se tremia falando aquilo - por favor - sem mas o que dizer, o mesmo já chorava.

Hoseok: SIM! - Tae colocava o anel no dedo dele, logo os dois se colocavam de pé dando um celinho junto com um abraço.

Tudo mundo que avia naquele lugar começava a aplaudir. Me levantava pra se aproximar do Hoseok. Quando o mesmo me via me abraçava.

Jimin: Eu falei pra você.

Yoongi: Meus parabéns - o mesmo abraçava o Taehyung.

Tae: Eu pensei que iria desmaiar - o mesmo começava a rir.

Depois de tudo aquilo, o DJ tinha colocado uma musica eletrônica, fomos todos pro meio da pista pra dançar. Quando olho pro lado fico sem acreditar no que estou vendo. Yoongi e Mia nos beijo um pouco a nossa frente.

Jimin: Não acredito - coloco a mão na boca - o Yoongi gosto de mulher? - fico surpreso.

Jungkook: Yoongi nera gay?

Jimin: Não sei dizer - sorrio.

Jungkook: Eu vou pegar outra bebida pra nós dois - o mesmo me dava um celinho depois ia até o bar.

Fico esperando o mesmo no mesmo canto que a estávamos. De repente aparece o homem em minha frente.

?: Olá coisa linda - o mesmo passava a mão na minha bunda.

Jimin: Ai que susto!

?: Você tá sozinho? - Perguntava se aproximando mais de mim.

Jimin: Não chega perto de mim - dava alguns passos pra trás.

?: Por que? - o mesmo sorria malicioso.

Jungkook: Sai de perto dele - a única coisa que eu via, era aquele cara caindo no chão pelo o soco que o Jungkook tinha dado nele.

Jimin: Meu Deus! - colocava a mão na boca.

Jungkook subia em cima do homem e começava a dar vários socos na cara do mesmo.

Jimin: Jungkook? PARA! - impeço que ele der mais um soco no cara. Puxo ele de uma vez pra cima - vem comigo - tiro ele lá de dentro da boate - você perdeu o juízo, Jungkook? - o mesmo não me respondia nada, só ficava calado olhando pros lados - deixa eu ver isso - segurava sua mão direita, via que a mesma tava toda ferida - como você é idiotia, Jungkook - falava pegando um paninho que tinha no meu bolso começando a limpar o sangue que escorria pela sua mão.

Hoseok: Achei vocês.

Taehyung: Vocês estão bem?

Jimin: Essa pergunta não deveria ser pra gente, e sim pro cara lado dentro que o Jungkook quase mata nos socos.

Jungkook: Melhor ainda. Por que se eu entrar ali de novo, eu juro que mato ele.

Jimin: Ninguém aqui vai matar ninguém. Nós vamos é embora. Vão chamar os outros, Hoseok e Taehyung - já estresado mandava, e os mesmo faziam.

                            O   O   O

Já tínhamos voltados pro casaram, estamos todos na sala.

Jimin: Me desculpe por ter estragado a noite de vocês dois Hoseok.

Hoseok: Não se preocupe, nós estamos de boa.

Jimin: Ok. Vou subir, amanhã é outro dia - digo com uma cara de sono - Boa noite pra vocês, e Mia e Yoongi, na hora de transarem usmem camizinha, tá? - rio.

Mia: Jimin!! - Mia alterava a voz um pouco tímida.

Yoongi: Digo o mesmo pra vocês dois.

Jimin: A gente não vai transar - digo subindo as escadas.

Entrando no quarto, começo a tira as roupas indo direto pro banheiro. Já dentro ligo e entro de baixo. De repente sinto o Jungkook me abraçando por trás.

Jungkook: Você tá com raiva de mim?

Jimin: Não.

Jungkook: Então por que você me respondeu tão seco? - me virava pra olho pra ele.

Jimin: Nem se eu quisesse ficar com raiva de você, eu conseguiria - coloco as mãos na cintura dele lhe puxando pra um beijo, o mesmo fazia colocando as mãos no meu rosto.

                             O   O   O

As ultimas horas do nosso final de semana foram incríveis, já estamos voltando pra Seaton.

Hoseok: Com quem você comprou o anel? - o mesmo perguntava olhando pro anel.

Taehyung: Eu receber uma ajuda de uma amiga.

Hoseok: Ex namorada? - o mesmo revirava os olhos perguntando.

Jungkook ria baixinho.

Taehyung: Que é? Nem todo mundo se casa com a primeira pessoa que conhece, irmão.

Jungkook: As vezes as pessoas gostam de acertar em cheio, irmão.

Pensando: Eita bixo mentiroso - pensava revirando os olhos.

Jungkook: Você revirou os olhos pra mim? - o mesmo me olhava me encarando.

Jimin: E se eu tiver? O que você vai fazer? - pergunto debochado dando de ombros.

 


Notas Finais


Treta. Até a próxima 😚


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...