1. Spirit Fanfics >
  2. Filhos de Apollo >
  3. Metamorfoses

História Filhos de Apollo - Capítulo 4


Escrita por:


Capítulo 4 - Metamorfoses


Fanfic / Fanfiction Filhos de Apollo - Capítulo 4 - Metamorfoses

Cedrico me levou até um extenso corredor,ele eram mau iluminado digno de um filme de terror como o castelo de dracula,andar pela escola me causava arrepios fascinantes.

Ouvi um grito vindo a nossa frente,de uma parede de concreto surgiu um homem gordo e pálido,roupas engraçadas,ele voou alegremente em nossa direção dando altas risadas que ecoavam no corredor

-Aonde pensa que vai Cedrico? A senhoria aí-Apontou para mim- deve se juntar ao resto da turma-Em seguida o homem pálido fez uma pose pomposa e retirouse,voando para o lugar de onde vinhamos.

-Quem era?


-Frei Gorducho,é o fantasma da nossa casa.

Cedrico levou-me até a biblioteca da escola.


-Chegamos,Boa noite Irma Pience.-Ele me levou até uma estante cheia de livros com gêneros diversos,enquanto passava as mãos sobre as prateleiras um livro em específico me chamou a atenção.

Metamorfoses,o mito de Faetonte


Peguei o livro é levei até a mesa de leitura,Cedrico acompanhou-me sem dizer uma palavra.

*Filho de Apollo,o deus do Sol e da ninfa Climene,Faetonte cresceu tendo total conhecimento de seu progenitor divino .


No entanto,com o passar dos anos,Faetonte viu-se rodeado por dúvidas a cerca de sua origem,visto que outros da vizinhança passaram a duvidar que ele poderia realmente ser filho de um deus.


Ele então implorou a sua mãe que lhe desse provas de que Ele era mesmo filho de Apollo

Está lhe disse que podia perguntar a ele próprio,indo a seu Palácio e lhe deu a direção através do Egito e Índia.


Faetonte alcança o palácio de seu pai e é recebido por este que lhe confirma a sua origem,mas este pede ao pai uma prova para que ninguém possa insulta-lo.


Apollo lhe concede o que desejar e Faetonte então pede para guiar a carruagem de seu pai,guiando o sol através dos céus durante um dia.


Horrorizado pelo perigo que tal pedido oferece a um mortal,Apollo tenta dissuadir seu filho de tal empreitada e diz-lhe que mesmo Zeus não pode guiar a carruagem,mas o orgulhoso ainda assim insiste.


Apollo mantém sua palavra e oferece ao jovem a chance de guiar sua carruagem de ouro através dos céus.


Faetonte assume as rédeas e levado pelos cavalos que expelem chamas,parte para o céu.


Logo que começa sua jornada assusta-se com a altura e mal pode controlar os animais.


Se aproxima das constelações e ao ver as formar assustadoras e imensas de Escorpião e outras feras,perde totalmente o controle dos cavalos.


Eles logo tomam seu próprio curso levando Faetonte a caminho por onde o sol antes não passará.


Se aproxima da terra e traz destruição e pânico. Queima florestas,cidades,destrói tudo por onde passa,transforma a parte África em deserto,os rios fogem para não secar.

A terra racha e o próprio Hades teme pelo que pode acontecer. Poseidon vê suas criaturas morrendo quando o sol se aproxima e tenta interferir mas pouco pode contra o calor.


Gaia então suplica a Zeus para intervir e este o faz: atinge Faetonte com um de seus raios,matando-o e pondo fim à carreira sem rumo qud tomava o sol.*

Cedrico que a tudo observava,atentamente se pronuciou.


-Triste fim teve o rapaz.


-Acho que Apollo poderia ter o salvado não é? Impedido que ele fizesse isso.


-Ele apenas manteu sua palavra,como um bom deus.


-E um péssimo pai.-Cedrico olhou em seu relógio de pulso e notou que faltavam 20 minutos paras as 20:00 horário em que a biblioteca fecha,escondi o livro em meio a outros e saí apressada com ele de volta ao salão.







Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...